Recompensa: R$ 1 mil para quem indicar o paradeiro do homem que assassinou professora

Familiar da professora Neurivânia Barbosa dos Santos, assassinada na madrugada de ontem pelo ex-marido (foto abaixo), Edvan Carneiro Macedo, 43 anos, oferece recompensa no valor de R$ 1 mil para quem indicar o paradeiro do criminoso, fornecendo a informação pelo disque 190. A professora foi assassinada na frente dos filhos do casal ( um de 08 anos e outras de 14 anos), na cidade de Formosa da Serra Negra, no Maranhão. 

Edvan estava separado uns 11 meses de Neurivânia (foto abaixo) e insistindo sempre para que a ex-companheira aceitasse reatar a relação, o que ela não concordava. A professora chegou a registrar três ocorrências contra o ex-marido por causa dos ciúmes agressivos dele.

O ato crimino foi uma surpresa para familiares e vizinhos, uma vez que o ex-companheiro nunca foi violento com a professora.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Na frente dos filhos, professora é assassinada pelo ex-marido

Além de facadas, a professora Neurivânia Barbosa dos Santos (foto abaixo), 35 anos, teve o pescoço quebrado pelo ex-marido na frente dos filhos do casal. Os dois filhos olharam a mãe sendo morta; um de 8 anos e outra de 14. O fato aconteceu em Formosa da Serra, no Maranhão, na madrugada de ontem, sexta-feira, dia 04.

A professora estava dormindo quando o ex-marido forçou a janela e conseguiu chegar ao quarto dela. Eles começaram a discutir, chamando a atenção das crianças, e o pai delas Edivan Carneiro Macedo, 43 anos, sacou de uma faca e desferiu várias vezes contra a ex-esposa. Depois das facadas, ainda quebrou o pescoço da ex-companheira para ter a certeza de que estava morta. Tudo na frente dos filhos.

Com 11 meses da separação, Edvan vivia insistindo para que a professora reatasse a relação, com o que ela não concordava e ainda chegou a registrar duas queixas na polícia por sofrer ameaças de morte pelo ex-marido.

Revoltados, moradores vistoriaram a cidade de Formosa da Serra Negra com a intenção de linchar o assassino, assim que foram avisados do ocorrido pelos filhos. A polícia também fez a busca, mas o ex-companheiro da vitima não foi localizado, o que prova que o crime e a fuga foram premeditados.

O número de crimes de feminicídios tem aumentado de forma assustadora no Maranhão nestes últimos anos, embora o estado tenha criado departamento próprio pra tratar da questão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feminicídio no Maranhão não tem registro, mas os números assustam

Quem busca nos registros de mortes contra mulheres no Maranhão jamais vai encontrar algum nome ao menos parecido com feminicídio. O que tem lá nas anotações da SSP são homicídios. Mas quem acompanha as mortes de mulheres praticadas por homens que se julgam controlador da vida da companheira ou da ex-mulher, sabe que as notícias só aumentam.

No sábado passado, dia 21 deste, Sérgio Pereira, foi até a casa de Mousiane Rodrigues, 36 anos, para reatar o romance, em São José de Ribamar (foto abaixo). Como a ex não aceitou, ficou inconformado com a recusa e desferiu várias facadas contra a ex-mulher. O pai da vítima foi tentar defender a filha e acabou sendo assassinado também.

José Alberto Pereira da Silva ( foto abaixo ), 30 nos, no bairro Liberdade, na cidade Colinas, foi até a casa da ex-companheira e a encontrou em uma seresta. Voltou para a mesma residência e encontrou seu filho dormindo e para se vingar matou a criança com várias facadas. Ele encontra-se foragido enquanto o filho do ex-casal já foi enterrado.

Normalmente esses tipos de crimes são cometidos  por maridos ou ex-maridos que querem destruir a mulher por achar que são proprietários.

Entre os anos de 1980 a 2013, foram 106.093, que mais se assemelham a números de guerra. Em 2013, 4.762 mulheres foram assassinadas, ou 13 feminicídios por dia.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crime de feminicídio no Maranhão: homem mata esposa e tenta o suicídio

Mais um caso de feminicídio foi registrado no início deste semana no Maranhão, elevando para mais de cinco em menos de uma semana. No domingo, dia 08, na cidade de Santo Amaro, José de Ribamar Sales dos Santos matou e esquartejou a própria esposa e depois recorreu ao suicídio, mas foi socorrido e permanece hospitalizado e permanece em estado grave.

A senhora Iracildes de Santos Silva teria travado uma discussão com o marido que exigia dela ser obediente sempre.  E tudo indica que foi crime passional.  Por causa dos difícil acesso, a policia teve dificuldades para chegar até ao local onde a mulher estava morta.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feminicídio avança! Homem mata esposa junto com amante e tenta se suicidar nas proximidades do Castelão

No final desta tarde foi registrado um duplo homicídio seguido de uma tentativa de suicídio. Um homem identificado como Marcos Rone de Albuquerque Morais, estava seguindo a esposa que se encontrava no  Estádio Castelã,  com o suposto amante.

O homem desceu de seu veículo, e abordou a mulher e o outro homem, no calor da discussão, ele disparou contra o amante, logo em seguida, efetuou um disparo contra a mulher. Ela ainda foi socorrida por testemunhas, porém, Marcos ao perceber que a mulher ainda tinha vida, voltou e efetuou outros disparos na frente de várias pessoas.

Marcos após ter matado a mulher, efetuou um disparo contra a própria cabeça. Ele foi socorrido com vida e levado por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

URGENTE! Assassino que matou ex-mulher grávida com 56 facadas em São Luís é preso na fronteira com o Piauí

Francisco das Chagas foi preso ontem em Timon, quando atravessava para a cidade de Teresina, no Piauí. Ele matou a ex-esposa no dia 5 deste, no Coroado, com 56 facadas e fugiu. Ela estava grávida de um relacionamento mais recente. Este foi o terceiro caso de feminicídio na capital em menos de uma semana.

No momento da prisão, ele confessou que matou Celiane Pereira Alves, na última quinta-feira, dia 05. Francisco das Chagas deve ser transferido da Delegacia Regional de Timon para a Delegacia da Mulher em São Luís nesta segunda-feira, dia 09.

Já existe aqui na capital prisão preventiva decretada contra o assassino em atendimento ao pedido da delegada do Departamento de Feminicídio da SHPP, Viviane Azambuja. O decreto de prisão foi assinado pela juíza Rosaria Duarte.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mulher que foi sequestrada e baleada no motel permanece sem leito na UTI do Socorrão I

Weslayne Correia foi baleada ontem (05) dentro do motel Wall Street, na Areinha pelo ex-companheiro Eliezer, que inconformado com o final do relacionamento, também a sequestrou quando ela se deslocava para buscar o filho na escola. A jovem foi encaminhada em estado grave para o hospital Socorrão I, onde permanece à espera de um leito na UTI. 

A paciente encontra-se em um leito comum, por falta de leito disponível na UTI do Socorrão. O estado de saúde de Weslayne é gravíssimo, requer cuidados especiais e assistência médica 24h, algo que ela não pode ter por falta de um leito na UTI.

A jovem está respirando por aparelhos e lutando pela vida em um leito o qual não é o adequado para o seu estado de saúde.

Urgente! Mulher sequestrada pelo ex é baleada na cabeça dentro de motel na Areinha

Sequestro em motel na Areinha; polícia diz que sequestrador pede a presença da imprensa

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Urgente! Mulher sequestrada pelo ex é baleada na cabeça dentro de motel na Areinha

O ex-marido que levou na marra a ex-esposa para o motel Wall Street, na Areinha,  chamou a atenção quando passou a espancá-la pelo fato dele não ceder seus caprichos e não aceitar o retorno da relação, chegou ao Socorrão I baleada na cabeça. Esse foi o segundo crime de feminicídio cometido hoje em São Luís.

A ex-mulher começou a gritar quando ele passou para agressões físicas. Os funcionários do motel chamaram a polícia. O homem queria a imprensa para se entregar. Após muitas negociações, ele se entregou, mas a ex-esposa estava baleada na cabeça.

Levada ao Socorrão, continua com vida, mas em estado grave. O homem foi levado preso. O primeiro caso de crime contra a mulher na capital aconteceu no Coroadinho, quando o ex-marido a seguiu a mulher e matou.

Sequestro em motel na Areinha; polícia diz que sequestrador pede a presença da imprensa

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Homem mata a ex-companheira em São Luís hoje, na Semana da Mulher

Menos de 24h do Dia Internacional da Mulher, amanhã, 08 de março, um homem matou hoje pela manhã suposta sua ex-companheira (ainda não identificada) à facadas no local de trabalho dela, numa banca de bombons, ao lado do Supermercados Mateus, na Cohab. No começo espalharam que tinha sido latrocínio, roubo seguido de morte, mas uma amiga da vítima reconheceu o ex-marido. Ela faleceu dentro da ambulância, a caminho do hospital.

Testemunhas que presenciaram o fato disseram que o assassino nem conversou, foi logo puxando a faca e aplicando golpes na vítima. Assim, vai aumentando o número de mulheres mortas ou agredidas por homens em nossa capital.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Homem estuprou e depois matou a parente em São Luís, mas foi linchado e morto por populares

Antes de matar por estrangulamento a jovem estudante de Enfermagem, Rayane dos Remédios Costa Rodrigues, o primo dela João Carlos Pereira a estuprou na casa ao lado da que estava hospedado. Ela foi assassinada no banheiro, no bairro do Coroadinho, no Alto São Sebastião, e quando se preparava para fugir foi linchado e morto por populares, na manhã de ontem, terça-feira, dia 13. 

Conforme imagens abaixo da TV Difusora, ele foi apedrejado e morto a pauladas pelos populares quando souberam que a jovem havia sido estrangulada. Pereira havia arrumado a mala e iria voltar para a cidade de Pinheiro.

Rayane foi assassinada pelo primo na madrugada de ontem e ele foi linchado e morto por populares já no período da manhã.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Solto ex-tenente que matou universitária maranhense em Teresina

Já encontra-se em liberdade o ex-tenente do Exército José Ricardo da Silva Neto, que confessou ter atirado e assassinado a universitária maranhense Iarla Lima Barbosa , 25 anos, na Zona Leste de Teresina, em 19 de junho do ano passado. Na época, ele era tenente das Forças Armadas e ainda atirou na irmã da vítima, que saiu ferida e numa outra colega dela.

A decisão pela soltura foi determinada pelo juiz Antônio Noleto, da 1ª Vara do Tribunal do Júri do Piauí. O assassino não pode se ausentar temporariamente do município e terá que comparecer aos atos do processo quando for intimado. Ele também ficou proibido de frequentar casas noturnas.

Mesmo o crime sendo considerado feminicídio e praticado de forma cruel, com requintes de perversidade, o juiz se baseou no bom comportamento do assassino durante poucos mais de seis meses que ele passou preso para determinar a soltura, assim como o fato de ter bons antecedentes.

Em 19 de junho de 2017, durante a madrugada, o então tenente e Iarla, com quem ele namorava faziam uma semana de namoro, saíam de um bar e mais duas jovens ( a irmã e uma amiga). Houve uma forte discussão entre eles, quando o militar sacou de uma arma 380 e atirou nela e nas duas.

Natural de Eugênio Barros no Maranhão, a jovem fazia universidade em Teresina e estava residindo em Timon. A família dela não gostou da soltura do criminoso, mas o promotor do caso disse que vai recorrer.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Hóspede tenta estuprar, mata recepcionista em hotel, e é linchado até a morte no Maranhão

O fato aconteceu por volta das 4 horas da madrugada de hoje, sábado, dia 18 deste, no Hotel da Neide, ao lado da Rodoviária de Santa Inês. Um hóspede tentou estuprar a recepcionista e não conseguindo seu intento, acabou matando a mulher com três facadas. Quando ele tentava fugir, populares fizeram o linchamento até a morte.

O crime contra a recepcionista, com requintes de perversidade, revoltou os populares que estavam na porta do hotel e nas proximidades da rodoviária daquela cidade, que regiram a mataram o criminoso com pedradas.

Os assassinatos contra mulheres estão crescendo bastante no Maranhão, notadamente na capital que já registrou mais de 20 vítimas só neste ano.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Página 1 de 212