Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

Em entrevista, Astro não nega intenção de disputar Prefeitura de São Luís

Política
 

Astro de Ogum, presidente da Câmara Municipal de São Luís

De menino de rua, criado sem pai e nem mãe e que passou fome, a uma figura política importante em São Luís. Seu nome é Generval Martiniano Moreira Leite, mas certamente você o conhece apenas como Astro de Ogum. Eleito em cinco oportunidades seguidas vereador da capital maranhense, tornou-se presidente da Câmara Municipal e tem o trabalho reconhecido por seus pares e pelo povo por quebrar tabus, intolerância e preconceitos.

Em entrevista ao jornal O Imparcial, Astro de Ogum (PR) demonstra estar disposto a mudanças e explicita todo seu desejo em se tornar o próximo prefeito de São Luís.

Confira a entrevista completa abaixo.

Qual é o fenômeno da trajetória do homem Gerneval, que se tornou essa figura política Astro de Ogum?

É uma dádiva de Deus tudo o que acontece na minha vida. Não me considero uma pessoa incomum. Me considero uma pessoa comum dentro da realidade. Acho que é isso que me constrói. Eu respeito primeiro a Deus e depois a humanidade.

Antes de ser político, como o senhor via a relação dos poderosos com a população?

Sempre achei uma diferença essencial muito forte. A avaliação que eu faço agora já é um pouco diferente. Hoje, acho que os governos estão se aproximando mais da população. Eles estão vendo que essa fórmula de gabinete não funciona mais. Hoje, o povo vai às ruas e fala alto. A coisa foi mudando.

Por isso que sua gestão quer ser marcada por trazer o povo para perto da Câmara?

Eu vim das minorias. Eu fui menino de rua. Fui criado sem pai nem mãe. Eu sei o que é fome, o que é dificuldade, o que é falta de moradia. Eu não fui criado em berço de ouro. Hoje eu busco exatamente não fugir da minha origem, não deixar que pode me envaideça, ou me transforme diante daquele povo que mudou a minha vida. Então, a minha obrigação com o povo que mudou a minha vida é tentar, pelo menos, retribuir uma recíproca verdadeira. Aqui quebrei tabus, intolerância e preconceitos. Eu fui eleito por unanimidade duas vezes aqui nesta Casa a qual agradeço a Deus e aos pares. Aqui na Casa eu não conheço oposição contra mim.

Hoje, especula-se um novo mandato seu. Como seria isso?

Eu sempre pautei minha vida com conjunturas. Primeiro, vou olhar como estão as coisas porque a gente tem outras coisas para frente. Eu não gosto de me perpetuar em poder. Acho que perpetuação de poder é a maior burrice que pode ter. Isso aqui é transitório. Eu olho muito por esse aspecto. Tenho ainda um ano e meio de presidência e dois anos como vereador normal, então há muita coisa para se pensar. E no que depender da conjuntura e o que Deus determinar, assim será.

Então, o próximo passo do Astro seria pensar na disputa pela Prefeitura de São Luís?

Não nego que penso na prefeitura. Não vou negar até porque o trabalho que tenho me respalda a isso, principalmente com esse povo humilde de São Luís. Não vou negar que penso nisso. Sou vereador em cinco mandatos. Cada vez mais votado. Sou o único político aqui da Câmara do ano 2000 para cá. Só resta eu. Do ano 2000, sou o último dos moicanos. A gente vê que o povo avança comigo. E isso eu sou muito grato a esta população maravilhosa.

O senhor entende que o Poder Executivo entende a prioridade da população?

Esse entendimento do Executivo é muito complexo, porque a gente da Câmara não está lá dentro do alto clero. O vereador é porta-voz da população. Passamos essa mensagem para o Executivo e aí é complicado, porque o Executivo sempre está dizendo não. A casa do povo mesmo, que eu considero, é a Câmara Municipal. Não estou querendo menosprezar as outras casas, mas onde o povo tem mais contato é com o vereador. O prefeito Edivaldo está no segundo mandato, e a gente sempre busca um entendimento com ele ou pelo menos estamos aguardando um entendimento melhor do Executivo, não para tirar proveitos, mas sim para fazer nossa obrigação.

A relação institucional com a prefeitura é uma relação sadia ou poderia ser melhor?

Eu não sou demagogo. Acho que deveria estar melhor. O Legislativo, para mim, ainda é o coração da população. Acho que a pessoa que está num poder desse e já passou por esta casa aqui tem mais consciência. O vereador é o porta-voz do povo. Acho que falta um pouco mais de entendimento. Espero que agora, com a parceria do governador com a prefeitura, que as coisas caminhem mais ainda e realmente mude a situação.

Como está a sua relação com o governador Flávio Dino?

Eu via o Flávio com outro olhar. Com o tempo, eu fui mudando, vendo que ele é uma pessoa popular. A gente vê pelos últimos Carnavais. Ele estava lá na passarela, desceu do camarote e não era ano eletivo. Ele gosta de estar com o povo e isso me faz bem. Hoje vai os meus aplausos para ele.

Ele consegue se reeleger? Como administrador, o senhor o considera competente?

A gente não pode subestimar ninguém. A gente está vendo tanta surpresa acontecendo. O Flávio está bem. Tem visão. Ele é uma pessoa preparada em tudo. E, na parte administrativa, acho que ele está também preparado. Tenho hoje o respeito pelo Flávio Dino sem demagogia. Não é uma relação de amizade, mas tenho respeito por ele.

Haverá uma ampla discussão sobre o Plano Diretor?

Com certeza com a iniciativa privada e sociedade civil. Essa participação tem que ser recíproca. É uma coisa muito decisiva para o desenvolvimento da nossa cidade.

Depois da licitação do transporte, o serviço melhorou?

Acho que sim. Só não gostei muito, porque ficaram as mesmas empresas. Deu uma melhorada, mas precisamos do transporte alternativo, porque o ônibus deixa o passageiro no terminal, não o deixa em casa. Então, temos que ter um transporte complementar. É complicado. Nós temos aí o Uber chegando, e eu tive falando para os taxistas, na semana passada, para adequar um pouquinho o preço, porque senão vão ficar para trás. Eu não sou contra o Uber, sou contra da maneira clandestina do trabalho. A gente tem que, pelo menos, identificar com quem você está andando. Tem que ter uma identificação, uma placa. Não sou contra o que a população quer.

Como está andamento do projeto do vereador Paulo Victor para regulamentar o Uber?

O processo está aí, agora tem que ver que lá na Câmara dos Deputados está tramitando a questão do Uber. Logicamente, deve ser aprovado, mas pela legalidade e com as ressalvas das placas. O taxista não é regulamentado? Por que o Uber não vai ser regulamentado também? Quer dizer que uma empresa americana chega aqui, invade, faz tudo o que quer e fica por isso mesmo?

O Uber não cria emprego?

Não acho que o Uber cria emprego. Ele desafoga. Ele é uma espécie de álibi financeiro. Ele ajuda o dono do veÍculo a pagar a prestação dele, a gasolina. É um paliativo agradável e ajuda muito, mas sendo legalizado.

Essa discussão já vai entrar em pauta na Câmara no segundo semestre?

Sim, mas o primeiro pai-nosso agora será votar as contas de todos os ex-prefeitos. Fiz um TAC com a Promotoria Pública e, então, nós vamos votar. São coisas que têm que vir à tona e serem votadas. A essência da Câmara e fiscalizar o erário público do Executivo Municipal.

O senhor acha que essa votação e a questão do transporte serão os temas mais polêmicos?

Acredito também que o Plano Diretor é uma questão muito significativa. Fazendo essas coisas todas acontecerem, acho que marca uma gestão.

O senhor já começou as conversas sobre quem apoiar nas eleições de 2018?

Eu sempre fui uma pessoa com a posição no peito bem definida, mas eu tenho em mente hoje, mais ou menos, quem será meu candidato. Praticamente eu estou definido. Para a conjuntura ser completa, vou ter de conversar com meus amigos vereadores para saber quem quer seguir comigo. Cada um tem seu voto.

Como o senhor observa a vinda da ex-governadora Roseana Sarney para a disputa do governo?

Não tenho, ultimamente, falado com a Roseana. Mas, a eleição com a Roseana é uma e sem ela é outra. Temos Roberto Rocha e Maura Jorge que já se apresentaram e que não podemos subestimar. Acho que a Roseana vindo ela consegue aglutinar uma boa votação.

De: O Imparcial

Deputado Zé Inácio acompanha o inauguração do Viva e Procon em São João dos Patos

Política
 

O deputado Zé Inácio participou nesta segunda-feira (24) da inauguração da unidade do VIVA e do Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Estado do Maranhão (PROCON/MA) no município de São João dos Patos. Com capacidade para realizar cerca de 500 atendimentos diários, em oito guichês.

Para o parlamentar a inauguração de mais essa unidade do Viva é fundamental para garantir aos maranhense daquela região acesso a documentação básica, o que lhes garante mais oportunidades e acesso a políticas públicas. Além de assegurar os direitos dos consumidores, a exemplo da lei estadual N° 10.605/2017, de autoria do deputado Zé Inácio, que garante vigilância armada 24hr nas agências bancárias do estado, que já foram notificadas pelo órgão.

 

Ainda segundo Zé Inácio essa é uma importante ação do governo do Estado, do governador Flávio Dino para valorizar e garantir mais cidadania a população maranhense.

A unidade abrange toda a Região do Sertão Maranhense, atingindo diretamente a população dos municípios vizinhos, como Barão do Grajaú, Lagoa do Mato, Nova Iorque, Paraibano, Passagem Franca, Pastos Bons, São Francisco do Maranhão e Sucupira do Riachão.

O deputado disse ainda que a implantação do Viva nessa região irá beneficiar não só a população em geral mais em especial os trabalhadores da agricultura familiar, que costumam ter maior dificuldade de acesso a serviços básicos, como a emissão de documentos.

Entre os serviços oferecidos, estão os de 1ª e 2ª via do RG, inscrição e consulta no CPF, atestado de antecedentes criminais, serviços do balcão do cidadão, como emissão de boletim de ocorrência, emissão de faturas e boletos, consultas (NIT, PIS/Pasep, Bolsa Família), além dos serviços da Junta Comercial do Maranhão (Jucema) e atendimento Procon.

O deputado também parabenizou o presidente do Procon/MA e Viva/MA, Duarte Júnior, pelo excelente trabalho que vem realizando.
Estiveram presentes ainda o secretário de estado de Articulação Política, Márcio Jerry, a prefeita de Nova Iorque, Mayra Guimarães, a prefeita de Sucupira do Riachão, Gilza Ribeiro, o senhor Zé Mário, liderança política da região, o Coordenador Regional da Fetaema, Edson, Quirino, representando a Agerpe.

Atenciosamente
Eula Paula Belfort
Assessora de Comunicação
Tel: (98) 988421047 / (98) 981437563

Deputada Ana do Gás participa de solenidade de assinatura de pacote de pavimentação asfáltica para Ilha de São Luís

Ações
 

O governador Flávio Dino assinou na manhã da última terça-feira (25), a autorização para início de obras de pavimentação e mobilidade do ‘Mais Asfalto’ nos quatro municípios da ilha, sendo eles a capital São Luís e as cidades de Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

A deputada Ana do Gás, prestigiou este importante evento que irá beneficiar 1,4 milhão de pessoas com o asfaltamento de cerca de 200 km de vias. “A região da ilha de São Luís é uma área de grande concentração populacional e muita movimentação, por isso esses investimentos que o governador Flávio Dino vem fazendo e as obras que estão sendo executadas, fazem toda diferença e são de enorme importância na vida do cidadão que muitas vezes sofre com o tráfego e o corre-corre das grandes cidades. Serão R$ 80 milhões de reais para investimentos em asfaltamento e mobilidade, demonstrando mais uma vez o comprometimento do governador com a população dessa região”, declarou Ana do Gás.

A solenidade foi realizada no Palácio Henrique de La Rocque e contou também com a presença dos prefeitos de São José de Ribamar, Luís Fernando, da Raposa, Talita Laci, de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, além de vereadores e lideranças políticas dos quatro municípios. Através de uma cooperação técnica integrada com estas prefeituras, o Governo do Estado, por meio do programa ‘Mais Asfalto’, já executou aproximadamente 300 km de pavimentação asfáltica, dentre outras obras.

Cratera deixa MA-326 em situação precária e coloca a vida dos motoristas em risco

Política
 

A Ma-326 que liga a BR-316 ao município de Conceição do lago Açu está se tornando intrafegável. A buraqueira na MA tem causado acidentes.

Uma enorme cratera na estrada tem dificultado a passagem de veículos e motocicletas, fazendo com que os condutores se arrisquem ao fazer manobras para se desviarem dela. Esta mesma MA foi recuperada recentemente pelo governo Flávio Dino, mas ao que tudo indica o serviço foi apenas aparente, pois a estrada está se tornando perigosa e intrafegável.

Irmão de secretário ganha contrato milionário em Matinha 

Maranhão / Política
 

Neto Ferreira

A empresa JG Distribuidora e Locadora, localizada em Matinha, vai faturar cifras milionárias na Prefeitura da cidade com a locação de veículos.

O valor do contrato é de R$ 1.162.980,00 (um milhão, cento e sessenta e dois mil, novecentos e oitenta reais). E a empresa, propriedade de João dos Santos Aires e Guadêncio Everton Neto, deverá locar veículos do tipo passeio, caminhoneta tipo Pick-up, caminhão e motocicletas destinados ao atendimento das Secretarias Municipais de Administração, Saúde (ESF, Hospital, Vigilância Sanitária e CAPS), Assistência Social, Infraestrutura e Transporte e Educação.A validade contratual é de 12 meses.

Blog do Neto Ferreira apurou que um dos sócios da JG Distribuidora, Guadêncio Everton Neto, tem ligações bem próxima com os gestores da Prefeitura.

De acordo com informações, Gaudêncio é irmão do secretário de Finanças de Matinha, Nilton Carlos Silva Everton, e primo do secretário de Infraestrutura e Transporte, Eldo Jorge Everton Cunhas, que por sua vez é marido da prefeita Linielda de Eldo.

O Ministério Público tem que apurar essa relação familiar entre o sócio da empresa e os gestores de Matinha.

Entorno de Michel Temer enfrenta problemas na Justiça

Política
 

Homens de confiança do presidente Michel Temer (PMDB) estão sob suspeita. Confira abaixo.

Folha

Lula Marques / Folha imagem
Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das ONGs, no Senado Federal, ouve Lúcio Bolonha Funaro (foto), corretor de câmbio que intermediou operações para dirigentes da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop). Local: Sala 2 da Ala Nilo Coelho. Politica.
Lúcio Funaro, preso há um ano no Complexo Penitenciário da Papuda

Apontado como operador do PMDB da Câmara dos Deputados e principalmente do ex-deputado Eduardo Cunha, o corretor de valores está preso há um ano no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal. É réu em apenas um processo, mas tem dois mandados de prisão que o mantém na cadeia. Está negociando delação premiada. Foi ele que entregou documentos à Polícia Federal contra Geddel Vieira Lima, determinantes para o decreto de prisão do ex-ministro.

JOSÉ YUNES

Marlene Bergamo – 29.abr.2016/Folhapress
SAO PAULO - SP - PODER - O advogado Jose Yunes, um dos melhores amigos, confidente e conselheiro do vice presidente Michel Temer. 29/04/2016 - Foto Marlene Bergamo/Folhapress - 017
O advogado José Yunes

Melhor amigo do presidente da República, o advogado é um dos seus principais conselheiros políticos e interlocutor junto ao setor empresarial. Foi alçado a assessor especial no início do governo Temer, mas pediu demissão após ter seu nome citado por delatores da empreiteira Odebrecht. Ainda hoje, no entanto, conversa semanalmente com Temer. É alvo de uma investigação, mas não é réu.

GEDDEL VIEIRA LIMA

Pedro Ladeira/Folhapress
O ex-ministro Geddel Vieira Lima, que foi preso nesta segunda pela Polícia Federal na Bahia
O ex-ministro Geddel Vieira Lima

Alvo de duas investigações, foi o principal articulador político do presidente junto ao Congresso no primeiro ano da gestão Temer. Como ministro da Secretaria de Governo, tinha carta branca do presidente para negociar cargos e emendas e fechar acordos com partidos da base aliada. Preso acusado de tentar atrapalhar investigações, está em prisão domiciliar.

ROMERO JUCÁ

Pedro Ladeira/Folhapress
BRASILIA, DF, BRASIL, 16-03-2017, 12h00: O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no senado, durante entrevista à Folha em seu gabinete. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER) ***ESPECIAL*** ***EXCLUSIVO***
O senador Romero Jucá (PMDB-RR)

Inicialmente de um grupo diferente do de Michel Temer no PMDB, o senador por Roraima ganhou a confiança do presidente ao assumir a articulação do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Virou ministro do Planejamento do novo governo, mas caiu após a Folha revelar áudio em que reclamava da Lava Jato em conversa com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. É alvo de 13 investigações, mas não réu.

ELISEU PADILHA

Eduardo Anizelli/Folhapress
BRASILIA, DF, BRASIL, 25-05-2017, 09h40: O Ministro Chefe da Casa Civil Eliseu Padilha, com o Presidente Michel Temer, durante reuniao com o Presidente da CBIC- Camara Brasileira da Industria da Construcao e grupo de empresarios, no Palacio do Planalto, em Brasilia. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress, PODER)
O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, ao lado de Temer

Braço direito de Michel Temer e homem forte do governo federal, o ministro-chefe da Casa Civil da Presidência é apontado por delatores da Odebrecht como o autor dos pedidos de dinheiro para campanhas do PMDB. É avaliado como o aliado mais fiel do presidente, de uma “obediência quase cega”. Alvo de dois inquéritos no Supremo.

TADEU FILIPELLI

Laércio Távora/Framephoto/Folhapress
Tadeu Filipelli, ex-assessor do governo do DF, foi preso hoje pela Polícia Federal, numa operação batizada de Panatenaico, que investiga desvios nas obras do estádio Mané Garrincha. Foto: Lúcio Távora/Framephoto *** PARCEIRO FOLHAPRESS - FOTO COM CUSTO EXTRA E CRÉDITOS OBRIGATÓRIOS ***
Tadeu Filipelli, ex-assessor do governo do DF, foi preso pela Polícia Federal

Ex-vice-governador do DF, fazia a interlocução do governo com parlamentares e empresários. Atuava em articulações políticas que exigiam sigilo, como a sondagem de ministeriáveis. Foi preso em maio acusado de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo o estádio Mané Garrincha, após delação da Andrade Gutierrez.

RODRIGO ROCHA LOURES

Bruno Santos/Folhapress
SAO PAULO, SP, BRASIL, 19-05-2017: O deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) chega de Nova York no Aeroporto de Guarulhos, após ter seu citado na delação de executivos da JBS. (Foto: Bruno Santos/ Folhapress) *** FSP-PODER *** EXCLUSIVO FOLHA***
O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures

Ponte de Temer com lobistas e investidores, inclusive do mercado internacional, era um dos homens de confiança do presidente desde 2008, quando se conheceram na Câmara. Era tão próximo que foi quem intermediou a conversa com Joesley Batista, em março deste ano. Após ser filmado carregando uma mala de dinheiro da JBS, foi denunciado pela PGR por corrupção passiva. Está em prisão domiciliar.

EDUARDO CUNHA

Guilherme Pupo/Folhapress
Curitiba, Parana, Brasil, 20 de outubro de 2016. Legenda: O ex-deputado Eduardo Cunha chega ao IML em Curitiba para fazer exame de corpo de delito. Foto: Guilherme Pupo/Folhapress
O ex-deputado Eduardo Cunha

Aliado do presidente, foi o principal avalista da chegada de Temer ao Palácio do Planalto. Apesar da relação de proximidade, o presidente sempre teve cautela pela personalidade explosiva e inesperada do ex-deputado. Preso em Curitiba, alvo de 30 investigações, condenado por Sergio Moro e réu em quatro processos, ameaça Temer com sua delação premiada, em negociação

MOREIRA FRANCO

Alan Marques/Folhapress
BRASÍLIA, DF, BRASIL, 03.02.2017 - O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Wellington Moreira Franco, na cerimônia de sua posse no Palácio do Planalto, em Brasília (DF). (Foto: Alan Marques/Folhapress)
O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Wellington Moreira Franco

Principal estrategista do governo, é o interlocutor do presidente com a sociedade civil, como com intelectuais e jornalistas. Participa de todas as decisões governamentais e costuma ser a voz decisiva nas escolhas de Temer. É alvo de duas investigações no Supremo. Sua nomeação como ministro foi questionada por ser suposta tentativa de blindagem

CORONEL LIMA

Reprodução
Joao Baptista Lima Filho, o coronel Lima, amigo de Temer e citado em investigacoes Foto: Reproducao ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***
João Baptista Lima Filho, o coronel Lima

São próximos desde a década de 80, quando o coronel assessorou Temer no gabinete da Segurança Pública em SP. A fazenda de Lima era usada pelo presidente em comícios. Ganhou contratos milionários com o governo federal nos últimos anos. A Operação Patmos encontrou documentos que vinculam o coronel a Temer, por meio de obras na casa de uma das filhas do presidente. Delação da JBS diz que foi entregue a ele R$ 1 milhão em dinheiro em 2014, a pedido do presidente. Não é réu e ainda não é formalmente investigado –a PGR fez pedido nas últimas semanas

Médicos, professores, idosos, funcionário da Justiça, estudantes de Medicina, são presos por crime de pedofilia

Política
 

A Polícia Federal ainda não concluiu a operação Glasnost, que vem sendo realizada em 14 estados do Brasil, entre eles o Maranhão, mas já cumpriu, até às 13h50, 30 prisões, sendo 27 em flagrante delito e três preventivas e 71 mandatos de busca a apreensão. No meio dos presos estão dois médicos, estudantes de Medicina, professores e funcionários públicos que usavam os computadores das suas repartições para a prática do crime de pedofilia.

Movimentação na sede da Polícia Federal, em São Paulo (SP), durante cumprimento da segunda fase da Operação Glasnost, na manhã desta terça-feira (25). A operação investiga exploração sexual de crianças e o compartilhamento de pornografia infantil na internet.

De acordo com o delegado que chefiou a operação, Flávio Augusto Palma, o perfil dos pedófilos é de gente de classe média e média alta. Eles  não só armazenavam o conteúdo, mas produziam vídeos deles mesmo abusando bebês com poucos meses de vida sendo molestados.

Sem citar nomes de suspeitos e investigados por não questão de ética e diretriz da própria Polícia Federal, o delegado revelou que até os pais de crianças e avôs estavam se aproveitando dos menores que têm dentro de casa. Ao menos 15 vítimas já foram identificadas.

Bandidos explodem carro-forte da Prosegur no Maranhão

Assalto / Maranhão
 

Na tarde desta terça-feira (25) bandidos fortemente armados explodiram um carro-forte da Prosegur entre os municípios de Bom Jesus das Selvas e Buriticupu.

Os bandidos cercaram o carro da Prosegur, atiraram diversas vezes contra o veículo.

Os criminosos estavam em em duas  caminhonetes Hilux e fugiram se acordo com testemunhas rumo à Açailândia.

Durante a fuga incendiaram mais um outro veículo.

Ainda nãose tem informações sobre o estado de saúde dos seguranças, nem sobre o valor que fora subtraído durante o assalto.

Aguardem mais informações…

Prefeitura de Coelho Neto antecipa pagamento dos servidores e cidade comemora logo mais festa da padroeira

Política
 

O pagamento em dia e antecipado dos servidores públicos do município tem sido uma das boas atitudes da atual gestão da prefeitura de Coelho Neto, que tem a frente o prefeito Américo de Sousa.

Nesta terça-feira, 25, dia de festejos de Santana, a padroeira da cidade, o chefe do executivo municipal mais uma vez resolveu antecipar o pagamento de todos os funcionários da administração municipal. O dia amanheceu com o dinheiro na conta dos servidores.

Desde que assumiu o governo neste ano, o prefeito Américo de Sousa não tem atrasado o pagamento dos servidores e praticamente em todos os meses tem antecipado o pagamento para dentro do mês trabalhado.

Nesta terça-feira (25) os coelhonetenses comemoram o último dia de festejos da cidade. Luzimar Alves, Grupo de Ouro e a banda Iohannes e Forró do Imperador são as atrações para o corredor da folia de logo mais à noite na vizinha cidade (veja banner abaixo).

 

Presos indígenas que tentaram assaltar delegado de Barra do Corda

Política
 
Durante a tarde de ontem, o delegado Regional de Barra do Corda, Renilton Ferreira por pouco não foi assaltado por índios de uma reserva daquele município, conforme divulgou hoje o Blog Folha da Barra. O carro em que ele estava com familiares ainda foi atingido por tiros na BR 226. Os indígenas fugiram quando o delegado reagiu. Hoje, pela manhã, durante operação feita por policiais do Velado, civis e outros militares,  os suspeitos foram presos e com eles encontrados diversos produtos dos roubos, inclusive um feito nesta manhã.
Os caciques colaboraram na busca dos assaltantes que estavam em uma aldeia, ocasião em que foram presos com objetos, como mostram as fotos da própria polícia abaixo. Trafegar na mesma localidade fica difícil  por causa dos constantes assaltos feitos por índios naquela região.

População que elegeu Zé vieira aprova sua administração e repudia perseguição do seu opositor

Ações / Política
 

Blog do Sergio Matias

Contrariando o discurso do seu opositor, o prefeito de Bacabal Zé Vieira (PP) vem provando que, apesar dos seus 82 anos, continua com muita vitalidade.

Nos últimos dias ele esteve vistoriando os trabalhos de asfaltamento de diversas ruas do centro da cidade que estão sendo realizados pela Secretaria de Obras e Urbanismo, através de recursos próprios do município.

Da população que o elegeu pela terceira vez, o prefeito Zé Vieira recebeu o carinho de sempre e pôde conferir a aprovação de sua administração que, mesmo sofrendo uma avalanche de ataques e acusações sem provas, vem conseguindo resolver muitas das mazelas herdadas dos seus antecessores, e a buraqueira nas ruas é uma delas.

Outra iniciativa do prefeito bastante elogiada foi a reforma da Unidade de Educação Infantil Maneco Mendes, no bairro Trizidela, comunidade carente e bastante populosa.

São com ações como essas que a administração Zé Vieira vem evoluindo no conceito da população e deixando o deputado estadual Roberto Costa no total descrédito, a cada dia, com menos aliados políticos.

Juiz de Brasília derruba aumento nas tarifas de combustíveis imposto pelo Governo Federal

Política
 

Renato Borelli, da 20ª Vara Federal de Brasília, causou polêmica hoje terça-feira, dia 25 deste, ao  determinar a  imediata suspensão do decreto do governo Michel Temer que aumentou a alíquota que incidem sobrem os combustíveis. Com isso, os donos de postos serão obrigados a cobrar o preço anterior.

Como uma da menores tarifas de gasolina, diesel e etanol, os postos de São Luís, por exemplo, cobravam preços variados, mas nunca superior a R$ 3,30. Com o novo aumento,tem posto cobrando até  R$ 3,60 o litro de gasolina. Com essa decisão judicial não é seguro afirmar que o preço reduza imediatamente, até porque a Advogacia Geral da União já informou que irá recorrer.

Segundo portal de notícias G1, “a decisão liminar (provisória) vale para todo o país e atendeu a pedido feito em uma ação popular, movida pelo advogado Carlos Alexandre Klomfahs”. O Procon não Maranhão deve se pronunciar nas próximas horas sobre a questão.

O G1 diz ainda que “apesar de determinar a suspensão imediata do decreto, tecnicamente a decisão só vale quando o governo for notificado. A decisão também determina o retorno dos preços dos combustíveis. O aumento começou a valer na sexta (21). Segundo o governo, a tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro e mais que dobrou: passou a custar aos motoristas R$ 0,89 para cada litro de gasolina, se levada em consideração também a incidência da Cide, que é de R$ 0,10 por litro”.

 





  • Enquetes
    Desculpe, não há enquetes disponíveis no momento.
  • Conheça a Creche Escola Luluzinha

  • Contatos

    E-mail: [email protected]
    Telefone: 98 3236-1351
    Celular: 98 8722-6094

    Arquivos

    Posts ordenados por data de publicação.