O deputado federal Pinto da Itamaraty permanece mudo, mas seu silêncio é revelador. Ele gostaria de ter sido escolhido na convenção do seu PSDB como o candidato à sucessão do prefeito Tadeu Palácio. Como não foi possível, se contentou com a missão de ser o coordenador geral da campanha dos tucanos. Agora, sente que chegou sua vez.

O próprio João Castelo avisou que se permanecer inelegível, vai defender o nome de Pinto da Itamaraty como seu substituto.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.