Deu no UOL:Ano de 2009 será um dos 5 mais quentes desde 1850

O ano de 2009 estará entre os cinco mais quentes dos que se tem registro histórico, segundo predisseram hoje cientistas do Met Office (o escritório meteorológico do Reino Unido) e da Universidade de Anglia Oriental, em Norwich.

O prognóstico diz que a temperatura média no planeta em 2009 se situará em 14,44 graus centígrados, 0,44 graus acima da média oficial registrada desde a década de 60.

Com essa média, o ano que vem se transformará no mais quente desde 2005 e confirmará, segundo os meteorologistas, o lento, mas constante aumento das temperaturas no planeta.

Os registros sobre os quais se estabelece a temperatura média começaram em 1850 e mostram que dez dos anos mais quentes no último século e meio correspondem ao período 1997-2008.

O ano considerado mais quente até agora foi 1998, quando a temperatura média alcançou os 14,52 graus por causa do “El Niño”, fenômeno meteorológico cíclico que aquece as águas do oceano Pacífico e aumenta a temperatura da terra.

Os cientistas também constataram que a temperatura do planeta aumentou entre 2000 e 2008 em 0,2 graus em relação à década dos anos 90, segundo destacou o professor Phil Jones, diretor da unidade de pesquisa climática da Universidade de Anglia Oriental em comunicado divulgado hoje pelo Met Office.

Os pesquisadores afirmaram que em 2009 a temperatura não subirá além desses 0,44 graus em relação à média graças à influência “refrescante” do fenômeno “La Niña”, que em contraposição ao “El Niño” contribuirá para moderar a alta das temperaturas.

No entanto, após 2009, os cientistas esperam que os níveis atuais de temperatura máxima sejam superados.

O ano de 2008, segundo o Met Office e a Universidade de Anglia Oriental, termina na 10ª posição entre os anos mais quentes.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jantar no Amapá

Bem ao seu estilo, o senador José Sarney reuniu correligionários políticos e empresários durante jantar de confraternização natalina, em Macapá.

Sarney deve passar a entrada de ano novo em São Luís, com familiares em amigos, na residência do Calhau.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Demissão de Tarso Genro

Aumentam os comentários em Brasília sobre provável queda de Tarso Genro do cargo de ministro da Justiça. A se confirmar, seria uma vitória do senador José Sarney, que tem pedido a cabeça do gaúcho petista.

Dizem que só a demissão de Genro faria calmar os ânimos na bancada do PMDB no Senado Federal que se insinua para emplacar um peemedebista na presidência da Câmara Alta do País. Sarney continua sendo o mais cotado, mas abriria mão em favor do petista Tião Viana, o preferido de Lula.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Cafeteira deixa a liderança do PTB

A partir da segunda quinzena de janeiro o senador maranhense Epitácio Cafeteira não será mais o líder do PTB no Senado Federal. Cumpriu sua missão.

O cargo está sendo disputado pelos senadores Romeu Tuma, de São Paulo, e por Gim Argelo, representante do Distrito Federal. Argelo, conforme articulistas, tem mais chances.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Equipe só no dia 2

O prefeito diplomado João Castelo só vai anunciar sua equipe de governo no dia 2 de janeiro. Toma posse no dia primeiro pela manhã no prédio da Câmara Municipal e no período da tarde participa da solenidade de transmissão do cargo, em frente a Prefeitura de São Luís.

O prefeito Tadeu Palácio ainda não confirmou se passará a faixa ao futuro prefeito João Castelo. Caso decida viajar antes da solenidade, a vice Sandra Torres cumprirá o papel.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Deserto

O governador Jackson Lago tem sido visto trabalhando nestes últimos dias do ano. Porém, boa parte da sua equipe entrou de férias antes do Natal.

No prédio que abriga o maior número de secretarias, no Palácio Henrique de La Rocque, parece mais com um cemitério em dia que não houve nenhum enterro.

Como os secretários se ausentaram, o restante dos funcionários, principalmente os que exercem cargos em comissão, se deu ao luxo de fazer o próprio recesso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Longe das pressões

Faltando três dias para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, 12 vereadores tiveram que sair da capital para evitar pressões de líderes políticos e empresários. São os 11 vereadores que apóiam a candidatura do atual presidente e o próprio Pereirinha.

A última tentativa de desestabilizar o grupo foi feita por três secretários estaduais, o deputado federal Julião Amin e o presidente municipal do PDT, Júlio França. As pressões para cima dos vereadores Albino Soeiro, Albuquerque, Vieira, Lourival Mendes e Astro de Ogum não deram resultados satisfatórios.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Pereirinha com Jackson

O governador Jackson Lago reafirmou mais uma vez não ter interesse em se intrometer na disputa interna dos vereadores da Câmara Municipal de São Luís. Disse novamente, por telefone, ao presidente Isaias Pereirinha que se tivesse que apoiar algum candidato seria o próprio Pereirinha, com quem esteve na campanha eleitoral de 2006.

O que causa estranheza, apesar da neutralidade do governador no processo, é a participação aberta de alguns secretários, o que daria a entender como determinação de governo. Mas quem conhece Jackson Lago sabe que desde prefeito de São Luís ele pouco determinava ou governava com a autoridade que lhe permite manter a unidade do governo. Lago, ao longo de sua vida política, tem sido democrático demais para o gosto de muitos.    

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Saída honrosa

Soube hoje que o prefeito eleito João Castelo teria dado carta branca para o vereador Francisco Carvalho aumentar o número de votos que precisa para se eleger presidente da Câmara Municipal de São Luís. Com poderes, inclusive, para negociar cargos. Não creio que Castelo venha leiloar seu governo por causa da disputa interna dos vereadores.

Também fiquei sabendo hoje que Chico Carvalho teria sido aconselhado a assumir uma secretaria municipal, caso sinta que não tem condições de vencer a disputa contra Isaias Pereirinha. Seria uma espécie de evidenciar prestígio e compensação pelo apoio dado a João Castelo no segundo turno da eleição. É provável.  

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Wewwerton na campanha

O secretário da Juventude e Esporte, Wewwerton Rocha, passou a fazer parte da articulação do vereador Francisco Carvalho, que é candidato à presidência da Câmara Municipal de São Luís. Depois de comandar os balaios, o secretário passou a bater o ponto na campanha de Carvalho. Por isso, dificilmente comparece ao seu gabinete de trabalho.

Rocha, que se diz dono do voto do vereador Ivaldo Rodrigues, não conseguiu levar mais ninguém para apoiar Chico Carvalho, apesar dos esforços e das ofertas feitas para alguns vereadores. Carvalho permanece com nove votos, com o dele próprio. Pereirinha continua com 12 votos. Faltam apenas três dias para a eleição.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.