Pelos números da recente pesquisa revista Veja/ESB, Jair Bolsonaro ganharia hoje a reeleição contra os nomes mais citados, como o de Lula, Fernando Haddad, Ciro Gomes e do apresentador da Globo, Luxiano Huck. O atual presidente da República perderia apenas para seu ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Realizada entre os dias 11 e 14 deste, Bolsonaro não teria dificuldades de ganhar dos nomes mais falados da esquerda. O capitão ganharia de Lula por 46% a 38% em eventual segundo turno. Contra Fernando Haddad o placar seria 47% a 34% dos que manteriam a reeleição de Bolsonaro.

Ciro Gomes, que vai insistir novamente pelo PDT em 2022, os números da pesquisa revelada por Veja apontam que ele não terá condições de nem chegar ao segundo turno. O nome do Maranhense Flávio Dino não apareceu na pesquisa, embora ele tenha ocupado bastante espaços na imprensa nacional, inclusive como provável pré-candidato.

A situação da economia no pais caminha para recuperação e até tivemos neste ano o menor índice de inflação dos últimos 20 anos. O pagamento do 13º salário do Bolsa Família agora em dezembro dará uma injeção de simpatia ao presidente junto as camadas mais necessitadas, exatamente o eleitorado de Lula.

Há até quem aposte que se Jair Bolsonaro aceite a Globo em seu pacote de novos amigos, sua popularidade pode permitir a ele eliminar a fatura no primeiro turno.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.