Nesta terça-feira (24), o deputado estadual Wellington do Curso se posicionou diante da fala do ex-governador Flávio Dino sobre a pobreza no Maranhão. A fala remete a entrevista que o ex-governador concedeu ao Programa “Sem Ponto”, da 92 FM, em que o comunista disse que nunca prometeu acabar com a pobreza no Maranhão e afirmou que a miséria aumentou por culpa do atual presidente Jair Bolsonaro e dos Bolsonaristas.

Ao abordar a fala, o deputado Wellington repudiou a incoerência do ex-governador Flávio Dino, que por anos disse que iria acabar com a pobreza no Maranhão e com sua incompetência afundou o estado em miséria.

Vejam só: aquele que aumentou os impostos várias vezes e e apreendeis mais 50 mil carros e motos dos maranhenses, sumiu com respiradores superfaturados, quebrou o transporte de ferryboat e prometeu acabar com a pobreza no Maranhão agora culpa o presidente Jair Bolsonaro porque os índices pioraram em nosso estado. Antes de Flávio Dino, entre as 10 cidades mais pobres do país, 4 estavam no Maranhão. Agora, 8 estão no Maranhão. A miséria aumentou. É muita cara de pau de Flávio Dino em culpar Bolsonaro e os Bolsonaristas pela extrema pobreza no Maranhão. Flávio Dino, lave a boca para falar de Bolsonaro. Incompetente é assim mesmo: tenta culpar alguém por seus erros. Antes, culpava a família Sarney; hoje culpa Bolsonaro, amanhã sabe-se lá quem vai culpar. Eu tenho fé em Deus e acredito que, em breve, o Maranhão será governador por alguém capaz de cuidar da nossa gente”, disse o ex-sargento do Exército e deputado estadual Wellington do Curso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.