O maranhense Gilberto Rodrigues dos Anjos, de 32 anos, autor de uma chacina que vitimou mãe e três filhas, em Sorriso, no Mato Grosso, também assassinou um jornalista por enforcamento na cidade de Mineiros, no estado de Goiás. A vítima teria tentado se relacionar amorosamente com o homicida.

Vítimas de Gilberto no Mato Grosso

O crime foi registrado na madrugada de 22 de dezembro de 2013, quando Gilberto conheceu o jornalista Osni Mendes em um bar. Após conversarem, Osni teria oferecido carona ao acusado para irem para outro bar. No caminho o jornalista parou o veículo dizendo que iria fazer xixi e disse a Gilberto que também descesse. De acordo com a versão da defesa de homicida, Osni tentou beijá-lo à força e ele reagiu lhe dando socos e depois de uma luta corporal entre ambos, Gilberto enforcou a vítima com a camisa.

O serial killer então fugiu no carro do jornalista e buscou abrigo no sítio de um amigo. Cinco dias após o crime, ele foi encontrado pela polícia em um bar de Mineiros, sendo preso em flagrante e confessando a autoria do homicídio.

Gilberto ficou preso pela morte de Osni por mais de 160 dias. Mas, em junho de 2014, conseguiu na Justiça um relaxamento de prisão, por conta do excesso de prazo na conclusão do inquérito policial.

“Gilberto encontra-se custodiado cautelarmente há mais de 160 dias e não há acusação regularmente formulada pelo Estado em seu desfavor”, considerou o juiz Fábio Vinícius Gorni que relaxou a prisão.

Com a prisão dele no Mato Grosso, pela morte brutal de Clecia Calvi Cardoso, de 46 anos, e das três filhas dela, Miliane Calvi Cardoso, de 19 anos, Manuela Calvi Cardoso, de 13 anos e Melissa Calvi Cardoso, de 10 anos, na última segunda-feira (27), a Justiça de Goiás atualizou o processo da morte de Osni para réu preso.

As vítimas de Gilberto no MT  foram degoladas e estupradas. A de 10 anos, foi morta por asfixia.

O crime só foi descoberto por que vizinhos deram falta da família que não foi mais vista e acionaram a polícia. O Corpo de Bombeiros e os PMs entraram na residência, no bairro Florais da Mata, depois de ninguém atender aos chamados.

As vítimas foram encontradas pelos militares sem vida, com sinais de abuso sexual e cortes de faca no pescoço. Duas foram encontradas dentro de um quarto e outras duas, no corredor da casa que foi arrombada.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na tarde de ontem, quinta-feira (18), a Polícia Federal efetuou mais uma prisão no Aeroporto Cunha ...
A pesquisa do Instituto DataM foi registrada no TSE sob o número MA-00487/2024. A sondagem foi ...
Pesquisa do Instituto Prever mostra o cenário eleitoral em São José de Ribamar, na Região Metropolitana ...
A Justiça decretou a prisão de Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, condenado a 98 anos em ...
O município de Lago da Lago da Pedra esta sendo advertido pelo Tribunal de Contas do ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.