Primeira reunião

Depois de participar da reunião coletiva (todos os ministros) com o presidente da República, no Palácio do Planalto, quarta-feira passada, o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão terá seu primeiro despacho com Lula.

A reunião está programada para as 14h de amanhã no gabinete presidencial. Segundo fui informado, Lobão detalhará ao presidente o andamento das ações da sua Pasta e levará ao conhecimento de Lula novas metas que poderão ser introduzidas ainda este ano no calendário do MME.

Duas delas: a reabertura de duas usinas nucleares e o cumprimento da meta do programa Luz Para Todos em todo o país, notadamente no Nordeste. Só no Maranhão, por exemplo, o programa não atingiu a média nacional que foi de 90%.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

A Tarde em Teresina

O Jornal A tarde, de nossa propriedade, começou a circular desde ontem nas bancas de Teresina. E fez sucesso, segundo informa o responsável pela distribuição na capital do Estado do Piauí.

Simultaneamente iniciamos a distribuição na vizinha cidade de Timon, com ótima aceitação.

Em poucos dias, seremos o segundo jornal do Maranhão a circular diariamente em Brasília.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Despesa do lixo

A Prefeitura de São Luís gasta R$ 3,5 milhões mensais com a limpeza da cidade. A princípio a cifra espanta, mas se levarmos em consideração que a capital tem quase um milhão de habitantes, a conta não sai salgada para os bolsos dos contribuintes.

Por pessoa pagamos para as empresa responsáveis pelo recolhimento do lixo (ou resíduo sólido como queiram alguns) Limpfort, Limpel e Coliseu aproximadamente R$ 4. Somando os números por residência e estabelecimento comercial, cada qual paga por mês perto de R$ 9. Ou seja: menos de 3% do salário mínimo vigente.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Novos jornais

Anunciam para o começo de março a estréia de mais dois jornais diários em São Luís. Teremos, então, 14 matutinos. Nada mal.

Novos empregos para profissionais (jornalistas, publicitários, secretárias, contínuos, motoristas e gráficos) serão abertos. Sem falar que o público leitor terá mais opções de notícias.

No Rio de Janeiro (aí não vai nenhuma comparação), 22 jornais circulam diariamente no Estado e todos podem ser lidos pela internet. Além disso, mais oito circulam fora do alcance virtual.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ameaça de greve

No Rio de Janeiro policiais militares e do Corpo de Bombeiros fizeram hoje pela manhã passeata em protesto contra o que consideram baixos salários.

Coronel carioca quer que seu soldo seja equivalente a um salário de delegado, algo em torno de R$ 9 mil.

No Maranhão, o salário de um coronel fechado não ultrapassa a R$ 6 mil. Um soldado (praça) recebe aproximadamente R$ 900.

Em Brasília (maior salário do país), segundo constatei quando estive semana passada na capital federal, inicia-se um movimento dos militares para igualar os soldos aos que percebem delegados e agentes civis. Um delegado ganha R$ 9 mil, e um agente R$ 3,5 mil.

Um soldado de Brasília recebe R$ 2,5 mil mês.

O ideal mesmo é que os salários fossem unificados, até porque as policias são as mesmas, exercem tarefas semelhantes e se expõe do mesmo modo a todo tipo de crimes.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Brincadeira

A Secretaria de Saúde do Estado despachou para duas cidades maranhenses, Estreito e Pastos Bons, dez pessoas, entre médicos, enfermeiras e motorista com única finalidade: capturar o mosquito que picou e levou a óbito dois macacos.

Fontes do Ministério de Saúde garantem que os dois macacos morreram de febre amarela. Então, ao invés de procurar nas matas qual o mosquito assassino, seria melhor levar estoque de vacina contra a doença.

Assustados

Dois matutinos da cidade andam vendo chifre em cabeça de jumento. Quem sabe imaginando que podem perder polpudos contratos caso o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, decida disputar o Governo do Estado em 2010.

Jackson na Difusora

A primeira entrevista dada por Jackson Lago para emissora de TV, após ser eleito governador foi nos estúdios da Difusora.

Após a entrevista, o novo governador foi convidado para participar de um café da manhã com alguns diretores da emissora, entre eles o proprietário Edinho Lobão.

Em meio aos sucos, biscoitos e bolos típicos, Jackson Lago revelou que só se sentiu tranqüilo quando teve a certeza de que não disputaria o governo contra o senador Lobão.

Todos deram gargalhadas, inclusive o governador.

Assédio

Disse ontem que o suplente de senador Edinho Lobão estava sendo assediado pelo PTB, PMDB e outros partidos menores.

Horas depois, em Brasília, o líder do PTB no Senado Federal Epitácio Cafeteira convidava, por telefone, o empresário para se filiar ao PTB. O líder do PMDB, Romero Jucá, disse agora pela manhã que as portas do seu partido estão abertas para Edison Lobão Filho, mas acredita que o futuro senador esteja inclinado a assinar a ficha de filiação em um partido nanico.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Corte

A Cervejaria Schincariol suspendeu o patrocínio que mantinha com a Associação do Ministério Público do Maranhão há mais de quatro anos. O grupo dava de graça todas as cervejas que a entidade vendia nas festas carnavalescas.

Depois que o MP passou a integrar a equipe que investiga as ações consideradas fraudulentas por duas empresas distribuidores da Schincariol, acabou a farra.

Convite

O suplente de senador Edison Lobão Filho, segundo fui informado hoje, acaba de receber convite do PTB nacional. O empresário estaria inclinado a assinar a ficha de filiação do PMDB, mas nada definido até agora.

Nice Lobão deixa o DEM

A senadora Nice Lobão anunciou hoje que deixará o Partido dos Democratas, sua primeira agremiação política, pelo qual lutou pela expansão no Maranhão desde quando o nome era PFL.

A cúpula do partido acatou a sugestão e prometeu que não irá criar problemas se ela e o filho Edinho Lobão manifestarem desejo de deixar a sigla.

Nice Lobão tem dois mandatos de deputada federal, sempre com progressivas votações. Nunca votou contra a orientação do partido na Câmara Federal. Aliás, sempre fez oposição ao governo Lula.

Agora, com o marido ministro e com um pé fora de DEM, muitos imaginam que sua posição mudará em relação ao governo federal. Qual nada. A parlamentar tem posição e dela não se arredará.

Pode Lula ter um ministro e sua esposa ter o direito de ter visão contrária ao governo dele. Claro. O ministro da Justiça, Tarso Genro, tem uma filha deputada federal pelo Rio Grande do Sul, abrigada no PSOL. Não basta dizer mais nada.

Divisão

O empresário João Claudino, dono do Grupo Paraíba, ficou somente com o Louvre Maganize e com o segmento Sucesso, na divisão entre os irmãos. Valdecir Claudino comanda os armazéns Paraíba em todo o Maranhão.

Candidato

O deputado federal Gastão Vieira (PMDB) meteu a cara. Diz que lutará para ser candidato à sucessão do prefeito Tadeu Palácio. Porém, a cúpula local do seu partido defende uma aliança com o DEM, tendo o deputado estadual Raimundo Cutrim na cabeça da chapa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Edinho entra no PMDB

Edinho Lobão e Roseana Sarney

A bancada do PMDB ganhará mais um senador. Trata-se do empresário e suplente Edison Lobão Filho, que deixará o DEM na quarta-feira e se filiará ao PMDB depois que assumir o mandato de senador, antes do carnaval.

Depois que chegou a São Luís ontem (estava em gozo de férias no Colorado, Estados Unidos), o empresário reuniu com o advogado Antônio Almeida e conseguiu levantar provas que mostram ser inocente em três questões: empresa Itumar, de quem nunca foi sócio, do uso da doméstica como laranja e da dívida da Bemar (R$ 5 milhões) que renegociou o empréstimo e vem pagando as parcelas religiosamente.

Depois de mostrar os documentos, o advogado disse que não tem a menor dúvida da inocência do seu cliente e que ele vai assumir o mandato sem o menor receio.

Com a entrada de Edinho no PMDB, o partido passará a ter dois representantes maranhenses no Senado federal: ele e a senadora Roseana Sarney (foto).

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Edinho não renuncia

A grande imprensa do Sul do país vem dando como favas contadas a renúncia do empresário Edison Lobão Filho para não ocupar o cargo de senador da República.

Até ontem no período da noite, Edinho Lobão ainda tentava fazer acordo com o seu partido, o DEM que prefere vê-lo distante dos quadros da agremiação partidária.

Amigo do empresário pediu para postar no blogue que não passa pela cabeça de Edinho Lobão a renúncia. “Essa palavra não consta do dicionário dele. Edinho prefere se sacrificar a ser covarde. Além do mais, quem não deve não teme”, informou o amigo comum do filho do ministro Lobão.

Agora pela manhã, Edinho Lobão reuniu com seu advogado Antônio Almeida e começaram a juntar documentos para provar sua inocência. Ele pretende protocolar os papéis na presidência do Senado federal antes do carnaval.

A documentação também está sendo aguardada pelo corregedor do Senado, Romeu Tuma.

As provas de Edinho

Em pelo menos dois casos o suplente de senador Edison Lobão Filho tem provas favoráveis. Segundo seu ex-sócio nos negócios da Bemar, distribuidora da cerveja Skin, Marco Antônio Costa, Edinho Lobão não sabia que a sua parte na sociedade tinha sido vendida para uma laranja, a doméstica Maria Lúcia Martins. Ele pretende depor na Corregedoria do Senado e assumir toda a responsabilidade.

Na segunda questão, o suplente tem em mãos documentos da negociação da dívida do empréstimo que estava em quase R$ 5 milhões, por conta de atrasos nas parcelas de pagamento. Antes mesmo de se desligar da Bemar, as prestações da renegociação da dívida vinham sendo cumpridas.

Restará apenas a denúncia do Ministério Público estadual de que o empresário e suplente de senador teria influenciado no setor de processamento de dados da Fazenda para burlar o fisco.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Ausência

A deputada federal Nice Lobão (DEM) não compareceu ao ato de posse do seu marido, ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, por motivo de saúde. A parlamentar esteve fora do Brasil e ficou abalada com as notícias contra o filho Edison Lobão Filho. E ficou irada com a posição do seu partido, o DEM, que continua fazendo campanha aberta contra o suplente do pai e pedindo o seu afastamento do partido.

Não abre

Agência do Estado de São Paulo divulgou ontem à noite que o empresário Edison Lobão Filho iria renunciar ao mandato de senador que pode ocupar em função do pai assumir o cargo de ministro do MME.

Outra agência de notícias de São Paulo informa que o suplente só assumirá a vaga do pai depois que apresentar sua defesa. A quem acreditar?

O retorno de Edinho

O empresário e suplente de senador Edinho Lobão começou desde ontem, em São Luís, juntar provas do que considera sua inocência das acusações de que teria usado uma “laranja” para fugir dos débitos e de sonegação fiscal.
A fruta cítrica, ao que parece, não azedou as provas do filho do ministro Edison Lobão. Na quarta-feira, o ex-sócio do empresário declarou que Edinho Lobão é inocente no processo ou nas acusações.

Disse que o suplente de senador não tinha conhecimento de que a empregada doméstica, usada como laranja, foi a compradora das ações que Edinho tinha na Bemar, empresa de distribuição das cervejas Skin no Maranhão.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

A Tarde em Brasília

Uma boa notícia para os maranhenses que residem em Brasília: o Jornal A Tarde vai circular, a partir do dia 12 de fevereiro na capital federal. Estaremos nas principais bancas das cidades satélites, principalmente em Taguatinga, no Plano Piloto, nas Esplanada dos Ministérios, Palácio do Planalto, Supremo Tribunal Federal, Tribunal Superior de Justiça e no Congresso Nacional.

Antes, porém, estaremos marcando presença, a partir de domingo, nas cidades de Teresina e Timon. É a meta de expansão do Jornal A Tarde, comandado pelo jornalista Luis Cardoso.

Sarney e o MME I

O senador José Sarney tem a força e muita energia. Controlava desde o seu próprio governo parte do setor energético do país. No governo seguinte de Fernando Collor muitos técnicos por ele apadrinhados ficaram no Ministério de Minas e Energia ou nas mais diversas estatais do setor.

Sarney e o MME II

No governo de Fernando Henrique Cardoso não foi diferente. Técnicos como Astrogildo Quental e Silas Rondeau continuam exercendo postos chaves de empresas estatais ligadas ao Ministério de Minas e Energia. Com Lula a situação ficou mais confortável.

Sarney e o MME III

O engenheiro Silas Rondeua, antes de ser ministro do MME, ocupava a direção da Eletronorte, vindo depois a mandar na Eletrobrás. Astrogildo Quental, outro engenheiro do setor, ambos ligados ao senador Sarney, dirige a diretoria administrativa e financeira da Eletronorte, estatal de peso.

Sarney e o MME IV

Agora, José Sarney mais energizado ainda, indicou o ministro do MME, Edison Lobão, vencendo a batalha contra a poderosa ministra da Casa Civil, Dilma Rousseft e os não menos poderosos e maquiavélicos técnicos dos PT.

Sarney e o MME VI

E mais: o senador Sarney acaba de apontar, em comum acordo com o presidente do Senado Federal, Garibaldi Alves, o nome do técnico Evandro Coura para presidir a Eletrobrás, com o que já concordou o ministro Lobão e a cúpula do PMDB nacional. Foi uma resposta ao que foi descoberto meses depois da queda do ministro Silas Rondeua, do Ministério das Minas e Energia.

A queda de Silas I

Em conversa com dois destacados senadores do PMDB, um deputado federal pernambucano da mesma sigla, conclui-se que houve trama para derrubar Silas Rondeau. Patrocinado e arquitetado por altos técnicos do PT, encrustados e energizados no MME, o golpe funcionou.

A queda de Silas II

“Imagina você se o ministro Silas Rondeau iria pegar propina de R$ 100 mil operando com um orçamento de R$ 70 milhões”, imagina um senador de alto coturno do PMDB, em conversa comigo e com o jornalista Djalma Rodrigues.

Ele tem absoluta certeza que tudo não passou de armação para tirar Silas do cargo e permitir a ascensão de um petista para que o partido continuasse mandando e desmandando no MME.

A queda de Silas III

Com Lobão no MME, Evandro Coura na Eletrobrás e um técnico paulista do PMDB que será indicado para a Eletronorte e o preenchimento de cargos importantes nas outras estatais, aos poucos o PMDB vai ocupando o Ministério de Minas e Energia como um todo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Reconhecimento

Acordei feliz com informações de que meu jornal o A Tarde se consolida rapidamente no mercado. Recebo cobranças de meu distribuidor querendo que aumente a tiragem em razão do crescimento das vendas nas bancas e jornaleiros. Fico grato e sinto mais estímulos para avançar no sentido de expandir o jornal e levar ao público leitor a melhor informação.

Graças

Fiquei ainda mais feliz quando meu filho Yuri, que começa a fazer jornalismo na Faculdade São Luís, abriu o controle de métricas do meu blogue para mostrar que no dia 21 recebi 364 acessos. Bingo! Viva! O maior número alcançado até agora em um dia, por mim, é claro.

Estava em Brasília cobrindo a posse do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Na primeira folga postei de lá todas as informações sobre a solenidade e a participação do governador Jackson Lago.

O jornalista Raimundo Garrone enviou comentário e parabenizou a agilidade nas notícias. Obrigado!

Agradeço a todos os leitores que passaram a acessar o blogue que tem apenas três meses no ar. Em especial ao jornalista Marcos D`eça, o texto mais claro e inteligente da cidade, pela carona (reprodução do meu conteúdo no seu blogue). Agradeço também aos internautas dos Estados Unidos, Portugal, Itália, Alemanha, Japão, Espanha, Chile e China. Sou acessado 23 vezes ao dia por leitores do Peru, pra não esquecer.

Pesquisa

O prefeito Tadeu Palácio tem em mãos resultados mais recentes de pesquisas que auferiram a preferência do eleitorado da capital na escolha do seu sucessor.

O secretário Canindé Barros apresenta melhor desempenho entre os três auxiliares de Tadeu que buscam sair candidato com o apoio do prefeito, embora continue bem distante de João Castelo.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Página 2.575 de 2.585« Primeira...102030...2.5732.5742.5752.5762.577...2.580...Última »