A Fundação Antônio Jorge Dino, mantenedora do Hospital Aldenora Bello, referência no tratamento de câncer no Maranhão, aguarda até hoje o governador Flávio Dino fazer a transferência das emendas coletivas dos deputados estaduais aprovadas no dia 24 de outubro passado para ajudar no pagamento de fornecedores. O dinheiro, no total, é da ordem de R$ 4,2 milhões.

Sensibilizados com a situação do hospital, que enfrenta problemas com sua manutenção, 42 deputados se reuniram e decidiram enviar dos recursos de suas emendas parlamentares  R$ 100 mil cada um, totalizando os R$ 4,2 milhões. À época, o governo fingiu que concordou, mas não transferiu nenhum centavo para a Fundação Antônio Jorge Dino.

Imaginando que o dinheiro havia sido transferido, credores começaram a cobrar da fundação seus pagamentos, tendo alguns até suspendido o fornecimento. Os deputados, embora tenham cumprido com a palavra, não cobram do governo que faça a sua parte.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.