Uber diz que baniu 1.600 motoristas por cancelamento de viagem

    A Uber baniu de sua plataforma cerca de 1.600 motoristas nas últimas semanas por abuso no cancelamento de viagens, de acordo com comunicado da empresa divulgado na noite desta sexta-feira (24). A alta do combustível tem levado motoristas de aplicativo a cancelarem viagens com mais frequência.

    A empresa precisou se posicionar após a Amasp (Associação dos Motoristas de Aplicativos de São Paulo) declarar que a estimativa era de cancelamento de 15 mil pessoas pela plataforma.

    De acordo com Eduardo Lima de Souza, presidente da entidade, a companhia havia dito que o número poderia girar em torno de 1% da base de motoristas, mas nesta sexta a empresa fez o cálculo exato, que daria 0,16%. A Uber tem 1 milhão de inscritos no Brasil.

    “Dos cerca de 1 milhão de motoristas e entregadores parceiros cadastrados na Uber, 0,16% do total apresentaram -de maneira recorrente- comportamentos que prejudicam intencionalmente o funcionamento da plataforma”, disse em nota.

    A empresa afirma que os cancelamentos em desacordo com os termos de uso são os realizados após o motorista aceitar a viagem.

    “O abuso no cancelamento de viagens não tem nada a ver com a liberdade do motorista parceiro de recusar solicitações. Na Uber, o motorista é totalmente livre para decidir quais solicitações de viagem aceitar e quais recusar”, afirma.

    Os motoristas conseguem saber a distância, o destino e o tempo estimado de cada viagem antes de aceitá-las.

    Há duas semanas, Uber e 99 anunciaram reajustes por conta do aumento do preço dos combustíveis.

    Na 99, a alta vai de 10% a 25%. Segundo a empresa, a medida visa “equilibrar a plataforma, oferecendo mais ganhos para os parceiros e mantendo a acessibilidade do serviço para os passageiros”.

    A Uber afirma que não haverá mudança na tarifa para o usuário, apenas no repasse para o motorista. O reajuste no repasse será de até 35% para viagens UberX, a categoria mais popular do aplicativo, na região metropolitana de São Paulo. Segundo a empresa, os ganhos dependem do horário e do local em que o motorista atua.

    O presidente da Amasp enfatiza que 35% é o teto do reajuste e que muitos trabalhadores não veem esse valor na prática, já que o número depende de variáveis como demanda, dia e local.

    “Um reajuste de 10%, 15% não ameniza o prejuízo; o combustível aumentou mais de 50% em 2021, além de toda a manutenção do carro, que também ficou mais cara”, diz.

    Segundo ele, os excluídos da plataforma relatam indignação por terem investido muito dinheiro para poder rodar em um veículo. Reportagem recente da Folha de S.Paulo mostra que a classe média sem carro, que virou dependente desse tipo de transporte, tem tido dificuldade de conseguir corridas. Também há relatos de aumento da tarifa final para os consumidores.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Imagem de um vencedor: guerreiro Silvan Alves retorna pra casa

    Depois de quase um mês internado no Hospital Carlos Macieira, o jornalista Silvan Alves, que chegou a ficar entre altos e baixos numa UTI, venceu o AVC. Recebeu alta e já retornou pra casa, com a força das orações dos familiares, amigos, sua legião de fãs e os cuidados da equipe de médicos e enfermeiros.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Oficial da Polícia Militar levou 11 mulheres para o motel e acabou morrendo

    O policial, sem o nome revelado, levou na sexta-feira (02), simplesmente 11 mulheres para o mesmo quarto de um motel. Entre um ato e outro com as meninas, o PM começoua a sentir mal súbito. A gerência do local foi acionada e uma viatura do SAMU chegou ao motel, mas era tarde demais.

    O fato aconteceu em São Bernardo do Campo, no ABC paulista. As mulheres, que também não foram identificadas, serão chamadas amanhã, segunda-feira (05) para depor. As causas da morte não foram reveladas.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    ‘Brincadeiras de mau gosto’: diz cantor maranhense que teme pela vida ao ser confundido com Lázaro Barbosa

    O cantor maranhense, Vinícius Borges, 35 anos, morava em Santa Luzia do Tide e atualmente reside em Sorriso no Mato Grosso do Sul. Ele gravou um vídeo e divulgou nas redes sociais onde se diz incomodado com comentários e postagens que várias pessoas estão fazendo o comparando ao assassino Lázaro Barbosa, procurado pela polícia de Goiás há 14 dias após matar uma família inteira em Ceilândia, no Distrito Federal.

    Vinícius Borges

    Vinícius pede: “parem com essas brincadeiras de mau gosto. No meu trabalho eu não posso mexer no celular, então eu chegava à noite já cansado e tinha que ler um monte de mensagem maldosa. Foi aí que minhas irmãs e minha esposa pediram pra eu fazer um vídeo pra esclarecer que não era eu”, diz ele aborrecido com a situação.

    A semelhança física entre os dois tem deixado Vinícius com medo de sair de casa e ser confundido com o assassino. “Todo mundo fala que eu pareço mesmo com esse cara, até meus amigos próximos brincam com isso, eu não gosto muito não, mas eles falam. Eu já não saía muito, agora eu só saio mesmo para trabalho, todas essas comparações já estão me irritando”, disse o cantor.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Jornalista Luís Cardoso e o maravilhoso humorista Dedé Santana, no Restaurante Villa 230 – Gastrobar

    Foi um encontro descontraído entre a grande lenda do humor brasileiro, o ator Dedé Santana, e o jornalista Luís Cardoso, na mais nova e melhor opção de São Luís, o Restaurante Villa 230 – Gastrobar, no Calhau.

    Dedé Santana encontra-se na Ilha para gravar cenas de um filme.

    O eterno “Trapalhão” adorou a culinária e os petiscos do Gastrobar e prometeu voltar, assim que cumprir uma agenda extensa em Salvador, na Bahia.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Que vergonha! Batida em casa clandestina de jogo, artilheiro Gabigol se escondeu embaixo da mesa

    Era de madrugada quando a polícia recebeu uma denúncia anônima do funcionamento da casa de jogo de azar em local bastante luxuoso, inclusive com camarotes, sendo um deles ocupado pela dupla de famosos, na Zona Sul de São Paulo. No cassino quase ninguém usava máscara e foi interditado pelo Procon.

    Artista e atleta se jogaram debaixo da mesa na tentativa de despista os policiais, mas de nada adiantou. Jogo de azar é proibido no Brasil. E estava funcionando na Vila olímpia, bairro nobre da capital de São Paulo.

    O local foi duplamente penalizado por aglomerar 300 pessoas em plena pandemia, com medidas restritivas impostas pelo Governo de São Paulo e batendo recordes de mortes e internações no pais, além de abrigar jogo de azar.

    Os presentes não foram multados, mas tiveram que ser encaminhados para a delegacia e tiveram que assinar termo  circunstanciado e voltarão para novos depoimentos. Gabigol volta aos treinos amanhã, segunda-feira (15).

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Maranhense é eleito coordenador nacional da CCEEE/CONFEA

    No dia 11/02/2021, foi eleito o Eng. Eletric. Rogerio Moreira Lima como Coordenador Nacional da CCEEE/CONFEA ( Coordenadoria das Câmaras Especializadas de Engenharia Elétrica do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia).

    Sendo este um grande feito ao Estado do Maranhão, pois pela primeira vez, um Coordenador da CEEE/CREA-MA ( Câmara Especializada de Engenharia Elétrica do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Maranhão ) é eleito coordenador nacional.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    MP do Maranhão investiga apenas três denúncias de fura-filas; nenhuma em São Luís

    Do Atual7

    Falta de transparência do órgão tem dificultado o controle social sobre apurações de burla à ordem de prioridade da vacinação contra a Covid-19

    O Ministério Público do Maranhão instaurou apenas três procedimentos investigatórios, abertos a partir de denúncias, para apurar supostas burlas à ordem de priorização da vacinação contra a Covid-19, as famigeradas fura-filas.

    A informação foi repassada ao ATUAL7 pela coordenadora do CAOp (Centros de Apoio Operacional)/Saúde, promotora Ilma de Paiva Pereira, e corresponde ao consolidado de dados obtidos pelo órgão auxiliar junto à todas Promotorias de Justiça do MP-MA, até a última sexta-feira 5.

    Apesar de diversos relatos de fura-filas em São Luís, e do deputado estadual Yglésio Moyses (PROS) ter divulgado que protocolou requerimento pela apuração de fatos relativos à aplicação da vacina na capital, segundo o CAOp/Saúde, apenas as promotorias das comarcas de São Bento, Cândido Mendes e Codó informaram haver investigações a respeito, uma em cada.

    A revelação mostra que o número oficial de procedimentos abertos contra fura-filas é bem menor do que levou a crer publicação institucional do Ministério Público, em 26 de janeiro. Sem entrar em detalhes sobre as ocorrências –segundo defendeu, “para resguardar os processos investigatórios”–, o MP do Maranhão informou na publicação que já havia registrado, até aquela data, 15 procedimentos sobre fiscalização da vacinação contra a Covid-19.

    Questionado pelo ATUAL7 sobre a discrepância dos números, o Ministério Público alegou que nem todos os procedimentos informados naquela publicação como abertos desde o mês passado tratavam sobre fura-filas. “De tal forma, reiteramos que não houve divergências de informação”, justificou-se.

    Na sexta, a pedido do ATUAL7, feito com base no interesse público e na previsão constitucional de publicidade dos processos, a promotora Ilma de Paiva Pereira encaminhou ao chefe da PGJ (Procuradoria-Geral de Justiça), Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, solicitação para que seja disponibilizado publicamente, no próprio site do Ministério Público, em tempo real, o quantitativo de denúncias recebidas pelo órgão e respectivos procedimentos abertos a respeito de fura-filas da ordem de priorização da vacinação contra a Covid-19, detalhada por Comarca.

    Até o momento, porém, o pedido ainda não foi atendido, e a falta de transparência e dificuldade ao controle social permanecem.

    A burla à prioridade da vacinação contra a Covid-19, se confirmada e a depender do caso concreto, pode ser enquadrada em diversos tipos de ilícitos e infrações penais, tais como abuso de autoridade, caracterizado quando agentes públicos que não se encontram no rol de pessoas a serem vacinadas se valem do cargo ou função para se vacinar indevidamente; peculato, aplicado aos casos em que se desvie doses de vacina para venda à rede particular ou ao mercado paralelo ou até mesmo subtraia doses; e crime de responsabilidade de prefeito, quando a pessoa que desvia ou se apropria das vacinas é o prefeito ou se utiliza do cargo para beneficiar pessoas a ele ligadas.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Farra, danças soltas e agarradinhas, e aglomeração marcam a festa dos deputados federais

    Um grupo de mais de 300 deputados federais promoveram uma festa de arromba depois da vitória do deputado Arthur Lira para a presidência da Câmara Federal. Era como se o vírus da covid-19 sumisse e tudo foi liberado. 

    Whisk fino, vinhos importados e muita música brega e danças de todos os tipos. O rega-bofe reuniu parlamentares de todos os estados ao som de músicas de traídos, como “Letícia”, do cantor Zé Vaqueiro.

    Confira o vídeo abaixo, inclusive com cenas de deputados do Maranhão:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Prefeitura é investigada por suposto desvio de R$ 500 mil destinados à Covid-19 em Axixá

    Blog do Neto Ferreira

    A Prefeitura de Axixá, comandada por Sônia Campos (PDT), está sendo investigada por suposto desvio de R$ 500 mil destinados ao enfrentamento da Covid-19.

    A investigação foi instaurada pelo procurador da República, Marcilio Nunes Medeiros, após o vereador de Axixá, Joaquim Souto dos Santos Filho (MDB), protocolizar uma Representação contra a gestão de Campos.No documento, o parlamentar municipal relatou que não foram realizadas ações significativas no combate à pandemia em Axixá. Alegou ainda que não há metas, dados ou medidas que indiquem a política adotada.Joaquim Filho afirmou também que pacientes foram encaminhados para outro Município, pois o hospital da cidade não tinha condições de atendimento, entre outras irregularidades.Em razão disso, o Procedimento Preparatório nº 1.19.000.001042/2020-92 foi convertido em Inquérito Civil Público para dotar todas as medidas possíveis e necessárias, judiciais e extrajudiciais, no intuito de apurar supostas irregularidades quanto à gestão de verbas públicas destinadas ao enfrentamento do COVID-19 em Axixá.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    URGENTE!! Juiz Queiroga Filho determina busca e apreensão em residência de apoiadora de Gil Lopes

    Por Minuto Barra

    Apoiadora dos comunistas vem atuando no WhatsApp solicitando fotografia de títulos de eleitores que votam em Barra do Corda, porém, residem em outros estados.

    O juiz eleitoral Antônio Elias de Queiroga Filho determinou neste sábado, 14 de novembro, para que a polícia faça uma busca e apreensão na residência de uma apoiadora de Gil Lopes.

    Laura Milhomem Costa (foto acima)vem atuando, segundo a denúncia, através do seu WhatsApp solicitando fotografia do título eleitoral de eleitores que votam em Barra do Corda, porém, encontram-se residindo em outros estados.

    Nos áudios, ela solicita a fotografia do título e ainda promete dinheiro. Com a fotografia do título, ela pretende votar por tais eleitores amanhã, dia da eleição, o que é classificado como um grave crime eleitoral.

    O juiz classificou como grave e determinou a busca e apreensão por parte da polícia. Na decisão, o magistrado manda recolher também o aparelho celular de Laura.

    Até o presente momento a Polícia ainda não encontrou a residência em que Laura reside.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    É falsa a informação de que o pai de Flávio Dino morreu

    Levado por uma informação publicada na coluna O Informante, do Jornal Pequeno virtual, sobre a morte do ex-deputado Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino, o Blog do Luis Cardoso também cometeu o mesmo erro.

    Na verdade, o pai do governador do Maranhão encontra-se internado no Hospital Carlos Macieira em estado grave devido complicações do novo coronavírus.

    O titular do Blog pede desculpas ao senhor Sálvio Dino e aos seus familiares e deseja que Deus interceda no seu tratamento de saúde para que possa voltar ao convívio dos seus amigos.

    NOTA – SÁLVIO DINO SEGUE EM TRATAMENTO

    23/08/2020 18H 50

    A Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap) informa que o ex-deputado estadual e ex-prefeito de João Lisboa, Sálvio Dino, pai do governador Flávio Dino, segue em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no Hospital Carlos Macieira, em São Luís.
    Sálvio Dino foi diagnosticado com Covid-19 há algumas semanas e iniciou tratamento hospitalar na cidade de Imperatriz, posteriormente sendo transferido para a capital. O estado de saúde é grave.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.