MPX e Itaqui Energia vão investir R$ 1,5 milhão

Dirigentes da MPX Energia e da Itaqui Energia estiveram hoje com a governadora Roseana Sarney e passaram informações sobre o andamento das obras e os projetos socioambientais em desenvolvimento.

Governadora Roseana Sarney, e dirigentes da MPX e Itaqui Energia

Desde o início da obra, a companhia já investiu R$ 500 milhões e a meta é investir mais R$ 500 milhões até o final do ano. A usina deve receber investimentos na ordem de R$ 1,5 bilhão, e terá capacidade de geração de 360MW, ampliando assim a confiabilidade e qualidade na oferta de energia no estado.

“Já empregamos mais de 230 pessoas e vamos contratar mais 370 colaboradores até o final do ano. No pico da obra, no segundo semestre de 2010, vamos atingir 1.500 empregos diretos e 4.500 indiretos”, informou o presidente da Itaqui Energia, Édio Rodenheber.

O empreendimento integra as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e está sendo implementado no Distrito Industrial de São Luís, pela MPX Energia, uma empresa do grupo empresarial EBX, que tem 1.440 MW de térmicas em construção no Brasil: uma no Maranhão e duas no Ceará.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lançamento do Plano Rodoviário 2009/2010

O Plano Rodoviário 2009/2010 será lançado pela governadora Roseana Sarney em solenidade a ser realizada amanhã, às 10h, no Auditório 2 do Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana (Cohafuma). O programa, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Infraestrutura, prevê a recuperação de 1.300km de rodovias estaduais.

Serão mais de 800 km de estradas totalmente restauradas – com pavimentação, drenagem profunda e acostamentos -, além do asfaltamento de aproximadamente 400 km de estradas de terra. A previsão é que os serviços sejam iniciados em setembro.

Uma novidade no plano são os contratos de conservação das rodovias. Além dos serviços de pavimentação, as empresas contratadas ficarão responsáveis, durante um ano, pela manutenção das boas condições da malha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ministério Público questiona nepotismo em Loreto

A permanência irregular de parentes do prefeito Germano Martins Coelho como secretários municipais, em Loreto, motivou o ajuizamento de Ação Civil Pública, com pedido de liminar, para anular as contratações.

Os casos de nepotismo envolvem a chefe de gabinete Gilmara Dias Formiga, companheira do tio de Germano Coelho; a secretária municipal de administração geral e finanças, Ana Maria Martins Bringel; a secretária municipal de assistência social e segurança alimentar, Gláucia Lopes Martins Coelho; e o secretário distrital, Carlos Alberto Martins Coelho Júnior; mãe, esposa e irmão do prefeito, respectivamente.

Além dos parentes, há casos de servidores nomeados sem concurso público de pessoas ligadas ao chefe do executivo municipal. É o caso do diretor do Hospital Municipal, Fernando Pereira dos Santos, coordenador da campanha eleitoral do prefeito. A esposa dele, Maria Concebida Coelho dos Santos, foi contratada como técnica de enfermagem. A irmã dele, Maria do Socorro Pereira dos Santos, auxiliar de serviços gerais e o irmão, Fábio Pereira dos Santos, nomeado para o cargo de vigia.

Foram detectadas as contratações de duas cunhadas do secretário de infra-estrutura, Alonilson Bringel Maia: Ilenir Coelho Mendes Pires (professora) e Ivaldirene Coelho Mendes (coordenadora pedagógica). Há, ainda, o caso do tio do prefeito Antonio Coelho Júnior, auxiliar de consultório dentário de saúde da família.

Na ação, o MPMA aponta também uma série de cargos ocupados, sem concurso público, por parentes de vereadores que compõe a base aliada do prefeito.

Na avaliação da promotora de Justiça Dailma Maria de Melo Brito, as contratações ferem os princípios constitucionais da moralidade, impessoalidade e eficiência e evidenciam também a prática de nepotismo cruzado. “A troca de favores entre os poderes redunda em negociata dos cargos públicos. Essa prática merece a reprovação de todos os cidadãos”, aponta a promotora de Justiça. Com informações do Ministério Público.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lobão Filho na expectativa

O senador Lobão Filho, um dos suplentes do Conselho de Ética do senado Federal, deve ser convocado para assumir interinamente o cargo quando o conselho analisará as representações contra o senador José Sarney.

Lobão Filho, além de ser obrigado a demitir parentes em seu gabinete, em 2008, responde a uma ação e tem um inquérito penal no Supremo Tribunal Federal por falsidade ideológica e uso de documento falso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Vale Copiar

Embora o presidente da Fundação Cultural de São Luís, Euclides Moreira Neto, tenha lamentado que não haverá mais nenhuma movimentação da sua pasta até dezembro, por absoluta falta de recursos, o Vale Copiar vai ser prorrogado até o final da primeira quinzena de agosto.

Vale Copiar é como vem sendo chamado o São João fora de época promovido pela Prefeitura de São Luís, na praça Maria Aragão. Então vale perguntar: quem estaria bancando a festa?

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Senador defende mãe e filha no emprego

O senador Gilvan Borges, membro titular do Conselho de Ética do Senado Federal, aliado incondicional do colega José Sarney, empregava em seu gabinete e defendia com unhas e dentes a mãe e a mulher.

Quando a imprensa descobriu, saiu com a seguinte justificativa: “Dou emprego a elas porque uma me pariu e a outra dorme comigo”.

Gilvan Borges está sendo investigado por uso irregular da verba indenizatória do Senado Federal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Senso do ridículo

Cada vez que abre a matraca para justificar o vazamento das interceptações telefônicas feitas pela Polícia Federal em operação para investigar o empresário Fernando Sarney, o ministro da Justiça, Tarso Genro, se complica.

Ao considerar natural o vazamento porque advogados dos investigados tiveram acesso aos autos do processo, Genro diz que não existe mais no Brasil sigilo de Justiça. Tem razão.

Agora, não pode é querer empurrar na nossa cabeça que os advogados dos investigados é que vazam as escutas para beneficiar seus constituintes.

Então, o advogado do empresário Fernando Sarney combinou com ele a seguinte estratégia para beneficiá-lo e atrapalhar o processo: vamos acabar com a história de vida política do senador José Sarney, expor todo o nepotismo que envolve a família, exibir todos os seus negócios, sérios ou não, para que o julgamento lhe favoreça, se é que teremos julgamento.

A linha de raciocínio do ministro Tarso Genro não busca o senso de Justiça porque comprometida com a ausência do senso do ridículo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Denúncias contra os Sarney não param

Permanece em pauta na grande imprensa nacional a tentativa de devassar as empresas e a conduta política de membros da família Sarney, especialmente do pai, senador José Sarney, e do filho, o empresário Fernando Sarney. A cada dia, novas denúncias.

O Jornal o Globo traz hoje na edição desta quinta-feira, que ainda nem começou a circular pelo país afora, que o Instituto Mirante é alvo de investigações pela Polícia Federal. O instituto, segundo o Globo, teria recebido R$ 220 mil da Eletrobrás para financiar projetos culturais no Maranhão.

Dessa soma de recursos da Eletrobrás, R$ 116 mil teriam caído em contas de empresas do grupo Sarney. A TV Mirante, por exemplo, ficou com R$ 67 mil e a Rádio Mirante AM R$ 7,2 mil, além da Gráfica Escolar que faturou R$ 6 mil.

Nesta mesma quinta-feira, o jornal a Folha de São Paulo, que ainda nem começou a circular no Nordeste (são 4h39), faz coro à campanha de o Globo. Só que com matéria de conteúdo diferente, mas envolvendo o Sistema Mirante de Comunicação.

Diz a matéria que a TV Mirante contraiu empréstimo da ordem de R$ 12 milhões junto ao Banco do Nordeste do Brasil, em 2001. E que o BNB estaria cobrando a dívida judicialmente. A TV nega o débito e garante que já pagou R$ 3,1 milhões.

O empréstimo, segundo a Folha, foi assinado pelos irmãos Fernando Sarney, Sarney Filho e Roseana Sarney, que é sócia majoritária da TV Mirante.  

A campanha, que parecia buscar a desistência de José Sarney do cargo de presidente do Senado Federal, ao que parece, avança para fins maiores.

Soube ontem que, a partir de agosto, começarão as investigações sobre os dois anos de mandato da governadora Roseana Sarney e até mesmo nos quase quatro meses do seu terceiro mandato.

Ao menos três secretários do novo governo não estão preocupados com bombas que possam estourar. Coisas que podem comprometer a atual administração, ainda que a governadora não tenha conhecimento do que se passa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Piauí prorroga férias escolares, mas Maranhão insiste

Com menos de 10 casos confirmados da gripe suína em todo o Estado, o governo do Piauí determinou a prorrogação das férias nas escolas da rede de ensino estadual.

Aqui no Maranhão. com 17 casos confirmados, a secretaria de Educação do Estado exige o cumprimento do calendário escolar. Com o sem H1N1.

Nas escolas particulares de São Luís as férias foram prorrogadas até o dia 10 de agosto. Os proprietários do colégios querem avaliar o retornos do alunos, pois boa parte passou o período de folga em outras cidades e até no exterior.

Aqui na terrinha, o secretário´de Educação do Estado, César Pires, ao que parece, acha que estudantes da rede de ensino público se entram de férias, no máximo realizam pic nic na Maioba ou passam a folga em São Bento.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Bomba no ar

Jornal de grande circulação nacional prepara matéria contra o GTA. Vai explodir bomba no ar. Além de mostar superfaturamento nos preços dos aluguéis dos helicópteros, detonará o comandante Aluízio em uma série de irregularidades. Aguardem.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.