“Nossa prata é ouro com Fadinha do Skate”, diz Wellington ao destacar orgulho maranhense da campeã olímpica

    Na manhã desta segunda-feira (26), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou as redes sociais para parabenizar a jovem maranhense Rayssa Leal, de apenas 13 anos de idade, que foi destaque nos Jogos Olímpicos em Tóquio. O pronunciamento foi feito após a menina conquistar a prata e garantir a segunda medalha para o skate street nas Olimpíadas.

    Foto Divulgação

    Ao parabenizar a maranhense, o deputado Wellington ressaltou que a prata simboliza o ouro para o Maranhão e externou grande orgulho pela Fadinha, que levou o nome da cidade de Imperatriz em suas conquistas.

    O Brasil se uniu, novamente, para torcer por uma maranhense de apenas 13 anos de idade. Rayssa Leal, a Fadinha, brilhou muito em Tóquio. A nossa prata é ouro com a Fadinha do Skate. Parabenizo a Rayssa e agradeço a ela por nos conceder momentos de tanto orgulho. Espero que a história dela sirva para que as autoridades invistam no esporte aqui no Maranhão. Existem muitos talentos que podem ser descobertos e, assim como a Fadinha, chegar a lugares altos. Parabéns, Fadinha. Você nos encheu de orgulho”, disse o deputado Wellington.

    Atualmente, tramita na Assembleia Legislativa um Projeto de Resolução que concede a Medalha de Mérito Legislativo à maranhense Rayssa Leal. A proposta é de autoria do deputado Wellington. Além disso, o parlamentar também encaminhou uma moção de aplausos à atleta maranhense.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Holandinha não rompe com Flávio Dino e irá apoiá-lo para o Senado

    Em conversa reservada com o governador do Maranhão, o ex-prefeito de São Luís reafirmou sua pré-candidatura ao Palácio dos Leões, mas informou a Flávio Dino que irá apoiá-lo na eleição de senador. 

    Dino respeitou a decisão de Holanda e ficou feliz por ter o apoio do ex-prefeito na sua caminhada ao Senado Federal, principalmente na capital, onde o governador perdeu a eleição com seu candidato em 2020.

    A decisão de não apoiar nenhum dos candidatos da base do governo é política e uma tentativa de expadir o nome para chegar ao segundo turno. Na pior das hipóteses, se não ultrapassar a primeira etapa da eleição, trabalhará no segundo turno o nome de Weverton Rocha.

    Edivaldo Holanda não demonstra mágoas, mas ainda não engoliu o fato de não ter sido ouvido pelo governador sobre a sua sucessão em 2020 e, por isso, ficou neutro, favorecendo o prefeito eleito Eduar Braide.

    Os holandistas estão apostando todas as fichas na eleição do ex-prefeito e pretendem iniciar um mutirão político depois do dia 4 de agosto, data em que Holandinha estará se filiando ao PSD, em Brasília.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Roseana tira o dela da reta e debita provável cassação de Flávio Dino ao MDB

    O jornalista Luis Cardoso publicou ontem, sexta-feira (24) um vídeo comentando a iniciativa da ex-governadora do Maranhão na contratação do advogado e ex-ministro do TSE, Admar Gonzaga, para compor o time de juristas que advogam a queda da chapa Flávio Dino e Carlos Brandão por abuso de poder político e abuso de poder econômico. 

    O proceso, que andava parado, deu saltos largos na semana passada. Gonzaga, que também é advogado do presidente Jair Bolsonaro, sabe o camimho das pedras e pode ganhar na Justiça Eleitoral a questão, ajudando a detonar dos cargos o governador e o seu vice, causando o maior reboliço na política maranhense, deixando a dupla inelegível para o pleito de 2022.

    Roseana Sarney tratou hoje de tirar o corpo fora e deixar ao seu partido a iniciativa da tentativa de cassação dos mandatos, como se não fosse ela a principal interessada, Confira na nota do MDB abaixo:

    NOTA

    Notícias divulgadas em blogs e emissoras de rádio sobre ação no Tribunal Superior Eleitoral, com imputações de ilegalidades na campanha do então candidato à reeleição ao Governo do Estado, Flávio Dino, no pleito de 2018, atentam contra a verdade quando afirmam tratar-se de uma iniciativa pessoal da ex-governadora Roseana Sarney. Foi, sim, uma ação da Coligação Maranhão Quer Mais, que, além de Roseana, abrigava candidatos ao Senado da República, à Câmara Federal e Assembleia Legislativa do Maranhão.

    Muitas coligações, em todo o Brasil, utilizam-se desse tipo de ação para que não haja dúvida sobre o resultado de eleições.

    Trata-se, portanto, de iniciativa que respeita a legislação vigente, de caráter coletivo, de mais de uma centena de candidatos, que buscam manifestação da Justiça Eleitoral sobre a lisura do pleito.

    Tais processos estão submetidos à alta corte eleitoral do país e a ela exclusivamente cabe julgar a procedência dessas praticas.

    São Luís, 23 de julho de 2021.

    Diretório Estadual do MDB

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Operação Varredura prende 32 pessoas por diversos crimes em São Luís

    A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Polícia da Capital – SPCC (Seccional Norte e 13° Distrito – Cohatrac), com apoio operacional das demais Superintendências da Polícia Civil, CTA e CPM/PMMA, realizou na manhã desta sexta-feira (23) a “Operação Varredura”, fruto do resultado de 5 meses de investigações. A ação resultou no cumprimento de 64 mandados de busca e apreensão e na realização de 32 prisões, dentre cumprimento de mandados de prisão preventiva e prisões em flagrante.

    Operação Varredura na região do Cohatrac

    Durante os mandados de busca foram apreendidos drogas, dinheiro, arma de fogo e munições. Já dentre as prisões, destacam-se os suspeitos de liderarem uma facção criminosa que atua na região do Cohatrac, além da prisão definitiva de acusado de homicídio, o qual teve prisão decretada em 23 anos de reclusão.

    Os suspeitos irão responder por associação criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico, homicídio e roubo. Cabe ressaltar que as investigações seguirão em curso a fim de identificar os demais autores, além de dar cumprimento aos demais mandados de prisão preventiva.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Procuradoria investiga indícios de fraudes em licitações da Prefeitura de Açailândia

    Blog do Neto Ferreira

    A Procuradoria da República abriu uma investigação para apurar suposta fraudes em duas licitações das Prefeitura de Açailândia.

    O inquérito está sob a coordenação do procurador, Alexandre Ismail Miguel.

    As fraudes teriam sido praticadas nos Pregões Presenciais nº 002/2018 e 022/2018, realizados pelo Executivo municipal durante a gestão de Juscelino Oliveira.

    Uma das licitações investigadas teria como objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de transporte escolar (incluindo todos os insumos e mão-de-obra necessários para execução dos serviços), de interesse da Secretaria Municipal de Educação.

    Não há prazo para a conclusão dos trabalhos investigativos.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.