Jackson defende incremento do turismo na região do Munim

Incrementar o turismo de forma auto-sustentável com geração de emprego e renda e consciência ambiental. Esta foi a principal proposta do candidato ao governo Jackson Lago, da coligação “ O Povo é Maior” (PDT-PSDB-PTC), ao ser recebido com festa pela população de cinco cidades da região do Munim.

Carreata na cidade de MorrosCarreata na cidade de Morros

Segundo o candidato ao governo Jackson Lago, o estado precisa desenvolver ações de qualificação profissional e de preservação ambiental voltadas para o turismo na região, além de oferecer melhores estradas e saneamento. “Precisamos voltar ao governo para incentivar melhor o turismo nessa região, para que a população tenha direito a serviços de saúde e educação de qualidade”, enfatizou Jackson Lago durante reunião com centenas de pessoas na cidade de Morros.

Uma das principais atrações turísticas de Morros são os rios Munim, Una, Pirangi e Quebra-anzol que ainda oferecem condições para banho, mas que já precisam de ações de despoluição e de preservação constantes. Para Jackson Lago o turismo é a forma de geração de emprego e renda mais limpa do planeta se vier associada à consciência ambiental.

A farinha de mandioca é outra importante fonte de renda na região, mas a maioria dos produtores rurais ainda não tem acesso a tecnologia de produção. Por conta disso, colhem em média quatro toneladas de mandioca por hectares, enquanto em outras regiões do país é possível colher vinte e oito toneladas de mandioca na mesma área plantada.

Em Barreirinhas o candidato ao governo Jackson Lago também destacou a construção de um aeroporto para aviões de grande porte, cuja pista foi concluída antes de ter seu mandato interrompido por um golpe judicial. “Também destinamos mais de R$ 2 milhões de reais para saneamento básico e melhorias urbanas da cidade, mais esse dinheiro foi tomado de volta pela interventora que aí estar”, acrescentou.

Jackson Lago criticou a interrupção da implantação do consórcio que envolvia ações conjuntas dos governos do Maranhão, Piauí e Ceará, para integrar os Lençóis Maranhenses ao resto do mundo. “Com isso, perdemos a construção de 137 quilômetros de asfalto que iam ligar Barreirinhas a Jeriquaquara no Ceará”, disse o ex-governador.

Acompanhado do candidato ao senado Edson Vidigal, do prefeito de Santa Rita, Dr. Hilton Gonçalo, do deputado Julião Amim e outras lideranças políticas e sindicais da região do Munim, o candidato a governador Jackson Lago foi recebido em carreata palas ruas de Bacabeira, Rosário, Morros, Icatu e Barreirinhas.

Diante das calorosas recepções por onde passou, Jackson Lago fez questão de ressaltar que o povo do Maranhão está se manifestando contra a violência sofrida com a anulação do voto na eleição de 2006, quando o povo o elegeu governador depois de 40 anos de mando do grupo Sarney. “Está chegando a hora de dar o troco nas urnas. O Maranhão vai mostrar ao Brasil que a vontade do povo é maior que de quatro ministros de Brasília”, sentenciava Jackson Lago.

Da assessoria

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Vidigal quer investimentos no turismo na região do Munim‏

Carreata na cidade de RosarioCarreata na cidade de Rosario
O candidato ao Senado Edson Vidigal (PSDB) da coligação O Povo é Maior, esteve  na região do Munim,  nos municípios de Rosário, Bacabeira, Morros, Icatú e Barreirinhas. A passagem reuniu milhares de pessoas e contou com a participação de lideranças políticas. Na ocasião o ministro falou da necessidade de investir no turismo da região que possuí grande potencial no setor.
A viagem pelo Munim levou muitos populares as ruas, que acompanharam as carreatas pelos municípios visitados e em todo o momento demonstraram a força da coligação nestas eleições.
Em Morros, Vidigal acompanhado do seu 1.º suplente o ex-prefeito de Barreirinhas Leo Costa e do  Dr.Jackson Lago participaram de uma grande reunião com a população, lideranças comunitárias e políticas. Quem esteve presente foi o vice-prefeito de Morros Hildemar Sousa a presidente da Câmara de Vereadores Núbia Maria Matos da Silva e o prefeito de Santa Rita Hilton Gonçalo de Sousa.
Vidigal destacou a pluralidade das paisagens locais, como a belas praias em Icatu, os rios em Morros e é claro os Lençóis Maranhenses em Barreirinhas.
– Sempre destaco que o Maranhão é rico em tudo que se possa precisar para ser um Estado desenvolvido, e como tal, não deixa de ter paisagens exuberantes que nós maranhenses conhecemos e sabemos aproveitar, porém é preciso atrair turistas de todos os lugares do mundo.
Para o ministro o turismo vive hoje um momento magnífico, a onde as empresas aéreas e as agências de viagens trazem promoções e pacotes com muitas facilidades para que todos possam viajar independente de classe.
Vidigal entende que este é o momento que o Estado tem a obrigação de divulgar os principais pontos turísticos do Maranhão. No Senado, Vidigal pretende ser um parceiro do governador e do prefeito para juntos potencializar o poder turístico dos municípios, atraindo empresários para investir na região, mas sem deixar de preservar a paisagem natural.
 
 
Da assessoria

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Flávio Dino assume compromisso com a criança e adolescente do Maranhão

Ao participar de audiência pública na sede da OAB, o candidato ao governo do Maranhão, Flávio Dino, assumiu o compromisso com os direitos da criança e do adolescente no estado. Flávio assinou um documento por meio do qual se comprometeu a assegurar os direitos de crianças e adolescentes, notadamente nas áreas de saúde, educação, assistência social e direitos humanos. O evento foi promovido por um conjunto de entidades ligadas à defesa das crianças e dos adolescentes.

“Assumo esse compromisso não como um gesto demagógico de campanha e eleitoreiro, mas como uma prática de vida e de quem desde 1983 tem compromisso com os direitos humanos”, assegurou Flávio Dino. Na ocasião, Flávio anunciou que, durante o seu governo, construirá creches em todos os municípios maranhenses. Garantiu, ainda, a universalização da educação infantil e uma ação efetiva de combate às drogas, que, segundo ele, atingem hoje grande parte dos jovens. O candidato garantiu o pleno respeito aos direitos das crianças e adolescentes durante o seu governo.

Durante a audiência pública promovida por um conjunto de entidades que defendem os direitos das crianças e dos adolescentes, Flávio Dino fez questão de lembrar a sua atuação como parlamentar em defesa da infância e juventude, se posicionando, no Congresso, contra a redução da maioridade penal quando o assunto veio à tona em razão da morte do menino João Hélio, que teve a participação de um jovem.

Participação popular

Durante o encontro desta quarta-feira, Flávio Dino garantiu que seu governo adotará uma gestão pública compartilhada com controle social e participação popular. Flávio fez questão de destacar essa posição para reforçar a necessidade de um diálogo permanente com os diversos setores da sociedade e, também, como forma de democratizar sua gestão. “No meu governo as propostas, as idéias dos conselhos de direitos serão respeitadas”, assegurou.

Nesta quinta-feira, Flávio Dino participa de comício na praça Deodoro com a presente do presidente da ANP, Haroldo Lima, e do presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo. Antes, Flávio participará de uma caminhada das mulheres em apoio à sua candidatura.

Da assessoria

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Semana nacional da Ciência e Tecnologia

Lauro Assunção, Secretário de Ciência e TecnologiaLauro Assunção, Secretário de Ciência e Tecnologia

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Desenvolvimento Tecnológico, Lauro Assunção, fez, às 10 horas de hoje, no Hotel Luzeiros, o lançamento oficial da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia – SNCT 2010 – no Maranhão.

A SNTC só ocorrerá, porém, no período de 18 a 24 de outubro, quando reunirá esforços do Governo Federal, Governo do Estado, empresas e sociedade civil organizada em torno do tema “Ciência para o Desenvolvimento Sustentável do Maranhão.

– Será a oportunidade de buscarmos, todos juntos, novos caminhos, no âmbito da Ciência da Tecnologia, para o futuro do nosso Estado – conclama Lauro Assunção.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

MPMA participa de audiência pública com candidatos ao governo do Estado

Audiência pública com candidatos ao governo do EstadoAudiência pública com candidatos ao governo do Estado

Na manhã desta quarta-feira, 15, foi assinada a Carta de compromissos com a infância e a adolescência no Maranhão, durante uma audiência pública realizada no auditório da OAB/MA. Estiveram presentes os candidatos ao governo do Estado Flávio Dino, Jocivaldo Corrêa, Marcos Silva e Saulo Arcangeli. O candidato Jackson Lago foi representado por sua esposa, Clay Lago, enquanto o candidato a vice-governador, Washington Luís representou a candidata Roseana Sarney.

O Ministério Público do Maranhão foi representado pelo diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais, Marco Aurélio Ramos Fonseca – que representou a procuradora-geral de Justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro – e a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude, Márcia Moura Maia.

O evento foi promovido pelo Fórum das Organizações Não-Governamentais de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fórum DCA), Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA-MA), Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Organização Mundial para Educação Pré-Escolar (OMEP), Ministério Público do Estado do Maranhão, Fórum da Educação Infantil, Escola de Conselho Civitas/UFMA e Escola de Formação de Governantes (EFG-MA).

Estudantes acompanharam audiência pública na OABMAEstudantes acompanharam audiência pública na OABMA

O objetivo do documento é fazer com que os candidatos assumam o compromisso de garantir e promover os direitos da criança e do adolescente. A idéia é que as propostas sejam incluídas em seus programas de governo e implementadas durante a próxima gestão estadual.

As propostas abrangem diversas áreas como saúde, educação, assistência social e direitos humanos e visam o desenvolvimento de um modelo de desenvolvimento economicamente viável, socialmente justo e ambientalmente sustentável.

Durante o evento, foram lidas as propostas e cada candidato pôde falar sobre os motivos que os levaram à assinatura do documento, comprometendo-se a torná-las realidade caso cheguem ao governo. Além disso, foi aberto espaço para que os participantes pudessem fazer questionamentos aos candidatos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

TSE mantém mais uma cassação de registro de candidatura com base na Lei da Ficha Limpa

O indeferimento do registro de candidatura de Fábio Tokarski com base na Lei da Ficha Limpa foi mantida no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O candidato pretendia disputar uma vaga na Câmara dos Deputados de Goiás.

Tokarski foi considerado inelegível por já ter sido condenado por captação ou gastos ilícitos de recursos durante a campanha eleitoral de 2006. Em razão disso, teve o diploma de suplente de deputado estadual cassado. A condenação foi julgada sem possibilidade de recurso em fevereiro deste ano.

Com informações da Folha.com

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cardoso e Kenard: uma amizade intocável

Por Roberto Kenard

Prezado Cardoso, nossa amizade é assentada no livre pensar. Isto é: independe de posições políticas ou ideológicas. Podemos discordar em tudo, ir na garganta um do outro em defesa do que acreditamos, mas a amizade fica lá, suspensa, intocável. Daí a opinião que expresso agora.

Fico feliz que o amigo tenha caído na real, como se diz na gíria. Você vinha confundindo as bolas ao se dizer independente. Há mais de um post em que você segue as pesquisas de intenção de voto com o título: Roseana Sarney ganha no primeiro turno. Fico feliz que depois da censura já diga que ela irá perder a eleição. Como fico feliz com a mudança, também pós-censura: seu blog agora tem lado.

Antes você fazia questão de dizer que não tinha lado. Tanto que esculhambou a oposição no atacado e publicou a agenda da candidata Roseana Sarney. Pior: escreveu post em que dizia que não estava publicando as matérias de Roseana Sarney por culpa da assessoria da candidata que não enviava, porque se enviasse, publicaria. Em uma das conversas ao celular, discutimos e lhe afirmei: quem não tem lado está ao lado do mais forte.

 O certo, caro amigo, é que independência se constrói com o distanciamento de governos, sobretudo o governo da filha do coronel Sarney. Você e eu não temos um único e escasso motivo para sermos condescendentes com a famiglia.

Há muito sabemos que são bandidos, que deveriam estar na cadeia. Independência, no Maranhão, é entrar para as fileiras da oposição contra uma oligarquia que já dura 45 anos. Que sempre usou o poder para ficar rica, enquanto o maranhense comum engrossa a fileira dos piores índices sociais do Brasil. Precisamos comemorar. Grande abraço.

Resposta do blog

Caro amigo Roberto Kenard

Continuo com essa besteira de que deve imperar a imparcilidade na informação. Jornalista, como bem expressa você, tem que ter posição firmada, sim.

O artigo que fala da fragilidade da candidata Roseana Sarney é de autoria do meu filho, Yuri Almeida. Concordo plenamente com ele.

Critiquei a oposição e continuo criticando por não se unir pelo único objetivo: tirar o Maranhão das garras nefastas do grupo Sarney.

No mais, estaremos hoje comemorando o desespero do grupo. Ouvi hoje de um importante aliado de Roseana Sarney que a situação não é nada cômoda para a candidata.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Movimento #ForaRoseanaSarney ganha as ruas da capital

A candidata Roseana Sarney representou este blog junto ao TRE-MA. Estou censurado!A candidata Roseana Sarney representou este blog junto ao TRE-MA. Estou censurado!
O movimento #ForaRoseanaSarney avançou no seio estudantil maranhense. Representantes da UNE estão em São Luís organizando uma grande manifestação na praça da Bíblia, a ser realizada no próximo dia 21.

A Justiça Eleitoral censurou meu blog e pediu a exclusão de vídeos do #ForaRoseanaSarney, sob pena de pagar multas diárias de R$ 2 mil. Prontamente atendi.

Com a visão atrasada, o desembargador Jaime Ferreira tomou a decisão de impor a censura aos blogs, exatamente na publicação de uma paródia sobre o jingle da candidata.

Ora, mais recentemente, o STF, através do ministro Carlos Ayres de Brito, decidiu liberar as sátiras e paródias com candidatos nos programa humorísticos. Mas estamos no Maranhão.

Se a Justiça insistir que minhas publicações sobre o movimento #ForaRoseanaSarney são ilegais, só falarei no nome da candidata quando for publicar uma receita culinária. E já recebi do leitor Macabeu uma sugestão: quiabo com carne moída, a comida preferida da governadora.

Como sou otimista e cumpridor do ordenamento legal, mas acreditando que a justiça tem seus equivocos, trancrevo aqui um artigo do estrategista de conteúdo web, Yuri Almeida, que por acaso é o idealizador do #ForaRoseanaSarney. Leia abaixo:

O Maranhão cansou. É #ForaRoseanaSarney

Há muito venho alertando o que a oposição maranhense não enxerga: a candidatura de Roseana Sarney é frágil e, muito diferente do que apontam as pesquisas eleitorais, Roseana não se elegerá.

Desde o início, quando Ricardo Murad tentou desvirtuar o #ForaRoseanaSarney, grito dito pelo povo do Maranhão e não por algum candidato, isto ficou claro: o #ForaRoseanaSarney incomodou.

Por quê? Simples. Roseana Sarney, Ricardo Murad e, principalmente, Duda Mendonça sabem que é este o real desejo do povo do Maranhão.

E isto ficou ainda mais evidente agora, quando, em seu programa eleitoral de TV, a candidata Roseana Sarney tentou instalar o medo e a intriga no coração do já sofrido povo maranhense.

Forjando ataques ao Estado- e feitos pelo próprio maranhense, pasmem. – foi tentado passar a imagem de que o movimento criado é baixo, apelativo e preconceituoso.

Pensando ser espertos, nada falaram sobre o #ForaRoseanaSarney, passando apenas a idéia de que um movimento contra o Maranhão está sendo formado por internautas. Além de mentir e esconder, erraram feio.

Roseana Sarney não usaria o espaço que tem no programa eleitoral de TV à toa. Sua candidatura está abalada pelo grito #ForaRoseanaSarney, o que levou a sua equipe de marketing – que, pelo visto, nada conhece de internet – à criar este vídeo tosco e denunciante do total desespero.

Contratado ao custo de R$ 12 Milhões, Duda Mendonça não contava com a força da internet. No máximo, acreditava ele que os poucos que tem acesso à rede não passariam dos 140 caracteres do Twitter, onde o #ForaRoseanaSarney começou. Errou novamente.

O #ForaRoseanaSarney cresceu, não se resumiu à internet, tomou força e chegou ao interior do Estado – local onde poucos tem acesso à rede, diga-se – conclamando o povo do Maranhão à libertação. E o povo, claro, aderiu ao movimento.

Mesmo sabendo que a maioria dos veículos de comunicação do Estado, vendidos e calados, pouco tem publicado sobre o movimento, passeatas estão sendo organizadas; em poucos dias, os novos caras pintadas estarão nas ruas numa só voz: #ForaRoseanaSarney.

E como foi dito logo no início, a candidatura de Roseana Sarney é frágil, frágil. Não enxerga quem não quer.

Agora, para quem ainda duvida – como duvidou o Duda Mendonça, esclareço: o sentimento de indignação e mudança é maior que 140 caracteres. O #ForaRoseanaSarney chegou às ruas de todo o Maranhão e, certamente, chegará também às urnas.

O Maranhão cansou. É #ForaRoseanaSarney.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.