Blog do Marcelo Vieira

Condenado em 2ª instância pela 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão,  o ex-prefeito de Barão de Grajaú, Raimundo Nonato e Silva ainda sonha em voltar à vida pública e retornar ao comando do município. Para isso, o ex-prefeito tem se movimentado nos bastidores para  evitar sua prisão.  Segundo o acórdão, ele deve ser preso nos próximos dias para cumprimento da pena de  5 anos e 6 meses.

Como é sabedor que é praticamente impossível reverter sua condenação no TJ-MA, Raimundo Nonato já trabalha o nome de sua atual mulher Claudimê Lima, que deve  disputar pela segunda vez as eleições. Em 2016  ela saiu derrotada das urnas.

Raimundo Silva foi condenado em primeira e segunda instância por conduta delituosa tipificada pelo artigo 89 da lei 8.666 no âmbito licitatório atinente ao Fundo Municipais de Assistência Social. Para o poder judiciário,  Raimundo Silva ” tem o hábito de fazer mau uso dos recursos públicos ” ” o que motivou sua condenação em pelo menos três outros processos”.

O ex-prefeito também teve seus direitos políticos suspensos  por 13 anos e 4 meses, e ainda foi proibido de contratar com o Poder Público por 8 anos e 4 meses, além de condenado ao pagamento de multa civil equivalente a 50 vezes o valor da remuneração que recebia em 2007.

Acompanhe o Blog do Luis Cardoso também pelo Twitter™ e pelo Facebook.