Publicidade

Luís Cardoso – Bastidores da notícia

Bastidores de notícias de política, judiciário, crime e esportes.

Busca em todo o site

Welington conhece projeto Onda Solidária no bairro da Divineia

Política
 

No fim da tarde de sábado, 25, o deputado Wellington do Curso conheceu o projeto social “Onda Solidária”, no bairro Divineia em São Luís.

image

Segundo Raimundo Salomé, o projeto já existe há mais de 30 anos no bairro e tem como foco a inclusão social de crianças e adolescentes.

Wellington acredita que quem ganha com o projeto é a comunidade.

“O projeto traz grandes benefícios para a comunidade, pois trabalha com crianças e adolescentes, as tirando de uma vida ociosa e, as ocupando com o esporte e lazer. Hoje, podemos ver muitos adolescentes se perdendo no mundo do álcool e das drogas, mas com a ocupação do espaço público e do projeto Onda solidária a juventude da Divineia só tem a ganhar”, contou Wellington.

Wellington ainda encerrou o bate papo falando sobre a educação e incentivando cada jovem a não deixarem de estudar, embora a Escola municipal UEB Ronald Carvalho esteja há semanas sem aula.

Militar do Corpo de Bombeiros é morto durante tentativa de assalto na Cohama

Política
 
Bombeiro Militar Arthur Gustavo Dourado

Bombeiro Militar Arthur Gustavo Dourado

Um bombeiro militar foi mortos a tiros na noite desse domingo,26, durante uma tentativa de assalto nas proximidades de sua residência no bairro da Cohama.

O bombeiro identificado como Arthur Gustavo Dourado Silva de 25 anos chegava em sua casa em um veículo ônix vermelho quando percebeu a atitude suspeita de dois homens vindos de um matagal.

A vítima foi abordada pelos criminosos e ao chamar o vigia da rua foi atingido com um tiro na nuca.

O soldado chegou a ser encaminhado para o hospital UDI mas não resistiu aos ferimentos. Vários colegas de trabalho do militar lamentaram o ocorrido e falaram que Dourado irá fazer falta na corporação pois era muito querido.

 

Júnior Verde fortalece 1º Grande Encontro dos Partidos em Brejo

Política
 

O deputado estadual Júnior Verde (PRB) participou neste sábado (25) do 1º Grande Encontro do Partido Progressista (PP), Partido Verde (PV) e Partido Republicano da Ordem Social (PROS), que se uniram em prol da pré-candidatura de Olivia Caldas à prefeitura de Brejo. Na oportunidade, lideranças, filiados e simpatizantes discutiram o futuro do município, construindo uma agenda positiva voltada para o desenvolvimento da região.

IMG_3429O evento aconteceu no clube Mangueirão, e contou com a participação do prefeito Omar Furtado, do vice, Chico Caldas, do deputado federal Valdir Maranhão, dos presidentes do Diretório Municipal do PP, Lourinaldo Rodrigues de Abrantes, do PV, Josyfrank Silva dos Santos, e do PROS, Carlota Caldas, além de vereadores e pré-candidatos ao legislativo municipal.

Com o objetivo de fortalecer o nome de Olívia Caldas, o deputado Júnior Verde prestigiou  a programação do evento, contribuiu com as discussões e parabenizou o prefeito e seu vice pelo trabalho que vêm desenvolvendo no  município.

“O encontro foi um grande sucesso, e refletiu não apenas a união em torno da pré-candidata da companheira Olivia Caldas, mas em torno de um projeto muito maior, voltado para ações que buscam, sobretudo, desenvolver o município de Brejo e região”, destacou o parlamentar.

Delação: É necessário separar o joio do trigo

Política
 

Abdon Marinho é advogado.

NÃO EXISTE assunto mais recorrente em todo o país que a chamada Operação Lava Jato. Como subproduto dela, os acordos de colaboração, por aqui apelidados de “delação premiada”. A chamada delação chegou por aqui e já fez fama. Criativos, os brasileiros, até inovam, criaram o “autogrampo” e a “delação preventiva”.

Basta que alguém apareça ou seja referido, ainda que indiretamente, para receber a condenação perpétua por parte de setores da mídia, da sociedade e, também, de setores do Ministério Público. Uma espécie de condenação prévia. Numa nação que alimenta a dicotomia, se a delação implica alguém do governo, os opositores a exploram à exaustão; se da oposição, a exploração é a mesma.

Os açodamentos, por vezes a má-fé, acabam por colocar no mesmo saco alhos e bugalhos. Inocentes e culpados. A generalização acaba por disseminar injustiças, sepultar biografias, sem que ninguém demonstre qualquer preocupação com isso.

Tomemos com exemplo a delação preventiva do senhor Sérgio Machado. Não duvido que fale a verdade ao revelar a montanha de dinheiro que distribuiu e que juntou para si e para seus enquanto esteve na direção da Transpetro, empresa subsidiária da Petrobras. Sou tentado a achar que manipulou até mais recursos que os confessados. Cabe à Justiça ir além para descobrir.

Pois bem a delação deste senhor, coloca coisas distintas e que, às vezes, não estão relacionadas, no mesmo patamar.

Ora, não há como dizer que os 100 milhões repassados ao PMDB está em pé de igualdade com os 100 mil que uma empresa ligada ao esquema doou à campanha de uma deputada do PC do B; ou as doações feitas aos dois deputados do PT; ou ainda o que doado ao senador e ao deputado do DEM; ou mesmo a doação feita ao candidato do PMDB de São Paulo, supostamente, a pedido, do hoje, presidente interino Michel Temer. Não cabe colocar na mesma sacola as mesadas supostamente pagas ao Lobão (por ser ministro), a Sarney, Renan ou Jucá, todos os meses ou de forma bimestral, como queiram, com aquelas supostas doações feitas durante a campanha eleitoral. São coisas distintas.

A mesma coisa se diga da “acusação” feita pelo delator, de que, no ano de 1998, o PSDB teria arrecadado recursos, sendo R$ 4 milhões do PSDB nacional, e mais R$ 3 milhões de empresas para ajudar na eleição de alguns candidatos que votariam, no então deputado Aécio Neves para presidir a Câmara dos Deputados.

O que teve de errado nesta conduta capaz de justificar o envolvimento na delação? Gostaria que me explicassem, pois não vi. Campanha majoritária repassar recursos para eleição de deputados era e é normal que ocorra. Fazer arrecadação junto às empresa? Também não era a prática vigente e legal.

Não custa lembrar que só a partir destas eleições, de 2016, tornou-se vedada a doação de pessoas jurídicas. Até então as empresas contribuíam com as campanhas de seus candidatos.

Ah, segundo o delator, quase toda doação é propina. Estima que cerca de mais de setenta por cento. Não digo que não seja. Empresários são movido por lucro, quanto mais, melhor. Mas, a rigor, as doações feitas tinham respaldo na legislação.

Outra coisa que precisamos fazer a distinção – embora seja crime – é “propina” de caixa 2. Anteriormente, embora fosse permitida a doação por empresas, muitos empresários procuravam as campanhas oferecendo dinheiro com o compromisso de não aparecerem como doadores. Este expediente beneficiava, sobretudo, os candidatos de oposição, esquerdista e o que os valham. Receavam, estes empresários, serem marcados ou perseguidos por aqueles que estavam no poder.

Vejo muitos cidadãos se mostrando escandalizados com o fato deste ou aquele político ter recebido dinheiro desta ou daquela empresa, como se isso fosse crime. Não era. Mais indignados, ainda, por tais recursos não terem transitado pelas contas de campanhas. Por “enes” motivos tais coisas aconteceram. Não necessariamente para ocultar um crime.

Vejam que não faço juízo de valor, entretanto, a verdade, não deveria escandalizar ninguém.

Voltemos ao caso do presidente interino Michel Temer. O delator Sérgio Machado afirma que ele teria pedido que “visse” uma ajuda para o candidato Chalita do partido de ambos. O presidente interino nega a solicitação da “ajuda”. Mas, convenhamos que tenha, de fato, solicitado tal ajuda. A menos que ele Michel Temer, soubesse que seria feita uma extorsão por parte do delator para obter a contribuição da empresa, ela estaria legal. Não seria “nada demais” solicitar que esta ou aquela empresa doasse para as campanhas.

E por que solicitar ao senhor Machado que viabilizasse os recursos? Ora, o senhor Machado tinha contato permanente com inúmeras empresas, vez que ocupava o cargo de presidente da subsidiária desde o primeiro ano de mandato do senhor Lula (2003) e ali permanecendo até 2014, no mandato da senhora Dilma Rousseff, só caindo na esteira do escândalo revelado pela Operação Lava Jato. Até então, ele não era essa pessoa reconhecidamente corrupta que se revela nas delações.

Acho normal que políticos que tivessem acesso a ele e outros solicitasse que falasse com empresários em busca de apoio as suas candidaturas.

Será que todos que o procuram na intenção que falasse com uma ou outra empresa tinham conhecimento que praticava extorsão?

Situação bem distinta das mesadas pagas aos políticos já referidos; das mesadas arrecadas por Vaccari Neto sobre toda e qualquer obra realizada em qualquer tempo (desde 2003) para o partido e para seus comandantes; ou as vantagens ilícitas supostamente pagas ao filho do senhor Lula por serviços não executados.

Embora tudo pareça igualmente horroroso é importante que aprendamos a separar as coisas.

Colocar doações de campanhas – práticas legitimas, até então –, ou mesmo, recursos não contabilizados (caixa 2) – prática ilegal, porém comum –, no mesmo saco das “mesadas” e das propinas, não esclarece nada e tem o condão de criminalizar ainda mais a já combalida política brasileira.

O que nos interessa é a apuração dos fatos e a punição, exemplar, dos ilícitos cometidos, mas, cada um conforme sua culpa e conforme o crime cometido.

A situação já ruim, se tornará pior, se falsos profetas da moralidade, ao invés de apurar e punir culpados, colocar todos na vala comum sem respeitar a gradação de responsabilidade de cada qual. Pois, isso só interessa aos que buscam a impunidade e aos aventureiros de todos os níveis.

 

TCE recebe indicação de Júnior Verde para proteção à crianças e adolescentes

Política
 

IMG_3399Em reuniã na última  quinta (23) com o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Jorge Pavão, e o conselheiro Nonato Lago, o deputado estadual Júnior Verde (PRB), apresentou Indicação de sua autoria que visa dar efetividade ao princípio constitucional da Proteção Integral da criança e do adolescente durante o processo de controle das contas públicas, conforme preconiza a art. 227 da Constituição brasileira.

O parlamentar estava acompanhado do promotor Márcio Tadeu, do coordenador da Associação dos Conselheiros do Maranhão (ACECT-MA),  Luiz Inocêncio, e do presidente da ACECT-MA, Darlan Ferreira.

 A proposição do parlamentar é um dos encaminhamentos da última audiência pública realizada na Assembleia legislativa, visando o fortalecimento dos conselhos tutelares em todo o Estado. A expectativa é que municípios dêem condições na execução das atividades dos conselheiros.

O parlamentar já fez solicitação também ao governo do Estado com vistas à implantação da escola de conselhos visando a capacitação destes profissionais.

 “É uma categoria de extrema importância para a proteção de um público vulnerável, que precisa trabalhar em condições dignas. Os Conselhos precisam sofrer uma verdadeira reestruturação. Vamos estabelecer uma agenda para que, aos poucos, consigamos responder às expectativas desses trabalhadores, que são legítimas”, garantiu o parlamentar.

Arraial Pertinho de Você recebe autoridades e mais de 60 atrações

Política
 

“Podem falar o que quiser, mas, infelizmente, cultura é algo que só faz bem feito quem tem amor pelas nossas raízes. Na Cohama, Vila Palmeira ou em qualquer outro lugar que ele vá, o vereador Astro de Ogum tem a capacidade de ensinar, para quem tiver disposição de aprender, como manter viva as nossas tradições culturais”. Essa foi à declaração da dona de casa Marieta do Espírito Santos de Lima, 65 anos, residente no Bairro do Bequimão, que na noite desta sexta-feira(24), como dezenas de outras pessoas, esteve no arraial “Pertinho de Você”, o maior e melhor do Maranhão, para acompanhar o tradicional cortejo de brincadeiras em homenagem ao Glorioso São João.

Com todos os espaços ocupados por brincadeiras, manifestações culturais e autoridades, o Arraial Pertinho de Você se tornou o point dos festejos juninos de São Luís.Além de 60 brincadeiras, tais como Bumba Meu Boi da Maioba, Pindoba, Iguaíba, Alemanha, João Paulo e Miritiua(todos do chamado sotaque da ilha), nos outros ritmos, como Orquestra, Baixada e Costa de Mão, também se apresentaram o boi Oriente(Baixada), boi Rama Santa(Cururupu), Boi de São Simão, Boi de Rosário, Boi de Eliezio(Cururupu), boi de Corda, Boizinho Encantado, da Madre de Deus, Boi de São Bento, Cacuriá ASC, Dança Portuguesa Juventude de Portugal, e tantas outras, o terreiro do Pertinho de Você também recebeu dezenas de autoridades, como o governador Flávio Dino(PCdoB) e o prefeito Edvaldo Holanda Júnior(PDT), bem como secretários estaduais e municipais, deputados estaduais, vereadores e assessores.

 Ao lado da esposa Samya, o deputado federal Weverton Rocha(PDT), parceiro do vereador Astro de Ogum, idealizador e organizador do arraial, também esteve presente no jantar oferecido pelo vereador aos convidados ilustres. “É com enorme satisfação que, neste momento, recebemos as comitivas do governador e do prefeito no nosso arraial”, pontuou o deputado Ewerton Rocha.

 Em um bate papo alegre e descontraído, o segundo anfitrião, o vereador Astro de Ogum – agradeceu o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de São Luís. Ele, assim como o deputado, também externou a satisfação em receber os convidados no dia em homenagem a São João, santo de sua devoção.

 “Este momento é impar e não tenho palavras para defini-lo. Através da minha religião tenho as manifestações culturais enraizadas em minha alma, por isso o meu amor pela cultura maranhense. Sem qualquer tipo de mágoa ou ressentimento, estou muito feliz em recepcionar o nosso governador e seus aliados”, externou o vereador.

 Conjuntamente, o governador Flávio Dino e o prefeito Edvaldo Holanda Junior parabenizaram o vereador pela organização do arraial, evidenciando a importância de eventos, com tamanha magnitude, que tem como propósito manter viva nossas tradições culturais. “A beleza e força da cultura maranhense são inexplicáveis. Essa pujança, resultante da mistura de ritmos e cores, nos enche de orgulho”, afirmou o governador Flávio Dino e ratificou o prefeito Edvaldo Holanda Junior.

 

Mais de R$ 3 milhões serão gastos para recuperar pontes de madeira em Codó

Política
 

A empresa beneficiada é a Construservice empreendimentos e construções, empreiteira envolvida em vários escândalos por licitações fraudulentas.

Prefeito de Codó

Prefeito de Codó

A contratação da empresa com benefício milionário será para realizar serviços de recuperação e manutenção de pontes de madeira e serviços de recomposição de pavimentação em algumas ruas da cidade de Codó.

O montante exato será de R$ 3.252.500,28 (três milhões, duzentos e cinquenta e dois mil, quinhentos reais e vinte e oito centavos).

O contrato foi assinado no último dia 6 de junho. O prefeito Zito Rolim foi vítima em novembro do ano passado do próprio descaso, ele sofreu um acidente ao cair em um ponte localizada em uma estrada vicinal que estava abandonada.

Após o susto, o gestor prometeu recuperar todas as pontes do municipío, inclusive a que fica no povoado Taboca.

Agora com o investimento milionário, espera-se que a situação seja contornada em Codó e que os moradores de povoados distante possam ter melhor acesso a sede do municipio.

Sem título

Solicitada por Rafael Leitoa, MA 040 terá obra de recuperação iniciada

Política
 

A recuperação da MA 040, importante via de acesso aos municípios de Timon, Matões, Parnarama e utilizada também para o escoamento da produção agropecuária da região, receberá no próximo sábado (25) o início das ações de recuperação de sua estrutura.

 Obras-de-recuperação-da-MA-iniciam-no-próximo-sábado,-25,-afirma-Rafael-LeitoaA obra, solicitada pelo deputado Rafael Leitoa (PDT), foi pauta da última visita do Secretário Estadual de Infraestrutura Clayton Noleto à Timon, quando esteve na cidade para fiscalizar o andamento da construção do Centro de Juventude Francisco Carlos Jansen, reforma do Alarico Pacheco e o resultado das obras de asfaltamento no município.

 Na visita, Rafael Leitoa comentou sobre a necessidade de uma intervenção na MA 040 e teve sua solicitação atendida. Segundo o deputado, a região é uma importante artéria de escoamento de produção tanto de bovinos, caprinos e ovinos.

 Rafael Leitoa reforçou que Timon é um município de grandes extensões, onde cada parte da cidade tem a sua necessidade. Lembrando que é um representante escolhido pela população do município, o deputado comentou que seu papel no parlamento estadual é de unir sempre a força política com ações que melhorem a qualidade de vida da região.

 “A MA 040 é uma importante via de acesso e trânsito do que é produzido em nosso município, Matões e Parnarama, sendo de grande relevância a sua recuperação. Tivemos sucesso em nossa solicitação, assim como em tantas outras, e não vamos parar por aqui. Timon e a Região dos Cocais agora fazem parte do mapa do Maranhão e não sairão mais”, comemorou Rafael Leitoa.


 

Wesley Safadão doa todo cachê de show do São João de Caruaru

Política
 

Wesley Safadão resolveu encerrar a polêmica em torno do seu cachê com uma atitude inusitada. Durante apresentação na madrugada deste domingo, no Pátio de eventos Luiz Gonzaga, em Caruaru, o cantor sensação do momento anunciou que vai doar todo seu pagamento (R$ 575 mil) para instituições filantrópicas da cidade.

“Se o problema é dinheiro, pode espalhar aí que o meu cachê está voltando para Caruaru para ajudar a quem realmente precisa. Em Caruaru eu toco até de graça. O que eu não quero é ficar de fora dessa festa”, disse Wesley, levando o público que superlotava o espaço ao delírio.

PPS realiza ação do Programa São Luís de Verdade na Região Cidade Operária

Política
 

O PPS realizou nesta sexta-feira, dia 24 de junho a ação na Região da Cidade Operária do Programa de Participação Popular São Luís de Verdade. A pré-candidata à Prefeitura de São Luís, deputada federal Eliziane Gama estará presente e participará de roda de conversa com moradores da localidade.

Eliziane, Paulo Matos e pré-candidatos na apresentação do Programa São Luís de VerdadeA proposta é estimular a participação das comunidades na construção do Plano de Governo do PPS voltado para a cidade de São Luís.

O partido sempre promoveu coleta de ideias e propostas para a cidade com um trabalho que envolve sociedade e instituições, e este ano o programa ganhou o nome de São Luís de Verdade.

Outra inovação é que o programa apresenta plataforma digital para a sociedade poder interagir com eixos na construção do plano de governo nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, cultura, turismo, trânsito, transporte, desenvolvimento social e participação popular, agricultura familiar, e demais desafios que a cidade enfrenta.  A ideia é receber projetos, sugestões e propostas para São Luís dos movimentos sociais e culturais, comunidade cientifica e instituições.

“O PPS quer que o cidadão participe ativamente desta construção. Precisamos saber o que a cidade quer e precisa, por isso vamos ouvir o cidadão”, afirmou Eliziane.

 

Senadora do PT é chamada de safada e corrupta em aeroporto do Paraná

Política
 

Quando desembarcou no aeroporto de Afonso Pena, na cidade de São José do Pinais, a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) foi chamada de todos os tipos palavrões de manifestantes que estavam no local.

O episódio aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 24. O marido dela,ex-ministro Paulo Bernardo, foi preso pela operação Lava Jato.

Veja as cenas:

 





  • Enquetes

    Você é contra ou a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff?

    • A favor (58%, 974 Votos)
    • Contra (42%, 701 Votos)

    Total de votantes: 1.675

    Carregando ... Carregando ...

  • Contatos

    E-mail: [email protected]
    Telefone: 98 3236-1351
    Celular: 98 8722-6094

    Arquivos

    Posts ordenados por data de publicação.