O presidente da Câmara Municipal de Paço do Lumiar, conhecido por Marinho do Paço, estava bêbado quando foi abordado ontem por uma blitz da BPRv no Maiobão. O fato de ser aliado e cabo eleitoral do governador o fez avançar contra a guarnição e até oferecer propina para ser liberado, mas acabou sendo preso. Ocorre que após um telefonema, não se sabe a quem endereçado, o vereador foi liberado ao pagar uma fiança.

Marinho do Paço (foto abaixo), que puxa a brasa para a sardinha do prefeito de Paço, Domingos Dutra, não contava que os policiais da BPRv fossem levá-lo para a prisão. Só que na Delegacia do Maiobão foi liberado após pagar uma fiança, até agora desconhecido o valor. Além de dirigir embriagado, colocando em risco a vida das pessoas e até a dele também, não poderia ter sido liberado na mesmo hora, levando em consideração também que tentou subornar os policiais.

Existem vários casos de aliados de Flávio Dino envolvidos em acidentes que nem chegaram a ser presos, como o de dois conhecidos deputados estaduais, além do vereador Gaguinho, que acabou nada acontecendo a ele e as fiscalizações da BPRv  ficaram reduzidas.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.