Policia prende advogado que dirigia bêbado, atropelou e matou casal de idosos em Santa Inês

De acordo com informações repassadas ao blog, o condutor da Hilux que colidiu frontalmente e matou casal de idosos na MA-320 (reveja), entre as cidades de Pindaré Mirim e Santa Inês, foi preso pela Polícia Militar ainda no final da tarde de hoje (27).

Homem bêbado que conduzia uma Hilux mata casal de idosos no Maranhão

A primeira informação que se tem é que o homem que dirigia a Hilux é advogado conhecido como Paulo Vitor e estaria altamente embriagado. O advogado foi preso na cidade de Santa Inês-Ma. Confira no áudio:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Jovem morre após tentar separar briga de casal dentro de casa de show no Maranhão

Um crime bárbaro chocou a cidade de Miranda do Norte. Um homem identificado como Francisco Coelho Batista Neto, 26 anos, matou o próprio amigo, jovem Alan Sanches Mendes, 21 anos.

 

A vítima estava em uma festa na cidade de Miranda quando olhou Francisco agredindo fisicamente a esposa, tentando intervir na situação, acabou travando uma forte discussão com o agressor. Após a discussão, Francisco saiu da festa e retornando uma hora depois com uma arma de fogo. Ele desferiu vários tiros contra Alan. Logo após, evadiu-se do local.

Acompanhe:

Policia prende advogado que dirigia bêbado, atropelou e matou casal de idosos em Santa Inês

Homem bêbado que conduzia uma Hilux mata casal de idosos no Maranhão

Acidente de van deixa uma pessoa morta e vários feridos no Maranhão

A vítima chegou a ser socorrida ainda com vida, mas não resistiu aos ferimento e morreu a caminho do hospital.

O clima gerou forte comoção na cidade de Miranda do Norte. Populares revoltados com o crime, incendiaram o veículo do assassino, que segue foragido.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Disfarçados de policiais federais homens fortemente armados roubam carga de ouro avaliada em R$ 110 milhões

Um grupo de homens fortemente armados disfarçados de policiais federais invadiu o terminal de cargas do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na tarde desta quinta-feira (25). A quadrilha roubou 718,9 quilos de ouro, montante avaliado em US$ 29,2 milhões (cerca R$ 110,2 milhões), segundo a Polícia Civil.

Os oito homens entraram no aeroporto com duas viaturas clonadas da Polícia Federal, sem placas, uma modelo Triton e a outra, uma Pajero Dakar. Eles estavam com roupas de policiais federais, distintivos, encapuzados, com pistolas, fuzil e carabinas.

Segundo informações iniciais da polícia, um carro ficou na portaria e o outro entrou no terminal de cargas. Câmeras de segurança registraram a ação dentro do terminal.

Os criminosos mantiveram o encarregado de despacho e a família dele refém na noite anterior e assim tiveram acesso a informações privilegiadas.

Após a fuga, as viaturas clonadas foram abandonadas no Jardim Pantanal, na Zona Leste de São Paulo, os ladrões entraram em uma caminhonete S-10 e utilizaram uma ambulância para transporte da carga roubada.

A carga estava indo para Toronto, no Canadá, e Nova York, nos Estados Unidos.

Inicialmente foi informado que os criminosos levaram 750 kg de ouro. O boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil, porém, indica que o total roubado foi de 718,9 kg do metal.

Investigação

O Departamento de Investigações Criminais (Deic) assumiu a ocorrência. Policiais fizeram a perícia nos carros abandonados e recolheram impressões digitais.

A GRU Airport, concessionária responsável pelo Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos afirmou que o roubo não prejudica o embarque e desembarque de passageiros, e que não houve tiroteio, nem feridos.

A Brink’s informou que “está colaborando com as autoridades competentes para apuração do ocorrido”.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Polícia deve prender nas próximas horas suspeito de matar amante da esposa em Teresina

Foragido desde que assassinou ontem no início da noite o estudante de curso para Sargento de Armas, Gabriel Brenno Nogueira, o mestre de obras Deivid Sousa deve ser preso nas próximas horas por causa das informações que os policiais estão recebendo.

Mulher mostrou para o marido em academia o seu amante que foi morto em Teresina

Marido perdoa a mulher, mas mata o pé de pano; veja o momento da execução de jovem de Caxias

O assassino não retornou mais para a casa dele e a esposa alega que não sabia da intenção do marido em matar o estudante, que é de Caxias e estava hospedado em uma pensão em Teresina. Deivid descobriu que sua mulher estava tendo um caso com Gabriel, mas a perdoou com a condição de que fosse mostrado que era o amante. Foi o que fez a esposa.

A partir de então, o mestre de obras iniciou o plano que resultou na morte de Gabriel, que foi alvejado com um tiro na cabeça quando estava de costas para a rua e fechando a porta da pensão para ir ao curso. O corpo foi enterrado hoje debaixo de muita comoção e revolta na cidade de Caxias.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Marginais invadem motel, roubam clientes e mulheres são molestadas em Paulo Ramos

Blog do Carlinhos Filho

No último final de semana, um motel de Paulo Ramos foi alvo de assalto. Segundo informações que chegaram ao nosso blog, na noite de sábado, por volta das 20 horas, três marginais invadiram o motel, renderam funcionários e clientes. A ação criminosa durou até às 5 horas da manhã de domingo. Nesse período, o trio subtraiu dinheiro, joias, aparelhos celulares e outros pertences das vítimas. Também circula a informação que mulheres foram molestadas sexualmente pelos bandidos.

“A história que tem é que chegaram três meliantes lá e renderam o cara da guarita. Isso foi no sábado para domingo, das 20h até 5h da manhã eles tomaram de conta. Um ficou na portaria e outros dois lá dentro rendendo os clientes que chegavam. Quando apitava na portaria, eles abriam a porta, as pessoas entravam no quarto e eram surpreendidas pelos bandidos. Os homens eram amarrados nos pés e nas mãos; já as mulheres eram levadas para outro lado. E nesse rojão ficaram de 20h até às 5. Levaram joia, dinheiro, tudo dos clientes que chegaram lá. E tem essa história que teve o assédio com as mulheres, mas não é nada confirmado, até porque elas estão constrangidas em falar. Mas a história que tem é que teve,” informou um leitor do blog em Paulo Ramos.

A polícia foi acionada, esteve no local, porém, até o momento nenhum suspeito foi preso. Funcionários e clientes registraram boletim na delegacia local.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Polícia deflagra operação em combate ao tráfico de drogas no Maranhão e na Paraíba

A Polícia Civil do Maranhão deflagrou nesta sexta-feira (19) a Operação Camboa em combate ao tráfico de drogas no estado. Foram cumpridos 30 mandados e seis pessoas foram presas. A operação também foi realizada simultaneamente na Paraíba.

Dos mandados cumpridos, 22 foram de busca e apreensão, quatro de prisão preventiva e quatro autos de prisão em flagrante por tráfico ilícito de entorpecentes, posse ilegal de munição e uso de documentos falsos.

Cinco pessoas foram presas no Maranhão, dentre eles Guilherme Bruno Gomes Moraes, Paulo Ricardo Sá, Cristiane Pires, Luan Roger Ferreira da Silva e Kassio Breno Pinto Moreira. Victor Lucci da Silva, conhecido como ‘Vitão’, foi preso nesta sexta em Campina Grande na Paraíba. De acordo com a polícia, ele estava foragido desde setembro do ano passado e é apontado como líder de uma facção criminosa que atua na cidade paraibana.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Casal é preso no Maranhão fazendo circular notas falsas

A Polícia Civil de Cantanhede prendeu em flagrante delito hoje, sexta-feira (19), o casal  Genilson  Costa Gomes e Jackeline Souza da Silva, pelo crime de Circulação de Moeda  na cidade de Cantanhede. 

Eles faziam compras de baixo valor e pagavam com notas falsas de valor superior ao das mercadorias. Com isso, recebiam o troco em dinheiro verdadeiro, concluindo, assim, o objetivo da empreitada criminosa. Tais práticas vinham sendo reiteradas em Cantanhede e nas cidades vizinhas.

Genilson foi agente penitenciário e preso em 2018 por vender aparelhos celulares para os detentos de Pedrinhas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Urgente! Polícia acaba de prender assassino de Bruno Rafael

Foi preso na tarde desta quarta-feira André Lucas Santos Costa, acusado de ter matado o jovem Bruno Rafael no dia 24 junho, conjunto Sítio Natureza. O acusado passou quase um mês foragido e foi encontrado hoje na cidade de Santa Inês. 

O assassino estava morando de favor na casa de Bruno e o matou lá mesmo, após a comemoração do aniversário da namorada da vítima. O corpo de Bruno foi encontrado debaixo da caixa d’água de sua casa. Segundo o laudo do IML, a vítima foi asfixiada até a morte.

” Deus nos deu uma grande vitória, depois de nossa luta incansável cobrando da polícia”, disse a tia da vítima, jornalista e colunista social Wilma França, após agradecer o empenho do secretário de Segurança, Jefferson Portela, e do delegado Geral, Leonardo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Empresários de Goiás são presos suspeitos de sonegar R$ 93 milhões no Piauí

Por Cidade Verde

Dois grandes atacadistas do Centro-Oeste do país, foram presos na noite da última quarta-feira(10), por policiais do Piauí, na cidade de Anápolis-GO, onde moram. João Batista Victor e Maurício Miguel são suspeitos de sonegar impostos ao Piauí, além de falsidade ideológica e organização criminosa. O rombo seria de mais de R$ 90 milhões nos últimos dez anos.

O delegado João José, titular delegacia especializada em Crimes Contra a Ordem Tributária, foi o responsável pela investigação e prisão dos empresários, juntamente como o delegado Josimar Brito, que são ligados à empresa Pérola, com atuação no estado do Goiás, que tem faturamento estimado em mais de R$ 1 bilhão.

As investigações começaram em 2017, com a prisão de várias pessoas, incluindo uma família de Campo Maior, apontada como responsável pela criação de dezenas de empresas de fachada. A dupla presa, esta semana, venderia mercadorias para as empresas fantasmas no Piauí. Ao todo, 19 pessoas foram indiciadas.

“Essas empresas eram criadas por falsários aqui no Piauí da família Amisterdan de Campo Maior. Eles criavam as empresas e ofereciam para os empresários efetuarem compras em Anápolis, por sua vez a empresa passou a ter conhecimento desse esquema, mas ficou na dela, porque estava vendendo, não estava tendo prejuízo, apenas quem estava tendo prejuízo era o Piauí, porque as empresas eram usadas como fantasma, como laranjas, e a empresa verdadeira ficava sem pagar, porque nem a mercadoria vinha para o Piauí e muito menos se pagava imposto”, informou o delegado J.J.

Ele disse que o pedido de prisão dos empresários foi aceito pela Justiça e durante o cumprimento dos mandados foram feitas também busca e apreensão dos celulares dos suspeitos.

O ministério público já pediu o bloqueio de pelo menos R$ 17 milhões, já que a maior parte dos crimes têm mais de cinco anos e já estão prescritos.

Os dois empresários foram transferidos para Teresina, onde estão presos na Polinter e devem ser ouvidos na próxima segunda-feira(15). O delegado informou que as outras 17 pessoas já foram todas ouvidas e que o promotor Plínio Fontes pode solicitar o bloqueio de mais recursos.

“Mais da metade dos R$ 93 milhões já estão prescritos, inicialmente o promotor pediu este bloqueio, mas isso não significa que o valor não possa aumentar”, destacou João José.

A operação Anápolis 2, teve a primeira fase deflagrada há quatro meses, quando a Decoterc prendeu dois vendedores da empresa e obteve por meio de delação premiada, informações relevantes que desencadearam uma nova fase da investigação.

A reportagem do Cidadeverde.com tentou contato com o grupo Pérola que não atendeu aos telefones indicados no site da empresa e não retornou nossa solicitação por e-mail.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Carolina cresce e já tem até fábrica de armas de fogo… clandestina

A Operação Jagunço, que uniu policiais civil e militar de Carolina (MA) e do Tocantins, desbaratou na quinta-feira, dia 11, uma fábrica clandestina de armas na cidade maranhense. Apreenderam o maior número de armas que eram comercializadas no Tocantins.

No povoado Helenópolis, em Carolina, foram presos os donos das armas. São eles: Jovenilson da Silva Torres, Irinelton Andrade da Silva, Jorge dos Santos Rodrigues, Antônio da Anunciação e a mulher Maria de Jesus dos Santos Rodrigues, que vendiam as armas para pessoas em Carolina e mais duas cidades do Tocantins.

Além de caixas de munições, 25 armas foram apreendidas e caixas de chumbos para recarga de cartucho.  Os presos levados para a delegacia de Carolina

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Após discussão em festa no interior, homem mata ex-mulher que estava grávida

A vítima, Raimunda Pereira Barbosa foi, ainda chegou a ser levada às pressas para o Hospital Municipal de Anapurus, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Testemunhas informaram que o homem vinha tentando reatar o relacionamento, com o que não concordava a ex-companheira. O assassino tratou de fugir da cidade e tomou rumo ignorado.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.