O caso aconteceu  numa unidade do Alto da Esperança que fica localizado no Anjo da guarda. O menor infrator apresentou sinais de estrangulamento. A Funac ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Na madrugada de ontem um adolescente de 14 anos, natural da cidade de Pedreiras, também foi estrangulado por colega de cela. O caso aconteceu na unidade Centro Cannã, no Vinhais. Ele estava há duas semanas no local.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.