Com o objetivo de cumprir 21 mandados de busca e apreensão, 13 de prisão temporária e mais 6 de condução coercitiva, a Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje 926, quinta-feira) uma operação para desarticular organização criminosa que desviou quase R$ 3 milhões de recursos provenientes de precatórios da complementação da União para o Fundeb da cidade de Prata do Piauí. O crime envolve alguns empresários do Ceará e Maranhão.

No final de 2016, o município piauense recebeu da União verba no valor de R$ 2,7  milhões como complemento do Fundeb e a CGU notou uma movimentação atípica  e contratações irregulares com o dinheiro público. A PF se fez presente agora de manhã nas cidades de Teresina, Demerval Lobão, Prata do Piauí, Caxias, Timon, Cratéus, Independência, Parambu e Tamboril.

A apropriação indébita dos recursos pelo ex-prefeito de Prata do Piauí  foi detectada pela CGU quando chegou aos laranjas que atuavam para ocultação de patrimônio e em lavagem de dinheiro.

Além da apreensão de veículos de luxo, houve o sequestro de bens e bloqueio de contas dos envolvidos, inclusive de alguns parentes do ex- prefeito.

Ao todo foram 110 policiais federais do Piauí, Cerá e Maranhão que estão participando da operação, além de técnicos da CGU, TCU e TCEs.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A exuberante e carismática Paulinha Lobão foi oficializada como embaixadora da 15ª edição do São João ...
Em entrevista ao Influencer digital Bob Guerreiro, o prefeito de Tuntum garantiu que a sua obra ...
O pré candidato a prefeito de Barra do Corda-MA, Marcos Unillar, solidário aos condutores de baixa ...
O Ministério Público do Maranhão, por meio da 3º Promotoria de Justiça Regional de Defesa das ...
O ex-prefeito de São Benedito do Rio Preto-MA, Maurício Fernandes (PT), enfrenta um cenário desafiador, após ...
NOTA DE REPÚDIO O SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE SÃO LUÍS/MA e a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.