Com medo de que a ex-prefeita de Urbano Santos, Iracema do Vale se candidate e ganhe uma vaga de deputada estadual na eleição de 2022, petistas que são pré-candidatos ao mesmo cargo iniciaram uma campanha  pela não refiliação dela ao partido.

Iracema do Vale não foi comunicada oficialmente da manifestação e nem se existe a mesma posição da Executiva do PT e afirma que nunca deixou deixou a legenda e que “sempre ajudei o partido em nossas lutas”.

Um documento com as assinaturas de líderes do, como o deputado Zé Inácio, o ex-vereador Honorato Fernandes, secretário Chico Gonçalves, Chico Miguel pede que a ex-prefeita não seja aceita de volta ao PT.

“Considerando que a referida pré-candidata sempre apoia candidatos a deputado estadual e federal fora do PT, inclusive de partidos de direita e com participação efetiva no Governo Bolsonaro; Considerando que a sucessão em seu município foi feita à direita, elegendo prefeito pelo PSC, partido da base bolsonarista e que no Maranhão tem como líder e presidente o deputado federal Aluísio Mendes; Considerando que a refiliação da ex-prefeita não colabora no fortalecimento da tática eleitoral do PT, já que poderá prejudicar companheiros(as) de fato petistas e que ajudam o Partido, se mostrando uma estratégia de entrega da legenda para uso pessoal, sem projeto partidário; Viemos por meio deste nos manifestar contrários(as) à refiliação de Iracema dos Santos Vale e pedir que a Executiva Estadual delibere, com máxima urgência, sobre este caso, conforme versa nosso Estatuto”, diz o documento ao qual o blog do John Cutrim teve acesso.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.