Na manhã de hoje a Polícia Federal deflagrou a segunda fase da Operação Torrentes que tem como objetivo principal apurar desvios de recursos federais e corrupção, no Maranhão e Pernambuco. A operação denominada Círculo de Fogo, apurou diversas irregularidades praticadas pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão e empresários em 2013 e 2014 durante o atendimento às vítimas das fortes secas no estado.

Os oficiais do Corpo de Bombeiros do Maranhão que tiveram prisão preventiva decretada foram: coronel Carlos Robério, Capitão Augusto Cutrim, Lima (patente não divulgada) e o ex-comandante do CBMMA, João Vanderlei.

Aguarde mais informações…

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.