O deputado Wellington do Curso (PSC) reuniu-se, na tarde desta sexta-feira (22), com representantes do Corpo de Bombeiros para debater o anteprojeto que dispõe sobre a obrigatoriedade da contratação de bombeiros civis em estabelecimentos com grande circulação de pessoas no Maranhão.

Audiência debate anteprojeto sobre obrigatoriedade da contratação de bombeiros civis em estabelecimentos com grande circulação de pessoas

De acordo com o parlamentar, é necessário uma legislação que regulamente a relação entre o estado e a categoria. “Ficou evidente na pandemia o quão importante é a contratação de bombeiros civis. Essa audiência visa ao fortalecimento dos direitos dos bombeiros civis e seu devido reconhecimento. Esta Casa está à disposição para contribuir com a valorização da profissão”, explicou o parlamentar.

O presidente do Sindicato dos Bombeiros Civis do Maranhão (SINBOCIVIL/MA), Iomar Santos de Jesus, ressaltou que o bombeiro civil é um profissional capacitado e pronto para atuar em qualquer circunstância.

Cito o caso do Shopping Rio Anil. Ouvi o comandante do Corpo de Bombeiro militar dizer que levou quatro minutos para chegarem lá, mas foi tempo suficiente para que se perdesse duas vidas e não perdemos mais por causa dos bombeiros civis que estavam lá. O bombeiro civil está onde um bombeiro militar não consegue chegar no momento da ocorrência”, disse.

Bombeiros civis participaram da audiência pública, realizada na tarde desta sexta-feira

Ele também reivindicou que a lei não exija somente a contratação de bombeiros civis, mas que o número desses profissionais seja proporcional ao tamanho do estabelecimento.

O vice-presidente da SINBOCIVIL/MA, Manoel Árias, disse que o projeto vai abrir portas de emprego para os bombeiros civis. “Precisamos de lei de regulamentação e essa é uma excelente oportunidade”, afirmou.

O vereador Álvaro Pires (PMN), que participou da reunião, reafirmou o compromisso da Câmara Municipal com a categoria. Além disso, defendeu a gratuidade de passagem para os bombeiros civis no transporte público.

A luta em favor dos bombeiros civis é uma pauta que encabecei desde o início do meu mandato como vereador. Podem contar comigo e com o deputado Wellington”, concluiu Álvaro Pires.

Por fim, deputado Wellignton defendeu, ainda, que a categoria dos Bombeiros Civis atue em complemento ao Bombeiro Militar, que não tem obrigação de cobrir todos os ambientes, de cumprir suas funções em todos os lugares, uma vez que é uma instituição pública que atua dentro da corporação, seguindo as diretrizes e orientações das políticas governamentais no que diz respeito à defesa civil da nossa população em geral.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alexandre de Moraes será relator de ação que aponta nepotismo em 14 nomeações para secretarias, Assembleia ...
Por Alex Ferreira Borralho “São João da Thay”. O que é isso? Seria uma tentativa de ...
Foi assassinato na tarde desta sexta-feira (14) o empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan” ...
A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou, nesta quinta-feira (13), uma sessão solene para conceder a Medalha ...
Na manhã desta quinta-feira(13), a desembargadora do Tribunal de Justiça - Marcia Cristina Chaves deferiu, liminarmente, ...
O Centro Histórico de São Luís sempre abrigou pontos de festejos juninos e se destacava pelas ...

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.