Ainda bêbado, o médico chegou ao hospital para tomar glicose após se exceder no álcool. Por não ser atendido na mesma hora, ele levantou da maca, se identificou como médico e disse que iria aplicar a injeção nele mesmo, humilhando a enfermeira de plantão com palavras grosseiras e chulas.

O psiquiatra Gilberto Luna, que chegou ao hospital no Rio de Janeiro apenas de bermuda e sem sandálias, pediu o medicamento para se auto aplicar e chamou a profissional da enfermagem dos piores nomes.

O Coren-RJ distribuiu nota em que informar estar acompanhando o caso e considerou “abusivo e repulsivo” o comportamento do médico.

Confira no vídeo como aconteceu:

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.