Tadeu & Jackson

O ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio, não perde a oportunidade, em conversas com amigos, para malhar o governador Jackson Lago. A menor cacetada é a de traidor.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tadeu & Jackson

O ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio, não perde a oportunidade, em conversas com amigos, para malhar o governador Jackson Lago. A menor cacetada é a de traidor.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Outra vez Joaquim Haickel

Mais uma vez o ainda deputado Joaquim Haickel comenta no meu blogue para vomitar seu veneno contra a minha pessoa. Não iria responder, mas por causa das agressões contra colegas jornalistas decidi repreendê-lo.
Haickel diz que jornalista provisionado não é jornalista. Quanta ignorância! Faça uma consulta ao Sindicato dos Jornalistas de qualquer Estado deste país para não ficar falando asneiras.
Tenta ofender a mim e a vários colegas, inclusive amigos seus, como o verdadeiro poeta Cunha Santos. São dezenas os provisionados. Hoje, a maioria em direção de redação de jornais e emissoras da rádio.
Mas Joaquim Haickel é assim mesmo: não tem amigos porque não conserva amizades. Exceto aquelas de onde tira proveito financeiro. Aliás, conheço algumas.
Diz que sou desinformado. Tem razão o parlamentar nas horas vagas. Acreditei que Haickel fosse detentor de apenas seis emissoras, entre rádios e TVs. Estava enganado (ou desinformado?).

Pasmem os senhores! O ausente deputado arrota possuir mais de 60 emissoras em todo o Estado. Acredito. Em meio a tanto patrimõnio espalhado pela selva maranhense, torna-se difícil o leão alcançá-lo.

Haickel diz que sou alcoólatra e insinua que sou drogado. Adoro tomar meu uisque, mas sempre em boas companhias.

Insinua, também, que sou homossexual. Se fosse, seria com o maior prazer. E assumido. Entretanto, nunca fui visto dançando na boite Pedrita e muito menos na porta da boite Metalúrgica ou passeando à noite pelas calçadas do Conjunto Nacional, em Brasília, local de grande concentração de GLS.

O ausente deputado, soube, não bebe e nem fuma. Não meço as pessoas pelos prazeres permitidos. Joaquim Haickel não pode e nem deve beber por ordens superiores. De repente, numa mesa de bar ou numa roda de amigos, pode liberar tudo, inclusive os negócios, que são inúmeros.

Diz, em seu comentário, que se pudesse ajudaria, sim, o setor gráfico maranhense. Por que só o gráfico, ausente deputado? A propósito, Haickel, quando sub-secretário de Educação do Estado, batia o ponto na Gráfica Minerva, que bons serviços prestou para a Educação do Maranhão. Não é mesmo, ausente deputado?

Em respeito aos meus leitores, que não são poucos, encerro aqui qualquer menção ao deputado Joaquim Haickel. Não lhe tenho mágoas e, pela formação familiar, não guardo rancor de ninguém. Que Deus ilumine os caminhos de Joaquim Nagib Haickel.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Empresa que fornece merenda em São Luís é denunciada em São Paulo

Não tem jeito. O juiz Megbel Abdalla suspendeu o contrato que a Prefeitura de São Luís tinha com a empresa Goumaitre para fornecimento de merenda escolar à todas as escolas municipais. Até aí tudo bem.
Ocorre que a empresa apresentou um preço maior e acabou vencendo o certame licitatório. O juiz, ao que parece, detectou superfaturamento nos preços.
A segunda colocada, a Serra Leste, que apresentou o menor preço, é quem vai agora fornecer a merenda para os alunos da rede municipal de ensino.
A Serra Leste, atenção prefeito João castelo, acabou de ser denunciada pelo Ministério Público de São Paulo, que destectou superfaturamento nos preços dos produtos oferecidos para os alunos da rede municipal da capital paulistana.
A Justiça de São Paulo acatou a denúncia do MP e já mandou excluir a Serra Leste da lista de fornecedores do lanche escolar.
A Goumaitre, para resfrescar a memória, fornece a alimentação para os dententos do complexo presidiário de Pedrinhas, assim como para todas as delegacias da capital.
Além da comida ser de péssima qualidade, segundo denúncias dos presidiários, o preço bate na alturas. O superfaturamento nos preços da comida já foi denunciado, salvo engano no blogue do jornalista Walter Rodrigues, mas a secretária de Segurança Cidadã, Eurídice Vidigal, finge que nada ouve.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Militares acusados da execução de Bertim estão soltos

Os militares Evangelista (sargento) Serrão e Salgados (soldados) estão em liberdade, através de um Alvará de Soltura concedido pela Justiça.
Os militares foram acusado de aassassinar o prefeito de Presidente Vargas, Bertim. Segundo o tesoureiro da prefeitura, que estava com Bertim no momento do crime, os três militares atiraram no prefeito, após emboscada.
Como os acusados de mandar matar Bertim e os executores do crime estão em liberdade, conclui-se que Bertim teria se suicidado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mais um

O deputado Penaldo Moreira, em boa hora, mudou de posição. Ligou ao deputado Alberto Franco para dizer que assina a CPI dos Larápios. Isso, vamos engrossar o cordão!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Procuradoria aprova CPI dos Larápios

A Procuradoria Jurídica da Assembléia Legislativa do Maranhão deu parecer favorável ao pedido de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar denúncias contra prefeitos que fizeram saques vultosos das verbas da Educação, Saúde e do FPM entre os dias 20 a 30 de dezembro de 2008.
A procuradora Ana Maria Dias Vieira considerou que a Assembléia Legislativa tem prerrogativas legais para apurar as denúncias através da CPI. Todas as verbas (Fundeb, SUS e FPM) possuem contrapartidas do erário estadual.
Para o autor do pedido, deputado Alberto Franco, a CPI é necessária porque os saques não foram feitos para ser aplicados no municípío, mas em proveito pessoal de cada gestor.
“Teve saque de até R$ 2 milhões feito na boca do caixa nos últimos dias do ano, quando o prefeito estava deixando o cargo. Recebeu o dinheiro e deixou de pagar os professores e o restante do funcionalismo”, denunciou Franco.
O parlamentar insinua que os saques, pelo volume das quantias, revelam a provável existência de cumplicidade do gestor municipal com os gerentes das agências bancárias.
Alberto Franco informou que 12 deputados já se manifestaram favoráveis ao pedido de instalação da CPI. “Na terça-feira, com a colaboração dos meus companheiros de parlamento, estaremos dando entrada oficialmente ao pedido”, adiantou.
Para aprovar a CPI são necessárias 14 assinaturas, mas ainda é grande a resistência dentro do plenário por causa da ligação da maioria dos deputados com os prefeitos corruptos.
Os casos mais graves aconteceram em 26 municípios. Em Carutapera, o novo prefeito ameaça renunciar porque encontrou a prefeitura no caos financeiro, com dívidas superiores ao que recebe dos repasses constitucionais.
Um urbano Santo, o ex-prefeito Aldenir Santana surrupiou R$ 1,2 milhão das verbas do SUS e Fundeb. Os funcionários daquele município estão com três meses de atraso salarial.
Em Cantanhede, o ex-prefeito raspou R$ 2 milhões dos cofres municipais quando estava deixando o cargo. Em Lago da Pedra o desfalque foi de R$ 800 mil.
“Tenho absoluta certeza de que, a partir dos trabalhos da CPI, levaremos sugestões ao Congresso Nacional para evitar que saques possam ser feitos na boca do caixa de agência bancárias ao final de cada administração de prefeitos que estão entregando o cargo”, confia Alberto Franco.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ameaças

Continuo recebendo mais comentários rídiculos, grosseiros e impublicáveis. Por último, ameaçadores a mim e à minha família. Não tenho medo. Mais difícil foi chegar aos 50 anos, feliz da vida, embora sem grana.

Um elemento passou a se esconder sob vários anônimos. O mais recente, às 18h12, como “Rato de Praia”. O guabiru, porém, jamais imaginaria que ao meu lado encontra-se um amigo de infância, hoje policial federal, prestando serviços em Brasília.

Logo o meu amigo fez uma varredura ocular. Detectou de imediato que o Protocolo na Internet de cinco comentários grosseiros e ameaçadores, é o mesmo.

Ou seja: cinco comentários com anônimos diferentes partindo de um só computador. Mexeu com alguns teclados e e lá estava o focinho do gaubiru.
O IP da ratazana está gaurdado sob o número 200.172.181.24. Meu amigo da PF levou os número e promete revelações nas próximas horas. Te cuida, bicho nojento!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Visita produtiva

O ex-candidato a prefeito de São Luís, deputado federal Flávio Dino, conversou demoradamente com o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Marcelo Tavares, na manhã de ontem.
Hoje pela manhã, fui informado que o advogado Sávio Dino, irmão de Flávio Dino, vai ser nomeado em importante cargo de direção na Assembléia Legislativa. Deus não falha com os seus.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Quanta baixaria

Minutos depois que postei o “Comerciante Haickel”, passei a receber dezenas de comentários grosseiros e insultos levianos impublicáveis. Não admiti os comentários porque tenho respeito aos meus leitores.
Não posso julgar que são assessores do deputado Joaquim Haickel ou dos comem na sua mão. Mas em um dos comentários identifiquei claramente os dedos de um jornalista, com cargo alto no poder público, que covardamente assina sob o anônimo de “Furukuteu”.
Tal jornalista, pelo que fiquei sabendo, anda próximo de ser sócio do deputado Joaquim Haickel em negócios que envolvem um poder. Mas o chefe do poder anda de ollhos abertos. Ou melhor, já sabe de muitas coisas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.