Santa Rita é a única cidade do Maranhão a receber o Garantia-Safra

A Prefeitura de Santa Rita, por intermédio da Secretaria Municipal de Agricultura, celebrou na manhã desta quinta-feira (20) a entrega dos certificados e cartões de benefícios da CAIXA para mais de mil famílias contempladas no Garantia-Safra.

O Ministério da Agricultura autorizou o pagamento de R$ 25,2 milhões a partir deste mês pelo programa Garantia-Safra, que atende agricultores de municípios sujeitos à perda de safra por causa de estiagem ou enchente, no caso do Maranhão, Santa Rita é a única cidade a receber o benefício acumulado 2017/2018.

O prefeito Hilton Gonçalo destacou a importância do benefício, “depois de uma longa espera, hoje estamos festejando ao lado da população, o recebimento deste importante benefício que vem auxiliar nossos agricultores que perderam suas safras por conta das enchentes de 2017, onde cada agricultor receberá a importância de R$850,00. É também motivo de muito orgulho pra todos nós, o fato de Santa Rita ser a única cidade do Maranhão a receber o Garantia-Safra. “

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura de Vitória realiza ação de formação com professores

A Prefeitura de Vitória do Mearim, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou entre os dias 17 e 19 de setembro ações de formação com professores de Língua Portuguesa e Matemática da Rede Municipal de Ensino.

Foram responsáveis pelas atividades de formação os professores Antônio Carlos, de Língua Portuguesa, e Denilson Coêlho, de Matemática. Entre os recursos didáticos estiveram o Mural Literário, Estante Literária, confecção de figuras geométricas, jogos educacionais, e outros.

As formações continuadas de professores têm como objetivo, segundo a organização da atividade, aprimorar o conhecimento dos professores participantes, apresentar metodologias de trabalho diversificadas.

Segundo a secretária municipal de Educação, Edna Menezes, “as formações continuadas ajudam os professores a dinamizar o aprendizado dos anos em suas salas de aula”. “São sempre necessárias para que se possa alcançar metas positivas do início ao final do ano letivo”, reforçou Menezes.

No total, as oficinas de formação atenderam 100 professores da Rede Municipal nesta edição, 50 de Língua Portuguesa, com o tema “A Leitura como Ferramenta de Aprendizagem”, e 50 de Matemática, com o tema “Metodologias para o ensino dos números inteiros  e racionais”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

“O asfalto chegou ao Vinhais e vamos pavimentar muitas outras regiões da nossa cidade”, garante Edivaldo

Em vídeo publicado em suas redes sociais, o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) garantiu que as obras de asfaltamento iniciadas esta semana pelo bairro Vinhais também chegarão a outras regiões de São Luís.

No vídeo ele confirma que bairros da zona rural e das regiões Cohatrac, Cidade Operária e Anjo da Guarda estão entre os próximos que receberão nova pavimentação asfáltica.

“É o São Luís em Obras chegando aos bairros”, diz. O asfaltamento em execução no Vinhais e demais regiões da cidade que serão contempladas irá se somar às mais de 2 mil vias já pavimentadas na gestão Edivaldo Holanda Junior em São Luís, incluindo bairros que há mais de duas décadas esperavam por novo asfaltamento – caso do Vinhais.

Edivaldo destaca ainda que a frente de trabalho reforça os investimentos que estão sendo feitos para garantir a mobilidade na cidade como a melhoria e a implantação de nova sinalização em avenidas da capital.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Campanha “Alema em Movimento no Combate à Depressão” mobiliza servidores da Comunicação

A equipe de organizadores da campanha “Alema em Movimento no Combate à Depressão e ao Suicídio”, coordenada pela Diretoria de Saúde e Medicina Ocupacional, Escola do Legislativo e pelo Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), realizaram, na manhã desta sexta-feira (20), atividades de mobilização sobre o tema, envolvendo na ação mais um setor da Assembleia Legislativa do Maranhão: o Complexo de Comunicação, para que os servidores e familiares participem do evento, que acontece de 24 a 27 deste mês.

O presidente da Alema, deputado Othelino Neto (PCdoB), fará a abertura da campanha, nesta terça-feira (24), às 9h, no Plenarinho da Alema, com a participação dos demais parlamentares, diretores, servidores da Casa e alunos do projeto Sol Nascente.

Na visita ao Complexo de Comunicação, a psicóloga Flávia Uchôa fez o convite aos servidores para participarem das atividades que serão realizadas no “Alema em Movimento”, chamando atenção para os riscos decorrentes da depressão. Os organizadores entregaram folders e cartazes sobre a campanha e defenderam o envolvimento dos familiares na caminhada e outras ações de saúde.

“A campanha só tem sucesso se tiver a adesão de todos. Problemas de transtornos mentais acontecem o ano inteiro. Precisamos ficar atentos sobre os sintomas e sinais de alerta de suicídios. Alguém do lado pode estar enfrentando dor e ninguém percebe”, alertou a psicóloga Flávia Uchoa, acrescentando ainda que a depressão se apresenta de forma silenciosa, atinge grande parte da população e leva ao suicídio, sendo uma das doenças que mais mata no mundo.

De acordo com a Diretoria de Saúde e Medicina Ocupacional da Alema, a campanha acontecerá com a participação de uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, assistentes sociais, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros, odontólogos e outros profissionais. O evento terá ainda palestras, terapias, jogos, aulas de dança e caminhada, que será realizada na sexta-feira (27), encerrando o evento, até o Parque Rangedor, com a participação de servidores e familiares.

Após a abertura oficial, haverá a palestra sobre o tema “Suicídio: epidemiologia, manejo e prevenção”, com a participação de dirigentes do Hospital Nina Rodrigues.  A diretora do hospital, psicóloga Anne Gabriele, vai proferir a palestra “A sociedade Contemporânea em Busca pela Felicidade”.

Durante a campanha serão realizados atendimentos nas especialidades de cardiologia, geriatria, atendimento clínico, nutrição e psiquiatria, com apoio do Hospital São Luís, concomitantemente aos atendimentos de rotina da Diretoria de Saúde e Medicina Ocupacional.

Mais informações sobre a campanha e as inscrições podem ser feitas na Diretoria de Saúde e Medicina Ocupacional, Gedema e Escola do Legislativo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura de Coelho Neto realiza show de certificação dos alunos das oficinas de músicas

Novas e talentosas estrelas musicais de Coelho Neto (MA) receberam o certificado dos cursos de violão, teclado, flauta e cavaquinho, no Teatro Municipal, dia 18/09, às 19h.

As aulas de músicas, ofertadas gratuitamente, pela Prefeitura de Coelho Neto, por meio da Secretaria Adjunta de Cultura, tiveram a participação de mais de oitenta alunos nesta primeira etapa de certificação (120h), com aulas téoricas e práticas, ministradas pelos seguintes oficineiros e respectivos instrumentos:

Walber Ronan – Cavaquinho
Ednildo Martins – Canto Coral
Selso Fernando – Violão
Hudson Machado – Violão
Márcio Pereira – Teclado
Francisco Cardoso – Teclado
Miqueias Santos – Flauta
Francisco Rafael – Flauta

Os alunos passarão para uma nova etapa do projeto, que é a parte de aperfeiçoamento, uma preparação mais avançada, a fim de que estejam aptos e preparados para participar de outros eventos culturais.

A entrega dos certificados contou com a presença dos pais, secretários e assessores municipais, vereadores, que prestigiaram as novas estrelas da cidade.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Gestão do prefeito Edivaldo lança 13ª Feira do Livro de São Luís na terça-feira (24)

O lançamento acontece no auditório do Centro Cultural e Administrativo do Ministério Público do Maranhão, no Centro, às 9h, onde será divulgada a programação; evento promovido pela gestão do prefeito Edivaldo, ocorrerá de 11 a 20 de outubro, no Multicenter Sebrae

A 13ª edição do maior evento cultural e de fomento à leitura do Maranhão, a Feira do Livro de São Luís (FeliS), será lançada na terça-feira (24), às 9h, no auditório do Centro Cultural e Administrativo do Ministério Público do Maranhão (Rua Oswaldo Cruz, 1396, Centro). Na ocasião, será divulgada a programação do evento que, este ano, traz o tema “O Brasil Atemporal na Obra de Aluísio Azevedo” e vai acontecer no período de 11 a 20 de outubro, no Multicenter Sebrae. A FeliS é uma promoção da Prefeitura de São Luís, por meio das secretarias municipais de Cultura (Secult) e Educação (Semed) e correalização do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae). A programação da Feira do Livro de São Luís é toda gratuita.

“A Feira do Livro tem o objetivo de democratizar o acesso à leitura e fomentar as cadeias criativas e produtivas do livro, além de promover a tradição literária e cultural da capital maranhense. Temos trabalhado para estimular a formação de novos leitores, oferecer oportunidades aos profissionais da área. Estamos preparando um grande evento que deve repetir o sucesso das outras edições”, destacou o prefeito Edivaldo Holanda Junior.

Este ano, o patrono será Aluísio Azevedo e os homenageados serão os também maranhenses Rosa Mochel e Dreyfus Azoubel, ambos comemorando o centenário de nascimento. A expectativa é superar o público de mais de 160 mil pessoas do ano passado, em aproximadamente 600 atividades gratuitas. A programação contemplará todas as idades, aberta das 10h às 22h. Em uma área de 11.500m², serão mais de 30 ambientes com atividades acontecendo simultaneamente, oferecendo conforto e segurança aos visitantes e expositores.

“Por meio do evento também estimularemos a transversalidade das mais diversas linguagens artísticas como instrumento de incentivo à leitura e possibilitaremos a comercialização de livros a preços acessíveis”, destacou o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão.

O público terá acesso a 300 editoras distribuídas em 70 estandes de livreiros locais e de todo o Brasil. Além disso, as ações serão em espaços como Auditório Aluísio Azevedo (com capacidade para até 200 pessoas, onde acontecerão as palestras, apresentações artísticas e demais atividades com temática do patrono); Casa do Escritor (local dos lançamentos de livros de autores maranhenses); Café Literário (espaço de convivência e promoção literária, realização de bate-papo, rodas de conversa com poetas, escritores e intelectuais); Casa do Professor (palestras, rodas de conversa voltadas para formação do educador); e Espaço da Juventude (programação voltadas para o público jovem).

Para o público infantil, o Cine FeliS terá duas salas de cinema com ambiente para projeção de curtas infantis e documentários. O Palco FeliS estará localizado na área do espaço infantil para contações de histórias, espetáculos, recitais de poesias, dentre outras atividades. A FeliS terá também os espaços infantis Sesc de Leituras e da Secretaria Municipal de Educação (Semed), com três carros biblioteca. Uma das novidades será o Espaço Rede Pontos de Leitura, um ambiente com programação infantil e relatos de experiências exitosas na área da leitura.

A 13ª edição também traz uma sala de oficinas, local onde acontecerão as ações de formação com certificação; Rima FeliS, momentos de apresentações de cordelistas, repentistas e escritores do gênero; Espaço Mulher, com programação voltada para as políticas públicas para a mulher; Espaço do Autógrafo, local onde escritores autografam e vendem suas obras lançadas na FeliS; Planetário, espaço que apresenta o Sistema Solar e seus Astros proporcionando experiências únicas aos visitantes; Exposições de Artesanato para divulgação do artesanato local; Espaço Sebos Literários; e Praça de Alimentação com Food Trucks, lanchonetes e restaurantes.

INCLUSÃO

Outra novidade é o Espaço Sensorial, que oferece uma série de atividades que permite aos visitantes entender um pouco do universo das pessoas com deficiências. Ainda dentro das ações Da 13ª FeliS, será realizado pela primeira vez um grande Aulão do Enem, que reunirá sete professores de diferentes disciplinas, durante um dia inteiro de aula gratuita em auditório para mil pessoas. Este auditório também será utilizado para outras palestras, apresentações artísticas e demais atividades com grande público.

Pela segunda vez, a FeliS será realizada no Multicenter Sebrae, endereço de fácil acesso, estrutura física com capacidade para receber grandes eventos, além de contar com amplo estacionamento. Este ano, será utilizado também, o Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana e a FeliS será ampliada para levar programação cultural e espetáculos infantis a hospitais, creches e bibliotecas públicas.

Outra novidade é que todos os convidados nacionais farão roda de conversa ou oficinas em escolas públicas. Dentro da 13ª FeliS também acontecerão eventos simultâneos, que compõem a programação: XI Seminário de Políticas Públicas de Bibliotecas, Leitura e Informação; II Encontro FeliS/UBE de Escritores Maranhenses; e um Seminário da Matemática. A estrutura conta ainda com o apoio de monitores das áreas de letras, biblioteconomia, pedagogia, comunicação e arte.

O evento conta com o patrocínio da Vale, Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) e Gasmar, além da parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), Ministério Público do Maranhão, Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Instituto Federal do Maranhão (IFMA), Academia Maranhense e Ludovicense de Letras, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e Consórcio Intermunicipal Multimodal.

Cerca de 150 mil livros serão expostos e é esperado um alcance de volume de venda de livros em média de R$ 2 milhões, envolvimento de mais de 10 mil alunos da rede pública estadual e municipal e participação de caravanas espontâneas de 14 municípios do estado. Outras informações em www.feiradolivrodesaoluis.com.br.

PATRONO E HOMENAGEADOS

A FeliS já homenageou, como patrono, grandes expoentes da literatura maranhense e brasileira. Para esta 13ª edição, traz o tema: “O Brasil Atemporal na Obra de Aluísio Azevedo” e o Patrono será Aluísio Azevedo, escritor reconhecido pelos pesquisadores e literatos como aquele que, a partir do romance “O Mulato” (1881), iniciou o Movimento Literário Naturalismo no Brasil. Aluísio traz em si a inquietude e o incômodo das questões sociais, políticas e econômicas num contexto histórico de transformações profundas provocadas pela ascensão do capitalismo, a vontade de uma sociedade republicana, as relações com imigrantes e a abolição da escravatura em obras literárias de grande impacto pela linguagem.

“Escolhemos este patrono pela sua relevância dentro da literatura. Escritores da atualidade irão trabalhar a sua temática, mostrando que ele foi um escritor atemporal e que a leitura deve ser vivenciada na contemporaneidade. Um dos convidados é o poeta, ficcionista, tradutor e crítico literário brasileiro, Carlos Nejar, que ocupa a cadeira de Aluísio na Academia Brasileira de Letras e é membro da Academia Brasileira de Filosofia, já foi indicado ao Prêmio Nobel e é um dos principais tradutores de Pablo Neruda. Além do patrono, outros nomes importantes serão homenageados, os maranhenses Rosa Mochel e Dreyfus Azoubel, ambos comemorando o centenário de nascimento”, explicou a coordenadora da 13ª FeliS, Rita Oliveira.

A homenageada Rosa Mochel Martins foi professora, geógrafa, historiadora e engenheira agrônoma, uma mulher que muito contribuiu para o desenvolvimento do Maranhão. Já Dreyfus Azoubel, “Dedé Azoubel”, como era conhecido pelos familiares, foi o primeiro repórter fotográfico do Maranhão. Trabalhou em vários jornais da capital. Na década de 1930, com apenas 12 anos de idade, entrou para o jornalismo fotográfico, profissão que durou 70 anos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Juízes voltam a discutir o tema do Feminicídio no Maranhão

A violência contra as mulheres, os riscos que correm ao denunciar, as mortes violentas e o gerenciamento desses casos no âmbito do Judiciário são as principais questões abordadas durante o curso Feminicídio: uma análise sociojurídica do fenômeno no Brasil. A formação é resultado de parceria entre Escola Superior da Magistratura (ESMAM) e Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cemulher-TJMA).

O curso, com duração de 20 horas, foi aberto pela presidente da Cemulher, desembargadora Ângela Salazar, sendo exigido para fins de vitaliciamento e promoção na carreira dos juízes, por se tratar de um tema de grande relevância e que afeta a questão da garantia dos direitos humanos. Também participam do evento servidores que atuam no atendimento às mulheres vítimas de violência.

“É muito importante que nós juízes saibamos dar uma resposta concreta para sociedade sobre esse fenômeno tão grave que acontece no Brasil. No curso, abordaremos desde o conceito do termo feminicídio até estudos de casos concretos e reais, e como o Poder Judiciário julga esses casos, sabendo que a violência contra a mulher é uma violação dos direitos humanos”, disse a professora Adriana Ramos de Mello, titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Rio de Janeiro.

Mestre em Direito pela Universidade Cândido Mendes, e em Criminologia, Adriana Mello é doutora em Direito Público e Filosofia Juridicopolítica pela Universidade Autônoma de Barcelona (Espanha). Na Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), preside o Fórum Permanente de Violência Doméstica, Familiar e de Gênero e o Núcleo de Pesquisa em Gênero, Raça e Etnia.

TEMAS

A abordagem considera os compromissos de âmbito nacional e internacional assumidos pelo Brasil para eliminação de todas as formas de discriminação e violência contra as mulheres, Convenção de Belém do Pará, Lei nº 11.340/2006 (Maria da Penha), Lei nº 13.104/15 (Lei do Feminicídio) e outros diplomas legais, o Código Penal Brasileiro e demais formas de prevenção e reversão das situações de violência doméstica e familiar contra a mulher.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura de Godofredo Viana compra bomba e restabelece abastecimento de água em Santa Maria

A gestão do prefeito Sissi Viana implantou, nesta última terça-feira (17), uma nova bomba que restabeleceu, temporariamente, o fornecimento de água no bairro Santa Maria, no município de Godofredo Viana.

A medida foi adotada com a anuência da empresa responsável pela obra de implantação do sistema de abastecimento da localidade.

Os serviços estão sendo executados pelo Governo do Estado utilizando recursos federais.

Vale ressaltar que a referida empresa, em um segundo momento, retomará o trabalho na comunidade.

A Prefeitura, a partir desta quarta-feira (18), desenvolverá no bairro Aviação ações de reestruturação do sistema de abastecimento de água que serve os moradores.

Este trabalho visa atender as reinvindicações dos godofredenses e expandir, cada vez mais, as políticas públicas ligadas aos setores da infraestrutura e saúde.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Osmar Filho destaca importância do programa ‘São Luís em Obras’ no bairro do Vinhais

Na manhã desta terça-feira, 17, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), acompanhou o início das obras de recapeamento asfáltico na comunidade do Vinhais. O pacote de ações integra o Programa ‘São Luís em Obras’, iniciativa da Prefeitura de São Luís.

O presidente do Legislativo sublinha esse tipo de ação, como importante para o avanço da capital ludovicense.

“Com este tipo de serviço, a cidade avança e se desenvolve com ruas mais trafegáveis para os pedestres, moradores e transeuntes; além de toda a cidade. Parabéns à Prefeitura por trabalhar diariamente pela capital. Tenho certeza que esse programa inovador será uma das marcas da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior’’, pontuou o vereador.

A região do Vinhais é uma das primeiras contempladas do pacote de ações e receberá, no total, mais de 16 km de asfalto, sendo 64 ruas beneficiadas com vias pavimentadas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deputado Fábio Macedo participa da abertura do II Seminário Estadual de Prevenção ao Suicídio

O deputado estadual Fábio Macedo (PDT) participou, na manhã desta terça-feira (17), da abertura do “II Seminário Estadual de Prevenção ao Suicídio”, no auditório Neiva Moreira, do Complexo de Comunicação da Assembleia Legislativa, iniciativa da Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema), em parceria com o Governo do Estado.

O parlamentar agradeceu o convite para fazer a abertura do evento e defendeu que a campanha “Setembro Amarelo”, de prevenção ao suicídio, em parceria com a Alema, deve se estender pelos outros meses do ano.

“Agradeço o convite para abrir o II Seminário Estadual de Prevenção ao Suicídio. O Maranhão é um estado protagonista no ‘Setembro Amarelo’, mas a campanha tem que ser o ano todo. Os casos de suicídio cresceram muito. A Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que já é o segundo maior entre os jovens. Os números do estado preocupam também e quem já teve depressão, como eu, não tem ninguém que já não tenha pensado em suicídio. É importante orientar e dar apoio aos portadores de depressão”, afirmou.

Macedo contou que é autor da lei que estabeleceu 13 de setembro como Dia Estadual de Combate ao Suicídio e de outra que cria políticas públicas de combate à depressão na rede estadual de saúde. Ele agradeceu ao governador Flávio Dino (PCdoB) por haver sancionado as leis e pedir para que o primeiro a ser incluído no programa seja o Nina Rodrigues, por ser um hospital de referência na área .

O deputado lembrou a realização da roda de debates “Dialogando sobre a Depressão”, evento de sua autoria, por conta de ser o autor da Lei 11.079, que instituiu o Dia Estadual de Combate à Depressão, e integrar a programação do “Setembro Amarelo”, campanha brasileira de prevenção ao suicídio. “O Maranhão é o pioneiro em instituir um dia estadual de combate à depressão. E, brevemente, teremos também essa data como o Dia Nacional de Combate à Depressão”, disse.

Durante todo dia, especialistas de várias áreas médicas e órgãos estaduais debateram políticas públicas de assistência aos portadores de depressão e outros distúrbios mentais. Uma delas foi a diretora geral do Hospital Nina Rodrigues, Ana Gabrielle Guterres, que apontou o evento como importante para definir essas políticas públicas de combate ao suicídio e contaram vários casos, principalmente registrados entre os jovens nas escolas, como sendo assustadores e devastadores, mas que a sociedade não está preparada para enfrentar.

Também participaram na abertura do evento a chefe do Departamento de Saúde Mental, Isabel Moraes Rego; a representante da Secretaria Adjunta de Atenção Primária e Vigilância em Saúde, Rafaela Duailibe Soares, e a supervisora de projetos especiais da Secretaria de Educação do Estado, Elizabete Gomes, que afirmou que as escolas têm muitos casos de suicídio e pregou a unidade de todas as áreas para combater e dar assistência aos alunos.

Todos agradeceram ao deputado Fábio Macedo pelo apoio e disseram que  a política pública à depressão precisa ser feita por várias mãos e quebrar o tabu de não enfrentar a doença e outros transtornos mentais.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitura apresenta em mostra da Fiocruz documentário sobre mulheres vítimas de violência atendidas no Socorrão II

Trabalho integra a VI Mostra “VídeoSaúde” e é resultado de ação com mulheres vítimas de violência, atendidas pelo Serviço de Atividades Especiais Espaço Mulher, do Hospital Municipal Clementino Moura

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está participando da VI Mostra “VídeoSaúde” promovida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com o web documentário “Brasil, aqui tem SUS – São Luís”, cuja abordagem é resultado do trabalho com mulheres vítimas de violência, atendidas pelo Serviço de Atividades Especiais Espaço Mulher, do Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II). A iniciativa integra as ações da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior no combate à violência de gênero.

A Semus está competindo com várias entidades públicas e privadas do Brasil na ação que, este ano, traz como tema a violência contra a mulher. A mostra, que acontece desde 1992, está com votação aberta à população até o dia 29 de setembro, quando serão definidos os favoritos do público. Para votar, basta acessar o link https://portal.fiocruz.br/. Ao final, serão premiados os melhores trabalhos. O documentário “Brasil, aqui tem SUS – São Luís” tem direção de Talita Carvalho e duração de 10 minutos.

O trabalho de São Luís integra a galeria de 36 filmes que concorrem ao prêmio de júri popular, com produções de diversas partes do Brasil que incluem curtas, médias e longas-metragens. Além do prêmio popular, uma comissão julgadora concederá prêmios para melhor curta, média e longa-metragem, prêmio especial do juri, além de menções honrosas. Todos os filmes vencedores serão exibidos numa cerimônia de premiação durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em outubro, no auditório do Museu da Vida, no Rio de Janeiro.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, ressalta as ações da gestão do prefeito Edivaldo no combate à violência contra a mulher. “É uma pauta prioritária, que envolve assistência multidisciplinar em ações que incluem acolhimento, conscientização e atendimento de saúde, entre outras. E o documentário apresenta todo o esforço empreendido e os resultados obtidos”, explica.

ESPAÇO

Criado para proporcionar acolhimento humanizado, orientação e encaminhamento adequados a mulheres vítimas de violência física e sexual, o setor de Atividades Especiais Espaço Mulher, tem contribuído significativamente para quebrar o ciclo de violência sofrida por centenas de mulheres que dão entrada na unidade vitimadas por lesões oriundas de agressões.

Para cercar a mulher com os cuidados necessários, o serviço é feito de forma articulada com outros órgãos de proteção à mulher e de enfrentamento à violência doméstica, que são acionados para tomadas de providências, entre eles estão a Patrulha Maria da Penha, Coordenadoria das Delegacias de Atendimento e Enfrentamento à Mulher, Casa da Mulher Brasileira, Defensoria Pública, Ministério Público, Juizados, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Centro de Referência Especializada de Assistência Social, (Creas), Casa Abrigo, entre outros órgãos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Prefeitos Hilton e Fernanda Gonçalo se reúnem com o presidente Othelino Neto

Os prefeitos de Santa Rita e Bacabeira, Dr Hilton Gonçalo e Fernanda Gonçalo, respectivamente, na companhia do deputado estadual Ariston, estiveram reunidos com o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto. Na oportunidade, eles discutiram projetos e benefícios que podem ser levados aos municípios, assim como para outras diversas cidades maranhenses.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.