Uma ação de despejo contra posseiros que teriam invadido uma propriedade na zona rural do município de Barra do Corda terminou em barbárie no fim da tarde desta sexta-feira (10).

Sargento da PMMA teve corpo carbonizado

Três policiais militares que teriam sido contratados para retirar os invasores do local estavam a caminho da fazenda quando sofreram uma emboscada. Foram vários disparos efetuados contra os militares. Dois ficaram feridos e encontram-se hospitalizados, sendo que um deles, identificado como Sargento Valmir, morreu e teve o corpo carbonizado.

Outros policiais que estariam em mais dois outros veículo conseguiram escapar dos posseiros.

“Um fazendeiro teria levado esses policiais militares para a região para que fosse realizada essa reintegração de posse desalojando esses posseiros ou moradores lá dessa área rural”, disse o delegado-geral da Polícia Civil no Maranhão, Jair Paiva

De acordo com  o delegado, nove policiais foram autuados em flagrante por milícia. Sete pertencem ao 4º Batalhão de Polícia Militar de Balsas, outro é do Batalhão de Barra do Corda e o último é um policial penal. O caso segue sob investigação.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.