Polícia já tem nomes de suspeitos da morte de empresária em Presidente Dutra

A polícia Civil, sob o comando do delegado César Ferro, trabalhou rápido para a elucidação do crime de que foi vítima ontem à noite, quarta-feira (1º), a empresária Rayra dos Santos Feitosa (foto abaixo), ocorrido na cidade de Presidente Dutra. Não está descartado crime de feminicídio.

A dona da Pizzaria Predileta foi morta assim que deixou seu comércio, que fica em um posto de combustível bastante movimentado e ao lado de um Clube de Jovens.

Ao se aproximar da casa onde mora com a mãe, Rayra foi assassinada por dois tiros disparados por duas pessoas que estavam numa moto, o que indica que foi crime de encomenda e provavelmente passional. Ela ainda foi levada a um hospital pela genitora, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Mandados de prisões e de buscas e apreensões serão executados a qualquer hora. Aguardem novas informações.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Homem mata companheira na frente do filho no Maranhão

Blog da Riquinha

A jovem de apenas 23 anos, Elielma Serejo, foi vítima de feminicídio na noite de ontem (27).

Elielma Serejo, 23 anos

John Kelson Abreu Araujo matou a companheira covardemente enquanto a vítima estava distraída dando o remédio para o próprio filho, no município de Santa Rita.

O ‘feminicida’ usou uma espingarda para matar Elielma. Graças a ação rápida da PMMA, o assassino está preso.

Jhon Kelson Abreu acusado de matar a companheira na frente do filho

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feminicídio: Cabeleireira é assassinada por marido cantor no Maranhão

O cantor maranhense Pedro Augusto (foto abaixo com a mulher) matou a esposa, a cabeleireira Patrícia, a facadas na cidade de Chapadinha, na noite de ontem, quarta-feira (24).

Após cometer o crime, o cantor se entregou aos policiais e nada quis relatar sobre a morte. Mas testemunhas informaram ao Blog do William que o casal vinha tendo desentendimentos constantes.  O fato ocorreu no Bairro Campo Velho.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Assembleia lança campanha institucional contra assédio, violência e feminicídio

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, por meio da Diretoria de Comunicação, iniciou, no fim de semana, uma campanha publicitária contra o assédio e o feminicídio, que tem por objetivo alertar a sociedade maranhense sobre as diversas formas de violência contra a mulher, incentivando a denúncia contra os agressores.

A campanha está no ar com um vídeo e spot de 60 segundos, que estão sendo veiculados em emissoras de televisão e de rádio em todo o Estado. O projeto conta com o apoio do Grupo de Esposas de Deputados (Gedema) e da Procuradoria da Mulher.

Chega de abuso! Chega de assédio! Chega de feminicídio!Essas são as principais frases de efeito que impulsionam a campanha, incentivando as mulheres vítimas de violência a darem um basta na relação com seus agressores, denunciando-os aos meios competentes.

Mulheres que lideram equipes, mulheres empresárias, policiais, mulheres que trabalham e estudam, são mães e cuidam da família. O importante papel de destaque feminino na sociedade também está presente no VT da Alema. A abordagem da campanha impõe um basta à violência e também destaca que mulheres merecem respeito.

“A Assembleia Legislativa do Maranhão sensível à crescente onda de violência que tem vitimado, a cada dia, mais mulheres no Brasil, lança esta campanha publicitária que serve não apenas de alerta, mas, principalmente, com o objetivo de promover o empoderamento das mulheres, mostrando que elas ocupam posições de destaque na sociedade, quer seja nos seus ambientes ou no seio familiar”, afirmou o diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Edwin Jinkings.

Números do feminicídio

A campanha institucional, lançada pela Assembleia Legislativa, ocorre em março, mês da mulher, quando várias instituições unem forças para alertar e conter a onda de feminicídio no Brasil, que, em 2018, fez 4.254 vítimas em todo o país, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Nos dois primeiros meses de 2019, já foram registrados, no Brasil, 217 casos de feminicídio consumados, conforme estudo da USP. No Maranhão, neste mesmo período, ocorreram 10 assassinatos de mulheres com as mesmas características de crime de ódio pela condição feminina, segundo relatório do Departamento de Feminicídio do Estado.

Já o site Relógio da Violência, do Instituto Maria da Penha, apresenta uma pesquisa em que os dados são ainda mais preocupantes. No Brasil, a cada dois segundos uma mulher é vítima de violência física ou verbal; a cada sete segundo uma mulher é vítima de violência física; a cada dois minutos uma mulher é vítima de arma de fogo; a cada 22 segundos uma mulher é vítima de espancamento ou tentativa de estrangulamento.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Adolescente é estuprada e morta no interior do Maranhão

A jovem mais conhecida por Domingas (foto abaixo) saiu ontem de casa e foi encontrada morta e estuprada no bairro Vila Seca, na cidade de Morros. O fato deixou chocado os moradores do lugar.

Com apenas 16 anos, Domingas teve o corpo encontrado hoje, domingo (24) pela manhã por moradores em um terreno baldio, como informou o Blog do Neto Cruz. A adolescente apresentava sinais de violência sexual. A polícia já iniciou as primeiras investigações para localizar os criminosos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Homem mata ex-mulher com 12 facadas e tenta o suicídio no Maranhão

O fato ocorreu na madrugada de ontem, domingo (03) na cidade de Balsas. Vando Gomes do Nascimento deu 12 facadas na ex-mulher, Adaléia Carvalho da Silva, e depois aplicou contra ele próprio golpes de faca, tentando o suicídio.

Eram 3h30 quando Vando pulou o muro da casa da mãe da ex-mulher e entrou pelas portas do fundo. Após ligeiro bate boca entre os dois, o homem sacou de uma faca e aplicou o primeiro golpe na ex-esposa, que correu e foi alcançada.

O ex-marido estava tentando se matar quando policiais chegaram ao local e o levaram para um hospital, onde Vando encontra-se em estado grave. A polícia classificou como crime de feminicídio.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ana do Gás faz alerta sobre aumento dos casos de feminicídio no Brasil

A deputada estadual Ana do Gás (PCdoB) está preocupada com o aumento da violência no Brasil, especialmente contra as mulheres. A parlamentar utilizou as redes sociais para fazer um alerta em relação ao aumento do número de casos de feminicídio.

De acordo com a parlamentar, em apenas 17 dias, já foram registrados 80 casos de feminicídio no Brasil, sendo apenas dois casos no Maranhão. Um dado alarmante e preocupante, já que, em 2015, foi sancionada a Lei 13.104/15, que considera homicídio qualificado o assassinato de mulheres em razão do gênero (feminicídio).

A deputada estadual adicionou à publicação o serviço disque 180, que funciona 24 horas para receber denúncias sobre os casos de violências contra as mulheres.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Urgente! Policial Civil mata a ex dentro de shopping e suicida-se em seguida, em Fortaleza

Um policial civil entrou dentro do shopping Maracanaú em Fortaleza-Ce e matou a ex mulher. Ele atirou contra a cabeça da ex e logo após cometer o feminicídio, se suicídou.

Frequentadores do shopping entraram em pânico no momento em que presenciaram a tragédia.

Em breve mais informações…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tragédia no Piauí: Homem mata ex-esposa e recorre ao suicídio

Marcelo Manoel Amorim, mais conhecido como Manga Rosa, matou a ex-mulher Eliane agora no período da tarde de hoje, domingo (06) e depois tirou a própria vida, em Esparantina, no Piauí.

O crime ocorreu no povoado Vila Palmeira por volta das 16h quando Manga Rosa chegou na casa da irmã da ex e foi até ao quintal e sem discutir atirou contra o peito de Eliane. Em seguida, ele usou a mesma arma e cometeu  suicídio.

Eliane estava morando com outro homem tem cinco meses, mas atendeu aos apelos de Manga Rosa e reatou com ele. Porém, nos últimos tempos a espancava demais. Então, ela decidiu se separar no final de dezembro de 2018, mas Marcelo não aceitava o fim do relacionamento.

Durante assalto, cabo PM do Piauí é baleado no Maranhão quando deixava igreja evangélica

Hoje, pela manhã, Eliane Colocou no status do WhatsApp  contando os sofrimentos que estava passando e chamou Marcelo de “um lixo que achei no lixão”. Foi o suficiente para ele ir na casa da irmã dela premeditado dos crimes que cometeria. Abaixo a mensagem

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feminicídio: Homem mata ex-mulher em Barra do Corda

Blog Minuto Barra

Um homem que ainda não teve o nome identificado, matou nesta madruga sua ex-mulher, assim o Blog foi informado por populares.

A mulher era conhecida pelo apelido de “Morena”, e já trabalhou na Churrascaria Cordina. O Blogueiro Gildásio Brito vem tentando contato com o delegado Renilto Ferreira, para detalhar o que de fato ocorreu.

A qualquer momento, teremos outras informações.

Acompanhe mais no Blog Minuto Barra 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Em menos de 24h, mais um caso de morte contra mulher seguido de suicídio no Maranhão

Antes de completar 24h, surgiu mais um caso de um homem matar a esposa por ciúmes e em seguida recorrer ao suicídio no interior do Maranhão. Outubro deste ano foi um mês que marcou muitos registros de feminicídio.

Na terça-feira, o marido Adail Correa, 29 anos, fingiu que saiu para trabalhar e ficou escondido. Coincidentemente, alguns operários que trabalham em uma obra próxima da casa do casal se aproximou e pediu água de beber. A esposa Maria Francineide Pereira da Silva, 31 anos, serviu o pessoal.

O marido votou imediatamente, entrou na casa, discutiu com a mulher e a matou com um facão. Em seguida, ele pegou uma espingarda e atirou contra o próprio peito, morrendo ao lado da mulher. O fato aconteceu no povoado São Patrício, Zona Rural de Cantanhede e deixou abalada a cidade.

Na segunda-feira, um caso idêntico ocorreu em Bacabal. O ex-marido matou a ex-mulher com facadas e em seguida fugiu para casa dele, onde foi encontrado enforcado. Na mesma segunda-feira, outra mulher morreu vítima de 13 tiros na cidade de Pedreiras.

Por não aceitar o fim da relação, homem mata a ex-mulher e recorre ao suicídio no Maranhão

20 mulheres mortas nos cincos primeiros meses de 2018 vítimas de feminicidio

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por não aceitar o fim da relação, homem mata a ex-mulher e recorre ao suicídio no Maranhão

De nada adiantaram as medidas protetivas que impediam o acesso do homem a sua ex-mulher. Por não aceitar o fim do relacionamento, ontem, Iramar Ferreira da Silva matou à facadas Francineide Francisca Nascimento e se suicidou em seguida, na cidade de Bacabal.

Iramar vivia ameaçando a ex-mulher para que o relacionamento fosse reatado. Ela registrou queixa na delegacia contra o ex-marido e ganhou medidas protetivas que impediam a aproximação dele.

Ontem, por volta das 22h40 ele esteve na residência dela onde os dois voltaram a discutir, no bairro Novo Bacabal. Não satisfeito, ele a seguiu de moto e quando parou ao lado da ex-companheira foi sacando de uma faca, com a qual a matou.

A polícia tomou conhecimento do caso e foi até ao local do crime para se certificar da verdade. Em seguida, os policiais rumaram para a casa do assassino e quando lá chegaram deram com ele pendurado numa corda. Iramar recorreu ao suicídio.

20 mulheres mortas nos cincos primeiros meses de 2018 vítimas de feminicidio

Militar que matou a namorada e se suicidou, convidou a ex esposa para o mesmo local do crime

Na frente dos filhos, professora é assassinada pelo ex-marido

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.