Reitor Natalino Salgado concede grau a formandos de medicina por meio de videoconferência

Pela primeira vez na história da Universidade Federal do Maranhão, foi realizada, nesta sexta-feira, 3, a outorga de grau por meio de videoconferência. A solenidade virtual reuniu 65 estudantes de Medicina dos câmpus de Imperatriz (22), Pinheiro (33) e São Luís (10), que receberam o grau referente ao primeiro semestre de 2020.

A cerimônia atende ao que determina a Medida Provisória Nº 934, de 1º de abril de 2020, publicada no Diário Oficial da União, que estabelece normas excepcionais sobre o ano letivo da educação básica e do ensino superior decorrentes das medidas para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública de que trata a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020. Com base na MP, a Universidade Federal do Maranhão publicou a Resolução nº 1979 – Consepe, que autoriza, excepcionalmente, a antecipação da Colação de Grau de discentes que estejam no último período dos cursos de Medicina, Farmácia e Enfermagem, no âmbito da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em virtude da situação decorrente do Coronavírus (SARS-COV-2).

Segundo a resolução, caberá a cada coordenação de curso providenciar a lista de discentes aptos para antecipação de que trata essa Resolução a ser encaminhada, por meio de processo, ao Gabinete da Reitoria para homologação com a respectiva documentação comprobatória da situação acadêmica.

O reitor Natalino Salgado conduziu a solenidade, por meio da videoconferência, agradeceu a presença dos estudantes, dos familiares, dos coordenadores do curso nos câmpus e da pró-reitora de ensino, Isabel Ibarra.

“Diante das normas da Universidade, o momento é totalmente atípico. Este momento, que hoje culmina com a colação de grau, se dá em função da necessidade de nós termos profissionais que se colocarão à disposição da assistência médica do país coordenada pelos gestores da saúde pública, para que enfrentemos uma diversidade mundial do coronavírus. A maioria dos estados tem decretado calamidade de saúde pública, e há uma ampla mobilização, visto que estamos no início do pico dessa doença no Maranhão e sabemos que o desfecho deve ser muito desfavorável para a nossa população”, afirmou o reitor, sentindo-se orgulhoso pelo momento e com a sensação de dever cumprido ao entregar profissionais que fortalecerão o sistema de assistência hospitalar do estado.

A formanda Juliane Fonseca, do câmpus de Pinheiro, falou em nome dos demais formandos e agradeceu o apoio que a Universidade tem dado. “Neste momento de isolamento social, utilizar as tecnologias para realizar um momento que é de grande importância para todos nós nos deixa felizes. É um momento de vitória, não foi fácil durante todos esses anos, muitos de nós tivemos que ir para outra cidade e enfrentar diversos desafios. Este é um momento que podemos dividir com os nossos amigos, e estamos reunidos aqui com muita alegria para comemorá-lo. Toda essa situação bem diferenciada se tornou possível por meio deste instrumento, a nossa formatura”, disse.

Para o coordenador de Medicina de Pinheiro, Raimundo Nonato, é com orgulho que, em menos de 24 horas, toda a documentação foi preparada para dar condições para que os estudantes se engajem nessa luta junto com todos os profissionais da saúde.

“Quero parabenizar os formandos, porque este é um momento de desfecho de várias histórias que foram construídas ao longo de seis anos, histórias que não foram simples e fáceis. A UFMA está dando um exemplo muito significativo para o país e de como o serviço público deve ser. É importante que este momento seja simbólico, por isso montamos uma ‘tropa’ para lutar contra o inimigo que está à solta, e, com a união e o esforço de todos, esse inimigo pode ser vencido”, frisou o docente.

O diretor do câmpus de Imperatriz, Daniel Duarte, parabenizou a gestão por esse momento. Para ele, foi uma resposta muito rápida para toda essa demanda que a sociedade vivencia. “Quero também parabenizar os formandos, porque essa é uma conquista muito grande, e nós sabemos a labuta que é, no dia a dia, enfrentar a universidade com todas as suas dificuldades. Vocês merecem todo este momento, esta felicidade e gratidão que vocês terão de estarem formados e, a partir de hoje, deixarem de ser alunos para serem médicos e estarão carregando o nome da Universidade Federal do Maranhão daqui para a frente. Esperamos que vocês estejam atuando, salvando vidas e contribuindo para a sociedade”, desejou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

TV Assembleia inicia veiculação de videoaulas para alunos da rede pública de ensino

A TV Assembleia (canal aberto digital 51.2/ 17 TVN) iniciou, nesta segunda-feira (30), a veiculação das primeiras videoaulas já produzidas para os estudantes das redes públicas estadual e municipais. A iniciativa é fruto da parceria entre a Assembleia Legislativa do Maranhão e o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), como mais uma medida preventiva para a manutenção do isolamento social por conta do novo coronavirus

A ação tem ainda como objetivo garantir a continuidade do processo de aprendizagem dos alunos e a produtividade dos professores, após a suspensão das atividades escolares, determinada pelo governo como prevenção à COVID-19.

Os conteúdos referentes aos componentes curriculares do Ensino Fundamental e Ensino Médio serão veiculados, diariamente, pela TV Assembleia, Rádio Alema (www.radioalema.com) e Rádio Timbira 1290 AM, durante o período de suspensão das aulas.

A TV Assembleia vai veicular das 8h às 10h15, com reprise das 13h45 às 16h. Já as audioaulas serão transmitidas pela Rádio Timbira, das 16h às 18h. Todo o conteúdo também ficará disponível para acesso, por meio do YouTube, nos canais TV Assembleia Maranhão, GovernoMA, Seduc Maranhão e TV Timbira.

O professor André Luís, que leciona as disciplinas de Filosofia e Sociologia, destacou a importância da iniciativa e da continuidade das atividades pedagógicas, ainda que não presenciais, principalmente para os estudantes que prestarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

“Nesse momento em que vivemos de paralisação total em função da pandemia, a tendência que os estudantes têm é de não fazerem absolutamente nada e vira férias coletivas antecipadas. Essa iniciativa é de fundamental importância para que o aluno não perca o ritmo, principalmente os do 3º ano, que vão fazer o Enem”, disse.

Parceria

Durante o ato que consolidou a parceria, na última sexta-feira (27), com a presença do secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, e do diretor de Comunicação da Alema, jornalista Edwin Jinkings, o presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto (PCdoB), ressaltou a importância do esforço conjunto entre os Poderes, nas mais diversas áreas, para amenizar os efeitos desse momento de crise sanitária.

“É uma colaboração muito importante para que os alunos, que infelizmente não estão podendo frequentar as escolas em razão da pandemia do coronavírus, possam ter acesso ao conteúdo e, assim, a comunidade escolar permaneça mobilizada, fazendo com que os prejuízos sejam menores”, enfatizou.

Felipe Camarão agradeceu o Legislativo por disponibilizar a estrutura do Complexo de Comunicação da Casa para a gravação das videoaulas, em mais uma ação de combate à COVID-19. “Agradecemos imensamente a todos os deputados estaduais, na pessoa do presidente Othelino, que, mais uma vez, demonstra o seu espírito público, trabalhando, efetivamente, em benefício do povo do Maranhão”.

“Estamos todos empenhados em colaborar, da melhor forma possível, para superarmos essa crise sanitária que o país vive, com medidas contra o avanço da pandemia de coronavírus em nosso estado”, completou Edwin Jinkings.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Feita com recursos viabilizados por Roberto Rocha, nova biblioteca do IFMA de Caxias será inaugurada nesta sexta-feira

Serão inauguradas nessa próxima sexta-feira, 13, as novas instalações da biblioteca do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão- IFMA, Campus Caxias. A cerimônia vai acontecer a partir das 11h, na sede do Instituto, e terá a presença do senador Roberto Rocha, que foi quem destinou o recurso extra orçamentário para o IFMA, no valor de R$ 2,1 milhões, por meio do Ministério da Educação.


A nova biblioteca possui 1.149m² e dispõe de amplo espaço para estudo individual e acervo bibliográfico, sala de estudo em grupo, miniauditório com capacidade para 50 pessoas, banheiros adaptados, área destinada ao atendimento educacional especializado- AEE, área de processamento técnico e administração, copa, laboratório fábrica de inovação e 20 computadores com acesso à Internet.

Além da concepção arquitetônica e a aquisição de tecnologias avançadas, o projeto ofereceu especial atenção para a acessibilidade, com rampas de acesso para cadeira de rodas que ajudarão na mobilidade das pessoas com deficiência.
Em maio de 2019, por ocasião de uma visita à obra já em andamento, o senador Roberto Rocha assegurou também, para o IFMA de Caxias, recursos na ordem de R$ 2 milhões para a construção de um moderno anfiteatro com capacidade para 450 pessoas. O espaço servirá para apresentações do âmbito universitários, simpósios, congressos e apresentações diversas culturais diversas.

SERVIÇO
O QUE? Inauguração da nova biblioteca do IFMA/ Campus Caxias
QUANDO?
13/ 03/2020 (sexta-feira)
ONDE?
IFMA campus Caxias-MA

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Barra do Corda vai pagar quase 7 mil reais para professores municipais

Dando um exemplo para todo Brasil, mesmo em uma época em que a maioria dos municípios passa por dívidas incalculáveis e atrasos nos pagamentos de servidores, o município de Barra do Corda está prestes a pagar os seus professores, pasmem, até *R$ 6.903,27* reais de salário.

Enquanto o piso nacional é de R$ 2.886,24 para professores de 40 horas semanais, o município vai dar um aumento bruto de quase 800 reais em relação ao salário atual que é de 6.109,20. Os professores de 20h também terão seus salários aumentados, de R$ 3.054,00 passarão a receber, com o reajuste, *R$ 3.451,67* por mês.

“Enfrentamos as mesmas dificuldades que qualquer município enfrenta, mas para chegarmos a esse número, primeiro temos a educação como prioridade, segundo vivemos uma gestão baseada em planejamento e economia. Assim vamos valorizar ainda mais nossos professores, que contribuem e muito para o desenvolvimento da nossa Barra do Corda”, afirmou o prefeito Eric Costa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Professores da UEMA e UEMASUL pedem equiparação salarial com o ensino médio

Professores das universidades estaduais estão sem aumento salarial há oito anos. O achatamento salarial é tamanho, que sindicato da categoria fez uma solicitação inédita ao governo: que o salário inicial dos professores da UEMA e UEMASUL passe a ser igual ao salário de entrada da SEDUC.

Sem reajuste salarial desde o primeiro mandato do governador Flávio Dino, os professores das duas universidades estaduais – UEMA e UEMASUL –, através do Sindicato da classe, protocolaram um ofício junto à Casa Civil, solicitando, dentre outras medidas, a equiparação salarial com os professores de nível médio.

Atualmente o salário base de professor auxiliar I de carreira da UEMA é de R$ 2.095,45, enquanto o professor III, classe A, nível I da educação básica da rede estadual recebe R$ 3.179,98.

Visando corrigir esta distorção, o Sindicato dos Docentes das Universidades Estaduais Públicas do Maranhão – SINDUEMA propôs ao governo do Estado a equiparação de tabela de vencimentos dos professores das duas universidades estaduais com a dos professores da rede da Secretaria Estadual de Educação – SEDUC.

Vivendo verdadeira penúria salarial, os professores universitários (muitos deles, mestres e doutores) não tiveram outra saída. Ironicamente, pediram uma espécie de “isonomia por baixo”.

“A proposta do sindicato contempla ainda a criação a classe de professor associado, além de solicitar a regulamentação do acesso à classe de professor titular, atualmente sem regulamentação”, disse ao blog, por telefone, o professor doutor João Coelho Filho, diretor do Departamento de Matemática e presidente do SINDUEMA.

“A situação salarial do docente de nível superior é tão aviltada, que nos contentamos em pedir a equiparação do vencimento inicial da carreira nas Universidades Estaduais com o vencimento dos professores de carreira do Ensino Médio”, completou João Coelho. Ou seja, o sindicato pede que o salário inicial dos professores da UEMA e UEMASUL passe a ser igual ao salário de entrada da SEDUC.

Enquanto isso, o governador Flavio Dino, em suas redes sociais, falseia a verdade afirmando que o Maranhão “paga o maior salário de professor do país”. Na última quinta 6, a bancada governista aprovou, “sem discussão”, o projeto de lei do executivo que estabeleceu o novo piso salarial de professores de nível médio. O piso da classe é um valor muito inferior aos R$ 6.300,00 que alardeia Dino. Tal valor, na verdade, é o teto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por determinação do STJ acaba de ser divulgado o resultado do Sisu

Agora é oficial. Atendendo pedido do STJ, o MEC resolveu liberar o resultado do Sisu com a relação dos aprovados. Também serão abertas ainda hoje, terça-feira, as inscrições para o Prouni.

“Também serão abertas hoje à noite as inscrições para até sábado o prazo para que todos os aprovados possam fazer as inscrições.

Joao Otavio Noronha, presidente do STJ

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Em sua segunda edição, Projeto Soletrando entra para o calendário anual da SEMED de Godofredo Viana

Foi realizado nos dias 18 e 19 de dezembro, na Praça da Matriz, mais uma grande e emocionante Final do Projeto Soletrando, em sua segunda edição, o projeto é uma ação promovida pela Prefeitura de Godofredo Viana, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SEMED).

O Projeto Soletrando tem como objetivo principal, incentivar os professores do ensino fundamental, despertando assim o interesse dos alunos pela leitura e escrita ortográfica correta, contribuindo na formação de cidadãos críticos, capazes de comunicar-se de maneira efetiva com todas as esferas da sociedade onde estão inseridos.

Participaram do Soletrando, os alunos finalistas do 1º ao 9º ano do ensino fundamental de todas as escolas da sede e zona rural e EJA realizados em etapas durante este segundo semestre.

Todos os alunos finalistas, fizeram uma disputa emocionante, onde alunos e pais presentes vibraram e se emocionaram a cada rodada.

Os campeões de cada série foram premiados com Notebook,Kit escolar completo,Tablets e espécie em dinheiro. Além dos alunos, a secretaria de educação premiou também os professores e pais de cada aluno vencedor com um certificado de reconhecimento, como forma de incentivo.

De acordo com a Secretária de Educação, professora Leia, o projeto soletrando, veio pra ficar, a secretária viu neste projeto e teve a percepção de que valia a pena adaptar a ideia nas escolas da rede municipal, estimulando assim uma disputa saudável entre os alunos, onde os mesmos tiveram oportunidades de mostrar seus conhecimentos, incentivando ainda a prática da leitura e memorização daquilo que foi aprendido em sala de aula. “Agradeço o apoio do prefeito Sissi Viana, dos diretores, coordenadores, professores, e demais funcionários da educação municipal, que se empenharam bastante, ou seja, durante boa parte do ano, e principalmente neste segundo semestre, para que o projeto se tornasse realidade no município”, disse a secretária.

O Soletrando deste ano de 2019, teve a participação de 9 escolas, sendo que 07 da zona urbana (sede) e 2 (zona rural), totalizando a participação de 64 participantes, 50 desses alunos são da sede e 14 da zona rural.

Confira abaixo a lista das Escolas e dos Alunos Campeões desta segunda edição do projeto Soletrando 2019:

CAMPEÕES DO 1° ANO

Escola Izabel Andrade ( Aurizona) – Laysa Gós de Jesus

Escola Fúlvia Simão Maia – ( sede ) – Davi Lucas Silva Paixão

CAMPEÕES DO 2° ANO

Escola Izabel Andrade ( Aurizona) – Tatiane Costa de Oliveira

Escola Fúlvia Simão Maia – ( sede ) – Samira Cunha dos Santos

CAMPEÕES DO 3° ANO

Escola Izabel Andrade ( Aurizona) – Karinne Milena MirandaRibeiro

Escola José Lindoval – ( Areal ) – Danielle Medeiros da Silva

CAMPEÕES DO 4° ao 9°ANO

Escola Natal do Nascimento – Marcos Ronald Morais Farias

Escola Iolanda Costa e Silva – Guilherme Oliveira Miranda

Escola Iolanda Costa e Silva – Vinicius Emanuel Bento Borges

Escola Iolanda Costa e Silva – Franciene de Fátima Ribeiro

Escola Iolanda Costa e Silva – Eliene dos Santos Lisboa

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

UFMA é bem-avaliada no Indicador de Qualidade dos cursos de graduação pelo MEC

A Universidade Federal do Maranhão obteve conceitos muito positivos e foi avaliada com a nota 4, em uma escala de 1 a 5, no Conceito Preliminar de Cursos (CPC), indicador de qualidade para os cursos de graduação que foram avaliados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2018. O resultado foi divulgado na tarde de quarta-feira, 11, pelo Ministério da Educação (MEC).

Os cursos avaliados no ano de 2018 na prova do Enade foram os do ciclo vermelho, que são das áreas das Ciências Humanas e Ciências Sociais. Ao todo, foram 12 cursos da UFMA, campus de São Luís e de Imperatriz, que tiveram conceitos positivos maiores ou iguais a 3. “Nesse ciclo, especificamente, foram 2.052 instituições avaliadas no Brasil e 8.520 cursos, então é um contingente representativo até porque estamos muito bem representados por diversas áreas do conhecimento, como Direito, Administração, Serviço Social, Ciências Contábeis, Turismo, Design, entre outras”, comentou o procurador institucional, Romildo Sampaio.

Do total de 12 cursos da UFMA, quatro conseguiram a nota máxima na prova do Enade: Direito, Serviço Social, Turismo e Administração. “Para a composição desse indicador é avaliado não apenas a nota do Enade, mas outros fatores, como o Indicador de Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD); a avaliação do corpo docente, que é o percentual de professores com mestrado e doutorado no curso; e, também, a percepção do aluno em relação ao curso. Esses quatro indicadores compõem o CPC”, explicou Romildo.

A pró-reitora de Ensino Isabel Ibarra falou do ótimo desempenho dos cursos. “Nós estamos cada vez mais aumentando nossos indicadores de qualidade. Foram 5% a mais com relação a 2017 com avaliação positiva. Isso faz parte de uma campanha que nós começamos a aplicar, trabalhando diretamente com os cursos. Esse sucesso tem a ver com o compromisso que esses cursos estão tendo com relação a essas provas”, ressaltou.

Ela ainda afirmou que esse processo realizado em conjunto com os cursos é o principal indicativo de melhora da Universidade. “Cada curso quer se sentir orgulhoso por ser um curso bem avaliado. Eles entram em uma competição leal para suas melhorias. É uma necessidade que eles têm de mostrar que seus docentes estão cada vez mais qualificados e têm uma preocupação com a formação dos seus alunos. Tudo isso vai resultar possivelmente nos próximos indicadores, do jeito que estamos trabalhando, para obtenção da nota máxima para a instituição”, afirmou.

Conquista para todos

A coordenadora do curso de Serviço Social da UFMA, Aurora Amélia Brito de Miranda, ressaltou que a conquista da nota máxima do Enade que contribuiu para o excelente desempenho da Universidade no CPC, é uma conquista atribuída a toda a comunidade acadêmica, desde os alunos e professores até a gestão da Universidade.

“Serviço Social foi um dos cursos que tirou nota máxima no Enade e houve um esforço muito grande dos professores, dos próprios alunos que têm se empenhado e claro, da gestão da Universidade que se esforçou para que alcançássemos este resultado. Nós temos um corpo docente qualificado, com doutorado, dedicação exclusiva, desenvolvimento de pesquisa e extensão, então há um comprometimento dos professores e da própria gestão”, declarou.

Essa emoção também foi compartilhada pelo coordenador do curso de Direito, Alexsandro Rahbani Aragão Feijó, que destacou a parceria e a dedicação dos professores, estudantes e técnicos que foram fundamentais para que a Instituição alcançasse o bom desempenho no CPC.

“O bom desempenho do curso de Direito e da própria UFMA vem de encontro a um trabalho desenvolvido pelos seus docentes e discentes bem como, técnicos-administrativos, que há muito tempo empenham esforços no sentido de que tenhamos o melhor ensino com a melhor preparação pedagógica profissional para os nossos alunos. Essa nota realça todo o esforço e esmero no sentido de que tragamos a excelência para a Universidade”, finalizou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

MEC completa primeira capacitação para escolas cívico-militares

Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) conclui nesta sexta-feira (12) a primeira capacitação para a implementação das escolas cívico-militares, que reuniu 170 profissionais da educação e representantes de estados e municípios em Brasília. O curso contou com palestras e oficinas sobre o projeto político-pedagógico das escolas, normas de conduta, avaliação e supervisão escolar, além da apresentação das regras de funcionamento das escolas e as atribuições de cada profissional.

Primeiro dia de aulas no CED 01 da Estrutural, uma das escolas públicas do DF onde foi implementado o modelo cívico-militar.

Ao todo, 216 escolas devem aderir ao sistema até 2023, sendo 54 no próximo ano. “Com mais disciplina, vai dar chance ao professor para poder trabalhar melhor”, diz a diretora Regina Sthela, que participou da capacitação.

Diretora de uma escola de São Luís, Bárbara Costa espera que o programa proporcione melhora na infraestrutura. “A minha expectativa é que melhore nessas áreas, estrutura física, disciplina.”

Segundo o MEC, a capacitação tem o objetivo de contribuir para a melhoria da educação básica do Brasil com um modelo centrado na melhoria de gestão nas áreas educacionais, didática-pedagógica e administrativa. O sistema é baseado em levar o ensino dos colégios militares do Exército, das polícias militares e dos corpos de bombeiros militares a outras estruturas do país.

O subsecretário de Fomento às Escolas Cívico-Militares do MEC, Aroldo Cursino, afirmou que o modelo deve ser adaptado para cada região e observar as peculiaridades dos municípios. “Nós precisamos resgatar nos jovens a sua capacidade de ser protagonista da sua vida por intermédio da educação”, complementou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

MEC divulga resultados preliminares do Censo Escolar 2019

Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (2) os resultados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica 2019. Os resultados podem ser conferidos no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Agora, os responsáveis pelas escolas públicas têm até 31 de outubro para conferir, complementar e, se for necessário, corrigir as informações publicadas.

Após a retificação, caso necessária, não será mais possível alterar os dados informados na Matrícula Inicial do Censo Escolar 2019, de acordo com o MEC. A divulgação dos resultados finais do Censo Escolar, das sinopses estatísticas, com todas as redes de ensino, de forma contextualizada, e com microdados públicos está prevista para o final de janeiro de 2020.

Censo Escolar

O Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica e o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro nessa área. As matrículas e os dados escolares coletados servem de base para o repasse de recursos do governo federal e para o planejamento e divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep.

O Censo abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica e profissional: o ensino regular – educação infantil, ensino fundamental e médio; a educação especial; a Educação de Jovens e Adultos (EJA); e a educação profissional, que abrange cursos técnicos e cursos de formação inicial continuada ou qualificação profissional.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeito Sissi Viana visita estudantes do Aulão Protagonistas do Saber

O prefeito Sissi Viana visitou, esta semana, estudantes e professores do projeto Aulão Protagonistas do Saber, cujas aulas tiveram início no mês passado no município de Godofredo Viana.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura godofredense e tem como objetivo estimular a vivência coletiva e motivar gestores, professores e coordenadores das escolas para a busca de novos avanços nos resultados deste ano, quando alunos do 5º e do 9º anos serão avaliados pela Prova Brasil, um dos indicadores para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), principal avaliação da qualidade da educação no país.

Sissi desejou a todos muita força de vontade, para que possam aproveitar esta oportunidade, que tenham foco, determinação e que sejam perseverantes.

Lembrou das dificuldades que outras gerações tiveram para estudar e, hoje, graças ao empenho e investimentos feitos pelo município, este sonho tornou-se realidade.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.