Vergonha

    Continua rendendo a matéria exibida pelo Fantástico que mostrou crianças estudando debaixo de mangueira e em colégios de taipas. O fato é vergonhoso, mas a realidade não é apenas maranhense.

    Assim como não se pode creditar ao governador Jackson Lago o fato. A vergonha e o descaso são do âmbito municipal.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Descaso

    Apesar do Fundef e agora Fundeb, é penosa a situação da maioria das escolas municipais. O desleixo dos prefeitos, da maioria, é uma realidade. Em Zé Doca, por exemplo, no povoado Nova Conquista, alunos dividem o espaço com burros e cavalos.

    Estudam exatamente onde funciona uma estribaria. Que culpa tem o governador neste caso? Creio que nenhuma.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Famem omissa

    A Federação dos Prefeitos do Maranhão sabe como agem seus filiados na questão educacional de suas cidades. Nunca discutiu o assunto a sério. Seu presidente, Tema, prefeito de Tuntun, deveria envergonhar-se da situação física dos colégios dos povoados mantidos pela prefeitura. Portanto, não tem moral para cobrar dos outros colegas o dever que não faz.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Era o que faltava

    Para os deputados Camilo Figueiredo e Pedro Veloso, escolas de taipa e crianças estudando debaixo do pé de mangueira são frutos de 40 anos de oligarquia Sarney.

    Só esqueceram que o pai de um e de outro dominam há 40 anos os município de Codó e Pio XII, cidades de povo paupérrimo e de escolas de taipas.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Rei Coutinho

    O hoje prefeito Humberto Coutinho, futuro dono de universidade privada, já foi proprietário de hospital em Caxias. Ainda no exercício de deputado, vendeu para o estado um estabelecimento hospitalar, que mais tarde viria ser um hospital universitário, da Uema.

    O preço, na época, foi superfaturado, considerando que o hospital não tinha quase nenhuma estrutura. O acordo foi selado na gestão de José Reinaldo Tavares.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Milhões I

    Auditoria sigilosa feita na Hemomar concluiu que a compra dos kits Aids era superfaturado. Antes, quem fornecia o material era uma empresa de Altevir Mendonça, ex-sócio da Euromar, a preços razoáveis.

    Milhões II

    Depois que a Hemomar passou a ser dirigida por uma pessoa indicada por um deputado estadual, a coisa desandou.

    Foi feito um contrato, sem licitação, com uma multinacional, com filial em Fortaleza, e os kits passaram a ser cobrados pelo triplo do preço. O pior: o governador José Reinaldo Tavares sabia de tudo, mas se fingia de morto.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Zé Reinaldo fora da disputa I

    Em discurso pronunciado ontem pelo deputado Marcelo Tavares, ficou evidente que o ex-governador José Reinaldo Tavares não estará na disputa pela sucessão do prefeito Tadeu Palácio.

    Marcelo Tavares, sobrinho do ex-governador e a voz do tio no campo político, deixou clara a insatisfação de José Reinaldo Tavares.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Zé Reinaldo fora da disputa II

    “Não teremos candidatura isolada”, anunciou Marcelo Tavares, explicando que seu partido, o PSB, só terá candidato próprio se houver consenso.

    Ou na pior das hipóteses a reedição da Frente de Libertação do Maranhão, coisa que o prefeito Tadeu Palácio se benze quando ouve falar. “Salvar o Maranhão, sim. Agora, libertar São Luís não existe”, diz sempre o prefeito.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Zé Reinaldo fora da disputa III

    O sobrinho do ex-governador, na verdade, quis dizer quer o tio está fora do processo da eleição em São Luís. Acontece que tanto Tadeu Palácio quanto Jackson Lago são favoráveis a que cada partido lance seu candidato. No segundo turno, sim, todos se unem em torno de um só nome. Só Tavares, ou melhor, os dois Tavares não sabiam disso.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Zé Reinaldo fora da disputa IV

    A informação dada por Marcelo Tavares trouxe a paz para o terreiro do PDT, liberou o trânsito para Canindé, acalmou a delegada (futura mãe de um filho do ex-governador) e quebrou o bico dos tucanos do PSDB local.

    O deputado sobrinho, porém, avisou: “quem quer apoio tem que buscar apoio”. Ou seja: ninguém procurou o ex-governador. E com razão. Na capital, Zé Reinaldo é como cerca velha: cai e derruba os outros.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Munição

    Como se preparando para uma briga política contra o presidente da Assembléia Legislativa, João Evangelista, o deputado Penaldon Moreira faz negócio para adquirir uma emissora de rádio em Zé Doca.

    A Eldorado, emissora que já foi do ex-deputado Onofre Corrêa, deve ser vendida para o adversário de Evangelista, que tem bala na agulha para disparar o quanto puder.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Homenageado

    Pavão Filho, vice-presidente da Assembléia Legislativa, recebeu ontem em Brasília o “Troféu Imprensa”, pelo seu destaque como deputado estadual.

    A homenagem aconteceu no Nahum Hotel, na capital federal e foi estendida para outros parlamentares de outros estados.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.