Iracema Vale confirma prorrogação do prazo para emissão sem reajuste do licenciamento de veículos

    A presidente da Assembleia informou que a Indicação do Parlamento solicitando a prorrogação do prazo foi prontamente atendida pelo governador Brandão

    Na sessão plenária desta quinta-feira (22), a presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), anunciou que o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) prorrogou, até 29 de fevereiro, a manutenção dos valores da taxa de licenciamento de veículos sem reajuste. 

    Iracema Vale disse que, mais uma vez, o governador Brandão atendeu um pedido do Parlamento em favor da população

    “Quero dar ciência ao Plenário da Casa que, de acordo com as solicitações e reivindicações de muitos deputados, que, inclusive, usaram a tribuna, nós fizemos a Indicação ao governador Carlos Brandão solicitando que fosse prorrogado por mais 15 dias o prazo para a implantação das novas taxas cobradas pelo Detran”, afirmou a parlamentar.

    De acordo com a chefe do Legislativo maranhense, a decisão sobre a prorrogação do reajuste foi tomada devido a uma pane no sistema do Detran, ocorrida nos últimos dias.

    “Conversei com o governador e ele já encaminhou a Medida Provisória nº 434, de 21 de fevereiro, sobre o tema. Então, só para dar uma resposta aos colegas parlamentares, informo que o nosso governador atendeu, mais uma vez, o pedido desta Casa em favor da população”, concluiu Iracema Vale.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Flávio Dino assume processos envolvendo Juscelino Filho no STF

    Neto Ferreira 

    Empossado nesta quinta-feira, 22, o novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Flávio Dino, ao assumir a cadeira deixada pela ministra aposentada Rosa Weber, também herdará o acervo de 340 processos que estavam sob a relatoria dela. Compõem esse montante 235 processos que iniciaram sua tramitação diretamente no STF, e outros 105 recursais – ou seja, aqueles que vieram de outros tribunais ou juízos. A “herança” representa apenas 1,3% do acervo geral da Suprema Corte, que conta com 25.242 processos em tramitação.

    O presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, lidera o ranking, com 5.721 processos sob sua relatoria. Na sequência vem André Mendonça, com 3.162.

    Quando sabatinado, em dezembro, Dino tinha a previsão de receber 344 processos. A diferença no número de matérias pode ser explicada porque o Regimento Interno do STF prevê que questões urgentes ou cautelares podem ser distribuídas para outros ministros, que demandaram julgamento em plantão, por exemplo.

    Entre os processos que Dino receberá estão o sobre a legalidade do indulto de Natal concedido por Jair Bolsonaro (PL) em 2023, uma ação da CPI da Covid-19 contra o ex-presidente que apura se ele e outros agentes públicos incitaram a população a adotar comportamentos supostamente inadequados para o combate da pandemia, e aquele em que o Partido Liberal (PL) pede que a punição para abortos provocados por terceiros seja equiparada à do crime de homicídio qualificado.

    Dino também será relator de casos de grande repercussão envolvendo figuras políticas com quem conviveu, como o inquérito contra o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, investigado pela Polícia Federal em operação baseada em reportagens do Estadão, em que é acusado de desvios de verbas públicas da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba.

    Além desse caso, o novo ministro será relator de processos contra outros aliados, como os senadores Chico Rodrigues (PSB-RR) – seu colega de partido – e Telmário Mota (PROS-RR). O inquérito em questão apura o possível envolvimento dos dois em um esquema de fraudes e desvio de verbas federais destinadas ao combate da pandemia em Roraima.

    Já no caso da ADPF 442, ação de arguição de descumprimento de preceito fundamental, que trata da descriminalização da interrupção voluntária da gravidez até 12 semanas, e que também estava sob relatoria de Rosa Weber, Dino não votará. Isso porque a ex-ministra já colocou sua posição na sessão virtual de julgamento, suspenso por pedido de destaque do ministro Luís Roberto Barroso.

    Esse processo foi proposto pelo PSOL em 2017. O pedido principal da ação é que o STF declare que dois artigos do Código Penal – 124 e 126, que tratam dos casos em que a mulher decide interromper a própria gestação – não são compatíveis com a Constituição e, por isso, sejam retirados da lei. Está de fora da ação o artigo 125, que trata do aborto provocado por terceiro, sem o consentimento da mulher.

    Indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Flávio Dino foi sabatinado por mais de 10 horas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que aprovou seu nome por 17 votos a 10, na maior rejeição entre atuais ministros do STF. No plenário, contou com 47 votos a favor e 31 contra, o segundo pior desempenho de um indicado ao STF na atual composição da Corte, perdendo apenas para o ministro André Mendonça, indicado por Bolsonaro.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Justiça afasta Facinho, prefeito de Cândido Mendes

    Imirante

    O gestor é acusado de fraude em processo de licitação para construção de estrada vicinal no valor de R$ 2,6milhões.

    O prefeito de Cândido Mendes, Facinho (PL), foi afastado do mandato nesta quinta-feira, 22, devido a uma ação popular que acusa o prefeito de fraude em processo licitatório para construção de uma estrada vicinal no valor de R$ 2,6 milhões. 
    Facinho foi acionado por obra que teve início antes do fim do processo de licitação (Divulgação)

    A decisão é da juíza Bruna Athayde Barros, da comarca de Bacuri, que atendeu ao pedido feito na ação popular. Segundo conta na ação, um setembro de 2023, a Prefeitura de Cândido Mendes lançou edital para a construção de uma via no povoado Águas Bela. Em novembro do mesmo ano, o resultado da licitação saiu.

    Veja abaixo a íntegra da decisão judicial.

    Decisão Judicial contra o prefeito Facinho

    No entanto, a obra já havia sido iniciada pela empresa RD Construções, que foi quem ganhou o processo licitatório.

    Na ação popular foi requerido à Justiça a suspensão do contrato de R$ 2,6 milhões e ainda o afastamento do prefeito Facinho por 90 dias.

    A Câmara Municipal de Cândido Mendes vai empossar ainda nesta quinta-feira a vice-prefeita, Alexandra Vieira.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Iracema Vale e Roberto Costa propõem sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024

    Data da sessão especial ainda será definida pela Assembleia Legislativa
    Foi aprovado na sessão plenária desta quarta-feira (21), o Requerimento 038/2024, de autoria conjunta da presidente da Casa, Iracema Vale (PSB), e do deputado Roberto Costa (MDB), que solicita a realização de uma sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024, que este ano traz como tema “Fraternidade e Amizade social” e lema “Vós Sois Todos Irmãos e Irmãs”.

    Iracema Vale e Roberto Costa são autores do requerimento que solicita sessão especial sobre a Campanha da Fraternidade 2024

    “Para nós é sempre uma alegria muito grande poder dar o devido merecimento e reconhecimento do importante papel que a comunidade católica tem na nossa sociedade. A todos os colegas da Casa, quero agradecer a sensibilidade mostrada por meio da aprovação e subscrição ao requerimento. E reafirmar que é por meio da fraternidade que podemos promover a inclusão, acolher os que mais precisam e construir oportunidades iguais”, disse a presidente Iracema Vale.

    A data da sessão especial ainda será definida pela Assembleia Legislativa. No ano passado, o deputado Roberto Costa também foi autor da proposta para a realização da sessão solene alusiva à Campanha da Fraternidade 2023, com o tema “Fraternidade e Fome”, que aconteceu no dia 13 de abril, com a presença do arcebispo de São Luís, dom Gilberto Pastana.

    “É um tema de grande relevância para todos nós com o objetivo de despertar a solidariedade e união na sociedade. Esse requerimento é símbolo da importância de sempre estarmos alinhados com a comunidade católica, fortalecendo e dando a devida importância que ela precisa. Eu e a nossa presidente Iracema Vale estamos felizes com a realização de mais essa Campanha da Fraternidade. Nós precisamos sempre ouvir e reverberar esse chamado para ajudar, também, com medidas propositivas”, destacou Roberto Costa.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Com novos elementos, juiz reavalia decisão e decreta prisão de Alessandro Martins; veja decisão

    O Informante 

    O juiz Rogério Pelegrini Tognon Rondon, da Central de Custódia, reavaliou a sua decisão e decretou a prisão de preventiva de Alessandro Martins de Oliveira. Nessa quarta-feira, 21, Rondon havia indeferido o pedido de preventiva no processo que envolve acusações de diversos delitos, e autorizado uma medida de busca e apreensão domiciliar. Com novos elementos fornecidos pela polícia, ele decidiu decretar a prisão.

    Durante o cumprimento do mandado de busca, Alessandro Martins se alterou e teria desacatado os policiais que cumpriam a medida. Ele então foi levado para a delegacia, a fim de ser feito um TCO – Termo Circunstanciado de Ocorrência. Com as imagens feitas no local do cumprimento do mandado, o ls delegados entenderam que o TCO deveria ser transformado em auto de prisão em flagrante.

    Com os novos elementos, foi feito um novo pedido de prisão para Alessandro Martins e encaminhado ao juiz prevento, no caso, Rogério Rondon, que reexaminou a decisão e decretou a prisão de Alessandro Martins.

    Martins é investigado por crimes como invasão de domicílio, agressão física e verbal, além de ameaças e ofensas nas redes sociais. Segundo relatos das vítimas e provas apresentadas pela Autoridade Policial, Alessandro teria cometido tais atos.

    A primeira decisão do juiz Rondon, indeferindo o pedido de prisão do empresário, levou em consideração o fato de Alessandro não possuir antecedentes criminais e ter residência fixa, além da não gravidade dos delitos investigados. Contudo, a busca domiciliar foi autorizada com base em evidências que indicam a materialidade dos crimes e indícios de autoria por parte do acusado.

    No momento da busca e apreensão, Alessandro Martins desacatou os policiais e foi levado para a delegacia para que fosse feito um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência).

    O TCO, no entanto, diante das imagens mostradas aos delegados pelos policiais no momento do cumprimento do mandado, foi transformado em auto de prisão em flagrante, Alessandro foi levado para a Central de Custódia, onde permaneceu até a decretação de sua prisão, depois que a Polícia ofereceu novos elementos à justiça.

    Confira a decisão:

    Ata de audiência com despacho, decisão ou sentença

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Fracassam novas tentativas de reflutuar o navio Forte São Felipe

    Portos MA

    A embarcação encalhou no início da tarde deste sábado, 17, na entrada do canal de acesso à fábrica da Alumar, carregada com 23 mil toneladas de bauxita.

    22.02.2024, 9h45 – Atualizando: Depois do fracasso das primeiras tentativas realizadas para “reflutuar” o navio Forte de São Felipe, a situação, que já era grave, parece ter ficado pior. Nas operações anteriores foram usados seis rebocadores que se mostraram insuficientes para “empurrar” a embarcação para águas mais profundas da que ele se encontra atualmente. Para os especialistas ouvidos por Portosma, uma chance maior para se conseguir a reflutuação, seria uma ação casada que incluiria “aliviar” a carga e, aguarda uma maré mais alta. Uma maré de 6,7, por exemplo, só deve acontecer nos dias 11 e 12 de março. No entanto, dada a corrida contra o tempo, e, acreditando no efeito positivos da maré de 5.7 desta sexta-feira, 23, uma nova tentativa está sendo orquestrada.

    A ideia agora é rebocar o navio Forte de São Felipe no sentido inverso por ele percorrido até o encalhe. Um plano de distribuição de cargas esta sendo montado para distribuir os rebocadores a serem utilizados na operação. No complexo portuário de São Luís a média de potência dos rebocadores é de 65 mil toneladas de tração estática, ou, em inglês “Bollard Pull”.

    Fica, no entanto a opinião da maioria dos especialistas que “levam em conta o interesses econômicos e, (essa conta foi feita no caso do Stellar Banner que acabou sendo rebocado e afundado em aguas profundas), feita pelo armador. O FSF tem mais de 12 anos. Um alivio de 22 mil de quilos de bauxita, é certo, diminui calado. Uma amplitude de maré grande aumenta a profundidade na preamar. Com essas variáveis, a solução viria após uma sondagem minuciosa em torno do navio para montar um dispositivo de reboque com aplicação das forças em locais adequados. E, claro, a contratação de um bom técnico para coordenar a operação ou contratar uma empresa especializada em salvatagem”. Tudo isso, no entanto, depende de muito dinheiro!”.

    Para entender, leia a reportagem completa

    12h20 da tarde de sábado, 17. O navio Forte São Felipe, em plena operação de descarga com 58 mil toneladas de bauxita no terminal privado da Alumar, é oficialmente orientado pela administração do porto que a operação seria interrompida. Motivo: uma pane em um dos guindastes do cais.

    Ação seguinte. Seria necessária uma operação chamada de troca de bordo, para que, o procedimento de descarga continuasse do outro lado da embarcação. Lado oposto ao de origem do início da faina.

    Quando atracou, no início da manhã deste mesmo dia, o navio Forte São Felipe tinha em seus porões, 58 mil toneladas de bauxita. Ao ser interrompida a faina, já com 35mil toneladas descarregadas, o navio inicia a o procedimento de desatracação, agora carregado com pouco mais de 23 mil toneladas.

    12h12. O navio Forte São Felpe inicia, com pratico a bordo, o que seria uma rotineira desatracação para a considerada, e necessária troca de bordo, em virtude dos problemas operacionais do caís da Alumar. Aqui uma das incógnitas. “Não entendi o porquê da necessidade de ir lá fora, na baia, quando esse tipo procedimento, com ajuda de rebocadores, é feita na própria área do canal da empresa” questiona um marítimo em um dos grupos de portuários do Maranhão onde o assunto liderou todas as discussões.

    12h47. Percorrido quase 4 km, (pouco mais de 2 milhas) já fora no canal, o FSF executa com sucesso a virada e inicia a viagem de volta para o Terminal da Alumar. Naquele momento, com uma maré acima dos 4m, o canal oferecia um calado de quase 12 metros. Profundidade mais que suficiente para a navegabilidade do navio. Sobretudo agora, com menos da metade da carga inicial.

    Entre 12h35 e 13h21, pouco menos de 2km percorrido já na viagem de volta ao terminal de origem, o FSP encalhou. Aqui a segunda grande incógnita: Porque fora do canal? Na área escolhida para retornar ao caís, todo bom marinheiro sabe, a lâmina d´água é sabidamente menor e considerada insegura para manobrilidade de um navio desse porte. Vale dizer que, por o encalhe ter ocorrido fora do canal, o tráfego de navios (entrada e saída) ao terminal da empresa não sofreu qualquer tipo de interrupção.

    A primeira tentativa de reflutuarão aconteceu as 1h39min de domingo e durou quase 3 horas. Porém, dada a gravidade do “assentamento do navio no leito onde está”, não teve êxito. Ouvido por Portosma, um pratico com mais 30 anos de experiência no Complexo Portuário do Maranhão foi didaticamente otimista. “Acho que só sai com “alivio” de carga e uma amplitude de maré mais favorável! No entanto, para aliviar carga depende de “cabrea” e “ balsas”, já que o navio não é um” self load ship, e estes equipamentos não dispomos aqui em São Luís”. E completou: “Talvez, se fizeram uma avaliação mais técnica, deixem para tentar em uma amplitude de maré mais favorável.

    Essa ideia parece ser recorrente. Uma outra opinião, também abalizada, sugere que as 23 mil toneladas de bauxita sejam retiradas do Forte São Felipe e apostar que, menos pesado, a reflutuação tenha mais chances de dar certo.

    O navio mercante Forte de São Felipe, de bandeira brasileira, tem 229 metros e saiu do Porto de Juruti, no Pará, carregado com 58 mil toneladas de bauxita. A Capitania dos Portos foi Informada do acidente pela Alumar, e prontamente deslocou uma equipe até o local para coletar informações sobre o caso, garantir a segurança da navegação e evitar a poluição ambiental. De acordo com a CPMA, não há risco de vazamentos da carga, de óleo, ou danos estruturais no navio e que vai abrir um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades pelo ocorrido. Apesar do encalhe, as autoridades, o Consórcio, e o Armador do navio tomaram todas as providências para que o fluxo de embarcação no Canal não fosse comprometido e/ou interrompido.

    Em Nota, a Alumar se manifestou sobre o acidente:

    “Na tarde deste sábado (17), um navio que atende a logística da Alumar encalhou na estrada do canal de acesso ao terminal de uso privado.

    Embora o navio não seja controlado e operado pela Alumar, imediatamente, após o ocorrido, o Consórcio se colocou a disposição para apoiar a Praticagem, o Armador no navio responsável, e as autoridades competentes. Foram acionados, preventivamente, O Plano de Emergência Individual (PEI) e o Plano de Ajuda Mútua (PAM).

    A Alumar reafirma o seu compromisso com os seus valores e os respeitos às pessoas e o meio ambiente.”

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Prefeito Luciano inaugura neste sábado a ponte do povoado Ave Maria

    O Prefeito Luciano irá inaugurar neste sábado, dia 24 de fevereiro, a ponte do Povoado Ave Maria, localizado na região do Gama. Essa obra que teve início em outubro de 2023 levou 4 meses para ser concluída. A nova estrutura agora em concreto de alta qualidade e durabilidade ficou no lugar da velha ponte de madeira que representava perigo à população que transitava pelo local.

    A ponte do povoado Ave Maria facilita o acesso a diversos outros povoados. Ela tem 22m de comprimento e 6m de largura, o que possibilita a passagem de até 2 veículos por vez, tem bases sólidas de concreto com sistema de escoamento integrado e bueiros que facilitam a passagem das águas no período chuvoso e no verão. Essa é uma obra importante, quem usa a ponte tem mais segurança e comodidade.

    A Inauguração contará com grande programação, com paredão animando a festa, cantores locais, churrasco liberado e torneio de futebol.

    “Convidamos toda a população de Pinheiro a se fazer presente na inauguração dessa ponte que marca uma história de trabalho e compromisso com a zona rural do nosso município. Estou muito feliz e satisfeito em ver o resultado, a obra concluída. É neste sábado dia 24 de fevereiro no povoado Ave Maria, com uma grande programação”, convidou o prefeito Luciano.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Concurso: Caixa publica edital com salários entre R$ 3.762 e R$ 14.915

    Metrópoles 

    Segundo o presidente da Caixa, as provas do concurso devem acontecer ainda no primeiro semestre deste ano. No total, são mais de 4 mil vagas.

    A Caixa Econômica Federal divulgou nesta quinta-feira (22/2) os editais para o concurso público da instituição, com oferta de mais de 4 mil vagas imediatas para novos empregados. As oportunidades serão divididas em 2 mil para técnico bancário de carreira recorrente e outras 2 mil para a área de tecnologia.

    “Isso faz parte de uma estratégia de modernização da Caixa, ao mesmo tempo que a gente estimula, dentro das políticas do governo, o emprego e a renda no país”, afirmou o presidente da CEF, Carlos Vieira.

    Clique para ver o primeiro edital

    Clique para ver o segundo edital

    Vagas para o concurso da Caixa

    No primeiro edital, são 2 mil oportunidades para o cargo geral de técnico bancário novo, sendo 1.600 vagas imediatas e outras 400 para cadastro de reserva. As vagas estão espalhadas pelas 27 unidades federativas do país.

    Além disso, o edital tem outras 2 mil vagas com foco na área de TI, sendo 1.600 imediatas e 400 para reserva. Nesse caso, as oportunidades são para sete estados (AM, GO, MG, PE, RJ, RS, SP) e o DF.

    Os dois cargos exigem nível médio, e a remuneração inicial é de R$ 3.762.

    O segundo edital possui vagas de nível superior, para médicos do trabalho e engenheiros de segurança do trabalho. O salário inicial é de R$ 11.186 e R$ 14.915, respectivamente.

    Ao todo, são 28 vagas para médicos do trabalho — sendo 23 imediatas e 5 reservas, e 22 vagas para engenheiros de segurança do trabalho — 17 imediatas e 5 reservas.

    A previsão é que as provas ocorram ainda no primeiro semestre deste ano, e a convocação seja feita até o fim do ano. A banca responsável pelo concurso é a Fundação Cesgranrio.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Favela leva para avenida “Presentes de Olorum: As pérolas negras do Maranhão são carregadas de Axé”

    JP Turismo 

    Uma super ópera popular no desfile da Escola de Samba do Sacavém na Passarela do Anelo Viário

    Mestre-sala e Porta-bandeira carregam o manto sagrado da Favela do Samba na busca de mais um título do carnaval – Foto: Divulgação

    A Sociedade Recreativa Favela do Samba, atual campeã do carnaval maranhense (título dividido com a Flor do samba, no carnaval de 2023) será a última escola a desfilar no sábado, dia 24 de fevereiro, em São Luís, apresentando o enredo Presentes de Olorum: As Pérolas negras do Maranhão são carregadas de Axé…, de autoria do carnavalesco Pedro Padilha.

    Escola de Samba do Sacavém prepara mais um grande desfile para Passarela do Anel Viário – Foto: Divulgação
    De acordo com o enredo desenvolvido por Pedro Padilha “São os Deuses que decidem, quais estrelas que hão de brilhar e as joias que irão reluzir… nada e ninguém, poderá impedir que se cumpra o destino… tormentas, chuvas, temporais, entraves, dores, sofrimentos, angustias, não serão capazes de apagar seus brilhos e suas luzes, seus encantos irão aflorar e suas marcas passarão de geração em geração”.

    Diz ainda o enredo favelense que “O hoje, é fato de atos do passado, crenças, conhecimentos e ensinamentos, heranças dos ancestrais, das lutas dos que carregaram os dons e não desistiram, dos que sobreviveram a tudo para fazer um Amanhã melhor, mais justo e humano, sem diferenças, sem preconceitos, com mais amor, formando imensas constelações… galáxias… o Universo…, e garimpando sempre mais joias para formar uma imensa coroa, uma coroa de PAZ!!!”

    Ala de compositores irá da o tom da escola de samba na avenida – Foto: Divulgação
    O enredo da Favela do samba está dividido em quatro quadros: “As obras de Olurum”; “O novo mundo”; “Resistência pela fé” e “Presentes de Olorum” que transformará a Favela do Samba num grande Quilombo de energias positivas, que ilumina as heranças ancestrais daquela agremiação e se torna resistência no meio cultural local como referencia de alegria, amor e dedicação, como são aqueles que amam e defendem o carnaval brasielrio e maranhense.

    O Roteiro a Favela do Samba traz ainda Bateria com 120 componentes, ala de baianas, dois casais de mestre sala e porta bandeira (Diego e Carol – primeiro casal; e Clarysse e José Edson “Miolo” – segundo casal), quatro carros alegóricos e duas alegorias que contarão como Olorum nos presenteou com o dom da sua criação. Além disso a escola trará mais de setenta destaques e composições que serão fundamentais para contar o desenvolvimento do enredo de 2024.

    Barracão a todo vapor para deixar a escola impecável no desfile do próximo sábado, 24/02 – Foto: Divulgação
    A Favela do Samba este ano, sob a direção de Alex Santos (Presidente) e Rogério Avelar (Vice-Presidente), está com uma Comissão de Carnaval formada por Eduardo Wiliam, Leonel Viegas, Remy Andrade e Euclides Moreira Neto; Mestre de Bateria, Júlio Cesar Diniz Machado; além de uma equipe grandiosa de auxiliares que está dedicada de corpo e alma para realizar um grande desfile neste próximo sábado, dia 24 de fevereiro.
    Sinopse
    Diz a Sinopse do enredo da Favela do Samba: Ouvir contar, numa ronda de pretos velhos, sob a luz da lua e das estrelas e ao som dos tambores… quando em África, o Berço da Civilização, morada do Deus Supremo Olorum (Olodumarê), Deus do Universo, decidiu dá fim a sua solidão, criou as essências dos Elementos Naturais, Terra, Água, Fogo e Ar, depois criou o primeiro Orixá: Obatalá (Oxalá), lhe encheu de sabedoria e Paz, criou também todo o exército de Orixás: Exu, Ogum, Oxóssi, Xangô, Oxum, Iemanjá, Iansã, Nanã, Omolu… e designou a Obatalá a incumbência de criar o Mundo.
    Ele, diante de tamanha responsabilidade, partiu para a primeira missão, e criou plantas e animais e depois tornou físicos os elementos naturais, colocando galinhas de angola para ciscar e semear a terra, da salamandra fez clarear o fogo, de pombas brancas o revoar do ar e do caracol e da concha formou as águas. E que, sob a sobra da frondosa Árvore da Vida (Baobá) iria cumprir a missão mais importante da criação: o Aiê – o mundo físico dos seres vivos, … e do barro, entre as raízes da árvore sagrada, fez o Homem.
    Soprou sobre a criatura lhe dando a vida e se encantou com a sua criação, em seguida o forjou no fogo, lhe deu brilho com o ar e o purificou com as águas, e o transformou em Joia rara. Convocou um Xirê, com todos Orixás e fizeram uma profecia: que essas Joias se espalhariam pelo mundo, levando conhecimento, ensinando a arte de amar, carregando suas crenças, suas artes e seus costumes e os cultuando em todos os lugares onde pudessem erguer suas vozes, entonar seus cânticos, e ouvir os sons dos seus tambores. E assim, grandes nações foram criadas (Congo, Nagô, Angola, Ijexá, Jeje e ketu), e livres espalharam essas crenças, a cultura Yoruba, o culto dos seus orixás e vodus, e ao longe se ouvia seus tambores e cantos…, até que a cobiça e ambição dominaram, e o flagelo se abateu sobre Daomé, Costa do Marfim, Nigéria, Guiné, Cabo verde, Senegal, Angola e tantos outros. Não sabendo o Criador, que algumas joias se transformariam em pedras, e perderiam essas virtudes junto com a cobiça e a ambição dos outros povos invasores, e que suas verdadeiras Joias, seriam arrancadas de suas terras, dos seus tronos, de suas famílias, seriam escravizadas, e colocadas em condições desumanas, acusadas de bruxarias ou apenas pelo poder da ambição e ganância.
    Bateria em sua última semana de preparação para o desenvolvimento do tema que será cantado na passarela – Foto: Divulgação
    E mesmo sob o peso do flagelo, resistiram, por que foram feitos do mais nobre barro, e queimado na fogueira das virtudes, soprado pelo vento da resistência e banhados pela fé, e a tudo sofreram, mas não deixaram de cumprir suas missões, e além-mar, fizeram no Brasil sua nova casa, uma nova África, onde os antepassados se espalharam, lutaram contra o banzo, os açoites e as mazelas, mas construíram seus quilombos, e lutaram principalmente pela sua liberdade, mantendo viva a profecia para que foram criados… e construíram suas histórias (Agualtune, Ganga Zumba, Zumbi dos Palmares, Tereza de Benguela, Chico Rei, e tantos outros…). No Maranhão, Nã Agontimé que com sua realeza ancestral se fez rainha nessa terra de encantos e magia, Negro Cosme com sua bravura liderando seus bem ti vis que lutavam contra opressão… e tantos outros, que edificaram suas casas (templos) para manterem vivas suas crenças, ouvirem suas orações e fazer ecoar seus tambores, cultuando suas manifestações, oriundas do seu chão e hoje incorporadas aos nossos costumes e tradições e manifestações culturais, e algumas que mesmo não oriundas das terras dos seus ancestrais, foram moldadas e matizadas nas cores da sua raça e se mantém vivas e presentes pelo abraço das pérolas que fecundam este chão…
    E são tantas joias, umas que ainda temos o prazer de ver seus brilhos e outras que nos iluminam ao virarem pontos de luz no firmamento… tanto as que partiram como as que estão nos dando o prazer de sua vida, encheram de orgulho nosso Maranhão. Gonçalves Dias nos ensinou que a vida é combate, Maria Firmina entoou um hino em louvor à abolição, e no beco da morada aos pés da ladeira, Catarina Mina construiu fortuna pela doçura de suas frutas que deu o sabor da sua liberdade… assim, tantas outras pérolas negras vêm deixando legados na cultura, nas religiões (principalmente nas de matrizes africanas), nas artes, na música, na política, na literatura, na dramaturgia, na medicina, na educação e sobretudo nas lutas sociais em defesas dos seus direitos e na busca do respeito e reconhecimento pelas suas obras e contribuições para toda a sociedade.
    No Quilombo do Sacavém, no coração da Favela, onde o “CANTO AFRO” da “LUA SE LUANDA” traduz a grandiosa expressão de ESCRETE e tantas outras joias que brilharam e criaram uma grande nação, onde fizeram seus tambores ecoarem, e continuam brilhando…umas já partiram para o infinito, para junto de Olorum, para formar uma grande constelação, que nos ilumina e dá força para continuar na árdua jornada, de carregar o grande fardo com amor, acendendo a chama dessa agremiação… são fortes, destemidos, reluzentes, com a marca dos seus antepassados… são lindas joias, umas estrelas, outras pérolas reluzentes espelhadas nos inúmeros componentes que levam para a passarela todos esses anos essa nação chamada Favela… são Pérolas Negras… Pérolas da FAVELA DO SAMBA!! São Presentes de Olorum…
    Euclides Moreira Neto, integrante da Comissão de Carnaval da Favela destacou que o desfile deste ano foi um grande desafio, quando o povo maranhense viu os dirigentes públicos priorizarem a realização de um carnaval tipo carbono com a contratação de grandes estrelas duvidosas do cenário cultural brasileiro, por cachês superfaturados, duvidosos e pagos adiantados, em detrimento do apoio às manifestações locais, por isso “o nosso desfile está sendo realizado fora de época, duas semanas depois da temporada propriamente dita.
    Texto: Joel Jacinto

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Lojas Americanas abre mais de 130 vagas temporárias para Páscoa em 41 municípios do MA

    O Imparcial  

    As inscrições vão até 15 de março, o processo seletivo acontece de forma presencial e online.

    As Lojas Americanas anunciaram a abertura de 138 vagas temporárias para 41 municípios maranhenses para o período de Páscoa. As inscrições vão até 15 de março, o processo seletivo acontece de forma presencial e online.
    (Foto: Reprodução)
    Os candidatos devem possuir mais de 18 anos, ensino médio completo e perfil para trabalhar como operador de loja. Entre as atividades estão, operação de caixa, atendimento ao cliente, organização de itens nas gôndolas, parreiras de ovos de Páscoa e suporte à operação de retirada, na loja, de pedidos feitos pelo site e app.

    Após a contratação, os contratos passarão por treinamentos, integração e ambientação nas unidades de trabalho. Além de salário, os contratados receberão benefícios como vale-transporte, vale-refeição e seguro de vida.

    Confira as cidades:

    • São Luís
    • Caxias
    • Açailândia
    • Imperatriz
    • Santa Inês
    • Alto Alegre Maranhão
    • Arari
    • Bacabal
    • Balsas
    • Barra Do Corda
    • Barreirinhas
    • Buriticupu
    • Chapadinha
    • Codó
    • Coelho Neto
    • Colinas
    • Coroatá
    • Estreito
    • Grajaú
    • Icatu
    • Itapecuru Mirim
    • Lago Da Pedra
    • Matões
    • Parnarama
    • Pedreiras
    • Pinheiro
    • Presidente Dutra
    • Rosário
    • São Mateus Do Maranhão
    • Santa Helena
    • Santa Luzia
    • Santa Luzia Do Paruá
    • São João Dos Patos
    • São José De Ribamar
    • Timon
    • Tutóia
    • Urbano Santos
    • Vargem Grande
    • Viana
    • Vitória De Mearim
    • Zé Doca

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.