Apoio a Clodomir

O secretário Clodomir Paz fez festa ao contabilizar o apoio do deputado Lima e da Fumbesma. Não há aí nenhum motivo para alegria. Muito menos pensar em acréscimo eleitoral.

Deputado Lima é conhecido por ter sido demitido do Cefet, de onde foi reitor, a bem do serviço público e pelos incômodos que causava no Jardim das Margaridas

A Fumbesma pelas práticas que são antigas e nunca deram vitória a nenhum candidato por ela apoiado. Só para citar um exemplo, ficamos nos J: Jaima Santana, João Castelo e João Alberto. Com esses apoios, Clodomiz não terá paz e não passará do busto de La Ravardiere.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Na roça

Por causa do Orçamento fechado, consequentemente a falta de recursos, a secretária de Segurança Cidadã, Eurídice Vidigal anda arrancando os cabelos.

Tem posto de gasolina, que não recebe há mais de dois meses, suspendo o fornecimento do combustível. Boa parte da frota permanece parada.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Zé Reinaldo em Sampa

O ex-governador José Reinaldo Tavares encontra-se em São Paulo. Aproveitou para visitar o amigo deputado João Evangelista e lembrar do acordo feito aqui em São Luís para eleger o sobrinho, deputado Marcelo Tavares, à presidência da Assembléia Legislativa.

Tavares não foi logo no início por questões óbvias: o estado de saúde de Evangelista ainda não permitia conversar sobre acordos políticos. Soube que o ex-governador saiu do encontro satisfeito.

Por ele, o presidente da AL deve retomar no final deste mês o comando do Legislativo, independente dos aconselhamentos médicos. Na briga pela poder, pouco importa a saúde.

 

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Outro Deputado

Fui informado há poucos instantes que vai aparecer mais um deputado estadual envolvido com a quadrilha desbarata pelo delegado Baretta, no Piauí, acusada de roubo de caminhões, carretas e tratores em pelo menos seis Estados do Nordeste.

Agora, o número de parlamentares maranhenses sobe para três, sendo dois estaduais e um federal. O delegado continua mantendo em sigilo os nomes, mas avisa que irá citá-los no momento oportuno.

 O delegado Baretta, sem fornecer maiores de detalhes, deu a entender que em uma fazenda de um dos deputados teria sido encontrado um trator roubado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

O bicho pegou

Desde que foi, por duas vezes, sem a companhia de deputados ou vereadores, anunciar obras no eixo Itaqui-Bacanga, o governador Jackson Lago tem sido cobrado pelas lideranças comunitárias da área para que mantenha a mesma postura.

A chiadeira entre os políticos começou. Vereadores do PDT e deputados que fazem política na área estão reclamando. “Afinal, fomos nós que na campanha de 2006 arregaçamos as mangas para pedir votos para Jackson Lago”, diz um deputado do mesmo partido do governador.

 Aliás, a distância que Jackson Lago vem mantendo dos políticos se assemelha ao estilo Epitácio Cafeteira e mais recente ao de Roseana Sarney. Ambos dispensavam a presença dos deputados, prefeitos e vereadores nas inaugurações.

 Epitácio Cafeteira, quando governador, era mais ousado: reunia a multidão em praça pública para saber o que a comunidade queria para sua cidade. Os pedidos da classe política eram sempre jogados para escanteio, ainda que fossem para execução de obras.

Vale lembrar que o estilo projetou Cafeteira e Roseana Sarney nos municípios, assim como levou os dois nomes a ter moradia na cabeça dos eleitores maranhenses. Mas nem por isso os dois conseguiram voltar ao cargo de governador pelas urnas.      

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Queixas

Começam a surgir reclamações contra o estilo Jackson Lago de governar. As reclamações estão surgindo como fogo de monturo. E vêm de toda parte do interior maranhense.

São prefeitos que se acham menosprezados em favorecimento de entidades da sociedade civil organizada.

O estilo Jackson Lago é correto, mas não tem agradado a classe política. Tem gente alertando que foi desta maneira que Roseana Sarney se distanciou do seu exército e acabou na última eleição com poucos soldados. E derrotada.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Nada mudou

Os prefeitos que reclamam não querem ainda meter a cara porque acham que o governador deve mudar o estilo a partir deste mês. Jackson Lago, se assim o desejar, pode aumentar o número de prefeitos aliados e até sua bancada na Assembléia Legislativa. Basta valorizar a classe política com pequenos gestos para evitar que a fatura tenha outra face.

Em alguns municípios por onde tem passado e discutido com organizações sociais, prefeitos e deputados não estariam sendo convidados.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sumido

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando, inegavelmente é o melhor prefeito maranhense da safra atual. Fez mais obras do que muitos prefeitos juntos.

 Porém, peca pela ausência física. Nunca é encontrado na sede da prefeitura e dificilmente atende alguém. Pense em um homem sumido!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Trânsito

O trânsito é hoje um dos maiores problemas urbanos do Brasil ou até do mundo. Ao que parece, de difícil solução em todo o país e no planeta.

 A causa indiscutível é o lançamento diário de novos veículos nas ruas e avenidas das cidades. Ontem, em São Paulo, um engarrafamento bateu o recorde: 146 km.

 Uma loucura. Uma paranóia. O trânsito louco tem conseqüências horríveis. E quase nenhuma solução.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Transito em São Luís.

Com volume até menos expressivo se comparado com outras capitais, São Luís lança nas ruas e avenidas mais de 50 carros/dia.

Um número alto se considerarmos o investimento pequeno em obras de alargamento ou construção de vias que possam desafogar o trânsito. Para resolver o problema só há uma solução: verba.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.