Luis Alfredo foi exonerado, sim, da Saúde.

Luiz Alfredo Guterres NettoLuiz Alfredo Guterres Netto

Confirmei agora há pouco a exoneração do médico Luis Alfredo Guterres, do posto de secretário da Saúde. O ato foi comunicado a ele pela própria governadora, hoje, no período da tarde.

As informações e contra informações sobre o assunto levam muitos a duvidar. Dois membros da família informaram que Alfredo permanecia no cargo.

Um irmão desmentiu o pedido de exoneração, mas minutos depois confirmou que ele foi mesmo demitido pela própria governadora.

O ex-secretário de Saúde se recusou a voltar ao cargo de diretor do hospital geral. Vai tocar seus negócios particulares, incluindo clínicas e consultórios.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Família nega pedido de demissão de Alfredo Guterres

Recebi há pouco telefonemas de familiares do secretário de Estado de Saúde, Luiz Alfredo Neto Guterres Soares Júnior, de que pedira demissão do cargo à governadora Roseana Sarney.

Fonte da Saúde informou que o médico Alfredo Guterres havia entregue uma carta para a governadora pedindo demissão do cargo.

Em comentário ao blogue, o irmão do secretário de Saúde, Francisco de Assis Perez Soares, nega a demissão. E lembrou que Alfredo Guterres acompanhou a intinerância do governo, sempre ao lado de Roseana Sarney.

O último local visitado pela governadora foi a cidade de balsas. Guterres estava lá. Mas a turma do deputado Ricardo Murad comemorava hoje, no período da tarde, no hotel Luzeiros, o provável ato de exoneração. Vamos aguardar.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ligações perigosas na Saúde: empresa de sobrinho de José Márcio Leite contratada para construir hospitais.

Preso pela Polícia Federal, na madrugada de terça-feira, do  dia 17  de abril de 2009, por lavagem de dinheiro e desvio de recursos do Fundeb da prefeitura de Alcântara, o empresário José Orlando Soares Leite Filho, não pode reclamar da sorte.

Indicado pelo tio, o médico José Marcio Leite Soares, que deve ser o nomeado titular da secretaria de Saúde, o empresário ganhou obras, com dispensa de licitação, para construção de hospitais com até 20 leitos. A sua empresa é a Construtora Soares Leite LTDA.

Ex-presidente do  Sinduscon, Orlando Leite foi pego pela PF por participar de uma quadrilha que lavava dinheiro, através de uma empresa fantasma de sua propriedade, desviava recursos do Fundeb que deveriam ser empregados na construção de escolas, merenda escolar e pagamento dos professores da cidade de Alcântara.

A Operação Orthoptera, deflagrafa pela PF, prendeu ainda a ex-prefeita de Alcântara, Heloísa Helena Leitão. Segundo conclusão da Polícia Federal, o desvio foi da ordem de R$ 5 milhões.

Prestes a ser nomeado por Roseana Sarney como secretário de Saúde, por imposição do deputado Ricardo Murad, cunhado da governadora, Márcio Leite conseguiu que a SES alugasse um prédio do pai da esposa, seu sogro, por R$ 18 mil mensais.
O imóvel fica localizado na Rua Silva Jardim(perto do Hospital Geral). O valor, segundo consultas que fiz a alguns escritórios imobiliários, é superfaturado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Alfredo Guterres entrega o cargo

Fui informado agora há pouco que o médico Luis Alfredo Neto Guterres entregou o cargo de secretário de Saúde.

Deverá ser substitutido pelo adjunto José Márcio Leite, da cota pessoal do deputado Ricardo Murad, que, se confirmada a informação, sairá fortelecido. Aguardem novas informações a respeito

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ricardo Murad responde a 30 processos na Justiça e pode não sair candidato

Ricardo MuradRicardo Murad

A lista de processos a que responde o ex-secretário Saúde e deputado estadual, Ricardo Murad,  na Justiça maranhense é extensa. Capaz de dobrar um quarteirão. São 30 processos, sendo a maioria nas Varas da Fazenda Pública.

A mais grave e que tanto incomoda o deputado,  foi movida pelo procurador de Justiça, Raimundo Nonato de Carvalho Filho, por improbidade administrativa.

Murad é acusa do de desvio de recursos durante sua gestão na Gerência Metropolitana. As denúncias do Ministério Público se referem a aplicação de verbas na construção e reforma de estações de esgotamento sanitários na capital.

O Tribunal de Justiça acatou a denúncia do MP, mas o processo caminha lentamente. Aliás, nem se sabe ao certo por onde anda.

Logo que Ricardo Murad anunciou seu retorno ao cargo de secretário de Saúde, inconformado com a gestão do atual titular da Pasta, Luis Alfredo Guterres, muitos acreditaram que ele não enfrentaria as urnas com receio de ter a candidatura cassada.

Murad, a bem da verdade, não teve nenhum processo transitado em julgado, mas por menos disso muito tiveram as candidaturas cassadas.

Contra a candidatura dele não houve nenhuma ação movida por partidos. Mas agora a coisa é diferente. O caldeirão da política maranhense ferve e ninguém quer deixar espaços para seus adversários.

Abaixo a pequena relação dos processos a que responde Ricardo Murad na Justiça.

83962009 26/03/2009 4ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 4A VARA DE FAZENDA PUBLICA
56922009 02/03/2009 6ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 6A VARA DE FAZENDA PUBLICA
272762008 20/10/2008 6ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 6A VARA DE FAZENDA PUBLICA
236412008 05/09/2008 4ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 4A VARA DE FAZENDA PUBLICA
315012006 11/12/2006 QUEIXA-CRIME 8ª VARA CRIMINAL SECRETARIA DA 8A VARA CRIMINAL
275412006 31/10/2006 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO 3ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 3A VARA CIVEL
180172006 03/08/2006 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO POR DANO 4ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 4A VARA CIVEL
153112006 03/07/2006 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO 4ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 4A VARA CIVEL
70032006 29/05/2006 AÇÃO CIVIL PUBLICA 5ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 5A VARA DE FAZENDA PUBLICA
70032006 25/04/2006 AÇÃO CIVIL PUBLICA 7ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 7A VARA CIVEL
66402006 19/04/2006 QUEIXA-CRIME 6ª VARA CRIMINAL SECRETARIA DA 6A VARA CRIMINAL
66082006 19/04/2006 ACAO DE CONSIGNACAO EM PAGAMENTO 1ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 1A VARA CIVEL
59812006 07/04/2006 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO 4ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 4A VARA CIVEL
43202006 16/03/2006 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO 4ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 4A VARA CIVEL
14882006 01/02/2006 DECLARATORIA 3ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 3A VARA DE FAZENDA PUBLICA
11282006 24/01/2006 AÇÃO CIVIL PUBLICA 5ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 5A VARA DE FAZENDA PUBLICA
8732006 20/01/2006 AÇÃO CIVIL PUBLICA 7ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 7A VARA CIVEL
226872005 02/12/2005 EXECUCAO FISCAL 6ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 6A VARA DE FAZENDA PUBLICA
160582005 28/10/2005 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO POR DANO 3ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 3A VARA CIVEL
160582005 29/08/2005 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO POR DANO 4ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 4A VARA CIVEL
56302005 30/03/2005 DENUNCIA 8ª VARA CRIMINAL SECRETARIA DA 8A VARA CRIMINAL
162602002 24/05/2004 EMBARGOS A EXECUCAO 6ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 6A VARA DE FAZENDA PUBLICA
162602002 21/05/2004 EMBARGOS A EXECUCAO NAO INFORMADO NÃO INFORMADO
15852004 30/01/2004 AÇÃO POPULAR 1ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 1A VARA DE FAZENDA PUBLICA
192262002 11/11/2002 CARTA PRECATORIA VARA DE CARTAS PRECATORIAS CÍVEIS E CRIMINAIS SECRETARIA DA VARA DE CARTAS PRECATORIAS CÍVEIS E CRIMINAIS
162602002 25/09/2002 EMBARGOS A EXECUCAO 1ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 1A VARA DE FAZENDA PUBLICA
293161995 06/06/2002 BUSCA E APREENSAO 1ª VARA FAZENDA PUBLICA SECRETARIA DA 1A VARA DE FAZENDA PUBLICA
293161995 21/11/1995 BUSCA E APREENSAO 2ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 2A VARA CIVEL
293161995 19/10/1995 BUSCA E APREENSAO 6ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 6A VARA CIVEL
299311995 01/09/1995 AÇÃO ORDINARIA DE INDENIZACAO POR DANO 1ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 1A VARA CIVEL
293161995 21/08/1995 BUSCA E APREENSAO 2ª VARA CIVEL SECRETARIA DA 2A VARA CIVEL

0322252009 29/10/2009 QUEIXA-CRIME
0322262009 29/10/2009 QUEIXA-CRIME
0073492010 09/03/2010 AGRAVO REGIMENTAL
0087532010 19/03/2010 EMBARGOS DE DECLARAÇÃO
0167342010 20/05/2010 RECURSO ESPECIAL CRIMINAL

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeituras negligenciam informações. Ribamar é uma delas

Nenhuma das oito cidades maranhenses com população superior a 100 mil habitantes disponibilizou hoje na internet a receita e despesa por meio do modelo Portal da Transparência.
O Imirante diz que apenas duas cidades iniciaram o processo de publicação, numa matéria copiada da Castro Digital, de Bacabal, sem ao menos oferecer o crédito.  

A matéria de Castro Digital apresenta somente São José de Ribamar e Açailândia como os únicos municípios que disponibilizaram os dados na internet.

Pura mentira. Os dois prefeitos devem estar pulando de alegria. Acabei de acessar o site de São José de Ribamar, buscando todas as informações.

O site diz apenas que a prefeitura fez obra nos setores de Saúde, Educação, pavimentação e drenagem de ruas e avenidas. Nada mais.

Em matéria de gastos nada foi colocado. Por exemplo, ninguém sabe as empresas que trabalharam, o período da execução das obras, como , quando foram pagas e o volume de recursos recebidos.  

Além de Ribamar e Açailândia,  São Luís, Imperatriz, Caxias, Codó, Timon e Paço do Lumiar também estão negligenciando as informações.

 As prefeituras que não publicarem sua receita e despesas na internet podem ter suspensas as transferências voluntárias da União como sanção.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Delegado do PT maranhense no lucro

Francivaldo da Silva Coelho, delegado do PT que constava na lista dos que votariam favoráveis à coligação do partido com o PMDB de Roseana, mudou seu voto uma semana antes do encontro de táticas.

Dizem que, espertamente, jogou nos dois times. Levou dos dois lados.

Na mais recente confusão que envolveu seu nome em matéria da resista Veja como membro do PT que se recusou a levar R$ 20 mil para assinar documento do partido para apoiar Roseana, Francivaldo ganhou outra, mas bem menor.

Assim que saiu a matéria em Veja, um publicitário e jornalista que havia dado um cheque sem fundo a Francivaldo, no valor de R$ 2 mil, para abandonar a banda do PT que apóia a governadora, correu para pagar o delegado do PT.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Lançada candidatura de Jackson Lago

O encontro promovido hoje pelo PDT, PSDB, PPS e PTC, no Rio Poty Hotel, rende bons frutos para o ex-governador Jackson Lago.

Os políticos dos quatro partidos lançaram a candidatura de Lago ao governo do Estado. Lideranças da capital e do interior estão presentes ao evento.

O espaço ficou pequeno para o número de manifestantes. Ao que parece, é só o começo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Enquete do blogue sobre o melhor candidato para o Maranhão: vote!

Despretensiosamente, o blogue inicia enquete ao lado para saber qual o candidato a governador  que o leitor acha melhor para o Maranhão.

Não se trata, portanto, de pesquisa eleitoral por não possuir conteúdo científico. Apenas para que o público leitor possa manifestar sua preferência.

Por ordem alfabética, colocamos os nomes dos quatro candidatos mais conhecidos: Flávio Dino, Jackson Lago, João Bentivi e Roseana Sarney.

O leitor pode apontar seu nome predileto e em seguida clicar em votar.

A enquete vai durar uma semana, mas os resultados poderão ser acompanhados em tempo real a cada acesso ao blogue.

Vale ressaltar que cada usuário terá direito apenas a um voto. Ou seja: o mesmo computador não poderá registrar mais de um voto, o que mostra a transparência e seriedade da enquete.

Do contrário, uma só pessoa votaria centenas de vezes, comprometendo todo o processo da enquete. 

Por tanto, faça bom uso de seu voto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sentinela é contratada com dispensa de licitação

A Sentinela, aquela ex empresa casca de coco de segurança privada, que funciona no Cohatrac, é hoje a líder no mercado de segurança privada.

Nem precisou ganhar na loteria para ter o patrimônio elevado nas alturas. Seus dirigentes, soube, espalham por aí que não bato bem da cabeça.

E com razão. Não consigo entender como a multiplicação dos pães bateu às portas da Sentinela assim tão cedo.

Foi contratada  pelo Governo do Estado, no final de 2009, junto com a Pacific Segurança e Vigilância por R$ 23.025.648,24.

E, pasmem o senhores, pelo período de apenas seis meses. Aí não tem quem fique lúcido.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.