Surge vídeo que mostra a intenção de atropelar; enfermeira que matou cachorro depõe e some

Um novo vídeo de monitoramento extraído de uma casa, no Residencial Pinheiros, em São Luís, mostra que houve a intenção de uma enfermeira (foto abaixo) de atropelar dois cachorros, que resultou na morte da cadela (pastor alemão), Duquesa. 

A autora dos atropelamentos, enfermeira Gisele Atan, que reside na mesma rua onde moram os cães, prestou depoimento no final da tarde na Delegacia de Meio Ambiente e disse que a intenção não era de atropelar e muito menos matar um dos cachorros, mas sim ajudá-los a chegar à casa dos donos, na terça-feira, dia 14.

Ela desmentiu a informação passada pelas redes por uma parente de que os dois cachorros teriam machucado bastante uma cadela de sua propriedade, como forma de tentar justificar o crime de forma equivocada. Após o depoimento, a enfermeira sumiu com medo de represálias e da reação de populares.

No novo vídeo abaixo, é possível observar com clareza que houve a intenção concretizada do atropelamento sem piedade, que deixou o cão Pepe ferido e a cadela Duquesa morta. Manifestações surgiram de todo o Brasil de entidades organizadas e de artistas.

Confira o ato em novo vídeo, com mais detalhes:

Após repercussão nacional, empresa afasta enfermeira que atropelou e matou cães em São Luís

Crueldade! Enfermeira atropela cachorros de propósito em São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Após repercussão nacional, empresa afasta enfermeira que atropelou e matou cães em São Luís

A enfermeira Gisele Atan, funcionária da EMSERH, após ter ganhado fama nacional por ter atropelado intencionalmente dois cães, sendo que um morreu no local e o outro está  em estado grave, foi afastada de suas atividades como enfermeira. 

O caso está tomando repercussão nacional, onde a famosa ativista Luísa Mell compartilhou o vídeo da cena crime em sua conta pessoal no Instagram, a atriz e ativista pede justiça e exige que o governador Flávio Dino tome as providências cabíveis. O famoso padre Fábio de Melo também também se pronunciou sobre o assunto ”  Como é que essa pessoa consegue dormir?” indagou o religioso.

Atropelamento aos cachorros foi proposital, informa delegada que investigou o ato cometido pela enfermeira

Crueldade! Enfermeira atropela cachorros de propósito em São Luís

Policial mata cachorro na frente de criança em São Luís e é afastado da PM

A atriz global Gio Ewbank comentou o caso: “Meu Deu como pode alguém ser assim? Não consigo acreditar…estou acabada!! Que triste! ” lamentou.

O advogado e presidente da EMSERH, Vanderley Ramos Santos, se pronunciou no Twitter e anunciou o afastamento da enfermeira de seu cargo na Saúde do Estado.

Por fim, o Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão emitiu a seguinte nota: 

NOTA PÚBLICA

O Conselho Regional de Enfermagem do Maranhão (Coren-MA) vem através da presente nota esclarecer:

1 – Que repudia veemente o ato supostamente praticado pela profissional inscrita nesse Conselho onde ocasionou o atropelamento de dois cachorros em via pública, no dia 14 de agosto de 2018, conforme imagens divulgadas em redes sociais.

2 – Ato contínuo, informamos que iremos tomar as providências cabíveis em face a profissional envolvida no presente caso;

3 – Por fim, estaremos aguardando os desdobramentos do caso e acompanhando o trabalho das autoridades competentes para auxiliar no que for cabível.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crueldade! Enfermeira atropela cachorros de propósito em São Luís

Na última terça-feira (14), no Residencial Pinheiros, uma enfermeira atropelou intencionalmente dois cachorros que estavam na rua. A mulher esperou apenas o momento em que os cães se posicionaram em frente ao seu veículo para atropelá-los de forma cruel. 

O caso está ganhando grande repercussão nas redes sociais dos ativistas dos Direitos dos Animais, que estão pedindo Justiça e que o caso não fique impune.

Após repercussão nacional, empresa afasta enfermeira que atropelou e matou cães em São Luís

O vídeo abaixo contém cenas fortes e mostra o exato momento do atropelamento, onde a enfermeira aguarda os cães para e começar acelerar o carro para poder atingi-los, logo em seguida, arrasta os dois.

Um dos cães morreu no local, o outro cão está em estado grave.

O veículo usado nesse crime bárbaro é um Honda HR-V EXL CVT, cor prata, ano 2017.

O caso foi compartilhado até pela famosa apresentadora e ativista dos Direitos dos animais, Luísa Mell.

Saiba mais:

Policial mata cachorro na frente de criança em São Luís e é afastado da PM

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Índio Guajajara é morto em tocaia no interior do Maranhão, denuncia PSTU

O PSTU, como tem feito constantemente, vem denunciar e repudiar a violência do agronegócio, dos latifundiários e madeireiros que de forma impune atacam e matam camponeses, indígenas e quilombolas no Maranhão, estado com maior número de conflitos do Brasil, conforme dados da Comissão Pastoral da Terra(CPT).

Desta vez a vítima foi o cacique Jorginho Guajajaras, da terra indígena Araribóia, que foi assassinado no último fim de semana, no município de Arame/MA, e cujo crime estaria relacionado com o conflito com os madeireiros que, constantemente, invadem a terra indígena.

O cacique era da Aldeia Cocalinho I, do povo Guajajaras. Até o momento, segundo denúncias das lideranças Guajajaras, nenhuma providência foi tomada por parte das autoridades públicas e o governo estadual. Denunciam, também, que na cidade de Arame existe uma espécie de toque de recolher, pois nenhum índio pode transitar depois das 22h, podendo ser alvejado por não-indígenas.

Completamos mais de um ano do Massacre dos Gamelas, que covardemente, no município de Matinha, sofreram uma tocaia e vários indígenas foram feridos, inclusive com as mãos decepadas. Até o momento, ninguém foi punido por este crime.

E no próximo dia 22.08, acontecerá o julgamento de um dos supostos responsáveis pela morte do quilombola Flaviano Pinto Neto, do quilombo Charco, que foi cruelmente assassinado no ano de 2010, sendo acusados os fazendeiros Manoel de Jesus Martins Gomes, o Manoel de Gentil e Antônio Martins Gomes, o Antônio de Gentil.

Aproveitamos para repudiar o ataque realizado no dia de ontem(14.08.18) contra a comunidade indígena Tremembé do Engenho, em São José de Ribamar, que voltou a vivenciar dias de terror quando três jagunços armados entraram, na manhã dessa terça-feira, no território. Ali ocorre uma disputa de terras com o ex-deputado Alberto Franco, que supostamente apresenta um título de terra.

CACIQUE JORGINHO PRESENTE!

NÃO À GRILAGEM DE TERRAS!

EXIGIMOS JUSTIÇA E PRISÃO DOS ASSASSINOS DOS POVOS INDIGENAS,
CAMPONESES E QUILOMBOLAS!
São Luís, 15 de agosto de 2018
Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado- PSTU

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Maranhense encontrada morta na mala é identificada

Trata-se de Eliene Alves Silva o corpo encontrado dentro de uma mala no Morro do Mosquito, no bairro Vargem Bom Jesus, na cidade de Florianópolis. A identificação da maranhense foi feita pelo marido e o motivo do crime teria ligações com tráfico de drogas.

Natural do Maranhão, ela foi encontrada morta com duas perfurações de tiros e em estado de putrefação, conforme informações dadas por vizinhos à polícia, que acreditam na consumação do crime em outro lugar, tendo o corpo sido colocado numa mala e levado para o Morro do Mosquito.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Policia Federal e SEIC prendem em São Luís o chefe da quadrilha que aplicou golpes em sete deputados maranhenses

Policia Federal e SEIC prenderam preventivamente em São Luís o chefe da quadrilha que aplicou golpes em sete deputados maranhenses e mais outro comparsa. O líder do grupo, Leonel Pires Júnior, foi localizado no condomínio de luxo Ilhas Gregas, no Olho d`Água. Ele havia comprado o imóvel e mudado ontem. Júnior chegou a clonar no Maranhão os celulares de sete deputados, sendo eles Rogério Cafeteira, Fábio Macedo, Cleber Verde, Júnior Verde, Adriano Sarney, Vinicius Louro e Valéria Macêdo.

Sete deputados no Maranhão são vítimas de golpes do falso empréstimo por contas bancarias

O pedido da operação teria partido da Presidência da República em razão de três ministros serem clonados, como Eliseu Padilha e Marun, por exemplo. Porém, a PF já estava apurando aqui em São Luís a prática do crime em conjunto com a Seic. No Mato Grosso do Sul foram feitas buscas e apreensões.

O crime cibernético consistia na clonagem do celular de uma autoridade e o bandido se passava pelo dono do aparelho e solicitava transferência bancária para amigos em razão do limite estar excedido e que devolveria no dia seguinte.

Confira abaixo o delegado da Seic que cuida da área de crimes cibernéticos falando sobre a prisão:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Domingos Costa ameaça José Reinaldo de morte e atira no cachorro Beethoven

Sem motivo que justificasse o ato, Domingos Costa, que é bastante conhecido, atirou contra o cachorro Beethoven e ainda de arma em punho ameaçou de morte o proprietário do animal, José Reinaldo.

O fato chamou a atenção hoje cedo na cidade de Caxias, quando o pequeno cão passeava com seu dono e sofreu um tiro na pata esquerda. José Reinaldo foi reclamar e ainda teve o revólver apontado na sua direção pelo comerciante Domingos Costa.

O caso foi parar na Delegacia de Polícia e o pequeno cachorro em uma clínica de animais. Não suportando tantas dores, o cão foi levado para outra clínica em Teresina, onde a bala foi retirada, mas tudo indica que Beethoven pode ficar sem uma pata.

O pior também é que o dono do cão, que é ajudante de pedreiro, não tem como pagar as despesas na clínica em Teresina, avaliadas até agora em R$ 4 mil, conforme reportagem do jornalista Davi Perez.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Homem que matou quatro pessoas em São João do Sóter, foi o pistoleiro que assassinou irmão de prefeita

Conhecido como Marlon (foto abaixo), o homem que matou em São João do Sóter  o secretário de Cultura, um vereador, um assessor na mesma madrugada do dia 30 de junho, em São João do Sóter, e assassinou na noite seguinte o jovem Tárcio Rocha, filho do ex-prefeito Clodomir Rocha, foi identificado pela policia  como o pistoleiro que executou o empresário Antonio Alves de Morais, conhecido por Dejá, que foi amigo de infância do pré-candidato a deputado federal Márcio Jerry.

Marlon era tido como pistoleiro de alta periculosidade, tendo assassinado várias pessoas em São João do Sóter, mas nunca ia preso. Uma semana antes de promover a morte de quatro pessoas na sua cidade, ele foi contratado junto com outro pistoleiro para assassinar o Dejá e cumpriu sua missão. O empresário era irmão da prefeita de Jatobá.

No dia 30 passado, Marlon exibia mais de R$ 2 mil em espécie na última noite do festejo junino de São João do Sóter.

Durante discussão com um grupo, Marlon atirou pra cima. O secretário de Cultura, Cícero Rocha tentou tomar a arma e foi alvejado, assim como o vereador Antonio da Conceição Aguiar, que foram a óbito no local. O assessor conhecido como Júnior do Nasa teve o mesmo fim.

Na noite seguinte, Marlon estava foragido, mas foi visto pelo jovem Tárcio Rocha, sobrinho do vereador assassinado e filho do ex-prefeito Clodomir Rocha, que foi morto com um tiro na testa. Amigos de Tárcio entraram no matagal e lincharam o assassino até a morte.

Pistolagem avança: empresário irmão de prefeita que apoia Márcio Jerry é executado dentro de pousada

As mortes não param em São João do Sóter: agora são seis; inclusive o assassino

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

As mortes não param em São João do Sóter: agora são seis; inclusive o assassino

Mais duas mortes na madrugada de hoje elevando para seis o número de vítimas em 24h em São João do Sóter. O assassino de quatro pessoas, sendo um vereador, o secretário de Cultura, um assessor e o sobrinho do vereador, foi morto nesta madrugada por um grupo de pessoas armadas com facas dentro de um matagal onde ele estava escondido. Antes, porém, o matador, conhecido por Marlon, matou Tárcio (foto abaixo), o filho do ex-prefeito Clodomir Rocha.

O bandido (foto abaixo) estava desde ontem escondido em um matagal após matar três pessoas. Ele foi avistado pelo filho do ex-prefeito, que não deu sorte e levou um tiro na testa. Os amigos de Tárcio partiram para dentro da mata e lincharam o assassino até a morte, quando foram localizados por policiais militares.   

Agora, subiu para seis o número de mortos na tragédia ocorrida desde a madrugada de ontem (dia 30, sábado) no município de São João do Sóter, no Maranhão. Depois que matou três, o irmão do assassino não conseguiu escapar do local do festejo junino e também foi linchado e morto por populares. Os três primeiros mortos são o secretário de Cultura Cícero Rocha, tio de Tárcio, o vereador Antonio da Conceição Aguiar e o assessor conhecido Júnior do Nasa.

A confusão toda começou quando o horário de encerramento dos festejos de São João havia acabado, por volta das 2h da madrugada. O secretário de Cultura, Cícero Rocha, com a ajuda do vereador Antonio da Conceição Aguiar, conseguiram que a festa fosse prorrogada até às 4h da manhã.

Houve um tumulto e as duas autoridades municipais tentaram contornar o problema quando um homem armado atirou pro alto. Na hora em que foram tomar a arma, vereador e secretário foram baleados e mortos. Um assessor, conhecido por Júnior da Nasa, que tentou agarrar o atirador em fuga também foi acertado e morreu no local.

O atirador empreendeu fuga para um matagal e a polícia fez o cerco, mas não conseguiu prendê-lo e nem mesmo o helicóptero do CTA conseguiu avistá-lo nas áreas dos brejos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Irmão de homem que matou hoje três durante festejo, é linchado e morto no Maranhão

Sobe para quatro o número de mortos na tragédia ocorrida nesta madrugada de hoje (dia 30, sábado) no município de São João do Sóter, no Maranhão. Um homem que seria o verdadeiro autor dos disparos que resultou nas mortes de um vereador, do secretário de Cultura e de um assessor, continua foragido, mas  o irmão dele foi alcançado por populares, houve linchamento e morte.

A confusão toda começou quando o horário de encerramento dos festejos de São João havia acabado, por volta das 2h da madrugada. O secretário de Cultura, Cícero Rocha, com a ajuda do vereador Antonio da Conceição Aguiar, conseguiram que a festa fosse prorrogada até às 4h da manhã.

Houve um tumulto e as duas autoridades municipais tentaram contornar o problema quando um homem armado atirou pro alto. Na hora em que foram tomar a arma, vereador e secretário foram baleados e mortos. Um assessor, conhecido por Júnior da Nasa, que tentou agarrar o atirador em fuga também foi acertado e morreu no local.

O atirador empreendeu fuga para um matagal e a polícia fez o cerco, mas não conseguiu prendê-lo até agora às 14h06. Uma segunda pessoa que também estava armada e dando apoio para o assassino, foi presa e encontra-se na delegacia.

Um irmão do atirado pulou pra cima da moto de sua propriedade, mas a máquina não funcionou. Ele foi linchado e tomado das mãos dos populares por policiais e levado para uma UPA da cidade de Caxias, mas não resistiu e veio a óbito.

Uma equipe do CTA está sobrevoando os brejos para tentar localizar o assassino.

Tragédia no Maranhão na festa de São Pedro: secretário de Cultura, vereador e assessor são assassinados

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Tragédia no Maranhão na festa de São Pedro: secretário de Cultura, vereador e assessor são assassinados

A festa estava prestes a terminar quando surgiu um tumulto, com uma pessoa sacando a arma, mas não conseguiu atirar em ninguém. Um terceiro tomou a arma e disparou contra o secretário de Cultura Cícero Rocha. O vereador Antonio da Conceição Aguiar foi tentar acalmar a situação, mas foi baleado e morto no local. O elemento que promoveu a confusão subiu numa moto e ainda conseguiu acertar um assessor do vereador, conhecido por Júnior do Nasa, que também veio a óbito. Abaixo as fotos das três vítimas.

O fato lamentável aconteceu no último dia de festa junina durante a madrugada de hoje na cidade de São João do Sóter. O assassino foi perseguido e linchado, mas tomado das mãos dos revoltados por policiais, encontra-se preso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Governo não consegue barrar pistolagem no Maranhão: motorista de deputado é executado

Foi executado na tarde de hoje, terça-feira, dia 26, na cidade de Barra do Corda, o motorista conhecido por José Maria, que trabalhava para o deputado Rigo Teles. Hoje, a vítima estava de folga e havia saído para resolver uns problemas pessoais quando foi assassinado.  

Contratado pelo parlamentar, José Maria dirigia um carro de som tem uns três meses. O matador fugiu do local e tratava-se de um desconhecido na cidade. A polícia já iniciou a investigação para saber da autoria e o paradeiro do pistoleiro.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Página 1 de 1012345...10...Última »