Deputados federais do MA usaram R$ 1,6 milhão em propaganda dos mandatos

Neto Ferreira

Em 2019, o foco dos deputados federais maranhenses foi mostrar aos cidadãos do Estado as benfeitorias feitas por eles. Para isso usaram R$ 1.643.560,64 milhão da CEAP (Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar), mas conhecida como “cotão”.

A quantia usada em divulgação da atividade parlamentar lidera o ranking de gastos dos congressistas nesse ano, que somaram R$ 6.261.311,78 milhões.

Os deputados também esbanjaram bastante com a emissão de bilhetes aéreo, cerca de R$ 1.228.746,91 milhão foram usados no serviço; com consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos, o gasto foi de R$ 1.136.711,50 milhão com a contratação de empresas para desenvolver os trabalhos.

Além destes, os parlamentares aproveitaram o “penduricalho” e não economizaram na locação de veículos, em combustíveis, manutenção de escritórios de apoio e outros serviços. O custo total desses serviços foi de R$ 2,2 milhões aos cofres públicos.

As informações foram divulgadas pelo Portal da Transparência da Câmara Federal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Governo do Rio quer liberação de cassinos gradual

De acordo com o GamesBras, o secretário estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Otávio Leite, defendeu publicamente a liberação dos jogos de cassino no Brasil como ferramenta de desenvolvimento econômico. As declarações surgiram em meio à participação do governante no seminário Rio + Turismo. O secretário de Turismo fluminense frisou que essa é a opinião de seu governo, e de fato está de acordo com declarações do governador William Witzel sobre essa matéria.

Perda de divisas

Na entrevista citada pelo GamesBras, Otávio Leite defende que a “perda de divisas” se tornou “evidente” ao longo dos últimos anos, com os desenvolvimentos econômicos e sociológicos na área do turismo, um pouco por todo o mundo. E em especial em países que competem diretamente com o Brasil – sem falar no fato de os turistas brasileiros estarem viajando para outros países tendo a possibilidade de jogar no cassino como um dos fatores de atratividade.

A proibição dos jogos de cassino faz com que, atualmente, só seja possível jogar na roleta, no blackjack ou em caça-níqueis de forma legal e protegida em plataformas online, como o NetBet Casino e outras. Mas isso não substitui a verdadeira experiência de jogar em um cassino.

Nossos vizinhos da América Latina vêm investindo em cassinos como (mais uma) forma de atrair turistas estrangeiros. Outros países vêm “apostando” nisso; um dos exemplos é Portugal, onde sequer existem grandes cassinos resort mas os cassinos que existem estão situados em zonas de grande capacidade turística. Mais de metade dos frequentadores são visitantes internacionais.

Mas os grandes exemplos vêm de Singapura e Macau. Centros de entretenimento gigantes, com capacidade para milhares e milhares de pessoas, ajudaram a fazer dos dois territórios grandes pontos turísticos na Ásia Oriental.

Contradição política? Talvez não

Sheldon Adelson, o maior empresário de cassinos de Las Vegas, é o proprietário do Marina Bay Sands, o maior cassino resort de Singapura, e é ele que quer investir no Rio de Janeiro. O prefeito evangélico Marcelo Crivella está mais que atento à oportunidade, e há pelo menos dois anos e meio que vem falando com o empresário octogenário. Alguns dizem que há uma grande contradição em um político eleito numa base religiosa estar defendendo a liberação do jogo, mas ele afirma ser também contra a miséria e o desemprego. Essa é uma oportunidade que “o prefeito da Universal” está fazendo tudo para aproveitar para sua cidade.

Liberação gradual

Nessa perspectiva, não surpreende que Otávio Leite defenda também uma “liberação gradual” do jogo. Para desenvolver o turismo e fazer nascer grandes projetos de reconversão imobiliária, não é necessário “maquininhas em qualquer botequim, bingos a cada 200 mil habitantes” como ele falou à imprensa. Pelo contrário, uma liberação limitada e apostada no alto valor será o caminho a seguir.

O Maranhão deve estar atento

Esse é um momento-chave para um desenvolvimento político e legislativo com consequências no longo prazo. O que for decidido agora para o jogo e os cassinos vai influenciar o que for feito nas próximas décadas. É importante que o Maranhão, o Nordeste e as restantes regiões do país entendam que essa oportunidade econômica pode acabar concentrada no Sudeste. Há pouco tempo, vários dirigentes políticos do Tocantins quiseram criar uma “Las Vegas no Cerrado”. O tempo desse projeto poderá estar passando, pois o Jalapão não terá o quase exclusivo do jogo como Las Vegas teve nos Estados Unidos. Mas seria injusto que só o Rio e São Paulo virassem as novas Singapura e Macau da América do Sul, com o resto do Brasil perdendo mais essa chance.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Gestão Sissi Viana implanta o progresso no município de Godofredo Viana

Com o exercício financeiro de 2019 chegando ao fim, o município de Godofredo Viana termina mais um ano com o saldo positivo e com grandes conquistas para o povo.

Pelos quatro cantos é possível ver obras executadas pela gestão do prefeito Sissi Viana que entrarão para a história. A exemplo dos anos anteriores, o pagamento em dia dos salários dos servidores públicos municipais tem sido a marca da atual administração.

A infraestrutura é mais um ponto que tem recebido grande atenção do Executivo. Obras importantes foram executadas, como a pavimentação das ruas Doutor Antonio Dino, Antônia Coelho, Gregório Ângelo Costa Filho e José Crispim dos Santos, e da Avenida João Jorge Filho.

No bairro Ponta do Jardim, a rua principal recebeu calçamento em bloquete, tudo com recursos próprios do município. No bairro Vila Nova, a obra de calçamento também em bloquete está em execução e em ritmo acelerado. Os serviços de infraestrutura também significam mais saúde para população.

A gestão Sissi Viana trouxe grandes conquistas para a educação municipal. O prefeito reformou e ampliou escolas; e também construiu uma nova escola em Bairro de Fátima. A escola José Teixeira da Cruz foi construída com recursos próprio do município. Uma escola moderna e climatizada que dá melhores condições de trabalho para os professores e melhores condições de estudo para os alunos.

A merenda escolar foi outro ponto positivo no governo Sissi, que ofertou aos alunos uma merenda de qualidade distribuída em toda rede municipal de ensino durante todo o ano.

O Distrito de Aurizona também tem tido grandes investimentos. Aurizona conta com a execução de um quilometro de asfalto em andamento e  do calçamento em bloquetes do Balneário do Cachimbo.

Ainda na sede do município, estão em andamento as obras de reforma do Ginásio Poliesportivo e do Estádio de Futebol.

A limpeza urbana também é destaque na gestão Sissi Viana. Hoje, com coleta de lixo residencial e com equipes de limpeza trabalhando diariamente nas ruas, é possível ver uma cidade limpa e bem cuidada. A coleta seletiva do lixo ajudou a  transformar o lixão da cidad graças a uma parceria com a JP Transporte e Reciclagem.

Sissi Viana frisou que os investimentos foram bastante diversificados e é possível constatar isso por toda a extensão do município. “Investimos nas estradas rurais, em asfalto, em pavimentação em bloquetes ,na educação, no lazer. Investimos muito na saúde, com ampliação e reforma do agora Centro de Saúde Aprígio, na aquisição e compra de uma ambulância,na contratação de médicos e na aquisição de remédios para Farmácia Básica de Saúde. É uma administração muito diversificada mesmo, na educação fizemos piso, entregamos novas carteiras, novos equipamentos para cozinha para todas as escolas. Nosso legado de trabalho é amplo e vamos amplia-lo”, garantiu.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Indicação do deputado Glalbert Cutrim garante recuperação da MA-332, que liga Matões do Norte, Cantanhede e Pirapemas

O deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), usou suas redes sociais para agradecer o inicio das obras na MA-332, que liga os municípios de Matões do Norte, Cantanhede e Pirapemas.

“Os trabalhos de recuperação da MA-332 estão à todo vapor. Obrigado governador Flávio Dino por atender nossa indicação que beneficiará a população dos municípios de Matões do Norte, Cantanhede e Pirapemas.’ Disse o deputado.

No final de abril, próximo do fim do período chuvoso, o parlamentar protocolou a indicação nº 650/19 solicitando que a Secretaria de Infraestrutura incluísse a rodovia no cronograma de obras.

À época, a proposição atendeu pedido das lideranças de Cantanhede, vereadores Jairon Dantas, Emerson Costa, Edmilson Peroba, Denis, do ex-prefeito Mundinho, dos ex-vereadores Cleber Calas e Toinho e dos empresários Ronildo e Edmilson Maranhão, que fazem parte do grupo político do deputado no município e do ex-prefeito de Pirapemas, Eliseu Moura.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Legalização do jogo: terá cassino em São Luís?

A liberação dos cassinos e jogos de azar vem conhecendo cada vez mais novos desenvolvimentos. Depois de toda a polêmica da última década, em especial com o intenso debate político após o aparecimento do PL 186/14, parece que agora haverá finalmente um desenvolvimento legislativo. Ironicamente, isso irá acontecer no mandato de um dos presidentes de orientação mais conservadora das últimas décadas. E ainda não se sabe que tipo de dificuldade política esta decisão poderá causar a Bolsonaro junto da bancada evangélica.

O cassino resort

O PL 186/14 previa uma liberação geral de todas as formas de jogos de azar, incluindo salas de bingo e até o jogo do bicho. Foi com base nessa expetativa que um empresário gaúcho abriu uma rede de salas de bingo no Rio Grande do Sul, que foram depois encerradas pelas autoridades quando ficou claro que estavam desafiando a lei – e que não viria nenhuma alteração séria, como não veio até o momento. Por enquanto, só é possível acessar jogos de cassino na NetBet e em outras plataformas online. O projeto que está sendo debatido é o da liberação dos cassinos resort.

Esses espaços de entretenimento e diversão têm como modelo os grandes cassinos de Las Vegas e os mais recentes de Macau e Singapura. Com milhares de leitos para turistas, centros de congressos, área de espetáculos, restaurantes e muito mais, esses espaços têm nas salas de blackjack e nas mesas de roleta apenas um de seus motivos de interesse.

A ideia que está dominando o debate político é a de limitar o número de cassinos resort em cada estado, de acordo com sua população. Os estados com mais de 25 milhões de habitantes poderiam ter até três cassinos; entre 15 e 25 milhões, haveria duas licenças para atribuir; estados até 15 milhões de habitantes poderiam ter um cassino resort.

Politicamente aceitável

Esse projeto assume o cassino como um dinamizador da economia, numa lógica de promoção do turismo. O setor turístico, claramente, vem insistindo com os poderes públicos no sentido de permitir o jogo como perspectiva de desenvolvimento econômico. Debalde o movimento “Brasil Sem Azar” vem falando que o cassino é uma ameaça para restaurantes e outros estabelecimentos, pois os turistas gastam no jogo o que não gastam em outros espaços comerciais. Não é assim que funciona em Las Vegas, e Sheldon Adelson, o empresário americano que quer investir bilhões no Rio de Janeiro, sabe bem disso – ele que é um dos 25 homens mais ricos do mundo.

Terá cassino em São Luís?

Fica claro que o Maranhão está na categoria dos estados que poderão ter apenas um cassino resort. Mas, existindo essa possibilidade, não existirá algum empresário interessado em tentar a sorte?

O Brasil está despertando para a realidade da necessidade de conseguir turismo internacional. Em entrevista recente à Folha de São Paulo, o presidente da Embratur, Gilson Machado, falou que o México recebe anualmente 39 milhões de visitantes estrangeiros, enquanto o Brasil recebe apenas 6 milhões, menos que a Torre Eiffel, em Paris.

Não será que um cassino em São Luís, uma infraestrutura bem grande, com visibilidade internacional, poderia servir de “farol” para o desenvolvimento econômico?

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Acidente causa engarrafamento na Via Expressa

Um acidente agora no período da tarde de hoje, 26, resultou em longo engarrafamento na Via Expressa, na altura da parte detrás do Recanto dos Vinhais. Um Clio vermelho atingiu uma S10 que fazia uma conversão proibida.

Confira nas imagens:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Pinheiro 2020 : Luciano lidera com folga em todos os cenários

Pesquisa realizada pelo Instituto Econométrica, em Pinheiro, confirma que o prefeito Luciano Genésio é o favorito para a reeleição. Ele lidera em todos os cenários e deve comandar a cidade por mais quatro anos.

No cenário estimulado, em que aparecem todos os pré-candidatos, Luciano está em primeiro com 36,7%, seguido pelo deputado estadual Leonardo Sá com 26,3%, o ex-prefeito Filuca (15,8%), o ex-prefeito Zé Arlindo (10,5%), Pr. Lobato (2%) e Tony Ferreira também com 2%.

Em um contexto sem os dois últimos colocados do cenário anterior, Luciano aumenta suas intenções de voto para 37,9%, em segundo Leonardo Sá com 27,4%, seguido por Filuca (16,4%) e Zé Arlindo com 10,2%.

No cenário sem a participação do ex-prefeito Zé Arlindo, Luciano Genésio aumenta seus números para 41,5%. Mais atrás aparecem Leonardo Sá com 30,2% e Filuca com 18,1%.

A maioria do eleitorado de Pinheiro, independente das posições políticas, acha que Luciano Genésio será reeleito prefeito da cidade. 45,2% dos pinheirenses acreditam nisso. Enquanto somente 18,9% acham que Leonardo Sá vencerá as eleições. 10,5%, 3,4% e 1,1% acreditam que o vencedor possa ser Filuca, Zé Arlindo ou Pr. Lobato, respectivamente.

Luciano melhora e concorrentes caem

A comparação da pesquisa realizada neste final de ano com o mesmo levantamento feito em julho mostra o crescimento de Luciano Genésio em relação aos seus concorrentes.

Na época, Leonardo Sá liderava com 37,9%, mas caiu para 30,2%. Luciano, que tinha 23,3% em julho, agora aparece com 41,5%. Filuca variou para baixo: de 20,2% para 18,1%.

A pesquisa Econométrica foi realizada de 20 a 22 de dezembro e ouviu 354 eleitores de vários bairros de Pinheiro. O erro amostral é de 4,8% com um intervalo de confiança de 95%.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ele está de volta! Bem-vindo Andinho!

Ele está de volta!!!

Depois de 5 anos longe do Bloco da Confraria do Copo, ele está de volta. Gravou todos os cd’s do bloco ao lado Carlão. (Dupla que irá voltar depois de 5 anos)
Antes de sair da Confraria, Andinho ainda teve 10 anos consecutivos na frente do bloco de 2006 à 2015. E é com muito prazer que a Confraria anuncia a sua volta para o Carnaval 2020. Seja muito bem-vindo de volta a sua casa Andinho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.