RAPIDINHAS DO LC

DILMA PRESTA DEPOIMENTO
A ministra da Casa Civil do governo Lula, Dilma Roussef, presta depoimento hoje às 18 sobre o caso do mensalão.

Ela prestará depoimento na condição de testemunha, arrolada que foi pelo ex-deputado Roberto Jefferson.

ENCURRALANDO OS “INFIÉIS”
O PDT, PSB e PRTB partiram para buscar o mandato dos deputados Antônio Bacelar, Afonso Manoel, José Lima, Paulo Neto e Rubens Pereira que trocaram de partido.

Caso o TRE confirme a cassação dos mandatos, Bacelar vai colocar a esposa para disputar em 2010. Os outros três ainda não decidiram o que farão.

MENORES E GORDINHAS
Estudos realizados pela Universidade de Yale revelam que as mulheres do futuro serão menores, mais férteis e rechonchudas.

CONFUSÃO E GASTOS DESNECESSÁRIOS
O secretário de Transportes e Trânsito de São Luís, o empresário Ribamar Oliveira, genro do dono da Dalcar, acaba de mostrar enorme capacidade para promover gastanças e confusão.

Determinou a aquisição de novas fardas para os guardas municipais de trânsito porque acha que a cor azul confunde com a farda da Polícia Militar.

A nova cor será caqui, inclusive com o cinto vermelho. Motoristas e pedestres, é claro, logo irão pensar que que os homens do Corpo de Bombeiros estão no trânsito.

Além disso, a compra de novas fardas representa para o município um gasto desnecessário, pois o fardamento azul fora adquirido recentemente.

Se pretendesse mostrar trabalho e ajudar no ordenamento do trânsito, seu Oliveira deveria usar recursos para melhorar a sinalização, que é falha, quase não se percebe as cores e causa sérios distúrbios no trânsito.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jackson Lago comenta sobre Marcelo Tavares

Ao contrário do que foi publicado em blogues governistas, o ex-governador Jackson Lago disse ontem que jamais falou em arrependimento na escolha do deputado Marcelo Tavares como candidato à presidência da Assembléia Legislativa do Maranhão.

“Marcelo Tavares é um companheiro que sempre esteve conosco e fez parte da Frente de Libertação. A sua eleição foi decidida pelos deputados, até porque é uma questão interna da Assembléia Legislativa e eu nunca interferi nos assuntos internos do Legislativo, desde que fui prefeito da capital. Jamais falei que tinha arrependimento pela sua escolha”, afirmou o ex-governador.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Fábrica de ilusão

A Petrobrás anunciou há dois anos a construção da refinaria de petróleo Abreu Lima, em Pernanbuco. Dois anos depois, a refinaria encontra-se ainda em fase de terraplenagem.

Aqui no Maranhão, a Petrobrás anunciou a construção da refinaria Premium, na cidade de Bacabeira, O governo coloca a implantação da refinaria como se fosse amanhã.

Aos maranhenses é repassada a informação de que somos o estado do futuro. Fizeram um painel empresarial para aumentar mais ainda a nossa ilusão.

Querem fazer entender que somos um novo país nascendo dentro do Brasil. Querem nos fazer acordar como se dormissemos pobres e tivéssemos amanhecido ricos, como analisa o presidente da Assembléia Legislativa, Marcelo Tavares.

O governo anunciou a construção de 1.500 KM de asfalto. Seis meses depois, conseguiu fazer o tapa buracos de apenas 44 KM, de Nova Colinas a Fortaleza dos Nogueiras, de Paulo Ramos até Marajá do Sena. Nada mais.

Dos 64 hospitais prometidos, seis meses depois somente foram iniciadas as paredes em Brejo de Areia, São Félix do Balsas e Olho D`Água das Cunhãs. E Nada mais.

A refinaria Premium é um sonho ou uma grande balela. Há 25 anos diziam que seríamos o estado mais desenvolvido do Nordeste, com o advento da Alcoa e Vale do Rio Doce.

25 anos depois, continuamos pobres, um povo desempregado, um estado sem futuro. A pobreza aumentou, mas o dinheiro se avolumou e se avoluma mais ainda nos bolsos de poucas famílias, notadamente a dos Sarney.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Caio, o aloprado professor contratado

Sempre tive posição. Nunca estive satisfeito em ser governo. Fui sócio do Atos e Fatos e a minha coluna política deu trabalho para Roseana Sarney.

Zé Reinaldo, quando governador, foi por mim diversas vezes denunciado, inclusive seu secretário de Comunicação, Sérgio Macedo, que até hoje guarda ódio porque revelei a compra de sua casa e o contrato com a empresa Canal.

Com Jackson Lago não foi diferente. Sofri, como dono de jornal, todo tipo de retaliações, mas não arredei um centimetro da minha posição crítica em relação ao governo do PDT.

Agora, com Roseana Sarney tomei a mesma posição. Fico incomodado em ser governo. Aliás, não respiro se de olhar e ficar calado diante das mazelas do governo.

Como tenho denunciado as mazelas do novo governo, minha postura tem irritado alguns setores da atual administração.

Contrataram o professor Caio Hostílio para criticar, no nível mais baixo, meu blogue e a minha pessoa. Não tenho receio de nada, principalmente quando alugam o professor Caio, conhecido pela alcunha de vingador em Coroatá.

Fui dono do Jornal A Tarde, que abriga hoje a pior coluna de política, aquela assinada por Caio Hostílio. Falei a ele que vendi o jornal e que Secretaria de Saúde, do seu patrão Ricardo Murad, tinha pendência com o matutino. Ele, propositalmente, confudiu tudo.

Não vou polemizar com o profesor, até porque se trata de um aloprado que precisa penetrar na residência da governadora para bater fotos ao lado do encrencado José Dirceu. Meus leitores não merecem.

Soube que Caio Hostílio ganhou banner do Governo do Estado, uma vaga para uma familiar seu na Secretaria de Segurança, uma colocação na Educação, outra na Casa Civil como recompensa pelas pedras que possa atirar contra meu blogue ou minha pessoa.

Não pretendo polemizar porque ando livremente pela ruas e avenidas e de qualquer cidade. Hostílio, ao contrário, não pode nem ser visto em Coroatá, de onde foi funcionário da prefeitura e responde até hoje a processos por desvio de recursos.

Nada mais falarei se o assunto for o aloprado em respeito aos meus leitores e amigos. Mas continuarei denunciando as mazelas do governo de Roseana Sarney, que fiquem insatisfeitos a própria governadora, setores do seu governo e o samurai dos samurais (serviçal dos serviçais): professor Caio Hostílio

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Governo de papel

Se o governo de Roseana Sarney terminasse no sábado, seis meses após ter assumido, a governadora poderia dizer que ultrapassou aos governos de José Reinaldo Tavares e Jackson Lago, no campo da promessa.

Seis meses depois, nada saiu do papel. Os 64 hospitais prometidos continuam no sonho. As quase 200 escolas estão longe da sala da realidade.

Dezenas de presídios ou novas delegacias estão amarrados entre uma extremidade e outra de uma folha de papel. As estradas, a bem da verdade, agora que começaram a ser recuperadas.

O governo prometeu revolução no campo. Só se for na partida entre Viana e Chapadinha, aquela marmelada que envergonhou o Maranhão.

No setor de comunicação, inovou. Colocou diversos profissionais pra rua e arrumou boa parte dos funcionários do Sistema Mirante de Comunicação, além de garantir quase 80% das verbas de publicidade para o bolso da governadora e familiares.

Após seis meses, a vida dos maranhenses deu um salto para o futuro. Já achamos petróleo, gás natural, e conquistamos novos 130 mil empregos, que acabaram virando 23 mil.

Somos a terra do futuro. Ninguiém segura mais o Maranhão. Além de São José de Ribamar, ganhamos uma santa crumpridora da palavra e que honra as promessas: Santa Roseana.

Ela garantiu que teríamos um novo papel na história: o papel de aguardar com fé que tudo saia do papel para que possamos acreditar que a santa cumpriu seu papel que não é nada higiênico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Arrependidos

Enquanto a maioria dos estados já lançou no seu Portal da Transparência os números dos gastos públicos relativos a setembro, aqui no Maranhão os dados continuam sem aparecer.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

PSB toma posição sobre os "infiéis"

O presidente do diretório regional do PSB, José Antônio Alemida, reúne logo mais, às 15h30, a imprensa local para entrevista coletiva.

Ele anunciará a posição do seu partido sobre os deputados Afonso Manoel, José Lima e Paulo Neto, que foram eleitos pela sigla e pularam para outra agremiação partidária.

O blogue arrisca o palpite de que o PSB ingressará na justiça eleitoral para buscar o mandato dos três parlamentares.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

PSB toma posição sobre os “infiéis”

O presidente do diretório regional do PSB, José Antônio Alemida, reúne logo mais, às 15h30, a imprensa local para entrevista coletiva.

Ele anunciará a posição do seu partido sobre os deputados Afonso Manoel, José Lima e Paulo Neto, que foram eleitos pela sigla e pularam para outra agremiação partidária.

O blogue arrisca o palpite de que o PSB ingressará na justiça eleitoral para buscar o mandato dos três parlamentares.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Castelo aniversaria

O prefeito de São Luís, João Castelo, completa hoje mais um ano de vida. Receberá cumprimentos de amigos e familiares, a partir de 19h30 na Igreja da Sé.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Justiça cassa um quarto da Câmara de Vereadores de São Paulo

SÃO PAULO – O juiz eleitoral Aloísio Sérgio Resende Silveira cassou e tornou inelegíveis por três anos um suplente e 13 vereadores da Câmara Municipal de São Paulo que receberam, nas eleições de 2008, doações da Associação Imobiliária Brasileira (AIB). A entidade que diz representar os interesses do setor imobiliário ganhou notoriedade no último pleito por figurar entre os maiores financiadoras de campanha – foram R$ 2,94 milhões apenas a 26 candidatos vitoriosos da capital. Uma investigação do Ministério Público Estadual, contudo, apontou que a AIB seria um braço do Secovi (sindicato das imobiliárias e administradoras).

Em 2008, somando as doações aos candidatos derrotados e àqueles que concorreram em outras cidades – 44 políticos no total –, A AIB doou um montante que chega a R$ 4,43 milhões. Como a Lei Eleitoral (9.504/97) limita a doação das entidades a 2% de sua receita no ano anterior, a AIB teria de ter arrecadado no mínimo R$ 325 milhões em 2007, se for levado em consideração os valores doados em 2008. Segundo o MP, a entidade não mostrou ter essa capacidade financeira.

A entidade não tem funcionários registrados e a sede, na Avenida Brigadeiro Luís Antonio, é um escritório fechado, sem expediente de trabalho. Dois anos antes, em 2006, a AIB já havia caído na malha fina da Receita Federal e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por doações irregulares.

Entre os cassados, estão Carlos Bezerra Júnior, o líder da maior bancada da Casa, o PSDB, com 13 vereadores, o principal parlamentar ligado ao setor dos transportes, Ricardo Texeira, o corregedor da Câmara, Wadih Mutran (PP), o vice-presidente da Casa, Dalton Silvano (PSDB), e o principal representante dos evangélicos e ex-presidente da Assembléia, Carlos Apolinário (DEM). A Câmara tem 55 vereadores

Com informações do Estado de São Paulo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.