Uma pesquisa eleitoral recentemente divulgada pelo Grupo Almeida tem gerado bastante debate
e suspeitas no cenário político. O Instituto INOP, conhecido por suas controvérsias, registrou a
pesquisa em nome de uma cabeleireira residente na Paraíba, Flaviana Nobrega Lustroza, que
nega ter encomendado tal pesquisa. Além disso, o endereço fornecido na nota fiscal não
corresponde à residência da suposta contratante, mas sim a uma fábrica de móveis planejados
em Bacabal – MA. Com números que contrariam totalmente institutos reconhecidos, essa
pesquisa levanta questões sobre sua veracidade e motivação por trás de tal registro.

Por outro lado, se os números sequer se aproximarem da realidade, Solange teria tido uma queda
catastrófica, já que divulgava até o final do ano passado que teria mais de 65% das intenções de
votos em uma suposta pesquisa do governo do Estado.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A atual namorada do prefeito de Coroatá, Thellys Sousa, caiu na madrugada de segunda (16) de ...
Na manhã desta quarta-feira(17), uma operação da Polícia Civil do Maranhão, resultou no cumprimento de dois ...
Prefeitura de São Luís terá um mês para informar quais providências serão adotadas O Ministério Público ...
A deputada evangélica Mical Damasceno defendeu que a mulher seja submissa ao homem e propôs encher ...
Por Blog do Louremar Estou voltando com um dos mais visitados e comentados blogs do Maranhão ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.