Militantes, deputados e cúpula partidária, lançaram ontem, sexta-feira (08), o nome do secretário de Estado da Educação do Maranhão, Felipe Camarão, como o pré-candidato do partido ao cargo de governador. O fato aconteceu na cidade de Pedreiras. 

O cenário político ficou agitado com a entrada de Camarão na disputa por ele ser do PT, partido do Lula da Silva, pré-candidato a presidente da República, que lidera em todas as pesquisas de intenção de votos e com folga.

Com essa definição, casou a fome com a vontade de comer de Flávio Dino na indicação de uma terceira via, abrindo, inclusive, a possibilidade do governador ficar no cargo e comandar pessoalmente a sua sucessão.

Em assim sendo, o vice-governador terá as opções de aceitar uma vaga no Tribunal de Contas do Estado, concorrer uma vaga à Câmara dos Deputados ou até mesmo a única vaga de senador em 2022.

Em Pedreiras, a militância petista estava animada, com a presença de líderes do partido, vereadores, lideranças classistas e comunitárias, além dos deputados Zé Inácio Lula da Silva e de Henrique Lula da Silva.

O próximo encontro deve acontecer na cidade de Barreirinhas, sob o comando do prefeito Amilcar, fiel seguido do governador Flávio Dino. A entrada de Felipe Camarão deve alterar os rumos das pesquisas, que mostram um amplo número de eleitores indecisos.

Camarão é professor da UFMA e procurador federal concursado, além de ter exercido vários cargos como presidente de órgãos e titular de secretarias, sempre com trajetória exitosa.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.