Prefeito de Caxias recebe alta no tratamento da Covid-19

    O prefeito de Caxias, Fábio Gentil, recebeu alta do hospital em onde estava fazendo o tratamento da Covid-19. O prefeito divulgou uma nota em suas redes sociais agradecendo pelo dom da vida e pelas pessoas que oraram pela sua recuperação.

    Fábio estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, após uma piora em seu estado de saúde.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Cunhado acusado de estuprar e matar sobrinha-neta de Sarney vai a júri popular

    O empresário Lucas Porto, que permanece preso em Pedrinhas acusado de estuprar e matar a cunhada publicitária  Mariana Costa,  vai a júri popular no dia  24 de fevereiro de 2021.

    Mariana Costa, que é sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney, voltava de uma igreja evangélica com os filhos. O empresário entrou no apartamento no momento em que a publicitária estava dormindo, no dia 13 de novembro de 2016, em seu apartamento no Turu. Ela era filha do ex-deputado estadual Sarney Neto.

    Lucas Porto tentou sem sucesso que sofria de problemas mentais e chegou a realizar vários exames.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Antes da vacina chegar, Maranhão comemora o controle sobre novo coronavírus

    Ninguém sabe ao certo quando a vacina irá começar a ser aplicada no Brasil para erradicar a Covid-19, vírus que já atingiu 6.903.833 e matou 181.460 até hoje, segunda-feira (14), em todo o país.

    Porém, no Maranhão, a pandemia já apresenta sinais de controle, o que deixa o nosso estado entre os dois com índices de mortes decrescentes. A informação foi reproduzida pelo governador Flávio Dino. Confira:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Flávio Dino quer retirar R$ 74 milhões da Segurança Pública e aumentar o gasto com propaganda”, denuncia Wellington do Curso sobre projeto da LOA 2021

    O deputado estadual Wellington do Curso se pronunciou para tratar sobre o Projeto de Lei Orçamentária Anual que deve ser executado em 2021. Ocorre que, entre as previsões, há a retirada de cerca de R$ 74 milhões da Secretaria de Segurança Pública e implementação de mais R$ 12 milhões na Secretaria de Comunicação, pasta responsável pela propaganda exacerbada e típica do governador Flávio Dino.

    Ao se pronunciar, Wellington questionou as razões que levam Flávio Dino a tirar recursos da Secretaria de Segurança Pública, exatamente em um ano em que o Maranhão teve acréscimo de mais de 18% no número de homicídios.

    “De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, só nos primeiros meses de 2020, já houve um aumento de 18,5% nos casos de homicídio no Maranhão. A população sofre com a violência presente em todos os locais. Faltam policiais e sobra criminalidade. Há soldados formados e que, até hoje, não foram nomeados por Flávio Dino. Enquanto isso, o número de crimes só aumenta no Maranhão. Nesse cenário, fica o questionamento: por que reduzir recursos da Secretaria de Segurança Pública? Flávio Dino quer retirar R$74 milhões da Segurança Pública e mandar para propaganda. Com isso eu jamais irei concordar”, disse Wellington.

    Como encaminhamentos, Wellington apresentou emendas de remanejamento, retirando recursos da Secretaria de Comunicação e destinando a Secretaria de Segurança Pública, abrangendo, entre outras medidas, a inclusão de 2 mil vagas na Polícia Militar do Maranhão, a fim de nomear os soldados formados pelo último concurso.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Mix Mateus: “R$8 bilhões e colocaram um montador de mdf pra fazer as prateleiras”, denuncia Yglésio

    O deputado estadual Yglésio Moyses (PROS) subiu à tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde desta segunda-feira (14), e trouxe informações até então desconhecidas sobre o inquérito do acidente que houve na loja do Mix Mateus da Curva do 90, no dia 02 de outubro deste ano, em São Luís, por volta das 21 horas, tendo como única vítima fatal a jovem Elane de Oliveira Rodrigues, de 21 anos de idade.

    Durante o discurso, o parlamentar disse que teve acesso à parte do inquérito e afirmou que houve negligência por parte do Grupo Mateus na montagem das prateleiras. Em vez de uma estrutura desenvolvida por engenheiros, segundo o deputado, o Mateus contratou uma empresa de um único funcionário (o proprietário), especializada em móveis projetados.

    “(Elane de Oliveira Rodrigues) 21 anos, foi vítima de acidente de trabalho por negligência dentro da empresa que trabalhava, que optou por contratar um montador de móveis projetados, de MDF, pra fazer plataformas pra segurar toneladas, estrutura de engenharia que deveria ter sido colocada dentro do supermercado!”, exclamou o parlamentar.

    Além do exposto acima, o deputado disse que o Grupo Mateus promove ‘uma política de exploração das pessoas em busca do enriquecimento’.

    A denúncia do deputado realizada hoje, em meio a um cenário onde nenhuma autoridade e nem o próprio Grupo Mateus tratam do assunto, é grave, já que, há mais de 70 dias desde quando o inquérito teve seu início, bem como as perícias, nenhum resultado foi trazido ao conhecimento do público pelas autoridades e nem pela própria imprensa.

    Indenização justa

    O deputado Yglésio Moyses pediu que o Grupo Mateus cumpra com o mínimo que, segundo ele, é oferecer uma indenização justa à família da Elane, única vítima fatal do acidente. Cobrou o mesmo às demais vítimas. “A gente espera que os outros, que foram quatro a oito vítimas (…), que sejam todas indenizadas porque ele não tá fazendo favor, ele não tá sendo bonzinho”, disse o deputado.

    Censura à imprensa

    O parlamentar também denunciou que o Grupo Mateus, usando o poder que possui, estaria ‘censurando a imprensa’, impedindo que informações sobre o caso venha a público, a exemplo das que foram citadas pelo parlamentar após ter tido acesso a uma parte do inquérito. “O recurso que ele tá fazendo, a pressão que ele tá fazendo na imprensa… porque ele é o maior anunciante do Maranhão disparado, aqui… calou a imprensa… E é por isso que a gente tem que chegar aqui, nessa tribuna, e ter coragem, mesmo, de falar porque senão, serão novas tragédias, serão novas pessoas que, trabalhando, correm risco de vida”, concluiu.

    A informação dada pelo deputado de que a imprensa foi e está sendo censurada ajuda a explicar o porquê de os meios de comunicação não estarem mais pautando os trâmites do caso, a demora na veiculação das informações.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Vereador que comprou votos e foi reeleito em Coroatá poderá ser cassado

    O Ministério Público deve se manifestar pela cassação do vereador reeleito em Coroatá,  Macílio Gonçalves (PCdoB). Ele foi filmado meses antes do pleito de novembro.

    Marcílio entregou uma bolada de dinheiro para o conselheiro tutelar de Coroatá,  Jarbas Almeida França, em troca de cargo e um espaço na TV onde apresenta um programa.

    O vídeo abaixo do crime foi gravado por Jarbas, que pegou o dinheiro e depositou em juízo para oferecer mais credibilidade a sua denúncia.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Enquete: você aprova ou não o governo de Flávio Dino?

    Faltando menos de um mês para completar dois anos do segundo mandato da gestão comunista, você se considera satisfeito com o governo de Flávio Dino no Maranhão? Vote ao lado direito do Blog.

    Você aprova ou não o governo de Flávio Dino?


    Ver Resultados

    Carregando ... Carregando ...

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Câmara aprova projeto que torna Feirinha São Luís programa permanente do Município

    A Câmara Municipal de São Luís, aprovou nesta segunda-feira (14) Projeto de Lei nº 179/200 que torna a Feirinha São Luís permanente. A proposta, de autoria do Executivo foi aprovada na Casa, após o vereador Ivaldo Rodrigues (PDT) pedir urgência na votação da matéria.

    “O projeto transforma a Feirinha São Luís definitivamente em um dever de Estado e em um direito do cidadão e, ao mesmo tempo, evita que ele permaneça apenas como uma política de governo, como ocorre atualmente”, defendeu Ivaldo, falando ainda que pediu a urgência por entender a grandeza social da proposta.

    O projeto tem 4 artigos e explicita como deve ocorrer o funcionamento das atividades.

    Entre outras coisas, o documento diz, em seu artigo 1º, que fica instituída no âmbito do Município de São Luís a Feirinha de São Luís, que será realizada na Praça Benedito Leite, aos domingos, objetivando reunir produtos agroecológicos, artesanato, gastronomia e apresentações culturais locais. Já o artigo 2º diz que as despesas decorrentes desta Lei correrão por conta da dotação própria, vinculada ao Programa, constante do orçamento vigente.

    Durante o discurso e antes da votação, o vereador Ivaldo Rodrigues – que foi secretário Municipal de Agricultura que idealizou o programa, fez questão de destacar que o mais importante, nesse momento, era que a Casa aprovasse o Projeto do Executivo, já que se tratava de matéria que beneficiaria a população.

    “É uma Lei que fortalece a cultura e a economia. Fico feliz em saber que a Feirinha São Luís deixa de ser uma ação de governo para virar um programa de Estado”, enfatizou.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Maníaco da Moto! Polícia caça guarda municipal que violentava e filmava mulheres no Maranhão

    No município de Governador Nunes Freire, um Guarda Municipal está foragido suspeito de estuprar 10 mulheres na cidade, ficando conhecido como o Maníaco da Moto.

    O homem abordava as vítimas com uma pistola, obrigando-as a subir na moto e as levava para um matagal onde cometia os crimes e filmava a violência sexual.

    A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) realizou investigações sobre o caso quando se deparou com um homem que fugiu deixando pra traz uma pistola PT-380, um celular e uma moto. A PMMA continua realizando buscas pelo Estado.

    A Guarda Municipal de Governador Nunes Freire emitiu uma nota de repúdio sobre o caso e que está tomando medidas cabíveis contra o acusado. Confira a nota abaixo:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.