São Luís não precisa só de poesia, mas de ações transformadoras

    A cada ano mais ladainha, as poesias melosas, um falso amor e o desprezo de quem pode ajudar na transformação de nossa São Luís para que possamos ter motivos  e comemorar com orgulho mais um ano de fundação da cidade.

    Vejo daqui do 12º andar um belo por do sol caindo aqui na praia. Mas não tenho a menor intenção de cair nas águas sujas, fedorentas e poluídas da ilha. E ainda tem uns que batem no peito pra dizer que temos as praias mais belas do Brasil.

    Entra ano e sai ano, aniversário de fundação que vai e volta e os problemas das praias da ilha nunca foram resolvidos, apesar dos recursos destinados. A Praia do Calhau agora tem até uma tal língua negra, carregada de fezes e desemboca nas águas.

    São Luís é a capital do Brasil com o menor percentual de investimentos em tratamento de esgotamento sanitário, embora uma montanha de recursos tenha aportado aqui e triturada pelos ratos.

    A Ilha do Amor chora lágrimas de sangue vendo seus habitantes carregando latas de água na cabeça, crianças que não tomam água saudável. Bairros inteiros com uma ou duas semanas sem a presença do líquido precioso nas torneiras.

    Escolas públicas deterioradas, com equipamentos velhos e acabados e professores com parcos salários. Em muitas escolas públicas existe carência da mão de obra dos mestres, merenda escolar de baixa qualidade.

    Sozinho aqui no 12º andar não sei se desço e vou passear para não mais voltar ou se voltar, sem meus objetos, dinheiro e carro. Não temos segurança. Saudades dos tempos em que brincávamos nas ruas enquanto nossos pais e avós conversavam nas portas. Doido é quem tenta a tal aventura. Aqui matam cinco em um dia e deixam mais dez para amanhã.

    Somos a Cidade Patrimônio da Humanidade. Viva! Lamentável sustentar esse título com nosso Centro Histórico caindo aos pedaços, casarões ruindo e becos servindo de motéis calangos e banheiros públicos.

    São mais de 200 mil jovens sem destino, sem emprego, sugados pela marginalidade por falta de opção. E quem pode transformar essa realidade aparece sempre com um bom discurso que nunca sai do papel. As rotatórias estão cheias dos filhos da precisão.

    Não estamos querendo que São Luís seja transformada da noite pro dia em um paraíso, mas buscando uma cidade com o mínimo de decência pra sua gente. E olha que temos 409 anos e convivemos com os mesmos problemas.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Cemitério abandonado em Vitória do Meriam revolta moradores

    Moradores de Vitória do Mearim ficaram revoltados com o estado de abandono do cemitério da cidade. Muitos foram levar flores para o túmulo da mãe, na data de ontem, segundo domingo de maio, e lá encontraram tudo coberto pelo matagal, uma prova de que a cidade será tratada na atual gestão. 

    Confira no vídeo abaixo:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Morador de Paço desembolsa mais de R$ 300 para recuperar rua e ter acesso à própria casa

    Um morador da Vila Epitácio Cafeteira, bairro localizado em Paço do Lumiar, teve que tirar do próprio bolso a quantia de mais de R$ 300 para recuperar parte da rua onde reside. A via ficou intrafegável após as chuvas e sofre há meses com a falta  de infraestrutura. 

    Segundo o morador, que preferimos não divulgar a identidade, a solicitação de reparos já havia sido feita à Prefeitura Municipal de Paço mas não houve resposta por parte da Secretaria de Infraestrutura. E agora, como o acesso à residência ficou inviável, os serviços de recuperação tiveram que ser pagos por ele mesmo, como mostra a imagem abaixo.

    Rua antes e após reparos pagos por um morador de Paço do Lumiar

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Agora lascou! Mais de 15 bairros de Ribamar estão sem coleta de lixo há 10 dias

    Em plena pandemia do novo coronavírus, quando as pessoas estão mais em casa e produzindo muito lixo domiciliar, a coleta de lixo em São José de Ribamar está praticamente parada. O problema já se arrasta por quase duas semanas e o motivo seria a falta de pagamento pela Prefeitura de Ribamar da empresa que faz a coleta. O lixo se acumula em várias áreas do município, aumentando o risco de contaminação da população.

    Moradores estão denunciando a falta de coleta há pelo menos 10 dias nas localidades: Alto do Turu, Maiobinha, Mata, Parque Araçagi, Matinha, Tijupá Queimado, Trizidela, Residencial Cedro, Bela Vista, Nova Terra, Jardim Tropical, Raio de Sol, Residencial Olímpico, Residencial Cedro, 11 irmãos, Cidade Alta, Parque Florence, entre outras.

    Por causa da sujeira e falta de ação da Prefeitura de Ribamar, um advogado entrou com uma ação na justiça para obrigar o prefeito Eudes Sampaio a providenciar a coleta emergencial do lixo no município. Porém, segundo moradores, a coleta foi feita apenas na sede de Ribamar, ficando de fora as áreas limites, onde há muitos núcleos habitacionais.


    “A Prefeitura de Ribamar justificou a sujeira dizendo que as duas empresas estão trabalhando com redução de funcionários por causa da pandemia da Covid. Mas por que a Prefeitura não usa os recursos que já tem à sua disposição, como caçamba, pás carregadeiras para fazer a limpeza?”, questiona o morador Maiko Suell numa rede social.

    “É um absurdo a gente ficar sem coleta de lixo numa época de pandemia, quando a higiene é a principal arma contra a Covid. Tem muita gente em casa, produzindo muito lixo doméstico. As sacolas não cabem mais nas lixeiras e se acumulam nas calçadas e terrenos baldios. Com a chuva, a enxurrada espalha a sujeira e há risco de contaminação sim”, reclama a moradora Sebastiana Nascimento num grupo de whatsapp.

    Vale lembrar que Ribamar é o terceiro município mais populoso do Maranhão e está em terceiro lugar no número de casos de Covid-19, com quase 250 pessoas contaminadas, perdendo apenas para São Luís e Imperatriz.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Abandonado, Coroado registra mortes suspeitas de CoVID-19…

    Blog Marco Aurélio D’Eça

    Uma profusão de doentes com suspeita de contaminação pelo coronavírus foram registradas nos últimos dias, em meio a um crescente número de pessoas acamadas sem acesso a hospitais e sem poder fazer testes

    Uma das comunidades mais abandonadas pelo poder público maranhense, o Coroado – muitas vezes confundido com o Coroadinho – se transformou nos últimos dias em um foco de suspeitas de CoVID-19.

    Em meio a uma série de pessoas doentes, com sintomas da contaminação por coronavírus, pelo menos duas mortes foram registradas nesta quinta-feira, 23, sem que as famílias pudessem, ao menos, ter a certeza de que foram vítimas da pandemia.

    O blog Marco Aurélio D’Eça denunciou ontem o descaso com pacientes oriundos do Coroado, que enfrentam dificuldades de atendimento e até para fazer testes de CoVID-19.

    Exatamente um desses pacientes acabou perdendo a vida no final da tarde.

    Praticamente não há nenhuma rua do bairro em que não haja pelo menos um morador acamado com os sintomas da contaminação por coronavírus.

    Em algumas ruas são três ou quatro casos suspeitos, muitos dos quais foram diversas vezes aos postos de atendimento e foram mandados de volta pra casa.

    A realidade das ruas no Coroado – provavelmente a mesma em diversas outras comunidades carentes – não condiz com a propaganda do poder público, que fala de aumento de leitos, de compra de respiradores e de testes, sem que isso alcance quem de fato necessita.

    E as mortes começam a proliferar em meio ao abandono…

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Obras de drenagem e asfaltamento paradas prejudicam moradores do Altos do Turu

    O Governo do Estado iniciou obras de drenagem e asfaltamento nas ruas do Altos do Turu e, sem nenhuma explicação, deixou tudo parado. Resultado: quando chove fica alagado e com correntezas, mas quando o sol aparece as vias viram lamas, em total desrespeito aos moradores que pagam seus impostos para a Prefeitura de Ribamar e ao Governo do Estado. Confira no vídeo abaixo:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Animal abandonado na estrada de Ribamar é rejeitado até por protetores

    Um burro debilitado foi jogado em um trecho da estrada de São José de Ribamar e vai morrendo aos poucos naquele local. Protetores e donos do ONGs de proteção a animais sabem do problema e não se pronunciaram até agora, como se a eles interessassem apenas cães e gatos. O poder público também assiste a cena com o olhar da omissão. 

    Um homem passou pelo local e, penalizado, pediu socorro em favor do animal, como mostra o vídeo abaixo:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    17 dias sem água em Viana e a população pede socorro, com a garganta seca

    Chegando ao 17º dia sem água, moradores de Viana estão revoltados. A Prefeitura, responsável pelo abastecimento, através do SAE, não consegue solucionar o problema e nem explicar o que de fato aconteceu. Enquanto isso a população de toda a cidade padece com a falta do líquido precioso. 

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Cemar de Pindaré fica fechada e moradores ficam sem ter a quem reclamar

    O município de Pindaré tem mais de 40  moradores em estado de abandono. Para piorar até a Cemar abre seu escritório quando bem entende, mas, na verdade, fica a maior parte do tempo fechado. E quando acontecem os problemas, os consumidores não têm a quem reclamar.

    Localizado à rua Santo Antônio, bairro Alto do Bode, próximo ao comércio “Barcelá”, o único escritório da Cemar na cidade vive no escuro na parte interna, quase não abre as portas para atender as reclamações. O único que não conseguem enxergar o problema, além dos funcionários da, é o prefeito Henrique Salgado, que pouco comparece ao município.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Governador não ajuda a recuperar nem a rua que leva o nome do pai dele, diz prefeito de Imperatriz

    O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, criticou hoje o governador que nunca ajudou a cidade onde ele obteve 80% dos votos na última eleição e citou ainda os nomes dos deputados Marco Aurélio (PCdoB) e Rildo Amaral (SD), que também nada fazem pelo município, além do secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto.

    No vídeo abaixo, Assis Ramos mostra a situação crítica da rua Sálvio Dino, nome do pai de Flávio Dino. Confira abaixo no vídeo:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Vereadores de Ribamar fiscalizam hospital municipal e constatam precariedade em serviços

    Maramais

    Logo após um caloroso debate durante a sessão desta quinta-feira (11), quando o vereador Lazáro, aliado do prefeito Eudes Sampaio (PTB), confirmou que tentou realizar um raio-x no hospital, porém o serviço não funciona pois o equipamento se encontra quebrado. O vereador Nonato Lima (PDT), liderou uma comitiva formada pelos vereadores Moisés Gama, Paulo Alencar, Negão e Juliano para fiscalizar in loco,o teor das denúncias.

    Ainda durante a sessão, Moisés Gama chegou a questionar o líder de governo sobre o caos no hospital.

    Orientado pelo prefeito Eudes Sampaio, o vereador Cristiano silenciou-se. “Já que sua esposa trabalha no Hospital e você é líder do governo, porque não passa esses problemas para que o Poder Executivo resolva.” Perguntou Moisés.

    Misteriosamente, o vereador Cristiano, acostumado a defender a Saúde quando Luís Fernando era o prefeito, calou-se, o que reforça a suspeita da ordem de “fogo amigo” para forçar uma demissão do Secretário de Saúde, Tiago Fernandes, que está sendo orquestrada por Eudes.

    Assim que terminou a sessão, Nonato liderou a comitiva de vereadores em visita ao hospital e constatou o completo descaso com a população.

    Pacientes reclamaram de ar-condicionado quebrado, muito calor e até falta de papel higiênico.

    “Aqui está péssimo! Aqui não tem nada de bom! Tá um calor e nem papel higiênico tem.” Denunciou uma das pacientes.

    Conversando com pacientes e funcionários, o vereador Nonato Lima ouviu todo tipo de reclamação, entre elas, que salários de funcionários está atrasado, Maternidade funcionando com capacidade mínima de internação por falta de exames laboratoriais.

    A Diretora do Hospital foi convocada através de Requerimento aprovado pelos vereadores, para comparecer no próximo dia 09 de maio, na Câmara de Vereadores, onde deverá dar explicações sobre todas as denúncias, entre elas, explicar para onde estão indo os milhões pagos a empresa Unir Saúde.

    Vereadores prometeram preparar um relatório para levar ao conhecimento do Ministério Público.

    Veja o que dizem os pacientes:

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.