O homem disse aos parentes que acidentalmente sua espingarda disparou atingindo a esposa, que morreu no local, para em seguida pegar a própria arma e recorrer ao suicídio.

O fato aconteceu na cidade de São João do Paraíso, próximo de Porto Franco. Antes de se suicidar, o homem ainda mandou dois áudios para um parente dizendo que não teve culpa, informa que vai se matar, e pede que criem sua filha. Confira abaixo:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.