Em cidade do Maranhão onde quase não morre ninguém, prefeito licita compras de 235 caixões

Como se estivesse prevendo um grande número de mortos pelo novo coronavírus, a Prefeitura de Mirador, no Maranhão, licitou em janeiro a compra de 235 urnas funerárias para uma população conhecida por sua característica de longevidade.

Com moradores que já chegaram até a 112 anos e a média de vida é de 83 anos, a pacata Mirador ficou assustada com tantos caixões adquiridos desde janeiro pela prefeitura. E com alguns detalhes que chamam a atenção.

Além do número excessivo das urnas, os gastos também pelo poder público com as vestes e flores. Existem caixão de até 1 metro 90 para um povo que tem em média 1 metro 65. O custo total para o bolso dos contribuintes ficou no valor de R$ 252.883,45 só em urnas funerárias.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Para garantir espaço de artistas, pub Sarará promove live nos fins de semana

Nessas duas semanas de isolamento a casa vai manter Uma live de 1 hora com os artistas.

O Pub Sarará Grill, espaço underground de São Luís, na comunidade do Coroado, Encontrou uma forma de garantir cachê básico para os artistas que cantam na casa, mesmo sem estar faturando, já que está fechado e não trabalha com delivery.

A casa programou par aos dois últimos Finais de semana da quarentena do coronavírus, um show virtual por noite, sempre as 18h.

“É uma forma de garantir uma rotina básica do Sarará Grill e garantir uma base para o artista que depende dos eventos”, fala o CEO do Sarará Grill, jornalista Marco Aurélio D’Eça.

Mantendo a linha underground, de resistência, o Sarará Grill manteve a quarentena e segurou todo o arrecadado nos últimos dias de abertura para colaboradores e artistas.

“Os fornecedores vão ter que esperar um pouco mais”, diz D’Eça.

Para manter a movimentação da casa – pelo menos nas redes sociais – D’Eça programou live nos dois próximos fins de semana.
Neste sábado tem Carlos Berg, às 18h. E domingo Brendo Costa, no mesmo horário..

No próximo fim de semana, último do decreto do governador Flávio Dino, ele ainda conversa com artista disponíveis…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ação PRF / SEST SENAT em favor dos caminhoneiros

Distribuição de kits de alimentação e higiene. Houve doação de terceiros.

Km 14 da BR-135, Unidade Operacional de Pedrinhas, em São Luís/MA.

Manhã desta sexta-feira, 27 de março de 2020.

A ação continua até na próxima sexta-feira.

Fonte: PRF

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Othelino destaca relevância da aprovação de novas medidas de combate à COVID-19 no Maranhão

Othelino disse que as medidas vão contribuir no combate à pandemia e alertou que é preciso atender as recomendações dos órgãos de saúde

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), destacou a importância da aprovação de novas medidas de combate à COVID-19, no Maranhão, durante a segunda Sessão Extraordinária com Votação Remota por Videoconferência, nesta sexta-feira (27). Entre as medidas aprovadas pelos parlamentares estão a inclusão do álcool gel, além de luvas, máscaras médicas e hipoclorito de sódio (água sanitária) entre os itens constantes da cesta básica.

Segundo Othelino, a aprovação da Medida Provisória do Governo do Estado converte em lei a inclusão desses produtos tão importantes na cesta básica, passando a ter esses suprimentos um ICMS diferenciado, com a consequente redução dos preços ao consumidor final e maior facilidade para a aquisição desses itens.

“Enquanto outros produtos são 18%, esses passam a ter a incidência do ICMS com apenas 12%. No caso específico do álcool gel, o Governo do Estado obteve, hoje, uma decisão liminar permitindo que, neste momento de emergência, fique zerado o imposto sobre esse item. A Assembleia, com isso, aprova uma medida que vai baratear o preço desses produtos e permitir que mais pessoas tenham acesso a sua aquisição, tão importante neste momento de pandemia que vivemos”, explicou.

O chefe do Legislativo pontuou também que, apesar de os dados indicarem que no Maranhão ainda não existe uma grande quantidade de casos confirmados de COVID-19, a sua incidência vem aumentando, embora lentamente.

“Por isso, é preciso que mantenhamos todo o cuidado. É necessário que a gente fique mesmo em casa e evite aglomerações, para que, no menor espaço de tempo possível, possamos retomar à normalidade. Mas, para isso, é preciso que cada um faça a sua parte”, assinalou.

Comércio e setor produtivo

Ainda durante a Sessão Extraordinária com Votação Remota, alguns parlamentares relataram inquietações de comerciantes, agricultores e empresários do setor produtivo quanto à paralisação das atividades e o efeito negativo na economia. Othelino afirmou que essa é uma preocupação de todos, uma vez que o fechamento do comércio, além de gerar um grave impacto economicamente, também afeta diretamente a vida das pessoas.

“Eu, inclusive, vi uma manifestação do secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, solicitando que os representantes dos empresários, como a Associação Comercial e a Fiema, manifestassem formalmente o desejo de retomarem as atividades e dissessem quais as estratégias para proteger os trabalhadores, pois, se as atividades voltarem, eles estarão mais expostos a uma possível contaminação”, ponderou.

O presidente da Assembleia disse, ainda, que o governador Flávio Dino também já se manifestou quanto ao assunto, ressaltando que o Governo do Estado está avaliando, com muito cuidado e baseado em dados científicos, a possibilidade do retorno gradual das atividades do comércio, bem como da volta às aulas nas unidades de ensino.

“Eu acho que, neste momento, nós devemos ter muito cuidado. Nós não temos controle, ainda, da elevação da incidência do coronavírus. Nós temos a fé que isso vai acontecer, mas é preciso que, em especial nesta semana que está acabando e na próxima, tenhamos muito cuidado e fiquemos atentos às recomendações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde, para o isolamento social, atendendo às orientações quanto à higiene e cuidados pessoais para evitar que mais casos aconteçam em nosso estado”, alertou Othelino Neto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura de São Luís intensifica ações de limpeza em toda a cidade reforçando o combate ao novo coronavírus

Seguindo as orientações dos profissionais de saúde que atestam ser a limpeza uma grande aliada no combate à Covid-19, a Prefeitura reforçou e incrementou o cronograma das ações de asseio e conservação na capital

Com o objetivo de conter a proliferação do novo coronavírus (Covid-19) na capital, a Prefeitura de São Luís tem realizado frentes de limpeza em vários espaços públicos, além de outras medidas essenciais, seguindo as recomendações de órgãos de saúde nacional e internacional. Mercados, ônibus e pontos de embarque e desembarque de transporte urbano – ambientes por onde há circulação de pessoas mesmo com a suspensão do funcionamento de diversos setores pela cidade – estão sendo higienizados diariamente para evitar mais pessoas contaminadas pelo vírus em São Luís.

Outra atividade primordial neste momento é a coleta de resíduos sólidos, que segue normalmente o cronograma estabelecido pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana, além dos serviços de capina que estão sendo realizados. O pacote de serviços envolvendo saúde e limpeza é uma iniciativa do prefeito Edivaldo Holanda Junior a fim de garantir o bem-estar da população.

De acordo com o prefeito Edivaldo, as medidas que vêm sendo tomadas em relação ao novo coronavírus na capital são, agora, prioridades neste momento, por entender que o combate preventivo à doença é a melhor forma de passar por essa pandemia sem maiores consequências. “Manter a cidade e outros espaços limpos, como o transporte urbano, é uma media importante contra o coronavírus. As medidas que temos tomado são para reduzir o risco de contaminação, principalmente de quem continua circulando pela cidade por causa do trabalho que é considerado essencial. Aos outros, a orientação é para que permaneçam em casa neste momento”, destacou o prefeito.

Seguindo determinação da Prefeitura de São Luís, as empresas que prestam serviço de transporte na capital intensificaram a limpeza dos ônibus. O Decreto Municipal Nº 54.890 recomenda que as empresas que prestam os serviços de transporte urbano mantenham uma rotina diária de limpeza dos veículos nas áreas de contato dos passageiros como barras, portas, janelas etc., tarefa a ser realizada desde a primeira viagem da manhã.

A limpeza deve ser feita com água e sabão ou álcool em gel a 70% para preservar a saúde das mais de 550 mil pessoas utilizam o transporte coletivo em São Luís. O serviço passou a ser realizado no último dia 18 e está a cargo das equipes profissionais das empresas que detêm a concessão do transporte público.

Dos serviços que não puderam ter o funcionamento suspenso por ser considerado essencial estão os mercados municipais. A comercialização de frutas, verduras e outros produtos necessários para alimentação das famílias continua, mas sob ainda mais cuidado da Prefeitura de São Luís. A higienização destes espaços já era uma prioridade das equipes de limpeza da gestão do prefeito Edivaldo antes da pandemia do coronavírus, mas agora os serviços foram reforçados para combater a circulação do vírus e a permanência dele por espaços que não podem ser fechados.

Nestes mercados, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, tem realizado lavagem do passeio interno e de outras superfícies onde o vírus pode ficar alojado. “Com esse trabalho, determinado pelo prefeito Edivaldo, a população pode ficar ainda mais tranquila em adquirir e consumir alimentos comercializados nesses estabelecimentos”, frisou o titular da Semapa, Émerson Macêdo.

A gestão do prefeito Edivaldo também adotou como medida para o combate do Covid-19 a higienização de pontos de embarque e desembarque de ônibus, localizados nas avenidas de São Luís. Mesmo com o funcionamento suspenso de vários setores pela capital, muitas pessoas ainda continuam circulando – entre profissionais dos serviços essenciais e pessoas que precisam cumprir com outros compromissos de extrema necessidade.

A higienização desses espaços está sendo realizada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana que tem mantido, dentre outros serviços, a coleta regular de lixo pela cidade. “Por determinação do prefeito, precisamos intensificar as ações de limpeza urbana. Com isso, passamos a realizar a desinfecção de áreas públicas onde há maior circulação de pessoas, principalmente os abrigos de ônibus, em atenção especial àqueles que ficam próximos a unidades de saúde”, destacou a presidente do Comitê, Carolina Estrela.

MAIS LIMPEZA

A desinfecção de áreas públicas, por meio de lavagem, também tem sido realizada no entorno de hospitais, assim como em ruas e perímetros de bancos. A coleta de lixo também foi uma das ações que tiveram de ser intensificadas neste período, possibilitando que as pessoas continuem embalando seus resíduos e deixando-os nos mesmos lugares de sempre, em dias e horários habituais.

A Prefeitura enfatiza que no caso dos resíduos gerados por pacientes em isolamento domiciliar ou por quem lhe presta assistência, em caso suspeito ou confirmado de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19), devem redobrar a atenção na hora de acondicionar os resíduos para coleta. Estes devem ser separados, colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis, fechados com lacre ou nó e não ocupar mais que 2/3 de sua capacidade, além de, posteriormente, será colocado em um segundo saco.

Além dos serviços essenciais intensificados neste momento de enfrentamento ao Covid-19, diversas outras atividades comuns para manter a cidade em estado de conservação continuam sendo realizados, como roçagem e capina de canteiros e outros espaços. Nesta semana, a Prefeitura de São Luís distribuiu suas equipes de limpeza por diversas regiões da cidade para manter conservadas as ruas e avenidas. A capital ainda vive o período chuvoso e a conservação de espaços propícios para o crescimento da vegetação é uma preocupação da gestão do prefeito Edivaldo.

Também integra as ações de limpeza da cidade a implantação de 10 mil novas lixeiras por São Luís para evitar o descarte irregular de lixo e outros transtornos pela cidade, como o entupimento de bueiros por resíduos, o que impossibilita o escoamento da água, causando alagamentos e a favorecendo proliferação de doenças. As novas lixeiras que estão sendo instaladas nas principais avenidas e espaços públicos da capital têm um formato tubular e sem tampa, mais acessível à população.

Os novos equipamentos que irão compor vias e demais espaços da capital possibilitarão, também, que São Luís avance, ainda mais, no próximo ranking do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU), que realiza uma avaliação sobre a gestão dos resíduos sólidos das cidades brasileiras com mais de 250 mil habitantes. Com os últimos feitos da Prefeitura de São Luís, a cidade conseguiu elevar a taxa de recuperação de matérias recicláveis de 0,46% para 5,44%.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

FAMEM reforça recomendação por isolamento

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão reforçou nesta quarta-feira (25) o pedido para que gestores municipais recomendam à população que se mantenha em casa, em isolamento social, como medida para frear o avanço do novo coronavírus no Maranhão.

O documento, elaborado pelo setor jurídico da entidade, conclama prefeitos a tomarem “todas as medidas que visam diminuir o impacto na saúde pública e economia maranhense, seguindo orientação do governador Flávio Dino, no decreto 35.6771/2020, que suspende as atividades que causem aglomeração de pessoas em locais públicos ou de uso coletivo, bem como adotar outras medidas suplementares de caráter local”.

“O melhor remédio é o isolamento social para evitar ao máximo o contato com as pessoas e reduzir as chances de contaminação pelo coronavírus. Ademais, lembramos que o pico no Brasil, informados pelo Ministério da Saúde, será entre o fim de abril e início de maio, portanto, devemos continuar com as medidas preventivas, limitando a circulação de pessoas, para minimizar o impacto da doença”, diz o documento.

No estado, até o momento, 14 casos de infecção com COVID-19 foram registrados.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

‘Governo atende solicitação de Cesar Pires e adia pagamento do IPVA’

O secretário estadual da Fazenda, Marcellus Ribeiro, assinou portaria nesta sexta-feira (27) adiando para maio o início do calendário de pagamento do IPVA no Maranhão. A medida havia sido solicitada pelo deputado César Pires,por meio de requerimento feito à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, em apoio aos contribuintes maranhenses diante dos graves problemas econômicos gerados pela pandemia do coronavírus.

A portaria estabelece que o prazo para pagamento do IPVA 2020, que começava em março, fica prorrogado para o início de maio e se estenderá até julho, um adiamento de 60 dias.

“O momento exige a superação das diferenças políticas em efetivo apoio à população. Então, só temos a agradecer, ao secretário Marcellus e ao governador Flavio Dino, pela sensibilidade social e por entender as dificuldades financeiras impostas pela pandemia aos maranhenses”, declarou César Pires.

Nesta sexta-feira, César Pires também participou de mais uma sessão remota do parlamento maranhense, e votou a favor da medida provisória em que o governo reduziu os impostos de produtos essenciais no combate ao coronavirus , como álcool em gel e máscaras.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Mulher cai da maca no Posto de Saúde em São Luís e morre

A senhora de 54 anos, Conceição de Maria Rodrigues Leal Nascimento, que morava no Sacavém precisou dos serviços médicos no Posto de Saúde do Anil. Demorou a ser atendida e quando estava na maca, caiu e quebrou o rosto.

O fato aconteceu por volta das 19h10 e, por incrível que pareça, o corpo permanece até agora no mesmo posto aguardando o Rabecão do IML para liberação do corpo aos familiares.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Proposta de Eliziane de taxar grandes fortunas pode arrecadar R$ 40 bilhões para combate à pandemia

A líder do Cidadania no Senado, Eliziane Gama (MA), protocolou, nesta quinta (26), projeto de lei complementar que institui imposto sobre grandes fortunas e empréstimo compulsório, que financiará necessidades de proteção social decorrentes da Covid-19.

Pela proposta o imposto seria temporário para atender a despesas extraordinárias decorrentes de calamidade pública. A estimativa é que a arrecadação seja de R$ 40 bilhões este ano.

Eliziane defende que neste momento de grave crise “é natural tributar o patrimônio dos que se enquadram no parâmetro de grandes fortunas”. Para a parlamentar, se este tipo de tributação não é aconselhável em tempos normais, pelo risco de elisão e evasão, este não é mais o caso.

“Tributar grandes fortunas é uma forma de a sociedade receber de volta uma pequena parcela de renúncias fiscais e subsídios dados no passado”, argumenta a parlamentar. Ela ressalta ainda que ao longo do tempo, foram trilhões de reais distribuídos em lucros e dividendos sem pagar imposto de renda, ou rendimentos de aplicações financeiras como letras de crédito agropecuárias ou imobiliárias.

Os brasileiros que vivem com mais de 320 salários mínimos possuem patrimônio declarado superior a R$ 1 trilhão. “Há 30 anos a Constituição autoriza esta cobrança, mas jamais foi instituída”, afirmou.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.