Embora não almeje fazer parte de nenhuma chapa majoritária, o deputado estadual Roberto Costa (MDB) tem atuado como peça principal no tabuleiro da sucessão do governador Flávio Dino

Partiu dele a entrega do comando do MDB maranhense para as mãos da ex-governadora Roseana Sarney, após convencer o ex-dirigente emedebista, o ex-senador João Alberto, sem perder de vista a indicação da maioria da cúpula do partido.

Hoje, Roseana desponta como a favorita nas pesquisas para o cargo de governador em 2022. Tem sido Roberto Costa o político que injeta cautela na ex-governadora, que já se convenceu ao projeto de disputar uma vaga à Câmara Federal, com a possibilidade de formar uma grande bancada do partido.

Costa tem atuado como interlocutor entre seu partido e o Palácio dos Leões, resultando em um novo e forte grupo de deputados em apoio ao governo e, consequentemente, fortalecendo nome do vice, Carlos Brandão, para ser o candidato final do governador e agrupar uma grande força política para eleger Flávio Dino ao Senado Federal.

Seu mais recente movimento foi o de levar ontem o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, para reunião com o ex-presidente da República, José Sarney, aqui em São Luís. Camarão deve ser o candidato do PT na sucessão estadual ou deputado federal.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.