Prefeitura de São Luís promove Copinha Municipal de Futebol

O campeonato, que reúne 46 escolinhas do programa Movimento e Resgate, é realizado pela Prefeitura de São Luís, que tem incentivado a prática do esporte para a construção da cidadania

A promoção da I Copinha Municipal de Futebol é mais um esforço da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior para incentivar a prática do esporte para a construção da cidadania de crianças e jovens ludovicenses. Neste sábado (8), no campo do bairro do Santa Cruz, foram iniciados os jogos do campeonato que reúne 46 escolinhas do programa Movimento e Resgate, realizado pela Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (Semdel). Na partida de estreia, a equipe da casa venceu a escolinha da Salinas Sacavém por 4 a 3 pela categoria sub-12.

A competição é uma homenagem póstuma ao falecido ex-governador do Maranhão, Jackson Lago, e reúne mais de duas mil crianças em dois meses de competição. Os jogos serão realizados na categoria sub-12 e sub-16 e tem como objetivo promover a integração entre as escolinhas de futebol de campo do programa, além de estimular a prática do esporte e de atividades físicas.

“O objetivo da Prefeitura com a iniciativa é promover a integração desses jovens atletas. Eventos como esse, que segue orientação do prefeito Edivaldo, ajudam no combate contra o mundo das drogas e da marginalização. Espero que essa competição possa superar nossas expectativas e ser um sucesso maior do que já está sendo”, destacou o secretário municipal de Desportos e Lazer, Rommeo Amin.

Na I Copinha Municipal de Futebol, 23 escolinhas disputarão o título na categoria sub-12, mesmo número de equipes da categoria sub-16, totalizando as 46 que lutarão pelo título da competição. Todas elas foram divididas em quatro regionais para facilitar o deslocamento na hora de suas partidas de futebol. Os jogos serão realizados em todos os fins de semana durante os próximos dois meses. Todas jogarão entre si em suas respectivas regionais e quatro avançarão para as etapas eliminatórias. Após isso, somente a equipe campeã e a vice-campeão de cada regional avançará para a fase final da competição, onde serão conhecidos os campeões gerais em cada categoria.

Os jovens atletas reconhecem a importância da competição. “É muito bom jogar essa competição. Vamos lutar duro para atingir nosso objetivo que é ser campeão. Queria agradecer a todos que fizeram esse torneio, porque nós sempre estamos treinando, mas quando o jogo é valendo fica melhor , porque ai colocamos no campo o que estamos treinando toda semana”, destacou o atleta Hudson Melo, da escolinha do bairro da Forquilha.

Além da partida entre Santa Cruz e Salinas Sacavém pela categoria sub-12, Forquilha e Aurora também se enfrentaram, mas desta vez pelo sub-16, inaugurando a categoria no Campo Jairzão. Os jogos voltam a ser realizados no próximo fim de semana.

Regional 1 – Vila Embratel / Areinha / Fumacê / Vila Nova / vila Embratel / Gapara
Regional 2 – Forquilha / Santa Cruz / Aurora / Coroadinho / Salinas / Bom jesus / Fialho/ Bom jesus / Turú
Regional 3 – Cidade operária / Janaína / Janaína / Jardim América / cidade olímpica/ Jardim América / residencial Alcântara
Regional 4 – Quebra Pote / Vila Itamar/ São Cristóvão / Itapera / Quebra Pote / Itapera / São Cristóvão

Programa Movimento e Resgate

O programa Movimento e Resgate é uma ação sócio esportiva para crianças e adolescentes de comunidades desenvolvida pela gestão do prefeito Edivaldo com a capacidade para atender mais de cinco mil pessoas. São aproximadamente 70 escolinhas organizadas pela Semdel (Secretaria Municipal de Desporto e Lazer). Podem participar das escolinhas crianças e adolescentes com idade entre 10 a 17 anos de idade. Cada escolinha possui um agente de esporte remunerado pela Prefeitura e a mesma faz a doação de todo material necessário para realização das atividades.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Sem dinheiro em caixa e salários atrasados, Vasco da Gama pode fechar as portas

Salários de funcionários da sede e dos jogadores em atraso, sem nenhum real para investir na contratação de novos jogadores, o Vasco da Gama caiu feio. E perdeu para a crise de gestão, devendo ficar mesmo no último lugar no Campeonato Brasileiro e ameaçando fechar as portas antes do final do ano.

A falência anunciada do clube deixa decepcionado milhões de torcedores no país todo, notadamente no Rio de Janeiro. Dono da terceira maior torcida do Brasil (primeiro o Flamengo e depois o Corinthias), o Vasco ultimamente vive se arrastando para sobreviver, com dívidas até a alma.

Em áudio, Eurico Júnior diz que ninguém quer aceitar dirigir o clube cruzmaltino e nem ser patrocinador. Confira abaixo o desespero:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Partida de futebol beneficente reúne jogadores e artistas em São Luís

O jogo beneficente que reunirá os amigos do Andinho Xavecada e Kleber Pereira acontecerá na tarde desta segunda-feira (14) no Stadium Sport Bar, em São Luís.

O encontro já está em sua terceira edição e faz parte do projeto “Família a base de tudo”, que visa arrecada fundos para famílias carentes.

O evento vai contar ainda com a participação de outros atletas que atuam ou já atuaram no futebol brasileiro e artistas locais.

Nas duas últimas edições, o evento conseguiu ajudar mais de 150 famílias com a doação de alimentos. A entrada no evento será mediante a entrega de um quilo de alimento não perecível.

“A ideia é que a cada ano mais pessoas se juntem a esse grande propósito, que é de ajudar famílias carentes. Reunir os nossos amigos da bola, da música, da comunicação é só uma forma de confraternizar, pensando no próximo. O jogo em si é, na verdade, o menos importante”, disse o grande idealizador do evento, Andinho Xevecada.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Por não acreditar na Seleção, governo não promove local para o povo assistir jogos

Cada vez mais a Rede Globo de Televisão mostra os locais onde a população se concentra para assistir aos jogos da Seleção Brasileira. Ontem, foi a vez de Teresina aparecer para o Brasil com telões, shows e muitos torcedores. São Luís, nem pensar. 

Nem adiantar cobrar do prefeito Edivaldo Holanda que é evangélico e não lhe agrada fazer esse tipo de manifestação que não seja gospel.

Mas bem que o governador Flávio Dino, que é festeiro e adora comemorações, poderia usar aquele espaço denominado “Joãosinho Trinta”, como ponto para aglomerar o público que quer acompanhar os jogos, com direito a shows e muita festa. Sem contar que os comerciantes locais iriam faturar, assim como os que queiram fazer suas vendas de forma improvisada.

Mas um amigo do Blog do Luis Cardoso confidenciou que Flávio Dino, assim como milhares de brasileiros menos crédulos, temem que a Seleção seja derrotada nos jogos.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Com um futebol chinfrin, Brasil segue na Copa da Rússia

Após o resultado do jogo de domingo passado contra a Suíça, disse aqui no blog que com essa seleção medíocre o Brasil não vai pra lugar nenhum. Aliás, o medíocre foi um elogio. Hoje, milhões e milhões de brasileiros comprovaram que o futebol chinfrin da nossa seleção faz sofrer quem esperava um futebol arte, um time destemido, aguerrido e de valor.

Passamos 90 minutos sem gols favoráveis, sem criação, sem raça, mas só apenas malandragem. Não fossem 6 minutos de acréscimos, ficaríamos no zero a zero, que seria um placar mais justo.

O Brasil não tem mais futebol. O nosso pretenso salvador da pátria nos lembra o palhaço da infância que jogava-se o tempo inteiro no chão. Neymar é um engôdo, uma falsificação. Não joga porra nenhuma. Até pra forçar um pênalti, ele imagina que esteja no Maracanã e jogando pelo Flamengo, time que tem um torcida que vai ao êxtase quando um juiz rouba contra o adversário.

Coutinho, a única alma em campo que ainda se salva, fez o primeiro aos 45 minutos e 20 segundos de segundo tempo na Costa Rica, uma seleção que não ganha nem do time do Cordino.

Aos 52 minutos, Neymar só empurrou para um gol vazio. Até eu, depois de uma garrafa de Old Parr faria o gol com mais categoria.

Não, essa seleção medíocre não convence. Exceto para um bando de torcedores imbecis e fanáticos. Lamentável!

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Quais os horários dos jogos do Brasil na Copa do Mundo da Rússia

Seleção Brasileira vai estrear na Copa do Mundo de 2018, na Rússia, no dia 17 de junho (domingo), às 15h, contra a Suíça, na cidade de Rostov

  • Rodolfo Rodrigues, do R7
  • A seleção brasileira vai estrear na Copa de 2018 em Rostov, no dia 17 de junho

A Copa do Mundo de 2018 começará no dia 14 de junho, quinta-feira, às 12h (horário de Brasília), com o jogo entre Rússia (país-sede) e Arábia Saudita, o único do dia.

A Seleção Brasileira entrará em campo pela primeira vez três dias depois, no dia 17 de junho (domingo), às 15h, em Rostov, diante da Suíça. A equipe do técnico Tite voltará a jogar depois só na sexta-feira, dia 22 de junho, às 9h, em São Petersburgo, contra a Costa Rica. Depois, encerra sua participação na primeira fase contra a seleção da Sérvia no dia 27 de junho (quarta-feira), às 15h, em Moscou.

Se passar como primeira colocada do Grupo E, a Seleção Brasileira jogará no dia 2 de julho (segunda-feira), às 11h, em Samara, pelas oitavas de final, contra o 2º colocado do Grupo F, que tem Alemanha, México, Coreia do Sul e Suécia. Avançando, o Brasil jogará no dia 6 de julho, sexta-feira, às 15h, em Kazan, pelas quartas de final. Se passar, disputará a semifinal no dia 10 de julho, terça-feira, às 15h, em São Petersburgo. Já a final será no dia 15 de julho, domingo, às 12h, em Moscou.

Caso a seleção brasileira passe como 2ª colocada do Grupo E, jogará nas oitavas de final contra o 1º colocado do Grupo F (talvez a Alemanha), no dia 3 de julho, terça-feira, às 11h, em São Peterburgo. Depois, nas quartas de final, jogaria no dia 7 de julho (sábado), às 11h, em Samara. Avançando, na semifinal, jogaria no dia 11 de julho, quarta-feira, às 15h, em Moscou.

Horários (de Brasília) dos jogos do Brasil na Copa do Mundo de 2018:
Primeira fase

17 de junho (domingo) – BRASIL x SUÍÇA – 15h
22 de junho (sexta-feira) – BRASIL x COSTA RICA – 9h
27 de junho (quarta-feira) – BRASIL x SÉRVIA – 15h

Se o Brasil passar como 1º colocado do Grupo E
2 de julho (segunda-feira) – OITAVAS DE FINAL – 11h
6 de julho (sexta-feira) – QUARTAS DE FINAL – 15h
10 de julho (terça-feira) – SEMIFINAL – 15h
15 de julho (domingo) – FINAL – 12h

Se o Brasil passar como 2º colocado do Grupo E
3 de julho (terça-feira) – OITAVAS DE FINAL – 11h
7 de julho (sábado) – QUARTAS DE FINAL – 11h
11 de julho (quarta-feira) – SEMIFINAL – 15h
15 de julho (domingo) – FINAL – 12h

Se perder na semifinal, jogará a disputa do 3º lugar no dia 14 de julho, sábado, às 11h.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.

Crianças atendidas por projeto esportivo da Prefeitura assistem a jogo no Castelão

Quem foi ao Castelão, na última noite de sábado (3), para assistir ao clássico entre Sampaio e Moto, válido pelo campeonato Maranhense de Futebol, notou um grupo de crianças passeando pela área de atletismo do estádio e se reunindo no setor das cadeiras cobertas para assistir ao jogo. Tratava-se das crianças que participam do projeto Torcedor do Futuro, realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Desportos e Lazer (Semdel) e que também participaram na ocasião do projeto Futebol Solidário, realizado pelo Governo do Estado.

O Torcedor do Futuro é um projeto no qual os alunos das quase 70 escolinhas de esporte do programa Movimento e Resgate são levados a praças esportivas de São Luís para acompanharem o esporte maranhense. Esta é a primeira vez que os jovens atletas acompanharam o maior clássico do futebol maranhense. Esportes como futebol, vôlei e basquete já receberam os alunos.

“É importante que estes jovens possam aprender a dar valor ao nosso esporte, e nada melhor que um clássico entre Sampaio e Moto para que eles sintam o calor de um jogo tão intenso quanto este. Agradeço ao prefeito Edivaldo e ao Governo Estado por todo o apoio para que este projeto fosse realizado”, destacou o Secretário Municipal de Desportos e Lazer, Rommeo Amin.

Aproximadamente 250 alunos do programa Movimento e Resgate estiveram presentes no Estádio Castelão. Durante o jogo os jovens receberam lanche e água mineral.

“Eu nunca tinha ido a um estádio assistir um jogo de futebol. Só no campo do bairro onde moro. Eu fiquei emocionado. Assisti com meu pai e gostei muito”, destacou Kaike Silva, de 10 anos.

Alguns jovens foram escolhidos para entrar em campo e cantar o hino do estado do Maranhão com os jogadores de Moto e Sampaio. A tendência é que este projeto volte a ser realizado no Campeonato Maranhense de Futebol que está em andamento e também em outras competições estaduais e nacionais realizadas em São Luís.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.