Yglésio celebra resultado do concurso da Alema

    O Deputado Estadual Yglésio Moises (PSB) comemorou a divulgação do resultado final do concurso público da Assembleia Legislativa do Maranhão. Ele publicou um vídeo em suas redes sociais, lembrando a denúncia de fraude que fez em uma sessão plenária em 2022. Yglésio havia apontado vários casos suspeitos de pessoas aprovadas que pareciam estar ligadas a fraudadores de concursos e figuras políticas importantes do Maranhão. O concurso estava sob a responsabilidade da Fundação Centro Estadual de Estatística, Pesquisa e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro CEPERJ/RJ. Após a denúncia de Yglésio, o caso foi analisado, o certame anulado e refeito sob a supervisão da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

    Em seu pronunciamento, o deputado enfatizou a luta para que o concurso fosse realizado de forma ética e transparente. Yglésio parabenizou os aprovados e se prontificou a combater todo tipo de fraude no estado.

    No total, 18.277 candidatos disputaram 87 vagas na casa legislativa do Maranhão. Mais informações e as próximas etapas do concurso podem ser encontradas no site al.ma.leg.br.

    O vídeo completo com o discurso do deputado pode ser assistido no Instagram. O link está disponível abaixo.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Sessão solene proposta por Zé Inácio homenageia os 44 Anos do PT no Maranhão

    Nesta segunda-feira (26), a Assembleia Legislativa do Maranhão foi palco de uma emocionante sessão solene em homenagem aos 44 anos do Partido dos Trabalhadores (PT) no estado. A sessão foi presidida pela presidente da casa, deputada Iracema Vale, e a solicitação para a realização da sessão partiu do deputado Zé Inácio, que fez questão de resgatar a história do partido, suas conquistas, desafios e o momento político atual.


    Em seu discurso, o deputado destacou a importância de fortalecer o partido visando as eleições futuras, enfatizando a necessidade de eleger representantes do campo político para reforçar a legenda.

    “Esse é o momento de fortalecemos o partido para eleições futuras. É importante eleger vereadores, vereadoras, prefeitos e prefeitas, vice-prefeitos e vice-prefeitas do nosso campo político para fortalecer o nosso partido”, destacou o parlamentar.

    Zé Inácio também compartilhou sua trajetória política, evidenciando sua filiação ao PT desde 1990, sendo o partido único em sua caminhada política.

    Durante a cerimônia, foram homenageados o presidente atual do PT, Francimar Melo, e os ex-presidentes Washington Oliveira, Domingos Dutra, Augusto Lobato, Raimundo Monteiro e Francisco Gonçalves. A presença de militantes, lideranças estaduais e parlamentares estaduais e federais do Maranhão enriqueceu ainda mais o evento.

    A sessão solene representou um momento de celebração e reconhecimento da trajetória do PT no Maranhão, reafirmando o compromisso do partido com a luta pelos direitos dos trabalhadores e a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Roberto Costa tem 7 leis sancionadas em 2023 e faz balanço positivo de atuação

    O deputado Roberto Costa (MDB) avalia o ano de 2023 como tendo sido de muito trabalho no Poder Legislativo. No primeiro ano de seu quinto mandato como parlamentar, recebeu a sanção de sete leis de sua autoria. Eleito e reeleito 2° Secretário da Mesa Diretora, sob a presidência da deputada Iracema Vale (PSB), Roberto Costa garantiu leis de grande repercussão para o estado.

    Iracema Vale e Roberto Costa

    Um exemplo é a Lei n° 11.911/2023, que garante a prioridade de atendimento aos pais e/ou responsáveis de menores com TEA nos órgãos públicos, estabelecimentos comerciais e instituições financeiras, sem a presença da criança. Atuante na luta histórica pela igualdade de gênero, o deputado também é autor da Lei n° 12.147/2023, que extingue o limite de 10%, deixando livre o ingresso de mulheres na carreira militar no estado do Maranhão por meio de concurso público.

    Neste mês de dezembro, o governador Carlos Brandão sancionou a Lei nº 12.161/2023, de autoria do deputado Roberto Costa, que obriga os estabelecimentos a inserir nas placas de atendimento prioritário, o símbolo mundial do diabetes, alterando a Lei nº 11.056/2019, que dispõe sobre a prioridade de atendimento às pessoas portadoras de diabetes nos órgãos públicos, estabelecimentos comerciais e instituições financeiras.

    Outra lei muito importante é a de nº 12.144/2023, que dispõe sobre o direito do paciente internado na rede de saúde privada. A lei atende a uma necessidade urgente, garantindo que pacientes em situações críticas, que precisam de transferência entre hospitais privados sem disponibilidade de ambulâncias, tenham acesso imediato ao transporte do setor público com o objetivo de garantir suas vidas.

    Na presidência da Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Endemias do Estado do Maranhão na Assembleia Legislativa, o parlamentar promoveu o diálogo direto da categoria com o governador Carlos Brandão em busca de melhorias nas condições de trabalho, impactando diretamente na qualidade dos serviços para a população. Roberto Costa também é autor da Lei n° 12.020/2023, que institui o 23 de outubro como ‘Dia Estadual dos Agentes Comunitários de Saúde e Combate às Endemias’, em valorização aos mais de 17 mil profissionais de saúde no Maranhão.

    Um ano intenso no Poder Legislativo, dedicado ao trabalho árduo para atender as demandas da população. Recebi o desafio de secretariar a Mesa Diretora, ao lado da presidente Iracema Vale, e também ampliamos as proposições. Ouvimos atentamente e transformamos cada preocupação em ações concretas, o que resultou em sete leis importantes, a maioria impacta a vida dos maranhenses. Vamos seguir comprometidos com a construção de um futuro melhor para o nosso estado”, destacou o parlamentar.

    Outras leis de autoria do deputado são as de nº 11.975/2023 e nº 11.974/2023, que nomeiam os prédios públicos de Bacabal, Hemonúcleo e Regional de Saúde, como “Dr. João Jardim Sobrinho” e “Silas Duarte de Oliveira”, em homenagem a essas duas grandes personalidades na área da saúde na região.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Abigail faz balanço de atuação como gestora da Secretaria de Estado da Mulher

    Em pronunciamento na sessão desta terça-feira (19), a deputada Abigail Cunha (PL) fez um balanço de sua atuação no período em que ficou como gestora da Secretaria de Estado da Mulher, celebrando queda no número de feminicídio no Maranhão e os investimentos do governo estadual no combate à violência contra a mulher.

    Deputada Abigail Cunha em pronunciamento na Alema

    Trago com muita alegria os índices de redução do feminicídio no nosso estado, em média 30%, comparado com o mesmo período do ano passado. Isso se deve ao enfrentamento da violência doméstica e familiar”, garantiu.

    A deputada disse que cumpriu sua missão trabalhando os eixos que norteiam a Secretaria, principalmente o do enfrentamento à violência doméstica e familiar, o que levou à redução dos índices.

    “Isso se deve também à atuação brilhante da rede de todos os órgãos que compõem a rede de proteção às nossas mulheres, mas, principalmente, a atuação brilhante da Secretaria de Estado de Segurança Pública, do Departamento de Feminicídio. Somos o único estado do Brasil que tem um Departamento de Feminicídio justamente para acompanhar os casos de feminicídio no Maranhão, além de o governador Carlos Brandão ter aumentado o quantitativo de Patrulhas Maria da Penha”, enfatizou.

    De acordo com a parlamentar, a atuação das Patrulhas Maria da Penha garante a efetividade das medidas protetiva às mulheres, em parceria com o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública, OAB e outros órgãos. As patrulhas percorrem as 18 regionais do estado.

    Aproveito o momento para desejar muitas prosperidades a todos para esse ano. Vivemos um ano atípico, no qual muitas das ações do governo foram diminuídas por conta da redução do orçamento. Todos os estados passaram por essa problemática. Nos municípios também não foi diferente. Mas eu espero que 2024 seja um ano bem promissor”, desejou.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Lei estabelece novo mecanismo de combate à violência doméstica

    Publicada no Diário Oficial do último dia 12, a Lei 12.151 estabelece mecanismo para repressão à violência contra a mulher. Originária do Projeto de Lei 406/2023, de autoria do deputado estadual Osmar Filho (PDT), a nova legislação penaliza os agressores com multa e ressarcimento ao poder público estadual dos custos com os serviços prestados no atendimento às vítimas de violência doméstica e familiar.

    Deputado Osmar Filho

    O texto da lei prevê que a multa ao agressor deve ser aplicada segundo a capacidade econômica do agressor e a gravidade da infração, não podendo ser inferior a R$ 500,00 e nem superior a R$500.000,00.

    A multa ainda pode ser aumentada em 2/3 para os casos em que a violência seja empregada com o uso de arma de fogo e, ainda, aplicada em dobro se constatada a reincidência, mesmo que genérica.

    Já nos ressarcimentos ao Estado, devem ser levados em consideração os custos operacionais com pessoal e material necessários ao atendimento, bem como para o acolhimento da mulher em casa de abrigo ou lar substituto.

    Todo o valor arrecadado pelo Estado com essa lei será aplicado em políticas públicas de combate à violência doméstica, bem como no atendimento às vítimas”, disse o deputado no plenária da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (19), agradecendo aos colegas parlamentares pela aprovação do PL e ao governador Carlos Brandão (PSB) pela sensibilidade em aprovar o texto da lei integralmente.

    Para sua aplicação, a lei considera violência contra a mulher qualquer fato, ação ou omissão motivados pela condição de sexo feminino, tipificados ou não como crime, descritos como tal na legislação federal ou estadual.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Aprovado parecer a PL que torna obrigatória divulgação de lista de estudantes formados no ensino médio

    A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou, na reunião desta segunda-feira (11), parecer ao Projeto 693/2023, de autoria do deputado Yglésio Moisés (PSB), que torna obrigatória a divulgação da lista de estudantes formados no ensino médio nas redes pública e privada de ensino do Maranhão. Conforme a matéria, a lista deverá ser elaborada e publicada pelo Conselho Estadual de Educação.

    Reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Assembleia Legislativa realizada na tarde desta segunda-feira

    Conforme o deputado autor do projeto de lei, o Conselho Estadual de Educação deverá alimentar o sistema com a lista de alunos que concluíram o ensino médio nos últimos cinco anos, e esta deverá obedecer às normas gerais de informações vigentes e ser disponibilizada no portal do Estado do Maranhão.

    Durante a CCJ, que contou com a presença dos deputados Neto Evangelista (União Brasil), que presidiu a reunião, Yglésio Moisés, Davi Brandão (PSB), Fernando Braide (PSD) e Glalberth Cutrim (PDT), também teve parecer favorável o Projeto de Lei 695/2023, de autoria da deputada Solange Almeida (PL), que dispõe sobre a obrigatoriedade dos estabelecimentos comerciais afixarem placas informativas acerca da data de validade dos produtos em promoção que estiverem para vencer.

    Destarte a falta de padronização sobre essas informações, muitos chegam a dificultar esse tipo de consulta por parte dos clientes. Com vista a buscar uma alternativa que vise oferecer aos clientes a solução deste problema, propomos que as informações concernentes aos prazos de validade sejam registradas ao lado dos produtos aos quais estejam a menos de dez dias do seu vencimento. Assim, o consumidor saberá imediatamente onde localizar tais informações”, detalha a deputada no texto do projeto.

    Segundo o deputado Neto Evangelista, esta reunião da CCJ foi a última do ano. “Hoje, tivemos uma pauta extensa, assim como na reunião anterior, e a CCJ decidiu que iria entregar todos os projetos apresentados pelos deputados estaduais para que estivessem aptos a ir a plenário. Hoje, tivemos projetos aprovados, rejeitados e um que teve votação dividida, aguardando algum outro membro da CCJ a se manifestar”, disse o deputado.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    CPI do Futebol retoma oitivas e ouve mais três testemunhas

    A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol reuniu-se, nesta terça-feira (5), no Plenarinho, para dar continuidade às oitivas das testemunhas. Foram ouvidos o técnico de futebol Carlos Henrique Brito Ferro, o jogador Laert Vanderley Maranhão e o empresário Edivaldo Ramalho da Silva.

    ‘CPI do Futebol’ ouviu mais três testemunhas na tarde desta terça-feira

    Os convocados para depor foram ouvidos em separado e responderam a diversos questionamentos dos deputados Yglésio Moisés (PSB), Osmar Filho (PDT) e Davi Brandão (PSB). O deputado Júnior Cascaria (Podemos) também participou da reunião.

    A Comissão foi bastante incisiva ao longo dos interrogatórios e indagaram, principalmente, sobre possíveis irregularidades e fraudes em partidas, uma vez que o objetivo da CPI é investigar o suposto favorecimento de apostadores por meio de ajustes em resultados de jogos do Campeonato Maranhense.

    O técnico Carlos Henrique Brito Ferro, que atua profissionalmente desde 2006, afirmou que nunca percebeu nenhuma irregularidade em jogos com os quais esteve envolvido e que não atuou em nenhuma das partidas objetos da investigação.

    O jogador Laert Vanderley Maranhão, por sua vez, relatou que ouviu falar em tentativa de manipulação de resultados apenas por intermédio da imprensa e que não tem conhecimento de nenhuma irregularidade.

    Já o empresário Edivaldo Ramalho da Silva, entre outras coisas, informou sobre sua atividade como representante da empresa Esportes da Sorte e sobre sua contribuição para os clubes maranhenses.

    O deputado Osmar Filho afirmou que os depoimentos dessa oitiva foram satisfatórios e contribuíram para o andamento das investigações. “Nós deliberamos, também, para a prorrogação de mais 60 dias, para podermos dar continuidade às oitivas. Além disso, estamos aguardando a chegada de documentos solicitados pela comissão, de forma que, ao final de todo o processo, a CPI terá cumprido seu papel”, disse o deputado.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Iracema Vale entregará expansão do Centro Médico Kleber Carvalho Branco nesta terça

    A presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), entregará, nesta terça-feira (5), às 8h, a expansão do Centro Médico Kleber Carvalho Branco, que foi reformado e ampliado para melhor atender aos deputados, servidores do Parlamento Estadual e seus dependentes. Com um espaço mais amplo e moderno, o setor de Saúde da Casa passará a contar com 17 especialidades, além da oferta de exames laboratoriais e de imagem, incluindo de alta complexidade.

    Sala de Mamografia, um dos exames de imagem que serão ofertados no Centro Médico Kleber Carvalho Branco

    Antes, os servidores tinham à disposição atendimentos nas áreas de clínico geral, ortopedia, psicologia, nutrição, ginecologia, endocrinologia, psiquiatria, fisioterapia e odontologia. A partir de agora, além dessas especialidades, também serão oferecidos atendimentos em cardiologia, oftalmologia, gastroenterologia, otorrinolaringologia, urologia, mastologia, pediatria e fonoaudiologia.

    Segundo a diretora de Saúde e Medicina Ocupacional da Alema, Ana Lúcia Rocha, o carro-chefe do setor é a Medicina do Trabalho, com foco na prevenção e acompanhamento da saúde dos servidores e seus dependentes. Além disso, toda a estrutura foi ampliada e modernizada para receber as novas especialidades e oferecer um atendimento de qualidade.

    “Conseguimos organizar os serviços e ampliar os atendimentos, pois é uma demanda da presidente Iracema Vale que o setor funcione efetivamente. O nosso carro-chefe, na verdade, é a Medicina do Trabalho. Teremos agora uma médica do trabalho e todos os servidores poderão fazer aqui os exames admissionais, periódicos, e caso precise, demissionais, entre eles audiometria, espirometria e colposcopia”, completou.

    Servidor poderá fazer exame de densitometria óssea no Centro Médico Kleber Carvalho Branco

    Novidades

    Entre as novidades, estão ainda a realização de exames laboratoriais e de imagem no próprio setor de Saúde da Alema, como raio-x, mamografia, endoscopia, tomografia, ultrassonografia, densitometria óssea e ressonância magnética, além dos exames oftalmológicos.

    A Farmácia foi ampliada, garantindo o acesso a mais medicamentos. A Enfermaria também foi modernizada, bem como as salas onde são realizados os atendimentos odontológicos, com a aquisição de novas cadeiras e equipamentos.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Yglésio defende regulamentação da Lei da Recompensa para combater facções criminosas

    Na sessão plenária desta quarta-feira (29), o deputado Yglésio Moyses (PSB) defendeu a regulamentação da ‘Lei da Recompensa’ para o combate às facções criminosas. O parlamentar lembrou que um soldado da Polícia Militar do Maranhão foi assassinado em meio a uma briga de facções na zona rural de São Luís, o que reforça a necessidade de enfrentamento imediato a esse tipo de criminalidade.

    Deputado Yglésio

    Nós aprovamos aqui a lei que assegura ao Sistema de Segurança Pública contra-atacar o crime organizado recompensando o cidadão comum por informações que possam servir à investigação de crimes, à prevenção e à repressão, mas durante oito anos de criada, a lei nunca foi regulamentada. É mais fácil vencer o crime com informação”, frisou Yglésio.

    Segundo o deputado, já passou da hora de se fazer o enfrentamento a essas facções, no estado. “Elas estão ramificadas de tal forma que se acham donos das localidades de São Luís e se acham no direito de eliminar um policial que esteja lá para garantir a preservação da lei e da ordem pública”, enfatizou

    O parlamentar afirmou ainda que é necessário que a Secretaria de Segurança Pública do Estado parta para o enfrentamento contra o crime organizado. “Nós não podemos deixar as populações mais humildes submetidas a esse regime de terror dessas facções. Porém, as pessoas estão colocando a sujeira para debaixo do tapete e protelando a solução para essa problemática”, salientou.

    Saúde

    Ainda durante seu pronunciamento, ele denunciou caos na saúde pública de São Luís.

    A prefeitura recebe um recurso significativo para fazer atendimento de média e alta complexidade nos hospitais da capital e não consegue resolver o problema. Não consegue fazer o mínimo para evitar que os pacientes passem pela humilhação de ficar nos corredores do Socorrão. É desesperador a situação em que se encontra os Socorrões”, disse Yglésio.

    Por fim, o deputado criticou o prefeito de São Luís e sua postura nas redes sociais. “Não tem trabalho. É uma gestão que se notabilizou apenas pelo Instagram”, concluiu.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    “Aumento de impostos significa aumento de preços e aumento da inflação!”, diz Wellington ao votar contra PL do ICMS

    Na manhã desta quinta-feira (23), o deputado estadual Wellington do Curso utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa para repercutir as consequências negativas do reajuste no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no Maranhão. De acordo com o deputado Wellington, a medida penalizará os consumidores e empresários que terão que arcar com o aumento.

    Deputado Wellington do Curso

    O parlamentar disse ainda que essa é a 5ª vez em sua trajetória política em que vota contra o aumento de impostos e reafirmou que seguirá na defesa de quem mais precisa.

    A regra é clara: aumento de impostos significa aumento de preços e aumento da inflação. Por isso, eu votei contra o reajuste do ICMS. Essa medida vai penalizar os consumidores e, também, os empresários. Essa é a quinta vez em que esse assunto vem à Assembleia e eu voto contra por entender que há outras medidas que podem ser adotadas, a exemplo da redução dos cargos comissionados. Penalizar o trabalhador maranhense não deveria ser uma possibilidade e é por isso que eu voto contra”, afirmou Wellington.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Deputado Wellington vota CONTRA novo aumento de impostos e empréstimo no Maranhão

    Na sessão plenária desta terça-feira (21), o deputado estadual Wellington do Curso se posicionou contrário ao Projeto de Lei nº 720/2023, de autoria do Poder Executivo, que altera a Lei nº 7.799/2022 e a Lei nº 8.205/2004 ao reajustar a alíquota do ICMS. Com tal mudança, os impostos que incidem sobre a energia elétrica e preço dos combustíveis passa a vigorar com aumento no Maranhão.

    Ao justificar o voto contrário, o deputado Wellington disse ser uma questão de coerência política e afirmou entender a medida como uma forma de penalizar a população.

    O meu voto não poderia ser diferente. Votei contra o Projeto de Lei do Executivo que aumenta os impostos no Maranhão. Infelizmente, fui voto vencido, mas o meu trabalho segue em defesa da população. Isso se chama coerência política e respeito a cada maranhense que confia em meu trabalho. O aumento de impostos é uma medida que, a meu ver, penaliza a população, principalmente a parcela mais carente”, disse Wellington.

    Ainda durante a sessão, o deputado Wellington também votou contra o Projeto de Lei nº 714/2023, que autoriza o Poder Executivo Estadual a contratar operação de crédito com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES.

    Não posso votar a favor de um projeto que autorize o estado do Maranhão a contrair um empréstimo se nem o dever de casa estamos fazendo. Infelizmente, ainda temos muitas secretárias, muitos cargos comissionados. A máquina precisa ser enxuta. Por isso, meu voto é contrário”, disse Wellington.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

    Zé Inácio propõe reserva de 30% de cargos de confiança para pessoas negras na administração estadual

    Em um discurso contundente realizado nesta quarta-feira (22), o deputado Zé Inácio ressaltou a importância do Dia da Consciência Negra, destacando as desigualdades persistentes enfrentadas pela população negra no mercado de trabalho brasileiro.

    Deputado Zé Inácio

    Em meio a análises de dados alarmantes que evidenciam a disparidade e dificuldades enfrentadas por negros e pardos no acesso ao mercado de trabalho, o deputado anunciou uma proposta contundente: a apresentação de uma indicação ao Governador Brandão para que 30% dos cargos em comissão e funções de confiança na Administração do Estado sejam reservados para a população negra maranhense.

    Os números apresentados durante o discurso foram claros e preocupantes. De acordo com os dados, a população negra ganha até 40% a menos que o restante da população, mesmo exercendo a mesma profissão. Além disso, no que diz respeito as mulheres negras, elas sofrem não apenas o efeito da desigualdade por conta da raça, mas também por conta de gênero.

    A taxa de desemprego entre os negros atinge 65% da população desempregada no país. Apenas 33% dos negros ocupados estão em cargos de direção ou gerência, demonstrando a dificuldade de promoção dentro do mercado de trabalho.

    Dessa forma, Zé Inácio enfatizou a necessidade urgente de políticas públicas afirmativas para melhorar o acesso da população negra ao mercado de trabalho e garantir oportunidades justas. Além da indicação ao governador, o deputado também propôs um projeto de lei para que órgãos públicos e empresas privadas informem sobre raça e etnia dos trabalhadores em seus cadastros.

    O projeto apresentado visa a igualdade de oportunidades e representa um passo significativo para garantir representatividade e acesso justo aos cargos de liderança na Administração Estadual, reduzindo a disparidade e promovendo uma distribuição equitativa de cargos de confiança.

    O deputado ressaltou que a medida é crucial para promover uma sociedade mais inclusiva e igualitária, assegurando não apenas oportunidades no mercado de trabalho, mas também uma representação mais justa e fiel da diversidade do estado.

    Espera-se que a proposta de Zé Inácio seja acolhida e debatida na Assembleia Legislativa, avançando para a criação de políticas que busquem efetivar a igualdade e a justiça social para todos os cidadãos maranhenses.

    Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.