Direção do Partido Patriota no Estado e do Município de São Luís comunica que o partido não terá em sua nominata nenhum vereador de mandato para as eleições proporcionais de 2020 em São Luís. “Vamos eleger vereadores do grupo que foi montado nos últimos meses. Esse grupo não aceitou nenhum vereador de mandato e isso será respeitado”, disse o vice-presidente da nacional do Patriota, o ex-deputado federal Júnior Marreca.

No Estado, o Partido é comandado pelo deputado Federal Marreca Filho.

AFONSO MANOEL

A decisão de não ter candidato com mandato já foi comunicada ao vereador Afonso Manoel, que era do PRP, partido que se uniu ao PEN para a criação do Patriota. “O vereador e a deputada Helena Duaylibe, sua esposa, já foram comunicados que ele não concorrerá por aqui. Comunicamos com tempo suficiente pra que ele procure outra sigla”, explicou o ex-vereador Alencar Gomes, membro do diretório municipal.

NATO

Também filiado desde a época do PRP, o ex-vereador Nato também terá que procurar outra sigla, caso decida concorrer no lugar do filho, vereador Nato Júnior, que está no PDT. “Já temos nossa nominata pronta, fechada e por ela concorrerá quem ajudou a construir. Não cometeremos nenhuma injustiça com os colegas que estão conosco no dia a dia do Partido. O Nato não participa da vida do partido, não contribuiu com essa construção”, concluiu o Missionário Amorim, primeiro secretario do partido em São Luís.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.