Médica é encontrada desacordada no estacionamento do UDI; há sinais de tentativa de suicídio

A médica Hermana Maranhão, 31 anos, foi encontrada desacordada por um vigilante na noite de sexta-feira (13) no estacionamento do Hospital UDI. Ela encontra-se com morte cerebral e teria sido uma tentativa de suicídio, por ingestão de medicamentos.

A médica, que é filha da Doutora Hilda Maranhão, deixou uma carta de despedida para a família. Amigos mais próximos informam que esta foi a segunda vez que ela tentou o suicídio e que enfrentava uma fase aguda de depressão.

Ela era médica radiologista e atendia no hospital UDI.

Em breve novas informações…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jovem cava a própria cova e anuncia suicídio para outubro no Maranhão

Com quatro casos de suicídios na família, um jovem vem chamando a atenção de curiosos na cidade de Colinas. Dezenas de pessoas estão indo conhecer a cova cavada por ele próprio para ser enterrado depois que cometer o suicídio.

A data está prevista para o dia 18 de outubro. Conhecido por “Cobra”, o jovem colinense reside no bairro Brandão e diz que na família já recorreram ao suicídio três irmãos e a avó. Confira no vídeo abaixo a cova e o rapaz que prometeu tirar a própria vida:

Veja também:

Três suicídios em menos de uma semana no Maranhão: jovem morre enforcada

Mais um suicídio no Maranhão: mulher se mata na frente de dois filhos menores

Neto de juiz e de família tradicional, jovem piloto recorre ao suicídio com arma de fogo no Maranhão

Urgente! Após matar ex-namorada, homem recorre ao suicídio em São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Três suicídios em menos de uma semana no Maranhão: jovem morre enforcada

É alarmante e crescente o quadro de suicídios no Maranhão, notadamente no interior do Estado. Ontem, por volta das 22h, a jovem babá Jecylenne Santos, 18 anos, cometeu suicídio por enforcamento dentro do quintal de sua própria casa, na cidade de Bacabal.

Mais um suicídio no Maranhão: mulher se mata na frente de dois filhos menores

Neto de juiz e de família tradicional, jovem piloto recorre ao suicídio com arma de fogo no Maranhão

Urgente! Após matar ex-namorada, homem recorre ao suicídio em São Luís

Militar mata namorada e recorre ao suicídio, em São Luís

Mais dois suicídios no Maranhão, sendo um em São Luís e outro em Caxias

Números alarmantes: quase 300 suicídios em 2016 no Maranhão

O corpo da jovem foi encontrado por uma criança. Antes de tirar a própria vida, Jecylenne entrou em contato com a mãe, mas não revelou sua real intenção.

Os motivos que levaram Jecylenne a cometer suicídio ainda permanecem desconhecidos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mais um suicídio no Maranhão: mulher se mata na frente de dois filhos menores

Cleidenir Carneiro Mendes, de 32 anos, ultimamente vivia reclamando do marido que levava amigos pra dentro da casa e se drogavam. Ontem à noite, por volta das 19h40 recorreu aos suicídio na presença de dois filhos menores, na cidade de Nina Rodrigues.

O casal, segundo informações de vizinhos, brigava com frequência por causa da presença de drogados em sua residência. Ontem, ela pegou uma espingarda e atirou contra o queixo, sendo socorrida e leva para um hospital em Matinha, mas não resistiu.

Farmacêutica comete suicídio em Timon

Mulher se joga de 7 º andar do Condomínio Reserva da Lagoa, em São Luís

Sem aguentar a separação, mulher se suicida em São José de Ribamar

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Neto de juiz e de família tradicional, jovem piloto recorre ao suicídio com arma de fogo no Maranhão

Residente em Brasília, o jovem piloto, Luis Geofredo Freitas Soares Lobo, 24 anos, estava na cidade de Caxias fazia uma semana e ontem surpreendeu parentes e amigos. Ele usou uma arma de fogo e atirou contra a própria cabeça. Geofredo era de família tradicional da política daquela cidade maranhense e neto do juiz aposentado, Dr. Firmino.

O piloto era sobrinho do tenente reformado Aluizio Lobo, ex-prefeito de Caxias, e ex-deputado estadual, já falecido, que era o representante político de José Sarney na região dos Cocais.

O fato ocorreu em uma casa no centro de Caxias e desde ontem que a Polícia investiga as causas. Lobo e a mãe Luise Freitas, dono do Antiquário Louise Store, na foto abaixo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Urgente! Após matar ex-namorada, homem recorre ao suicídio em São Luís

Na manhã desta segunda-feira uma mulher identificada como Terezinha de Almeida, de 35 anos, foi  morta a facadas pelo ex-namorado Afonso, que estava inconformado com o fim do relacionamento.

O crime ocorreu na zona rural de São Luís, no bairro do Maracanã. Após desferir sete facadas contra a ex-companheira, Afonso foi para casa e se enforcou.

Militar mata namorada e recorre ao suicídio, em São Luís

Militar que matou a namorada e se suicidou, convidou a ex esposa para o mesmo local do crime

Na frente dos filhos, professora é assassinada pelo ex-marido

Um caso semelhante foi registrado em São Luís, onde no último dia 06, por volta das 20h, o  sargento PM Marcos Vinícius matou à tiros a namorada Marcele Cardoso, 24 anos, na Cohab, perto do Shopping Rio Anil. Em seguida, o militar tirou a própria vida.

Aguardem mais informações…

20 mulheres mortas nos cincos primeiros meses de 2018 vítimas de feminicidio

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Militar que matou a namorada e se suicidou, convidou a ex esposa para o mesmo local do crime

O sargento Marcos Vinícius, ligou chorando para a ex-mulher, de quem ele estava separado não fazia muito tempo, a convidando para conversar e dizendo que iria se matar. Na mesma noite, ele ligou para a namorada, Marcele Cardoso da Silva, para que fosse até a casa da mãe dele, onde o militar estava. A ex-mulher, que estava na Vila Pirâmide, não foi, mas a namorada compareceu. Por volta das 19h, ele deu dois tiros na namorada e em seguida recorreu ao suicídio, na noite de quarta-feira (06). O corpos foram encontrados em um quarto da casa pelo pais e cunhado da vítima, na Cohab.

A notícia tomou a família do militar de surpresa, bem como vários colegas militares. “Era uma pessoa correta e muito tranquila”, disse ao blog o coronel PM Edvaldo. Dezenas de colegas foram até ao local onde estavam os corpos e ficaram abalados.

O sargento estava separado da esposa, com quem tem um filho de quatro anos, e estava namorando Marcele, que trabalhava no Detran e tem uma filha de dois anos de outro relacionamento.

Vizinhos ainda chegaram a escutar o barulho dos tiros, mas somente o pais de Marcele e o cunhado dela foram até o local cedo da manhã depois que sentiram a falta da ex-funcionária do Detran.

A esposa confirmou para familiares do militar a ligação em que ele dizia que iria se matar, assim como informou sobre o pedido dele para reatar o casamento, com o que ela não concordou.

Militar mata namorada poucos metros da esposa e recorre ao suicídio, em São Luís

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cabo da PM do Maranhão comete suicídio no dia de seu aniversário

Jardeson Viana do Vale, 40 anos, militar do Maranhão, surpreendeu a família e amigos ao atirar na própria boca com a sua pistola, na cidade de Teresina, no Piauí, hoje, domingo, dia 27 deste.

O suicídio ocorreu por volta das 11 da manhã de hoje depois que o militar efetuou alguns pagamentos e retornou para sua casa. Ele tirou a própria vida dentro do quarto.

Jardeson, segundo familiares, estava passando por crises depressivas e era lotado na cidade de Lago do Junco, mas residia em Teresina.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Perícia confirma suicídio do médico Mariano e a autoria da carta deixada por ele

A Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa do Piauí divulgou hoje o resultado da perícia que confirmou o suicídio cometido pelo médico Mariano de Castro, cometido no dia 12 de abril deste ano, em um apartamento na cidade de Teresina. O delegado Francisco Baretta, titular da DHPP, informou também que os exames comprovaram também que a carta encontrada ao lado do corpo do médico é de autoria dele, o que deve causar insônia em alguns agentes públicos da Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão.

O médico, segundo o delegado, recorreu ao suicídio preocupado com as investigações federais sobre o desvio de R$ 18 milhões da Saúde do Maranhão, da qual ele era o principal acusado. As investigações, que correm sob sigilo, apontam a participação de diversos funcionários da Saúde, inclusive alguns mais graúdos.

Baretta informou que, com a morte do médico, a preocupação agora será transferida para os que participaram da corrupção com o dinheiro público no Maranhão. “Esse país não comporta mais corrupção e, por isso, os culpados devem ser investigados e punidos como determina a lei”, avisou.

Aguardem novas informações.

Desvio de dinheiro da Saúde: veja a relação das pessoas e empresas que tiveram as contas e os valores bloqueados

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Veículo que mais fatura do governo usa advogado para mentir sobre saúde do médico Mariano

Detentor da maior fatia da verba pública do Maranhão, o Jornal Pequeno, na pessoa do seu editor, foi escalado para fazer as mais absurdas defesas do Governo do Estado e, ao mesmo tempo, os mais canalhas ataques a quem denunciar ou mostrar erros de seu severo patrão. Atropela fatos, se descabela, vai ao desespero, e faz advogado refém, exatamente aquele que foi perseguido pela gestão Flávio Dino que pretendia encarcerá-lo no caso Sefaz: Jorge Arturo.

Em postagem de hoje, uma tira do JP, corretamente chamada de “O IFORMENTE”, o editor do jornal fez uma entrevista com o advogado Jorge Arturo  para que fosse negada a publicação aqui postada no Blog do Luis Cardoso em que amigos médicos revelaram o estado depressivo de Mariano depois que saiu da prisão e perdeu a esposa e amante ao mesmo tempo.

O JP, diz hoje que “informações prestadas  na noite dessa sexta-feira, pelo advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior” que “Mariano não tinha depressão”.

Ora, afinal foi sexta-feira 13, um dia depois da morte do médico que o azar incorporou no jornalista e advogado na montagem de mentira ou será ainda nesta próxima sexta-feira, dia 20? Primeiro que o advogado, além de não ser médico, confirmou na mesma entrevista que tratava as coisas do cliente Mariano de Castro com duas irmãs dele. E ainda não esqueceu de dizer que após deixar a prisão, o médico foi morar sozinho em Teresina. O Blog prefere acreditar na versão dos médicos que conviveram com Mariano.

O advogado se enrola todo quando fala das cartas. Ora disse que em outras entrevistas que na segunda carta o médico confirma que a primeira missiva é de autoria da vítima. Depois fala que a prisão domiciliar seria revogada logo, como se estivesse combinado com o Ministério Público Federal e a Justiça Federal ou, no mínimo, achava que o desvio de R$ 18 milhões de recursos públicos federais e nada fosse a mesma coisa.

Para completar, o advogado diz que não sabe se a esposa de Mariano havia se separado, embora diga que o médico estava morando sozinho em um apartamento, e que tratava as coisas do cliente com as irmãs dele. Mais uma prova de que nada sabia se Mariano vivia ou não depressivo.

O advogado foi perseguido pelo Governo do Estado na questão do que a Sefaz considerou como fraude tributária e denunciou ao Ministério Público. Se dependesse do governo e do PM, ele estaria hoje preso.

Jorge Arturo é um dos melhores advogados tributaristas deste país, mas a área criminal não é a  sua praia.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Além do constrangimento da prisão, o abandono pela esposa e amante levaram médico a ficar depressivo

Enquanto uns ficam afirmando que o médico Mariano de Castro teria recorrido ao suicídio por causa da publicação de trechos de cartas sobre o esquema que desviou R$ 18 milhões de verbas da Saúde do Maranhão operado por ele para beneficiar apaniguados do governo e outros insistem que ele teria sido vítima das investigações, ninguém se atentou ao fato de como ele vivia depois que deixou Pedrinhas para ficar em prisão domiciliar em Teresina.

O constrangimento da prisão, a exposição na mídia como o chefe de organização criminosa que atuava desde 2015 na Saúde, com o conhecimentos de seus superiores, o afastamento dos amigos e colegas de profissão, a solidão profunda.

Assim que as investigações revelaram que o médico beneficiava no esquema até uma amante, a esposa pediu a separação. E ainda por cima levou os dois filhos: seus dois grandes amores. A amante, quando soube que estava exonerada e sem condições de arrumar logo outro emprego, acabou imediatamente o romance.

Sozinho, ficou em definitivo no apartamento em Teresina. Vivia a maior parte do tempo trancado, mas com esperanças de que tudo pudesse acabar um dia e, após o encerramento do inquérito, fazer um concurso na área médica.

No meio do caminho os primeiros sinais de depressão que foram aumentando na medida em que temia voltar para a prisão, principalmente depois que desistiu de delatar todo o esquema e apresentar novidades.

E foi exatamente no dia 12 deste que, por volta das 19h, uma irmã de Mariano encontrou o corpo no apartamento. E como ele sonhos não realizados e fatos vividos e não revelados.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jovem atira-se de viaduto e pede para falar com a mulher, em São Luís

Agora, ao meio dia, um jovem tentou o suicídio, atirando-se do viaduto da avenida dos Franceses. Ele não morreu, mas ficou com fraturas expostas. Assim que curiosos se aproximaram, ele pediu um celular para falar com a esposa. Os motivos ainda não foram revelados. Confira no vídeo abaixo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Página 1 de 512345