Atriz Luana Piovani lamenta que colega tenha ficado nua, de graça

A atriz Luana Piovani passou dois dias ironizando o fato da colega Carolina Dieckmann ter se fotografado nua, em 36 poses vazadas na internet, sem receber nada.

Piovani diz na sua rede social que seria melhor posar para uma revista masculina, a ter que se expor sem nenhum contrato, Dieckmann, que já recusou diveros convites da Play Boy, acabou aparecendo pelada para o mundo inteiro, sem que soubesse que suas fotos íntimas fosse exibidas assim.

Para olhar as fotos picantes, clique aqui

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Bringel causou enorme prejuízos ao setor da Educação

Antônio Bringel. Foto: ImiranteAntônio Bringel. Foto: Imirante

Olhando de longe, nem se imagina os prejuízos incalculáveis que o senhor Bernardo Bringel causou ao setor da Educação pública deste estado. Mirando mais de perto, o leitor será capaz de até cair no buraco imenso que o ex-secretário da Seduc cavou na pasta que deveria ser a prioritária do governo de Roseana Sarney.

Sem o menor planejamento, Bringel, hoje nomeado secretário de Planejamento do Estado e ainda infelizmente acumulando a Educação, decidiu entregar para cada município o ensino fundamental. A medida, diga-se de passagem, é correta. Mas tinha que ser melhor trabalhada e planejada para evitar impactos.

Nada disso foi feito. As administrações municipais, que de maneira desprezível arcam, com os custos de suas escolas, de uma hora pra outra tiveram que aceitar outras unidades. Nem precisa dizer que as escolas, por falta de professores, material didático e até merenda escolar, além da falta de infraestrtura, fecharam. E os alunos estão em casa ou nas ruas. Os pais, na maioria, não tem condições de pagar as particulares.

Em Açailândia, por exemplo, ele fechou tudo. Entregou todas as salas do ensino fundamental para a prefeitura e lacrou os ensinos médios em todos os povoados do interior: Novo Oriente, Sudelândia, Nova Conquista, Califórnia… todas as salas foram fechadas.

Ao todo são quase mil alunos que viram suas vidas truncadas, muitos já matriculados no 3º ou 2º ano, simplesmente não tem mais opção para estudar. Nem tem dinheiro para pagar, nem existem escolas privadas nos povoados e assentamentos. Os poucos que conseguiram uma vaga na Casa Familiar Rural (uns 40) estão ameaçados também de não chegar ao fim do ano, pois até hoje não foi pago um centavo para os professores, que nem assinaram contratos ainda.

E isto não é fato isolado. Ele fez isso no Estado todo. E olha que a contrapartida do MEC é alta. O pior é que na zona rural os números de alunos, apesar das escolas fechadas, servem apenas para aumentar o volume de recursos repassados e o dinheiro, quase na sua totalidade, vai para os centros urbanos. Uma lástima!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

MPF suspende desapropriação de fazenda na Reserva do Gurupi

MPF/MA

Desapropriação vai favorecer reforma agrária. foto: Brasil EscolaDesapropriação vai favorecer reforma agrária. foto: Brasil Escola

O Ministério Público Federal no Maranhão (MPF/MA) conseguiu na Justiça Federal suspender a ação de desapropriação para fins de reforma agrária movida pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e reter a indenização de R$ 1.305.243,39. A fazenda Acácia, que pertence ao município de Centro Novo (MA), se encontra na zona de amortecimento da Reserva Biológica do Gurupi, o que torna praticamente inviável o assentamento de trabalhadores rurais na área de conservação federal.

Em 2006, o Incra moveu processo administrativo declarando interesse social para fins de reforma agrária da Fazenda Acácia. Por meio de ação civil pública, o MPF propôs a nulidade do procedimento, com o objetivo de impedir que a autarquia utilizasse dinheiro público na indenização de particular em uma área onde não há conflitos agrários, além de evitar o assentamento de trabalhadores rurais em unidade de conservação federal.

O Incra já havia sido imitido na posse do imóvel, mas o MPF constatou erros nos laudos das duas vistorias realizadas no terreno, nos anos de 2006 e 2008.  Além disso, constatou que a ação de desapropriação foi proposta sem estudo preliminar que averiguasse a potencialidade da área para atividades agroextrativistas, e a vocação das famílias a serem assentadas para esse fim.

Para o procurador da República Juraci Guimarães Júnior, autor da ação, as limitações de recursos públicos não justifica que o Governo Federal pague quase um milhão e meio de reais por uma fazenda encravada em área de proteção ambiental na qual não existe qualquer conflito fundiário. “Esses valores devem ser destinados à educação, saúde e segurança, problemas cruciais da sociedade brasileira, e não para uma desapropriação rural injustificada,” afirmou.

Unidade de Conservação Federal – A Reserva Biológica do Gurupi é o último resquício de Floresta Amazônica no Estado do Maranhão. É uma unidade de conservação federal do tipo proteção integral, nos termos do Decreto Nº 95.614, de 12 de Janeiro de 1988. A área integra o Sistema de Unidades de Conservação do Brasil, estando submetida a regime jurídico e regras específicas que visam diminuir impactos que, de outra forma, não podem ser controlados.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mulher de Cachoeira recebe convite da Playboy

Andressa Mendonça disse que faz os preparativos para casar com CachoeiraAndressa Mendonça disse que faz os preparativos para casar com Cachoeira

Andressa Mendonça afirmou que recusou proposta e que pretende se casar com Cachoeira em breve, mesmo que ele permaneça detido.

A esposa do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, recebeu um convite para posar nua em ensaio na revista “Playboy”. Em entrevista ao jornal “O Globo”, Andressa Mendonça afirmou que recusou a proposta.

“Não vou dar esse gostinho, não. Deixa só para o Cachoeira. Eu contei do convite e ele gostou, morreu de rir”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Advogado confirma que fotos são de Carolina Dieckmann

R7

As fotos da atriz Carolina Dieckmann nua são verdadeiras, segundo entrevista do advogado Antonio Carlos de Almeida Castro ao portal UOL. Trinta e seis imagens da atriz estão hospedadas em um site no exterior e o link para acessá-las começou a se disseminar nas redes sociais na tarde de sexta-feira (4).

Tony Goes: Dieckmann deveria dizer que fotos são verdadeiras Supostas fotos de Dieckmann nua viram assunto mais debatido do Twitter Homem que postou foto de Scarlett diz como entrou no e-mail dela

Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, foi contratado para cuidar do caso, ainda de acordo com reportagem do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

Segundo o advogado, a atriz estava sendo chantageada. “Uma pessoa disse que estava em posse das fotos e queria R$ 10 mil em troca. A Carolina já tinha avisado a Globo e a polícia do caso”, contou ele.

O “F5” procurou a assessoria de imprensa de Dieckmann, que ainda não falou sobre o assunto.

O advogado disse “que está sendo aberto um inquérito para descobrir o criminoso, que pode ser julgado por leis civis e criminais. Isso inclui furto, dano moral, injúria, difamação”.

Sites que reproduziram as fotos também terão que tirá-las do ar.

As 36 imagens mostram a atriz de 33 anos em sua intimidade: há mais de uma foto da atriz no banheiro –uma delas sentada na privada, outra na banheira.

Carolina Dieckmann estava sendo chantageadaCarolina Dieckmann estava sendo chantageada

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Minotauro ignora favoritismo de rival e leva primeiro “braço para casa”; veja

Peso-pesado brasileiro passou fácil pelo americano Nate Schroeder, em 1999

R7

Dono do maior índice de finalizações entre os pesos-pesados do MMA, o brasileiro Rodrigo Minotauro tem o “hábito” de  finalizar seus adversários com chaves de braço, mania que carrega desde o início de sua carreira.

Ainda em 1999, logo em sua segunda apresentação no MMA, Minotauro não tomou conhecimento do mais experiente rival Nate Schroeder e venceu rapidamente, em menos de dois minutos.

Logo de cara, o baiano partiu para cima buscando o clinche e, em poucos instantes, conquistou a queda. Por cima, Minotauro não teve dificuldade para passar a guarda e encaixar uma rápida chave de braço, a primeira de uma extensa coleção que possui na carreira.

A vitória deixou “Minota” com moral no World Extreme Fighting, evento que rivaliza com o UFC na época e organização onde o peso-pesado conquistou seu primeiro título na carreira.

Veja a luta a seguir

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Polícia concluiu o retrato falado do matador de Décio Sá

Jornalista Décio SáJornalista Décio Sá

Após tomar depoimentos da maioria das pessoas que olharam o rosto e descreveram as caraterísticas e acessórios do assassino do jornalista, a Polícia Civil, sem o apoio técnico da Polícia Federal, concluiu o retrato falado do matador. Foram preciso montar seis peças para finalmente ficar apenas uma.

Após este trabalho, o próximo passo e apurar o paredeiro do assassino de Décio Sá. Existem informações de que o bandido não estaria mais no Maranhão, mas alguns setores da polícia farejam suas pegadas na capital ou em duas cidades próximas de São Luís.

O blog foi informado que existem apenas três linhas de investigações, embora Décio Sá tenha sido um jornalista destemido e investigativo, deixando um elenco enorme de interesses contrariados.

A polícia trabalha no mais absoluto sigilo, o que é o correto em caso de complicada elucidação como este. A SEIC tem nos seus quadros os melhores policiais que já desvendaram inúmeros crimes, além de abortar outros.

secretário estadual da Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendessecretário estadual da Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes

Ao contrário do que andam se espalhando por aí, o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes,  tem se empenhado e acompanhado o caso quase que 24h a cada dia.

Ele tem cobrado dos policiais que participam da investigação que a questão seja esclarecida, assim como foi elucidado mais recentemente o assassinato de Cabeça, líder rural em Buriticupu, executado por pistoleiros de aluguel.

Mendes sabe que a sociedade exige resposta imediata, no caso do jornalista que tem até hoje tem repercurssão mundial. Mas o secretário tem consciência de que a elucidação do crime contra a vida de Décio Sá requer técnica e bastante habilidade. A pressão, em muitos casos, causa atrapalhos e até injustiças.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deputado anuncia apoio de Roseana ao Grupão de Açailândia

deputado Antônio Pereira. Foto: Agência Assembleiadeputado Antônio Pereira. Foto: Agência Assembleia

O deputado Antônio Pereira (DEM) anunciou neste sabado (5), que a governadora Roseana Sarney (PMDB) acaba de declarar apoio político ao “Grupão” do município de Açailândia, comandado pelo ex-prefeito, ex-deputado estadual e médico, Deusdete Sampaio (PMDB).

Segundo Antônio Pereira, o apoio foi dado na tarde de quarta-feira (2), quando a governadora Roseana Sarney (PMDB) abriu as portas de seu gabinete, no Palácio dos Leões, para receber os membros do “Grupão”.

O democrata lembra que durante a reunião, a governadora garantiu que apoia a pré-candidatura do “Grupão” de Açailândia, independente de quem seja o candidato a prefeito nas eleições de três de outubro próximo.

“Faço parte de Açailândia, um município que sempre admirei. Não poderia deixar de apoiar um grupo que sempre votou em mim, desde que fui deputada. Sei que farão um bom trabalho por Açailândia. Estarei no palanque com vocês”, disse Roseana.

PRESENTES

Também participaram da reunião com a governadora o coordenador geral político do “Grupão”, doutor Deusdedete Sampaio, doutor Sérgio Vieira, o vereador Juscelino Oliveira, o Pastor Cavalcante, o ex-vereador Antônio Ferreira, Silvio da Comaco, doutor Walmir, e o secretário de Articulação Política, Hildo Rocha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Magno Bacelar deve ser candidato em Chapadinha

Magno Bacelar. Foto: Diário do CongressoMagno Bacelar. Foto: Diário do Congresso

É complicada a situação da prefeita de Chapadinha, Danúbia Carneiro, para a sua própria sucessão. Todas as pesquisas apontam altos índices de reprovação da sua gestão e indicam menos ainda seu retorno ao cargo pelo voto popular.

Mas o vice-lider do governo, Magno Bacelar, aliado da prefeita, que de tolo só tem o andar, mesmo assim de carioca, arma-se para convencer a Danúbia que a única e última solução é o nome dele para evitar uma derrota.

Neste caso, como bom carneiro, Danúbia não deve berrar e aceitar Bacelar como candidato. Melhor perder os anéis do que os dedos. Mas tem sido difícil para a prefeita jogar ao chão os anéis e ficar com os polegares vazios.

O blog teve acesso ao menos quatro pesquisas de institutos diversos. Em nenhum deles os resultados da consulta são favoráveis a que a prefeita prossiga sua administração depois deste 2012.

No item reprovação, a gestão quase chega ao céu: mais de 70% não aprovam a administração. Bacelar de tudo sabia, mas  fingia-se de morto. Agora, pela liderança que ainda tem no município, a única salvação do grupo será ele próprio.

Do outro lado, da oposição, o clima é de maré mansa e de boa ventania. Se a oposição marchar unida (já foi eliminda a terceira via), vai ficar tudo beleza, ou melhor, belezinha.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Decisão do STJ impede Vale de tomar crédito, dizem advogados

Fazenda ganha recurso e cobra da mineradora R$ 24 bilhões em impostos

iG

Tributação de lucro no exterior está no centro da disputa entre a Vale e a ReceitaTributação de lucro no exterior está no centro da disputa entre a Vale e a Receita

A decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que determina a cobrança de R$ 24 bilhões da Vale, em razão do não pagamento de impostos que estão sendo discutidos na Justiça pela mineradora, impede a companhia de tirar certidões de regularidade fiscal, afirmaram advogados nesta sexta-feira.

As certidões de regularidade fiscal são fundamentais para que empresas possam tomar empréstimos e participar de licitações, segundo especialistas consultados pela Reuters.

A Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acatou na quinta-feira pedido da Fazenda Nacional para que seja executada a cobrança referente a tributos sobre lucros de controladas e coligadas da Vale no exterior.

A Vale contesta a cobrança e vai recorrer da decisão do STJ. Os advogados consultados disseram que a decisão do STJ já está valendo.

Poder Econômico: Briga da Vale com a Receita vai acabar no Congresso

A decisão cassa uma liminar em medida cautelar concedida pelo ministro Teori Albino Zavascki em 14 de março, que impedia o lançamento e a exigibilidade de tributos até o julgamento de um recurso especial.

“A partir de agora a Vale está impedida de tomar crédito por falta de certidão”, afirmou André de Souza Carvalho”, do Veirano Advogados. “Para tirar novas certidões, a Vale terá que apresentar as garantias cobradas ou reverter a decisão do STJ”, acrescentou o especialista.

A Vale informou que adotará todas as medidas para assegurar seu direito de defesa e continuará tentando impedir a cobrança antes que haja julgamento mais definitivo sobre o tema.

“Seguimos confiantes em nossos argumentos e continuaremos a apresentar os recursos cabíveis até que ocorra o julgamento do mérito da defesa apresentada pela Vale”, informou a emprensa na noite de quinta-feira.

Consulta nesta sexta-feira, a Vale reafirmou por meio de sua assessoria de imprensa a posição divulgada na nota na véspera. Sobre a limitação para tirar certidões, a empresa não comentou o assunto.

Para garantir a cobrança exigida sem ter de tirar o valor bilionário de seu caixa – até porque não está provisionado em seu balanço financeiro -, a Vale poderá recorrer a fiança bancária, com juro cobrado, segundo Carvalho, que pode ser da ordem de uns R$ 200 milhões ao ano, segundo a quantia em questão.

“Uma vez que está autorizada a Fazenda a executar, a Vale terá oportunidade de apresentar garantias e novamente obter certidões de regularidade fiscal”, concordou Rodrigo Jacobina, do escritório Doria, Rosado, Jacobina e Gondinho.

A maior produtora de minério de ferro do mundo trava na Justiça uma disputa contra a Fazenda Nacional, em processos que poderiam resultar em cobrança total de cerca de R$ 30 bilhões, referente a tributação sobre lucros no exterior.

Na semana passada, a Vale apresentou carta de fiança no valor de R$ 1,7 bilhão para garantia de valores cobrados pela Fazenda Nacional, entre 1996 a 2002.

A Vale ressalta que a “apresentação de garantia não representa perda ou derrota judicial”, sendo uma “etapa para o início da discussão judicial das cobranças”.

As ações da companhia operavam em queda de mais de 3% por volta das 13h40 nesta sexta-feira, enquanto o Ibovespa caía 1,5%.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.