A Polícia Civil prendeu ontem (23) em flagrante, um homem de 26 anos de idade, pela prática do crime de exercício ilegal da medicina e falsidade ideológica. Investigadores da Delegacia de Governador Nunes Freire efetuaram a prisão no momento em que o investigado atendia pacientes no Hospital Municipal de Maranhãozinho.

Foto Reprodução: PCMA

A prisão foi decorrente de investigação, após denúncias de algumas situações de diagnóstico equivocado apresentado pelo falso médico, que atuava nos hospitais municipais de Maranhãozinho e Maracaçumé, fato que despertou a desconfiança de alguns pacientes.

Conforme restou apurado, o falso médico, que era formado no exterior, sem revalidação do diploma, atuava utilizando os dados e número do Conselho Regional de Medicina de outro profissional, registrado no Estado do Pará.

O preso foi encaminhado para a Unidade Prisional de Governador Nunes Freire, onde aguardará ulterior deliberação judicial.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.