De um lado, o governador Flávio Dino já sinalizou que pretende uma parceria com a Prefeitura de São Luís para que juntos possam trabalhar por melhores condições de vida para a cidade e sua gente.

Do outro lado, o prefeito Eduardo Braide também se manifestou favorável, mas aguarda que o governador tome a iniciativa de procurar o município. Deixando a vaidade de lado, a parceria institucional sempre foi positiva para os dois lados.

Na decádas de 80, 90, o grupo Sarney não tinha o domínio político da capital e, por essa razão, a ilha era discriminada, não havia união e quem padecia era a população.

Nas gestões de Jackson Lago como governador e agora com Flávio Dino, o clima mudou. Quando Edivaldo Holanda administrou São Luís nos seis anos de Dino, São Luís ganhou nova cara. A parceria existiu de verdade.

E pode voltar a acontecer com a execução de obras que se fazem mais necessárias por causa do período de chuvas e da pandemia.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.