Tadeu Palácio e Holanda Júnior lideram enquete sobre sucessão municipal

Continua acirrada a votação na enquete promovida pelo Blog Luis Cardoso: “Quem tem mais chances de ser o prefeito de São Luís?”. Os nomes de Tadeu Palácio e Holanda Júnior  ganham destaque com 34% e 33%, respectivamente.

Em seguida aparece Flávio Dino com  15%, João Castelo com 9%, Washington Oliveira com 4%, Bira do Pindaré com 2%, Eliziane Gama com 1% e Haroldo Sabóia com 1%.

Até agora 3.059 votos foram contavilizados. Continue acompanhando a disputa e dê a sua opinião. Participe!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Fraude no vestibular no curso de medicina no Maranhão é maior do que se imagina

Delegado mostra ponto eletrônico utilizado na fraude.Foto: G1Delegado mostra ponto eletrônico utilizado na fraude.Foto: G1

Nas últimas semanas muito se tem falado sobre o esquema de fraudes em faculdades particulares no Brasil e no Maranhão. Em especial no curso de medicina. Esta semana a Polícia Federal prendeu 15 pessoas suspeitas de participar do esquema, que beneficiou uma enorme quantidade de pessoas em diversos estados no país.

Para a operação da PF, não havia a participação de funcionários das instituições. Mas o fato é controverso. Aqui no Maranhão, a única faculdade particular a oferecer vagas em medicina é o Uniceuma. E lá, recentemente uma grande esquema de fraudes está sendo investigado. E nele havia a participação de funcionários.

O blog do Luis Cardoso denunciou no dia 09 de fevereiro esquema de negociação de vagas no curso de medicina, já que a maior parte dos aprovados são filhos de prefeitos, deputados e grandes empresários.

O que chama atenção é que os partcipantes do vestibular não podem levar o gabarito das provas para posterior correção. E o resultado divulgado não pode ser contestado, razão que levanta suspeitas sobre a participação de profissioanais da instituição.

O Uniceuma não se posicionou sobre o assunto. A fraude em medicina está sendo investigada pela Polícia Federal de São Paulo. E até agora não sabemos quem eram os responsáveis pela negociação das vagas, o mantante de dinheiro envolvido e os beneficiários do esquema.

Agora imaginem quantam pessoas foram prejudicadas e quantos profissionais estão no mercado habilitados a causar danos a seus pacientes. Porque além do esquema para entrar, ainda existia a fraude para alterar notas.

Segundo a PF a quadrilha que atuava nos vestibulares de vários estados utilizava um ponto eletrônico no qual as respostas eram repassadas aos candidatos. Especialistas se inscreviam no processos seletivos, resolviam as questões e repassavam os gabaritos através dos aparelhos.

Espera-se uma investigação detalhada, a identificação dos participantes e a devida punição dos beneficiários. Assunto polêmico e controverso, já que envolce pessoas influentes do estado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Partidos querem que TSE revogue regras sobre contas rejeitadas

Por G1

Partidos Reunião. Foto: Informando e detonando blogspotReunião dos partidos. Foto: Informando e detonando blogspot

BRASÍLIA – Liderados pelo PT, que já apresentou recurso junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), presidentes e dirigentes de 18 partidos pedirão ao TSE que revogue decisão de não conceder registro eleitoral para os políticos que tiveram contas eleitorais rejeitadas em 2010. A norma está na Resolução 23.376, que disciplina as eleições municipais de outubro.

No pedido de reconsideração, o PT argumenta que a norma até agora era de exigir a apresentação das contas de campanha e não a aprovação, lembrando que há cointas em julgamento até hoje. A nova resolução prevê que o candidato não terá a chamada quitação eleitoral – que na prática significa o registro de candidato, caso tenha contas desaprovadas.

Os partidos assinaram nesta quarta-feira, em reunião no Senado, moção de apoio ao recurso do PT, que será entregue ao tribunal em audiência a ser marcada.

Entre os presentes ao encontro, estavam os presidentes do PMDB, senador Valdir Raupp (RO); do DEM, senador José Agripino Maia (RN); do PPS, deputado Roberto Freire (PPS), e do PP, senador Francisco Dornelles (RJ), além de representantes de outros 14 partidos. Assinam o documentos dirigentes do PMDB, PSDB, PR, PTB, PSB, PP, PSD, PRTB, PV, PCdoB, PRP, PPS, DEM e PRB.

Os partidos querem que a decisão seja aplicada para as próximas eleições, a partir de 2014, por exemplo, mas reclamam que não se pode alterar as regras há menos de um ano da eleição, prazo previsto na legislação eleitoral. A avaliação, segundo dados do próprio TSE, segundo as siglas, é que a atual decisão pode afetar 21 mil candidatos que já tiveram contas reprovadas.

Prevendo críticas, os presidentes dos partidos disseram que não se trata de revogar a “Ficha Limpa”, que já está em vigor, apenas um dispositivo de uma resolução.

– Trata-se de uma iniciativa que o TSE tomou por quatro votos a três e que não respeita a anterioridade de um ano. É preciso dar tempo aos partidos se prepararem. Não se trata de desqualificar a ficha-suja, não é isso. É a questão da anterioridade.

E essa reunião dos partidos é inédita, porque é algo que afeta de A a Z. A reunião foi para elaborar uma moção que será encaminhada ao presidente do TSE – disse o senador José Agripino, presidente do DEM.

Na mesma linha, o senador Valdir Raupp disse que convidou os partidos para discutir uma questão que afeta a todos. O presidente do PT, Rui Falcão, esteve no encontro para explicar o recurso do partido, protocolado no último dia oito.

Raupp argumentou que até a eleição de 2010, a exigência era da apresentação das contas.

Surpreendentemente, essa decisão do TSE não respeita o prazo de que as regras sejam fixadas um ano antes do pleito, para dar tempo de adequação. A Lei da Ficha Limpa é uma coisa e a Resolução do TSE é outra. Não tem uma coisa a ver com a outra. Há essa avaliação que 21 mil, 28 mil políticos que disputaram as últimas eleições estão com pendências – disse Raupp.

O deputado Luciano de Castro (PR-RR), que esteve no encontro, disse que o TSE precisa entender que candidatos estão com recursos pendentes no próprio TSE sobre suas contas.

– Como o TSE vai fazer com aqueles candidatos que cumpriram os prazos, apresentaram recursos sobre suas contas e estão esperando?- disse Luciano Castro.

Entre os argumentos do PT, está o de que, muitas vezes, as contas são bloqueadas por pareceres de auditores ou de instâncias inferiores e que, depois, isso é revisto. Para o partido, esse processo de julgamento final das contas não pode ser confundido com autorização para ser candidato

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sefaz fiscaliza 17 restaurantes e deixa outros de fora

A Secretaria de Estado da Fazenda iniciou desde segunda-feira (12) uma operação em restaurantes de São Luís para fiscalizar a emissão de notas fiscais. Escolheu apenas 17 estabelecimentos.

Estranhamente a Sefaz estadual deixou de fora da mira restaurantes da orla marítima (exceto o da Cabana da Avenida Litorânea), da Lagoa da Jansen, do Centro Histórico e da Ponta d’Areia.

Os fiscais da Fazenda ficam postados ao lado do caixa dos restaurantes fiscalizados, observando a movimentação. É uma operação inédita no Maranhão, porém discriminatória.

Cada proprietário de grandes, médios e pequenos restaurantes da capital já pagam na fonte pelos produtos adquiridos. Por exemplo: a compra de bebidas e de alimentos já vem com o ICMS descontado na fonte.

Descontar ICMS do que é vendido em bares e reataurantes, com a exigência da nota fiscal é bitributação. Mas o que interessa ao governo, pelo visto, é encher os cofres. Ainda mais agora que é um ano de eleição.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Assembleia solicita ao Crea relatório de obras do aeroporto

Obras do aeroporto de São LuísObras do aeroporto de São Luís

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou hoje (14) requerimento que solicita ao Conselho Regional de Engenharia(CREA) cópia do relatório de vistoria das obras do aeroporto de São Luís.

O pedido da AL foi motivado pela situação do aeroporto Marechal Cunha Machado, que continua indefinida. Desde o ano passado o local passa por obras de reforma e ampliação, causando uma série de transtornos a quem precisa chegar ou deixar a capital maranhense.

Galpões e lonas susbstituem as salas de embarque e desembarque. Deixando uma péssima impressão para quem visita a ilha. Sem a menor condição de conforto, esta é uma situação que promete se arrastar por tempo indeterminado.

Não bastasse o desconforto, agora os maranhenses convivem com a incerteza de quando e se as obras serão concluídas. Já que a empresa responsável pela reforma corre risco de falência, e a Infraero tenta pressionar o governo do estado a arcar com os custos da obra.

Parece que os problemas estão longe de acabar. Há meses a mesa diretora da Assembleia acompanha as obras, mas até agora nenhuma definição foi acertada. Enquanto isso a população sofre com as condições precárias dos serviços.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Vereador Junior do Mojó renuncia a mandato e Thiago Arôso poderá assumir até sexta

Por Blog do Moreira Neto

Junior do MojóJunior do Mojó

Recebemos esta manhã (14/03/12), a notícia que o Vereador Júnior do Mojó (PSDB), renunciou o mandato de vereador no município de Paço do Lumiar-MA. O referido vereador está sendo acusado de homicídio e está sendo procurado pela justiça, conforme já divulgado anteriormente AQUI” e “AQUI“.

Estivemos em contato com o Assessor do Ver. júnior do Mojó, “Nilsinho da Cafeteira”, e o mesmo nos informou que a assessoria jurídica do vereador protocolou na Casa Legislativa de Paço do Lumiar-MA, o pedido de renúncia do cargo de vereador.
“Por ser vereador de mandato não teve seu direito de resposta devidamente acatado e diante desta situação a mídia tanto impressa, falada quanto televisionada impediram sua defesa, agora, como um cidadão sem a detenção do mandato, poderá de forma digna recorrer e tentar de alguma forma provar sua inocência”. Afirmou, Nilsinho da Cafeteira.
Neste caso, o Secretário Chefe de Gabinete, Orçamento e Gestão, Thiago Arôso (PSD),
deverá assumir o mandato de vereador que lhe é de direito.
Thiago ArôsoThiago Arôso

Contudo, não conseguimos contato com o Sr. Thiago Aroso, porém, tudo indica que o mesmo permanecerá no cargo, com isso, irá agitar o legislativo luminense, tendo em vista que a bancada do PSD na câmara municipal será a maior e poderá de forma positiva trabalhar outra liderança governista e assim fortalecer ainda mais o governo na gestão Bia Venâncio, que atualmente preside o Partido Social Democrático – PSD.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Graça Paz anuncia ações da prefeitura para melhorar o trânsito

Agência Assembleia

Deputada Graça Paz. Foto: Agência AssembleiaDeputada Graça Paz. Foto: Agência Assembleia

A deputada Graça Paz (PDT), em pronunciamento da tribuna da Assembleia, na sessão desta quarta-feira (14), anunciou as intervenções que a secretaria Municipal de Transportes de São Luís (SMMT) vai realizar para melhorar o problema do trânsito na capital. Segundo a deputada, as ações a serem realizadas estão em fase avançada de estudo.

Graça Paz informou que as obras previstas são a construção do viaduto da Forquilha, modificação das rotatórias, o prolongamento da Avenida Litorânea e o aumento das ações dos agentes de trânsito. “São ações que ainda estão aguardando os recursos financeiros necessários e algumas ações da Justiça. O prefeito João Castelo demonstra-se preocupado e tem pedido celeridade ao secretário Clodomir para a execução dessas ações”, explicou.

“Nós temos que nos preocupar com esses problemas que não só o povo vive, mas também nós deputados. Não adianta fazer passarela em alguns pontos e não saber aonde esse trânsito vai desembocar, porque faz passarela em uma rotatória, desemboca ali na rotatória, mas vai estrangular lá na frente”,argumentou Graça Paz.

De acordo com a deputada, o problema de trânsito congestionado é comum a todas as grandes capitais do país. “São três mil novos carros que, mensalmente, entram em circulação em São Luís. Por essa razão esses estudos têm que ser feitos com muita responsabilidade, com muito cuidado para não fazer obras somente por fazer, mas que venham realmente resolver os problemas de trânsito em nossa capital”, observou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tribunal de Justiça mantém suspensão de CPI contra Prefeitura de São Luís

Informações TJ/MA

Desembargadora Anildes Cruz. Foto: TJ/MADesembargadora Anildes Cruz. Foto: TJ/MA

O Pleno do Tribunal de Justiça do Maranhão negou provimento ao recurso da Assembleia Legislativa, e manteve a determinação da desembargadora Anildes Cruz, que, em Mandado de Segurança, determinou a suspensão da CPI, criada para investigar a destinação de R$ 73,5 milhões provenientes de convênios celebrados entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís.

O recurso é proveniente de convênios celebrados entre os governos municipal e estadual, em 2009. A decisão plenária aconteceu na sessão desta quarta-feira, 14, por maioria de votos.

Ao decidir pela suspensão dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito do Legislativo Estadual, Anildes Cruz ressaltou que os convênios já tiveram suas irregularidades expressamente reconhecidas pelo Poder Judiciário, e que, via pronunciamento judicial, o erário público já está sendo ressarcido do prejuízo, por meio seguro, sem possibilidade de inadimplemento com a retenção do ICMS.

Por decisão do juiz da 4ª Vara da Fazenda Pública, Megbel Abdalla, a Prefeitura de São Luís deve devolver ao Governo estadual os R$ 73,5 milhões, de forma parcelada, descontados nos créditos do ICMS repassados pelo Estado do Maranhão.

No entendimento da desembargadora Anildes Cruz, é irregular a ingerência do Poder Legislativo estadual na administração municipal, conforme assegura a Constituição Federal. “A fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo Municipal, mediante controle externo, e pelos sistemas de controle interno do Poder Executivo Municipal, na forma da lei”, frisou a magistrada, que julgou improcedente a devassa no sigilo bancário das contas da Executivo Municipal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Caema informa que mais de 70 bairros ficarão sem água amanhã em São Luís

Informações Caema

A CAEMA comunica que devido a necessidade de realizar manutenção corretiva (elétrica e mecãnica) dos quadros de comandos e  engaxetamentos do sistema distribuidor R-8, haverá interrupção no abastecimento de água no horário das 8 às 18 horas do dia 15 de março.

BAIRROS ATINGIDOS:

São Francisco, Ilhinha, Morrinho, Jaracati, Ponta d’Areia, Ponta do Farol, São Marcos, Calhau, Renascença I e II, Residencial Novo Tempo II, La Ravardiere, Alto do Calhau, Recanto dos Nobres, Cohafuma, Avenida Litorânea, Vinhais, Recanto dos Vinhais I e II, Vinhais III, Vinhais Velho, Planalto Vinhais, Condomínio Colina dos Colibris, Maranhão Novo, Bequimão, Ipase, Angelim, Novo Tempo II, Novo Angelim, Cantinho do Céu, Vila Sete de Setembro, Manuel Beckman, Cohama, Conjunto Residencial Esperança, Cohaserma, Parque Atenas, Cohajap, Cohajoli, Bela Vista, Parque Shalom, Barramar, Vila Vicente Fialho, Recanto Fialho, Vila Cruzada, São Domingos I e II, Pinheiros I e II, Vila Marinha, Vivendas da Cohama, Conjunto Primavera Turu, Residencial Araras, Solar dos Lusíadas, Solar dos Lusitanos, Conjunto Turu I, II e III, Jardim Eldorado, Loteamento Brasil, Divinéia, Olho d’Água, Sol e Mar, Vila Luizão, Santa Rosa, Turu Velho, Matões, Parque Vitória, Vivendas do Turu, Vila São José, Canudos e Terra Livre.

A previsão de normalização do abastecimento é de até 48 horas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Governadora e vice-governador gastam R$ 300 mil em bebidas

Se gasta mais com a aquisição de bebidas alcoólicas do que com educação especial no Maranhão, denuncia o líder da oposição, Marcelo Tavares.

Marcelo Tavares denuncia dinheiro público gasto com bebidas alcoólicasMarcelo Tavares denuncia dinheiro público gasto com bebidas alcoólicas

Em sessão realizada nesta quarta feira (14), o líder da oposição, deputado Marcelo Tavares (PSB), apresentou um projeto de lei que tem como objetivo acabar com a aquisição de bebidas alcoólicas através do dinheiro público.

O oposicionista denunciou na tribuna que o governo gasta cerca de R$ 300.000,00 somente com bebidas para abastecer a casa da governadora Roseana Sarney, do vice-governador e de todos os seus familiares.

Tavares afirmou ainda que a forma como o dinheiro público está sendo esbanjado é vergonhoso para o Estado. ” Um vinho tinto de origem chilena custa R$ 675,00, o governo adquiriu 60 garrafas deste vinho, totalizando R$ 40.500,00, um vinho como este vale mais do que o próprio salário mínimo” escancarou Marcelo Tavares.

Ele questionou ainda o valor gasto com a aquisição de comidas, de caviar a camarão, o governo gastou somente com azeite de oliva extra-virgem português e espanhol R$ 54.000,00, sem falar na compra de duas toneladas de sorvete de diversos sabores a serem degustados pela governadora, seu vice e todos os seus familiares durante este ano de 2012.

Na lista consta desde uísque 12 anos a espumante italiano e vodca sueca, este último com o teor alcóolico de 40%.

Ao ser questionado pelo deputado César Pires (DEM) sobre a licitação dos contratos, Tavares escancarou dizendo que trata-se de licitações diferentes. “A licitação para a aquisição de bebidas e alimentos para recepcionar autoridades ou chefes de Estados é uma, para a aquisição de bebidas e alimentos para funcionários e segurança do palácio é outra, a licitação em questão é a que trata de valores exorbitantes gasto com o dinheiro público para aquisição de bebidas e comidas somente para a governadora, seu vice e seus familiares” desabafou Marcelo.

O deputado César Pires disse achar desinteressante e deselegante a forma punitiva com que foi tratado o assunto. ” Isto sempre existiu nos palácios e sempre vai existir, punir a história de alguns e absolver a de outros é deselegante” frisou o deputado.

Marcelo Tavares pediu o apoio dos demais deputados para a aprovação do projeto de lei e ressaltou que a administração pública deveria dar o exemplo, além de ser contra a recepção de autoridades ou chefes de estado com bebidas alcoólicas.

Enquanto isso, os funcionários e seguranças do Palácio dos Leões nem de longe participam da farra. Para eles quentinhas com muito pirão esta de bom tamanho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.