Empresários do transporte vivem ameaçados por auxiliar do governo que só favorece os amigos em contratações

Artur Cabral e Flávio Dino

Por Luís Pablo

Os grandes e pequenos empresários do ramo do Transporte Rodoviário e de Fretamento no Maranhão vivem ameaçados sob a gestão do presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos(MOB), Artur Cabral.

O auxiliar do governo Flávio Dino (PCdoB) é mais uma vez alvo de denúncias. O motivo continua sendo o mesmo, só que agora as acusações são mais graves.

A equipe de reportagem do Blog do Luís Pablo recebeu denúncia de contratos milionários que estão favorecendo apenas uma pessoa: o empresário Vicente Araújo, amigo pessoal de Artur Cabral.

De acordo com a denúncia, o empresário foi beneficiado com 10 linhas intermunicipais prejudicando diversos empresários do setor, que vêm sendo perseguidos pelo presidente da MOB – isso não é a primeira vez.

Ainda de acordo com a denúncia, Artur Cabral agiu em favor de Vicente Araújo na contratação do Projeto Travessia. O empresário ganhou dois contratos – isso fora as 10 linhas intermunicipais – milionários para transportar deficientes físicos na grande Ilha e em Imperatriz.

Só em Imperatriz (Pregão N° 89/2016 – POE/MA – Contrato N° 13/2016 – Processo Administrativo 0115385/2016-MOB), o empresário Vicente Araújo abocanhou um contrato de R$ 5.058,000,00. Em São Luís (Pregão N° 053/2015 – POE/MA – Processo Administrativo N° 36862/2016-MOB) foi de R$ 3.008.000,00.

Nessas contratações, há itens que não estão sendo cumpridos, como manutenção de escritório e garagem/aluguel e Plataforma 0800. No quesito garagem/aluguel, em São Luís, os veículos ficam guardados na garagem da empresa Requinte, que pertence a Vicente Araújo. Portanto, não poderia ser cobrado o aluguel da mesma, como vem acontecendo.

Empresário Vicente Araújo

Empresário Vicente Araújo

Na Plataforma 0800, que deveria servir para que os usuários do sistema pudessem ligar para agendar seus horários, nunca entrou em funcionamento. Mas o valor vem sendo pago mensalmente pela MOB como manutenção.

Em Imperatriz, quatro veículos ficam guardados no fundo do Terminal Rodoviário dia e noite, conforme mostram as imagens abaixo. Além disso, a sala utilizada pelo “Serviço Travessia” não tem custo nenhum, porque não é cobrado aluguel. No entanto, a empresa cobra mensalmente a bagatela de R$ 22 mil por este serviço aos cofres do Estado.

Outro fato curioso são os valores dessas contratações. Na cidade de Imperatriz o contrato custa quase R$ 2 milhões a mais que na capital, sendo que não tem nem a metade dos atendimentos feitos em São Luís.

Será que o governador Flávio Dino tem conhecimento disso? Será também que nenhuma autoridade irá tomar providência?

Veículos no fundo do terminal rodoviário de Imperatriz:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Bomba! Governo contrata por R$ 36 milhões empresa de dono que já foi preso no MA por fraude e agiotagem

 Rodrigo Gomes Casanova Júnior já foi preso pela Seic por participar de um grupo investigado por agiotagem e fraude em licitações no Maranhão, assim como teve bens bloqueados, em 2015. Ele é sócio proprietário da Construservice Empreendimentos e Construções LTDA, que ganhou agora do Governo de Flávio Dino contratos com a Sinfra e Sedes para execução de serviços de pavimentação e manutenção de vias urbanas na regional de Santa Inês e em São Luis, ao valor de R$ 36.314.794,12.

Como se observa, o governo não tem mais o menor pudor de fazer negócios que podem exalar podridão ou no mínimo enlamear os bons propósitos, se é que algum dia os teve.

legenda e foto do Blog do Acélio Trindade: Construservice fechada em Codó pela Polícia Civil dia 31 de março 2015/Polícia Civil apreendeu uma caçamba com registro de roubo no pátio da empresa

A prisão do proprietário da Construservice, que tem sede em Codó, executada por policiais da SEIC foi em caráter coercitivo por suspeita de envolvimento com pessoas ligadas a agiotagem e fraudes em diversos processos licitatórios estaduais e municipais.

A construservice foi aberta em 2007 e fez parcerias com outras construtoras. No ano passado ganhou três licitações para obras de escolas em Presidente Vargas.

O seu dono tem ainda três empresas, sendo duas no Pará e uma no Maranhão. O capital social dela da Construservice gira em torno de R$ 20 milhões. Rodrigo aparece como sócio de Adilton Silva Costa, Na relação dos que foram presos pela SEIC tem um com o nome Adailton Silva Costa. Muita coincidência.

Abaixo o estrato da Concorrência  e o nome da Construservice que ganhou um dos maiores lotes:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Escândalo: Licitações na Sinfra são cartas marcadas e definido que vai vencer

Denúncias que chegam ao Blog do Luis Cardoso indicam que foi instalado o maior acordo entre empreiteiras envolvendo a Secretária de Estado da Infraestrutura do Maranhão , com anuência do próprio secretário Kleiton Noleto e a Comissão Setorial de Licitação. Por isso, foram divididas as Licitações das Concorrências de números 009/2017-CSL a 019/2017- CSL, entre as empresas de interesse da secretaria.

Ocorre que as mesmas empresas fazem cobertura uma a outra, em que o deságio fica em torno de 1% a 3% do preço base da secretária ou das construtoras, conforme resultado já pré-estabelecido entre elas.

Observe que ainda não saiu o resultado das propostas de preços, mas as vencedoras já estão definidas, relacionadas abaixo, conforme denuncias que chegaram ao blog:

CONCORRÊNCIA Nº 009/2017-CSL – Regional Imperatriz – Vencedora = Terramata

CONCORRÊNCIA Nº 010/2017-CSL – Regional Bacabal – Vencedora = Edeconsil

CONCORRÊNCIA Nº 011/2017-CSL – Regional Grajaú – Vencedora = Terramata

CONCORRÊNCIA Nº 012/2017-CSL – Regional Pinheiro – Vencedora = Edeconsil

CONCORRÊNCIA Nº 013/2017-CSL – Regional São Luis – Vencedora = Edeconsil

CONCORRÊNCIA Nº 014/2017-CSL – Regional Santa Inês – Vencedora = Enciza

CONCORRÊNCIA Nº 015/2017-CSL – Regional Balsas – Vencedora = Construservice

CONCORRÊNCIA Nº 016/2017-CSL – Regional Itapecuru – Vencedora = Edeconsil

CONCORRÊNCIA Nº 017/2017-CSL – Regional Caxias – Vencedora = Jurema

CONCORRÊNCIA Nº 018/2017-CSL – Regional Colinas – Vencedora = TAC

CONCORRÊNCIA Nº 019/2017-CSL – Regional Santa Quitéria – Vencedora = Jurema

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.