São R$ 90 milhões os valores que estão bloqueados  de contas de pessoas físicas e jurídicas envolvidas no desvio de R$ 18 milhões da Saúde do Maranhão, conforme investigação feita pela Polícia Federal na operação “Pegadores”. A determinação do bloqueio foi da juíza Paula Souza Moraes, que responde pela 1ª Vara Criminal da Justiça Federal no Maranhão.

O maior bloqueio para pessoa física ficou com as contas da ex-secretária adjunta de Saúde, Rosângela Curado,  do ex-superientende da Rede Estadual de Saúde do Maranhão, Luiz Marques Barbosa Júnior, R$ 18.345.815,03. As duas pessoas jurídicas, IDAC em R$ 5.265.069,16, e o Instituto de Serviços Médicos e Consultoria Ltda-Me com R$ 11.396.437,60.

Confira abaixo todos os bloqueios:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.